brunogandhi88

Membros
  • Content Count

    4504
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

2 Followers

About brunogandhi88

  • Birthday 11/21/1988

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Interests
    COMENTAR SOBRE LUTAS

Recent Profile Visitors

6811 profile views
  1. Te vejo em breve pode significar outra coisa. Espero que ele realmente volte. Estamos diante do homem com o maior potencial para se tornar Goat indiscutível em 3 ou 4 anos.
  2. Eu ia falar isso. O começo dele no UFC foi horrível. Mesmo contra Liddel, temos que relativizar, pois o homem já estava em ampla decadência levando atraso de todo mundo. As únicas lutas realmente boas que o Shogun fez contra adversários da elite foram contra Lyoto. Depois disso, ele nunca venceu ninguém que o pudesse credenciar a uma nova disputa de cinturão. O tempo transcorrido entra a luta contra o Lyoto e Jones não foi longo. Não há como entrar em decadência num espaço tão curto. Ele sempre foi superestimado e tinha a parte defensiva sofrível. Se garantiu muitas vezes na raça, no queixo e na pegada. Ele tinha um jogo de quedas até decente, por isso, venceu lutas quando perdia em pé. O boxe sempre foi ruim mesmo.
  3. Shogum sempre teve uma defesa de quedas ruim, mas nessa luta ele se superou. Não defendeu quase nada e caiu em tentativas bem ruins do Craig.
  4. Você tem razão. Lee conseguiu a montada e terminou o round aplicando um GnP até efetivo, mas não houve tentativa de finalizar. De qualquer forma, Lee conseguiu derrubar 2 ou 3x e até o fim do segundo round fez luta dura, mas o gás, como de costume, acabou e a partir daí foi passeio do Fergunsom. Esse jeito desleixado com a defesa é que me faz acreditar que Charles pode capitalizar no chão, mas não colocaria meu suado dinheiro nisso.
  5. 109 kg seco. Nada surpreso. Jones sempre foi um peso pesado natural lutando no meio-pesado. Aliás, o que não falta hoje no meio pesado é gente com estrutura de pesado. 110kg me parece ser o peso ideal para ele.
  6. Charles evoluiu como lutador. Tem se apresentado bem, até mesmo na trocação. O wrestling dele também melhorou. Já derrubou bons wrestlers. Isto posto, o Fergunsom tem muitas falhas defensivas e sempre dá alguma brecha. Até o Lee já o quase finalizou. O brazuca tem chances, apesar do favoritismo claro do americano. Eu colocaria 70x30.
  7. Avaliando a carreira dele no UFC até a disputa de cinturão: Ele venceu Coleman e Chuck Liddel em fins de carreira. Ele, inclusive, venceu com dificuldades um Coleman que já estava velho e se arrastando no octógono, o mesmo de fiz do Chuck. Antes desses dois, ele havia perdido para o Forrest. O caminho dele até o cinturão foi muito fácil (duas vitórias contra lutadores semi-aposentados). A vitória sobre o Griffin foi depois da perda do cinturão, quando este também já não estava no auge. O Minotouro no UFC também foi mal e passou mais tempo lesionado do que lutando. Ele perdeu 2x para um Hendo já velho. Ele foi muito bem no pride, mas chegou no UFC ainda jovem. Acho que os resultados pífios que ele teve nós últimos se devem também ao fato de o nível ter aumentado e as deficiências do Shogun terem sido expostas.
  8. A carreira de um lutador não pode ser avaliada apenas por conquistas pontuais, mas também pelo que ele fez após essas conquistas. O nível do Pride era bem inferior ao atual. Ele não defendeu o cinturão do UFC uma única vez sequer. O único adversário realmente de alto nível que ele venceu no UFC foi o Lyoto. Após perder para o Jones, Shogun não chegou nem perto de uma disputa de cinturão. Ele sempre mostrou falhas defensivas graves. O Shogun nunca defendeu um cinturão na vida. O povo aqui o idolatrava como um dos maiores da história da categoria. Hoje, ele sofreria para entrar num TOP 10 do peso e certamente não está no TOP 5, e aqui não estou falando do momento atual, mas do histórico dele.
  9. Ele até foi longe no UFC derrotando o Lyoto e ganhando o cinturão, mas desde então, ele nunca conseguiu uma sequência convincente de vitórias. Isso me faz pensar que ele não apenas entrou em decadência, mas também superestimaram as habilidades do brasileiro.
  10. Shogun não faz uma boa apresentação há anos. Sempre achei superestimado.
  11. Acho que o 4 round foi o mais equilibrado e até poderia ir para o Felder, mas 3 round's não tem como. Rafael ganhou com grande clareza 1, 3 e 5. O segundo foi dele, mas numa forçada de barra, poderia ir para o Felder.
