pipo

Chandler " meu grappling faz frente ao de Khabib e não tenho medo de trocar com Gaethje por cinco rounds"

Recommended Posts

Logo em seu primeiro compromisso pelo Ultimate, Michael Chandler foi escalado como suplente da disputa entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, pelo cinturão peso-leve (70 kg), na luta principal do UFC 254, na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU). E, apesar das chances de realmente entrar em ação no evento deste sábado (24) serem pequenas, o ex-campeão do Bellator promete estar preparado para substituir qualquer um dos protagonistas do show.

Em conversa com a imprensa durante o media day do UFC 254, Chandler destacou sua capacidade de se adaptar ao estilo de luta de Khabib – mais focado no grappling -, assim como à trocação de Gaethje, sua principal arma. Na visão do americano, o fato de ter feito sua preparação pensando na possibilidade de enfrentar os dois atletas pode ser uma vantagem a seu favor caso, em uma eventualidade, seus serviços sejam necessários neste sábado, no octógono montado na ‘Ilha da Luta’.

“No geral, eu realmente foco 80% dos meus treinamentos apenas em mim mesmo, de qualquer forma. Mas eu acho que ajuda que para Khabib você tem que se preparar mais para um estilo de grappler, Gaethje você tem que se preparar mais para a trocação, defesa e ataque. Então, algum lugar no meio termo é o plano de jogo perfeito para ambos. Eu estou constantemente tentando melhorar como um lutador de MMA completo”, analisou Chandler, antes de continuar.

“Eu tenho dito há anos que meu grappling vai fazer frente ao de Khabib. E como vocês viram com minhas apresentações do passado, nas batalhas e guerras em que eu estive, eu também não tenho medo de ir lá e trocar com Justin Gaethje por cinco rounds. De qualquer forma, eu vou estar preparado. E eu até acho que talvez eu esteja mais preparado para eles – se o mosquito da má sorte picar o UFC – porque eu me preparei para eles, e eles não se prepararam para mim. Então, vamos ver como tudo se desenrola”, finalizou.

Aos 34 anos, Michael Chandler chega ao UFC com o cartel de 21 vitórias e cinco derrotas. O americano, que compete no MMA profissional desde 2009, construiu grande parte de sua carreira no Bellator, onde foi campeão dos pesos-leves em três oportunidades, além de conquistar a quarta temporada do torneio da categoria, em 2011.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Difícil...

UFC é outra parada.

Além do plantel, tem o peso de lutar no evento, ambientação, relação com o patrão, enfim, há uma série de variáveis que também entram no 8 e costumam atrapalhar.

No mais, a expectativa é maior pra ver o Chandler do que foi com o Alvarez. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Genilson Lopes disse:

Esse aí vai morrer pela boca...

Na situação dele...É o que ele pode fazer pra fazer barulho e gerar interesse do público.

No UFC, na verdade, ele não é nem um lutador ranqueado ainda...Depois do UFC 254, pode ter que pegar  um Carlos Diego Ferreira ou um Kevin Lee para aparecer no cenário...Isso se vencer...Se perder, vai sumir.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Ominöser disse:

Espero que chegue e arrebente geral,.só pra ver o Dana de.boca aberta hehehe

Ia ser engraçado huahauauhauh

Share this post


Link to post
Share on other sites
17 minutos atrás, Último Imperador disse:

Difícil...

UFC é outra parada.

Além do plantel, tem o peso de lutar no evento, ambientação, relação com o patrão, enfim, há uma série de variáveis que também entram no 8 e costumam atrapalhar.

No mais, a expectativa é maior pra ver o Chandler do que foi com o Alvarez. 

As duas derrotas pro Will Brooks colocam um * enorme no Chandler...Vamos ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O discurso é  esse mesmo, vai dizer que os caras são  impossíveis de se vencer? 

A realidade é outra, acho que não  ganha  de nenhum do top cinco, mas não dá  pra dizer que não  tem chances. ..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Grappling  comparável com o do Khabib,  trocação pra fazer frente ao Justin...

Se tivesse mais um minuto de entrevista, iria falar que tem jiu-Jitsu nível Demian, punch do Ngannou, queixo do Ivanov, envergadura e controle de distância do Jones...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não boto fé nesses caras que migram do Bellator pro UFC. Will Brooks, Marcin Held, Hector Lombard, nenhum arrumou nada. Alvarez foi campeão mas tbm foi inconstante 

Chandler é um baita lutador, mas não se criaria nos leves até pela diferença física. Na minha opinião poderia vencer nomes como Lee e Charles, mas pararia no top 5

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já tinham que colocar ele pra lutar, com adversário no card e não deixar ele de reserva de uma luta que tudo leva a crer que vai acontecer. Coloca ele com um top 10 da divisão, de repente seria uma boa luta para o Charles do Bronx, se ganhar bem pode começar a falar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, LP Ribeiro Silva disse:

Grappling  comparável com o do Khabib,  trocação pra fazer frente ao Justin...

Se tivesse mais um minuto de entrevista, iria falar que tem jiu-Jitsu nível Demian, punch do Ngannou, queixo do Ivanov, envergadura e controle de distância do Jones...

Fecha o tópico! Kkkkkk 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Último Imperador disse:

Inclusive perdeu para o Alex Cowboy que nem é lá essas coisas...

Sim, o Brooks foi a "alegria da rapaziada" no UFC.

E perdeu para o peso pena do Bellator também, o pitbull...Vamos ver como será.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now