Sartori

Atletas
  • Content Count

    5424
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Sartori

  • Birthday 03/11/1984

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Brasília

Recent Profile Visitors

11892 profile views
  1. ROSADO falando da historia do Carlson colocar o filho dele para trocar porrada na rinha foi hilaria! hahaa
  2. Também acho que não, pensando em alguma hipótese plausível seria ele tentar " acompanhar" sempre etc, na verdade como falei independentemente de qual fosse a " realidade" essa declaração dele sobre um mentor e que já faleceu foi descabida.
  3. Obviamente que tem " enfeite" nas historias ou até mesmo os caras acreditam que ocorreram de certa forma tem, referente ao Rolls / Rickson eu tenho um relato a fazer aqui interessante, teve uma época que eu estava treinando 3 vezes por dia de 2 a sábado ( sábado engatava um treinao de 3 horas trocando informação, vendo posicionamento dos golpes etc na manha e depois caia para o sparring tentando aplicar o que tinha visto na semana toda/ meu jogo). então obviamente estava voando e eu te digo, sempre fui "fairplay" em treino e principalmente sempre tive muito respeito / consciência que não fazia sentido eu tentar passar carro em iniciante e muito menos em graduado ( principalmente que não estivesse treinando), porque os tempos são outros de espirito etc, quem ta na moral treinando mesmo que direto, se não esta lutando campeonato ou com espirito para isso não vai trocar porrada igual quem esta com sangue nos olhos de evoluir etc Então com o longo do tempo treinando você "VÊ' que ta batendo mais forte na manopla, esta mais rápido, esta com mais gás, seus golpes mesmo não jogando na pressão estão entrando e assim vai, para que você vai sujeitar você e a outra pessoa que lhe ensinou coisa pra caralho e ficar metendo nocautão nela por exemplo? Nada a ver, sempre tive muito essa visão, eu entendo por exemplo o que rolava na chute boxe da galera cair na porrada e na minha equipe já tivemos isso, MAS entre aqueles que " estavam evoluindo", então por exemplo era treino de campeonato entre a galera que queria lutar? Ai o pau comia insanamente, knockdown comia solto em todos os treinos, mas chegar em treino " normal" e ficar tentando acelerar o cara que me ensinou coisa pra caralho " gratuitamente?" pra que...... mesmo se eventualmente eu conseguisse ou não conseguisse não importa... Eu acho que poderia ser "viável" em X treinos ao longo dos meses o rickson por exemplo como ele disse começar a se defender do rolls de tal forma que ele não fosse mais finalizado, e começasse a " ganhar" nos treinos as posições e eventualmente um dia depois de alguns treinos " ganhando em termos de posição" finalizar o Rolls e ter aquele " sentimento" de que a partir daquele momento era um gatilho, pois um estava em ascensão e o outro talvez até pela própria idade talvez não fosse continuar evoluindo tanto. PORÉM assim como alguns floristas aqui eu achei meio descabida talvez a forma como ele colocou ou até mesmo colocar esse fato.... eu teria ficado na moral e me reservado a apenas aproveitar o fato de ter bebido em uma fonte tão boa como parece ter sido o Rolls de acordo com todos os relatos.
  4. Para mim um HL que eu sempre assistia na época e hoje em dia sempre que assisto "confirmo ainda mais" as qualidades que comentei é esse:
  5. Penso similar essa questão e digo mais, já comentei aqui uma vez que para mim Sakuraba era um cara que tinha TOTAL condições de ter sido um dos maiores nomes de todos os tempos tranquilamente se tivesse lutado apenas na sua categoria ou até mesmo 77kg ( fizesse perda de peso etc), chão agressivo, destemido, caia pra dentro, aguentava porrada, tinha excelente timing de queda ( principalmente single leg), trocação versátil, chutava na cabeça, chute rodado etc realmente é uma pena que ele tenha sido bucha de canhão no Pride e feito lutas ao meu ver absurdas contra caras muito mais pesados, novos e hormonizados até o talo.
  6. Tem que ter muita má vontade para não colocar o " restinho" da história do Rickson e o quanto respeitam ele PELO SEU NÍVEL na época... A questão é a seguinte, contestar carreira do Rickson etc em relação aos nomes que ele enfrentou é uma coisa, contestar o " que ele representava " naquela época baseado no seu nível tecnico é completamente outra.... Igualmente o Marcos Ruas por sinal, para mim teve uma " carreira" em relação a Cartel bem fraca para o que poderia ter tido por todos os relatos e até mesmo por alguns videos de lutas etc, claramente tinha uma técnica muito boa e versátil para época... Agora eu acho que é mais ou menos o que o Marcelo Alonso fala ali sobre " a verdade", MAS para mim se eu estivesse no lugar daqueles