  12. Concordo que a precocidade da aposentadoria é um bom argumento para não colocá-lo como GOAT, mas o potencial dele para atingir esse patamar é o maior de todos. Eu discordo da comparação com a Ronda e também não acho que ele parou antes de ter seu jogo suficientemente estudado. Khabib já está no UFC há anos. Ele já foi exaustivamente estudado. Todo mundo sabe o que precisa ser feito para dete-lo. A questão é que ninguém apresentou as armas necessárias para isso. Ele não é unidimensional como a Ronda. Ela tinha uma trocação fosca, enquanto o Russo te uma trocação boa. O jogo de chão dela era básico e eficiente, Khabib é variado. Queda de várias maneiras e finaliza de várias maneiras, além do domínio por cima. Agora, o mais importante é que o Russo enfrentou atletas de uma categoria consolidada, os artistas marciais mais talentosos estão nela. A categoria da Ronda era semi-amadora (o MMA feminino ainda tem um nível muito baixo).
  13. Esta é minha esperança. A perda é muito recente, ele deve estar vivendo as fases mais complicadas do luto neste momento. O simples fato de ter aceitado a luta já mostra que ele é mentalmente diferenciado. Eu não conheço bem a intimidade dele, mas meu palpite é que ele deve estar deprimido. Nesta fase, tudo perde seu brilho. O mundo deixa de fazer sentido e você não encontra mais prazer nas coisas que encontrava antes, no caso dele, a luta. Só o tempo para fazê-lo superar, apesar de que uma perda desse tipo nunca será totalmente superada. Há coisas que se vão e levam um "pedaço" da pessoa junto. A vida nunca será a mesma. Contudo, acho que com o tempo, ele pode sim voltar a sentir prazer em lutar.
  14. Eu concordo com o colega Jon Jones sobre o fato de o Khabib ter sido o lutador de MMA mais dominante que já existiu. Pesa contra ele o fato de ter defendido poucas vezes o cinturão, mas isso não muda o fato de que ninguém foi tão dominante numa sequência de lutas como a dele enfrentando a elite do esporte. Eu acho que ele entra no top 5 de melhores da história, mas fica difícil situá-lo como o melhor porque está parando muito cedo. No entanto, nenhum lutador tem tanto potencial para alcançar este posto de forma inconteste quanto ele. Hoje, indiscutivelmente, Jon Jones é o Goat, mas Khabib tem trilhado um caminho muito mais brilhante do que Jones. Se ele mantivesse esse ritmo por mais 2 ou 3 anos, ele seria indiscutivelmente o novo GOAT. Jones tem ao menos 3 decisões controversas a seu favor. Ele já passou por apuros mesmo em lutas não controversas. Além disso, ele luta com enorme vantagem física. Há também o fator nível. Não há como comparar o nível de competição nas duas categorias. O peso leve tem mais lutadores talentosos, sem contar o índice de renovação da categoria. Atualmente, um peso leve tem em média 1,77m e em off pesa em média 80kg. Ou seja, estamos falando de um biótipo muito próximo da média dos homens. Meio pesado se tornou terra de gigantes. A altura média deve estar próxima de 1,88m e o peso em off mais de 100kg. É um biótipo muito mais longe da média. Tem as questões extra cage que abalam o legado do Jones, apesar de não ser suficiente para tirá-lo do posto de Goat. Se o Khabib realmente não mudar de ideia, será a aposentadoria mais triste da história do MMA. Ele tem potencial para apresentar muito mais e como muitos já disseram, ele está em plena evolução. Ele provou que seu striking é bom e seu jogo de chão tem evoluído a olhos vistos. Enfim, vê-lo lutar é uma dádiva. É como receber uma master class do que realmente funciona num combate homem a homem.
  15. Justin terminou o round muito cansado, o que mostra como a pressão que o Khabib impõe é eficiente. Como sempre disse, a trocação do russo é subestimada. Ele passou a maior parte do 1 round trocando e levou perigo. Acho inclusive que ele teve vantagem. Justin mostrou a falta de JJ. Quando o derrubou, Khabib passeou por cima. Passou guarda com extrema facilidade. A finalização foi linda. Ele é o lutador de MMA mais dominante da história. Se muito, perdeu 2 ou 3 round's em todo o UFC. E isto na categoria de maior nível da organização. Por isso, acho apropriado incluí-lo na discussão sobre o GOAT. Havia quatro nomes incontestáveis: Jones, Fedor, AS e GSP. Khabib é o quinto. Espero que ele mude de opinião quanto a aposentadoria. A morte do pai foi recente. Ele ainda deve estar vivendo as fases do luto. Leva tempo para superar isso. Ele provavelmente deve estar depressivo. Em estados assim, todo o resto perde importância diante da perda sofrida, o que torna a vitória de hoje mais impressionante. Quando ele superar todas as fases do luto, acredito que possa voltar.