Eder Jofre55

Moderador
  • Content Count

    5257
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Eder Jofre55

Profile Information

  • Gender
    Not Telling

Recent Profile Visitors

11357 profile views
  1. Bem possível também, o importante é que role uma luta pelo cinturão antes do fim do ano ,com ou sem Kabib , todo respeito a dor do cara mas nunca vi um campeão com tantas coisas atravancando suas lutas, duas defesas e dois cinturões interinos !!!!
  2. A notícia é muito triste mesmo, talvez se tivesse feito o teste em abril poderia ter escapado, nunca saberemos, ponto! Que o russo tenha a grandeza de abrir mão da cinta se não se achar em condições de lutar nos próximos meses e deixe a categoria andar, Jusin x Poirier pelo linear, e se decidir voltar vai ser direto pelo cinturão, o que não dá mais é ficar a mercê dos problemas do campeão e travar ótimas lutas ou queimar futuros contenders como aconteceu com o Ferguson!
  3. Charles ‘Do Bronx’ questiona ausência de luta no UFC e mira duelos com Poirier e Ferguson Por Carlos Antunes Sete vitórias seguidas e a sexta colocação no ranking do peso-leve (70 kg) do UFC. Apenas com esses requisitos Charles ‘Do Bronx’ já deveria ter algum compromisso em vista pela organização, sempre de olho nos degraus que o separam da tão sonhada disputa de título. No entanto, o cenário atual do brasileiro é outro. Após finalizar Kevin Lee, em março deste ano, na luta principal do UFC Brasília, o faixa-preta de jiu-jitsu segue sem previsão de retorno ao octógono, o que parece incomoda-lo como nunca. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight, o paulista adiantou que não tem a resposta dos motivos que impedem o Ultimate de marcar sua nova luta, embora aponte alguns nomes como seus favoritos para seu próximo combate dentro do octógono. Recuperado totalmente de uma lesão no ombro, Charles garantiu que está pronto para atuar novamente e que já treina a todo vapor. “Sabe aquela coisa que você não sabe? É isso. Lutei lesionado contra o Lee, tive uma lesão no ombro e a pandemia acabou me ajudando a ficar um tempo parado para me recuperar 100% e o UFC também parou. Mas assim que o UFC voltou, procurei me manter treinado, ativo e estou esperando ser chamado. Chamei o Conor (McGregor), não deu certo. Tinha o (Paul) Felder, que me venceu, mas não sabe o que quer, também disse que se aposentou”, contou o brasileiro, antes de emendar e citar contra quem gostaria de medir forças. “Estou no meu melhor momento, são sete vitórias seguidas, cinco por finalização e duas por nocaute. Não deixo nas mãos dos jurados. Meus empresários estão mandando mensagem direto para o UFC dizendo que estou pronto, só me chamar. Qualquer um dos cinco primeiros (do ranking) eu estaria dentro. Acho que o (Dustin) Poirier seria uma guerra, pelo estilo de luta dele. O Tony Ferguson também, é um ex-campeão e, mesmo vindo de derrota, ele estava há 12 lutas sem perder. Com certeza seriam bons nomes”, completou Do Bronx, que nessa quarta-feira (1) foi desafiado por Dan Hooker, número cinco do ranking. Charles ainda tem um outro fator que pode atrasá-lo ainda mais em seu retorno ao octógono. Com residência no Guarujá, litoral de São Paulo, o atleta pode sofrer com as restrições para entrada nos Estados Unidos – atualmente, brasileiros não podem ir ao país norte-americano devido à pandemia de coronavírus. Uma outra saída seria a ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), que veio como a solução para os competidores que não moram nos Estados Unidos poderem se apresentar normalmente. Mas, até o momento, o lutador não foi escalado para os eventos programados para o mês de julho. “A gente não pode se apavorar. Não tem como entrar nos Estados Unidos agora e não posso querer entrar de