uju

Membros
  • Content Count

    3812
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

3 Followers

About uju

  • Birthday 05/28/1976

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

6631 profile views
  1. Borracha sabe se vender...enquanto estiver tendo resultados positivos, pode continuar a falar...foi assim que o nome dele se tornou algo interessante para a categoria. Se fosse quietinho, estaria lá atras ainda. Os resultados são outros quinhentos...porém ele costuma trazer boas lutas...pode ganhar ou perder pro Nigéria, e teria muitas dificuldades contra o Jones, mas se continuar lutando bem, sendo agressivo, então sempre vai valer a pena assistir. Não vejo nenhum problema do cara se vender, e mesmo perder depois disso, desde que sempre entregue tudo na luta, tá valendo.
  2. Gaethje foi meticuloso no seu plano...houveram alguns momentos que outros lutadores teriam partido pra cima com tudo, mas ele nao se empolgou, nao deu chance para o azar, frieza pacaraleo. A torcida faz falta, mas vendo os tops lutando sem plateia é maneiro, da pra ouvir quando a porrada é mais contundente.
  3. Independente dos resultados, Royce é um cara bruto pacas...a coragem do cara é infinita. Antes dessa luta, lembro de ter lido numa revista ele falando em enfrentar o Kerr, o Igor ou o Saku...tres fodas da época. O cara com aquele chassi, voltando pra lutar e simplesmente se metendo a enfrentar o que a época tinha de mais foda. O tempo passa, mesmo nessa época seu estilo já estava defasado, o "vale tudo" ja tinha evoluido, galera pós Ruas ja estavam cada vez mais completos e fortes, seria dificil ele repetir os feitos dos primeiros UFCs, mas é impossível qualquer fã de luta não admirar o espirito de luta desse cara...O primeiro super casca grossa da porra toda.
  4. O nível das mãos é outro...imagina recebendo isso com luvinha de mma. Esse cara com uns 30 anos (ja era top mundial de boxe a 10 anos com essa idade) , com um básico de wrestling, um jiu defensivo, nem precisaria chutar, so aprender a se comportar quando receber chutes (bloquear, esquivar ou....suportar), ja daria calor numa galera de qualquer época, inclusive nos pesados de hj. Se falava muito do Rickson contra ele nos anos 90, mas o brasileiro teria que acertar a primeira investida de queda, pq se o Tyson acertasse a primeira mãozada, ficaria tenso. E como ele nunca lutou mais ereto, sempre com a base baixa, talvez nao fosse tao simples quedar ele. Teria que ter um time muito bom pra clinchar ou ir nas pernas sem levar um cruzado ou upper. Isso considerando os dois na época, com o Tyson pugilista puro. Arte contra arte, como era. Claro que, uma vez no chão, do outro lado seria o Rickson, então... Penso que a evolução no wrestling seria o fator que definiria onde ele chegaria no mma.
  5. Nem consigo opinar sobre quem venceu...a luta foi abaixo do nível dos dois. No primeiro round, achei muito legal a postura do Romero, ficando imóvel e todo mundo vendo o Israel com medo de se aproximar. Tinha ficado claro que ele estava esperano o nigeriando se aproximar pra mandar uma marretada. E funcionou. Parecia um tiuzão experiente ensinando uns truques para um moleque prepotente. Porém conforme a luta se arrastou, parecia que ele só trouxe essa estratégia, que acabou ficando manjada e a luta ficou xarope, muito abaixo do que poderia ter sido. Para piorar para eles, lutaram logo após uma luta muuito foda da mulherada, que com certeza entrou para a história. O contraste foi evidente...A chinesa e a marrenta fizeram a luta da noite....de muitas noites, entregaram a vida na luta.
  6. A situação do shogun e do minoto nao é so idade ou kilometragem de lutas...é o historico de lesões. Isso judia do atleta mais do que qualquer coisa...basta ver o Velasquez. Essa luta é mais uma homenagem do que uma necessidade. Boa luta para os dois, grandes lutadores e grandes pessoas.
  7. Na entrevista do Jones no 8 ele tava bem sem graça, tentando justificar a vitória...mas não estava com aquela convicção. Assim como Marreta, Reyes cresceu bastante nessa "derrota"...o Brasileiro por ter feito uma luta disputada com o Jones mesmo debilitado....o Americano pq saiu com a opinião de muitos a seu favor. Jones é um gigante, disparado o melhor meio pesado da historia até aqui e um dos melhores de todos os pesos, mas essa noite saiu questionado do 8. Reyes sai grande, mostrando que é real na categoria...A melhor parte de tudo isso é tendência de melhora de nível que o meio-pesado está demonstrando. Espero que não seja só uma tendência e que os atletas dessa, que ja foi uma das categorias mais tops do MMA, continuem mostrando evolução.
  8. Quando acabou o 3 round eu pensei aqui: Por pontos o Reyes ja garantiu....agora ele tem que se preocupar em nao ser cortado, nao ser finalizado, nao ser nocauteado..........e com os juizes. Na minha opiniao Reyes venceu a luta....até a comemorada do Jones no fim da luta nao foi convincete, foi tipo: deixa eu levantar as maos e ver no que dá.
  9. Achei os dois um pouco tensos na pesagem.
  10. Eu concordo com a analise do Khabib sobre a escolha do Cerrone, e entendo ele. Ele não quer lutar com o Conor de novo, não pelo que pode acontecer dentro do 8, pq ja lutaram ele venceu em todas as areas (o knock down da luta foi dele,as quedas foram dele, a finalização foi dele)...o maior mérito do do Conor foi defender algumas investidas...Claro que cada luta é diferente e o Irlanda com certeza estará mais preparado, mas eu apostaria em duas questões na posição do Nurma: 1- ele realmente acha que o Conor não merece. 2- Aguentar a promoção de luta do Irlandes é um saco pra quem é o alvo. Dias infinitos de pentelhação. Por fim, penso que todos os lados estão certos: o UFC sabe que o Conor vende pacas, e tem uma rivalidade monstra com o campeão...O conor sabe que vende que pode usar isso pra tentar novamente o 3 título e faturar muito...e o Khabib realmente não gosta do Irlandes e nao quer dar nova chance pra ele. Se o Khabib vencer a proxima, o UFC vai fazer acontecer.
  11. Incrivel como o Fedor é sempre menor que os caras que lutaram nas categorias de baixo.
  12. Amanda é sem duvida a melhor do momento e isso nao tem nem discussão...quanto a ser a melhor de todos os tempos, nesse mesmo nível diferente que vc cita, a Amanda teve derrotas. Então acho natural, que por questão de perspectiva, alguns achem a Cyba na frente pela durabilidade de sua invencibilidade, e outros achem a Amanda por tudo o que vem fazendo nos ultimos anos.
  13. Eu não sei se acho que a Amanda é muito chata, mas luta muito....ou se luta muito, mas é muito chata. Tô confuso.
  14. Marco deveria estar em qualquer Hall da fama sobre MMa...o cara redirecionou a mentalidade da modalidade, ainda na época do vale tudo. Ele ja fazia isso no Brasil, mas foi no UFC que ele apresentou sua filosofia ao mundo.
  15. ah...dois magrelos... Não sei como alguém pode desconfiar desses dois. ?