Lonely

Membros
  • Content Count

    887
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Lonely

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Vou torcer pelo Yan, a postura do Sterling no último evento foi ridícula. Pareceu o Neymá.
  2. Data:Hoje, 23:00 Local:UFC Apex Peso Leve·Luta principal Islam Makhachev Thiago Moisés 19 - 1 - 0 15 - 4 - 0 Peso Galo feminino·Coevento principal Marion Reneau Miesha Tate 9 - 7 - 1 18 - 7 - 0 Peso Leve Jeremy Stephens Mateusz Gamrot 28 - 18 - 0 , 1SR 18 - 1 - 0 , 1SR Peso-médio Rodolfo Vieira Dustin Stoltzfus 7 - 1 - 0 13 - 2 - 0 Peso Pena Gabriel Benítez Billy Quarantillo 22 - 9 - 0 15 - 3 - 0 Data:Hoje, 20:00 Local:UFC Apex Peso Meio-médio Daniel Rodriguez Preston Parsons 14 - 2 - 0 9 - 2 - 0 Peso Palha feminino Amanda Lemos Montserrat Ruiz 9 - 1 - 1 10 - 1 - 0 Peso Galo Khalid Taha Sergey Morozov 13 - 3 - 0 , 1SR 16 - 4 - 0 Peso Mosca Francisco Figueiredo Malcolm Gordon 12 - 3 - 1 , 1SR 12 - 5 - 0 Peso Pesado Alan Baudot Rodrigo Nascimento Ferreira 8 - 2 - 0 8 - 1 - 0
  3. Valeu, bro! Os gregos tinham uma cultura profundamente guerreira, pois quando nós falamos dos gregos, para aprofundar um pouco, na verdade nós falamos de diversos povos que falavam a mesma língua (com as suas variações, lógico) e tinham os mitos parecidos, ouviam Homero, etc. Homero, não sei se muito de vocês conhecem, escreveu dois poemas épicos (além de fundar a cultura ocidental): a Ilíada e a Odisseia. O primeiro é a história da guerra de Tróia e a segunda é uma história de aventura da volta de Odisseu para casa. Os gregos tratavam os poemas homéricos como a sua Bíblia, e o ideal do guerreiro, que é representado por Aquiles na Ilíada, é o ideal de todo grego. Portanto, o principal ideal dos gregos eram os valores guerreiros e eles gostavam de guerra. Isso faz com que a sociedade grega tivesse a ginástica e os treinamentos físicos no centro da educação e as imagens clássicas (as estátuas, etc) todas refletissem a perfeição do corpo masculino e guerreiro, que é forte, viril, etc. Não é só genético, é algo cultural também, além da própria dieta grega: é um povo litorâneo, portanto comem muito peixe e arroz. Assim, para retomar, eles valorizavam o exercício físico no mesmo nível da música, da matemática, filosofia, etc. O próprio Sócrates, fundador da filosofia, foi um guerreiro e lutou na guerra do Peloponeso. Na Grécia era e é incomum gente gorda por causa da dieta e dos costumes regionais. Eles parecem japoneses, que também não são gordos no geral. Mas isso de ser rico = gordo geralmente representa os ricos, no mundo antigo em geral, que tinham muitos escravos ou servos ou trabalhadores para fazer o serviço pesado e o gordão podia ficar o dia inteiro em casa, sem fazer nada, só comendo. Mas o cara precisava ser um grande senhor de terras e tal. A filosofia grega (antes de Sócrates, a filosofia pré-socrática), aliás, surgiu justamente assim, dizem. O pessoal tinha muita terra e não precisava trabalhar, aí podiam passar o tempo contemplando o mundo e refletindo.
  4. Mas aí oxe, eu peço licença para fazer um breve comentário: a razão para isso é que, como você bem destacou, os objetivos são bem diferentes. O objetivo de um bodybuilder é fortalecer e levar até onde a potência do corpo pode chegar (e com umas paradas, para além disso). Todo mundo fala sobre a questão estética, mas eu sempre acreditei que o desejo do cara (no fundo) que participa do meio fisiculturista é desenvolver o corpo o máximo possível, pois a glória para ele é a excelência do corpo. Eu acho algo muito legal - e muito grego. Os gregos, que eram também um povo muito guerreiro, também acreditavam no potencial do corpo humano e eles praticavam excessivamente a ginástica para se aproximar das divindades, para demonstrar o inacreditável potencial humano que existe na nossa fisicalidade. Eu sempre fico impressionado quando vejo o Arnold Schwarzenegger. Tem também a sua glória e eu acredito que, fisiologicamente, eles conseguem chegar no limite possível da capacidade muscular e etc. Não acredito que um lutador se equipare, pois eu acredito que a área do lutador, como novamente você bem destacou, é a do ''guerreiro de mente blindada''. Talvez o quê eu diga a seguir soe meio estranho ao nosso meio brasileiro de artes marciais, mas eu acredito que as artes marciais, para além do corpo físico, é também uma disciplina da alma e do espírito. Existe um monge budista, que eu estava lendo uns meses atrás, chamado Takuan Soho, que escreveu um livro chamado ''A Mente Liberta'', que há uma série de textos escritos à samurais para que eles pudessem melhorar a sua técnica e perceberem como a arte da espada é também uma arte para a disciplina da alma. O próprio Miyamoto Musashi tem vários escritos budistas fazendo a mesma relação. A luta, seja de espada ou a mão, faz o sujeito ir ao seu limite, pois ele tem que enfrentar o medo de se machucar, de morrer, do nossa vontade de fugir em situações de perigo, etc. O cara para ser um bom lutador, ele precisa aprender não só a lidar com a dor física, a conviver com ela, mas também precisa lidar com a dor psicológica e moral, com os nossos medos, com as nossas fraquezas e etc. E criar mentalmente uma enorme disciplina mental para lidar em situações de conflito aberto, que na época dos samurais, eram mortais. Eu penso que essa é a grande diferença. As vezes, o bodybuilder pode aguentar fisicamente até mais uma porrada que um lutador, mas ele não tem a mentalidade e a capacidade para o conflito como o último.
  5. Eu vou ir dormir aqui, mas espero uma quarta luta. Tenho certeza que será outra ótima noite vendo esse prego apanhar. Boa noite, galera!
  6. Eu ri que ele fingiu que ia deixar o Conor levantar e decidiu voltar a bater no chão.
  7. Pois é. Pra mim não tem nem discussão, Poirier no final do round começou a massacrá-lo. Ó Conor só falou barbaridades naquela hora. Especialista em falar merda.
  8. Pra mim o ponto alto da luta foi quando o Conor tentou finalizar o Poirier no chão, fechando a guarda e tentado enforcar. Eu ri de pena aqui, principalmente quando o Poirier subiu e começou a bater sem dó.
  9. Pai da filha do Poirier não? Impossível entender o inglês que os irlandeses falam.
  10. O Conor pode matar alguém que o pessoal passa pano, não tem jeito.
  11. Chamou o McGregor de "douchebag" e mandou o povo que tava vaiando ele se foder (em uma tradução não literal de "Kiss my asshole")
  12. Poirier está muito mais maduro, impressionante. O McChicken continua o mesmo prego. Que façam a quarta luta e eu possa ver esse verme sendo massacrado de novo.
  13. Conor vai falar que perdeu porque lesionou, infelizmente. Sou a favor de uma quarta luta, para o Poirier bater mais.
  14. JÁ TÁ ENTREGANDOA PAÇOCA. BORA POIRIER!
  15. VAI POIRIER, PORRA! FAZ ESAE IRLANDÊS MALA COMEÇAR A PENSAR EM APOSENTAR!