caras e tivesse a chance ali na minha frente de enfrentar " o cara" eu faria como comentei, minha estreia no MMA foi com uma canelite e duas distensões abdominais por 500 reais imagina se eu me considerasse o melhor do RJ ou que seja e aparecesse um nome desses para eu " amassar e ficar famoso", pessoal fica falando de bolsa e sei lá o que, fico curioso para saber quanto era uma bolsa aquela época para esses nomes, duvido que uma duzia de alunos não era mais " GRANA" do que essas bolsas, ou alguém aqui teria dúvida que qualquer um que ficasse saindo no jornal etc ou o nome ecoasse pelos bairros não teria mais aluno?... fala sério galera. Agora se o Ruas não tinha interesse também ou não fez questão de " intimar mais" ali na oportunidade respeito a ele também, agora falando numa boa aqui entre a gente referente ao pessoa da luta livre da época, vocês conseguem visualizar alguém indo no CT do Carlson Gracie e falando por exemplo o que o Rickson falou e não aparecer pelo menos uns 5 falando " AGORA" ? Eu acho muito representativa essa visita do Rickson nesse sentido, tanto que na entrevista do hugo você vê o quanto ele mostra que essa atitude deixou ele com sentimento " engasgado"...
  7. Basicamente o "mentor" dele, da mesma geração qual relato similar você já ouviu em qualquer entrevista que seja?
  8. E eu falei que ele é mal sucedido? Falei que ficou um tempo no esquecimento / sem lutar provavelmente sem patrocínios fortes etc, o que é um fato... se você acha que é de boa o melhor lutador em evidencia chegar em uma academia desafiar geral e você não meter um " louco" falando " bora aqui agora" na época paciência, eu não vejo assim....e todo respeito ao ponto de vista tanto seu quanto dos lutadores que estavam lá, o que não da para ficar " choramingando" é que depois nunca teve sua chance mais ou pessoas de fora ficarem falando que o rickson tinha que dar essas lutas para os desafiantes como se fosse obrigação dele se adequar aos outros.
  9. Eu acho que ele lutar na academia e ganhar teria sido muito melhor do que não lutar e depois ficar anos no esquecimento como aconteceu...
  10. "Vcs pegam a fama dos Gracie atualmente e acham que lá na década de 80 ja era assim... não era, não confundam, Rickson era "o melhor lutador do mundo" na década de 80 a nível de Brasil apenas, no Japão, EUA e Europa qm era Rickson nessa época?" Você acha então que financeiramente que seja o cara ir na academia desafiar todo mundo e você não levantar a mão falando " vamos fazer aqui agora" não valia a pena para o Ruas, que o que justificaria seria lutar por uma bolsa em algum evento é isso?
  11. Discordo plenamente.... se o Eddie Bravo fez carreira nos EUA em cima de uma unica luta com o Royler que é infinitamente menos conhecido do publico geral do que o Rickson imagina o Ruas qual seria as bolsas no UFC negociadas, visibilidade para lutar no Japão da vida, patrocínios para revistas etc na época e assim vai.... ou até mesmo na sua carreira de professor nos EUA posteriormente...
  12. Eu questiono sobre a questão do " medo" que tanto falam.... como eu disse, naquela época o cara ir falar " FAÇO AGORA" e ninguém realmente fazer ou intimar demonstra bem qual era o sentimento na época referente a ele, mesmo nessa época em termos de marketing inclusive o Rickson já não tinha " nada" a ganhar ganhando do Ruas em uma luta em qualquer evento que seja.... Já o Ruas se ganhasse dele ali " na porrada" que seja você não acha que teria tido uma carreira muito melhor? Decisão acertada porque o hugo levou um pau, se tivesse dado um pau a carreira do Hugo teria sido outra.....
  13. Dentro do contexto sendo imparcial, você acha MESMO que o Rickson deveria dar tempo para QUALQUER pessoa que estaria na lista de espera? Eu acho o seguinte, se eu estivesse naquela época e fosse do nível que os caras tinham e vem por exemplo O CARA do mundo e fala " faço com qualquer um agora" a não ser que eu estivesse realmente machucado ou SEM TREINAR nada por semanas eu acredito sinceramente que eu faria, simples assim... se eu ganho de um maluco desses na pior das hipóteses meu nome iria ecoar pelo mundo, matérias de jornal, alunos a porra toda meu amigo.... O ÚNICO FATO incontestável em todos relatos é : Rickson entrou falou que encarava qualquer um e saiu sem ter que brigar.... simples assim... para aqueles tempo isso representa muito... Se essa galera tivesse mesmo a " gana" de descer a porrada nele ia ter relato falando que alguém levantou intimou falando " vamos fazer agora mesmo" e ele tinha bundado, mas esse relato não existe, pois não aconteceu.... então todo esse contexto sintetiza sim qual era o sentimento de todos praticantes marciais daquela época em relação ao Rickson...