qualquer maneira lá. Então tenho que esperar para ver se melhora isso tudo. Mas se pudesse lutar em agosto, eu estaria pronto sem problemas. Estou treinando, em forma. Mas temos que ter calma, até porque preciso tirar meu visto também. Vamos fazer tudo certo”, explicou o especialista na arte suave. Recordista de vitórias por finalização na história do UFC, com 14, Charles ‘Do Bronx’ vive seu melhor momento desde que estreou pela principal organização de MMA do planeta, em 2010. Atualmente, o brasileiro acumula sequência de sete vitórias, que, inclusive, lhe deram seis prêmios de ‘Performance da Noite’. A última vez que o lutador foi derrotado foi em dezembro de 2017, por Paul Felder.
  4. Vídeo: Kamaru Usman e Justin Gaethje trocam socos na cintura em treino insano Campeões do UFC treinam juntos e relembram cena clássica do Pride em sparring Por Combate.com Campeão dos pesos-meio-médios do UFC, Kamaru Usman anunciou recentemente sua mudança para Denver, Colorado, para treinar na Elevation Fight Team, mesma equipe de Justin Gaethje, campeão interino dos pesos-leves. Os dois estão treinando juntos para o UFC 251, no qual Usman enfrentará seu ex-companheiro de equipe, o brasileiro Gilbert "Durinho" Burns. Justin Gaethje (esq.) e Kamaru Usman (dir.) em treino de sparring — Foto: Reprodução/Twitter A julgar pelo vídeo que ambos os campeões compartilharam nas redes sociais no domingo, os treinos estão pegados. O trecho mostra Gaethje se livrando da pressão de Usman no solo, se levantando e partindo para uma troca de golpes na linha da cintura, com ambos os lutadores desferindo duros socos em sequência. No estouro do round, Gaethje se joga exausto no chão, de cambalhota. A cena, com os dois travando o pescoço um do outro, lembra um momento clássico da história do MMA, uma troca de golpes na cabeça entre Don Frye e Yoshihiro Takayama no Pride, em 2002. Relembre abaixo: Usman mudou de equipe, entre outros motivos, porque terá pela frente no UFC 251, no próximo dia 11 de julho, seu ex-companheiro de treinos Gilbert Durinho na luta principal do evento. Gaethje vai disputar a unificação dos cinturões do peso-leve contra Khabib Nurmagomedov, campeão linear da categoria, mas o combate ainda não tem data oficial para sua realização.
  5. Gustafsson aponta luta no peso-pesado como desafio e não confirma permanência na divisão Ag Fight No dia 25 de julho, Alexander Gustafsson vai retornar ao octógono mais famoso do mundo. Após anunciar a aposentadoria do esporte em junho de 2019, quando foi finalizado por Anthony Smith, o sueco mudou de ideia e agora vai se aventurar na divisão peso-pesado, diante do brasileiro Fabrício Werdum, em edição na ‘Ilha da Luta’. No entanto, o lutador adiantou que, apesar de fazer esse próximo duelo na categoria mais pesada, não signifique que ele vai permanecer nela em sua sequência da carreira. Em entrevista ao site ‘MMA Viking’, o ex-desafiante ao cinturão dos meio-pesados (93 kg) afirmou que essa volta nos pesados foi basicamente para se testar na categoria. O sueco ressaltou que sempre precisou cortar muito peso para atuar na sua divisão de origem e, por isso, dessa vez pretende atuar sem esse desgaste. “Estou enfrentando uma luta de cada vez. Estou lutando com Fabrício agora no peso-pesado, mas isso não significa que vou ficar no peso-pesado. Estamos enfrentando uma luta de cada vez e vamos ver qual é o próximo passo”, afirmou o lutador, antes de complementar o raciocínio. “Nós colocamos alguns nomes no peso-pesado porque pensei nisso e parece que essa é a melhor decisão para mim agora. Porque eu sou muito grande no meio-pesado, e eu sempre tenho que cortar talvez 15, 17 quilos a cada luta. Então eu só queria me desafiar um pouco e sim, apenas para me desafiar e ver como tudo isso vai acontecer. Estou realmente ansioso por isso”, completou o lutador europeu. Aos 32 anos, Alexander Gustafsson soma 18 triunfos e seis reveses em sua trajetória como profissional de MMA. Durante sua passagem pelo Ultimate, o sueco disputou o cinturão da organização em duas oportunidades, ambas contra Jon Jones. Apesar de ter sido derrotado nos dois confrontos, o atleta da ‘Alliance MMA’ é apontado até hoje por especialistas como um dos rivais que chegou mais próximo de superar o campeão meio-pesado do UFC, quando o encarou pela primeira vez, em setembro de 2013.
  6. Aproveita e salva os links, vai que uma hora ou outra não aparece ninguém pra postar ,rs ,o fórum é pra isso, trocar ideias e se possível ajudar para um convívio melhor, tmj !
  7. Links - http://crackstreams.com/mmastreams/watch-ufc-poirier-vs-hooker/ http://ripple.is/mma/12531-ufc-live-stream http://buffstreamz.com/watch/mma-2
  8. Ótima dica ,vou tentar, rs Abs
  9. Calma lá Barbas ,posso ser chato mas não tanto assim, kkk, o colega forista só emitiu uma opinião! Abs
  10. Obrigado Barbas ,esse tipo de coisa faz parte do trabalho da moderação ,foi só um momento sincericida meu ,os malas vão continuar a existir e eu provavelmente irei responder um ou outro ,cada pessoa tem sua maneira de agir e pensar ,acho que peco pelo excesso as vezes mas faz parte ,se eu ficasse quieto me sentiria pior ,rs, agradeço os elogios mas acredito que o trabalho da moderação é um somatório ,não fosse a colaboração da maioria dos foristas de nada adiantaria o nosso esforço ,o PVT é nosso! Vou tentar seguir o conselho do amigo! Abraço!
  11. Excelente a postura, vai ter sempre a minha torcida, mas vamos ser sinceros, se lutar dez vezes contra a Amanda perde onze ,está fazendo hora extra no cage ,fez uma luta espetacular contra a Ronda, foi campeã e nunca mais lutou decentemente, além de já não ser mais garota, tomara que essa luta nunca role, não quero ver você apagada pela Amanda outra vez Holm!
  12. Sei lá ,posso estar errado mas acredito que o fórum tem seções , a ``principal`` de fato não existe ,ela é a seção dedicada ao mma e k-1 ,erroneamente chamamos de principal e com isso mesmo sem querer acabamos distorcendo o fórum e criando um ``interesse`` que não deveria existir ,como se diz que os tópicos presentes em outras seções não despertam interesse ou geram pouco debate, essas comodidades da era digital nos torna um tanto preguiçosos até pra mexer os dedos e deslizar a digital ou o mouse para a seção correta , quando é de interesse,necessidade,urgência se procura em incontáveis sites e páginas do Google ,quem nunca? Essa questão da politica realmente estava poluindo e estragando vários tópicos bons ,centralizando tudo em um só tópico fica melhor para coibir algum excesso e também não impede que quem queira se manifestar assim o faça, a colaboração pelos foristas também é fundamental para o bom funcionamento do fórum !
  13. Concordo, o único ponto que eu questiono é que uma exceção abre brechas para outras e as regras perdem o seu efeito ,sobra pra moderação ter que ficar ponderando o que pode ou não e tendo que ouvir reclamações de coisas que nem eram para existir se todos se peocupassem em seguir as normas!
  14. É o lugar do tópico, mas se eu fizer isso cai o mundo, tá todo mundo careca de saber aonde se deve postar cada tipo de matéria, alguns insistem em colocar tudo na principal pra ver o que acontece, eu já desisti de ficar movendo tópico e me incomodando por isso! O negócio é ignorar e nem entrar no tópico , pelo visto esse assunto vai ficar por muito tempo aqui na principal, Rickson tem muitos admiradores!
  15. USADA com certeza e some a isso uma meia dúzia de cirurgias pelo menos, não tem como ser o mesmo cara da época que enfrentou o Anderson!