Sign in to follow this  
bom-ba-ye

(com vídeo) A maior zebra do K-1 de todos os tempos ! Ernesto Hoost vs Bob Sapp, A historia por tras dessa luta!

Recommended Posts

Estava conversando num post recentemente com um forista e veio a tona o assunto sobre essa luta e achei interessante contar a história e postar o video da luta, considerado uma da maiores e mais incríveis lutas da época de ouro do K-1.

Creio que os mais jovens que começaram a assistir lutas após a explosão do UFC, não saibam que ouve uma época no Japão que o K-1 rivaliza e até era mais popular que o Pride.

O Pride a maioria já deve saber a história e os seus personagens, por serem os protagonistas os brasileiros que depois lutaram no UFC.

Mas o K-1 do final da década de 90 até meados dos anos 2000 era um evento gigante, disputado em forma de GP durante o ano com a grande final no gigantesco Tokyo Dome com público de 70 mil pessoas e ingressos esgotados nas primeiras horas de vendas.

Tudo isso sendo transmitido na íntegra em horário nobre na TV Fuji, mesma emissora que detinha os direitos de transmissão do Pride.

Era um GP de pesos pesados com os melhores lutadores de kickboxing do mundo. Os lutadores eram tão famosos e a lista era tão extensa que nomes Mirko Crocop ou até Mark Hunt ( até conseguir ganhar um dos gp) eram coadjuvantes na época.

Os principais protagonistas eram Peter Aerts, Jerome Le banner, Ray Sefo, Andy Hug, Semmy Schilt, Remy Bonjanski, Mike Bernardo, Cyril Abidi, Badh Hari, entre outros tantos, e tinha também os brasileiros Francisco Filho e Glauber Feitosa, e o japonês Musashi que tinha técnica e muita disposição para lutar, mas sem resultados expressivos, além de uma lista enorme de grandes nomes que passaram lá.

Dentre eles um dos principais nomes e grande estrela ao lado de Peter Aerts era Ernesto Hoost, até então 3 vezes campeão do GP.

No K-1 GP de 2002, o adversário escalado para as semifinais para lutar contra o campeão Ernesto Hoost foi Bob Sapp, que recebeu convite após quase ter vencido Rodrigo Minotauro no evento Dynamite em agosto do mesmo ano.

Na época Bob Sapp tinha estreado nas lutas, vindo da NFL e seria a sua estreia no kickboxing , justamente contra o multicampeão Hoost.

Hoje Bob Sapp tem um cartel terrível e acumulou derrotas seguidas, mas na época era um monstro de 2 metros de puro músculo e 175 kg, sem técnica mas com uma força física fenomenal.

Teoricamente era uma luta fácil para Hoost e ele menosprezou o adversário antes da luta, mostrou irritação com os promotores do evento por terem chamado um estreante num evento dessa importância e grandeza, pois era as eliminatórias para a grande final em dezembro. E não gostou de ter casado sua luta contra Bob Sapp, um estreante no evento e um iniciante no kickboxing.

Mas Hoost foi  incrivelmente humilhado e derrotado após sofre 2 knockdown no primeiro round e ser salvo pelo congo, sofrendo um corte profundo no supercílio levando a interrupção médica, diante de uma plateia incrédula mesmo com toda a torcida ao seu lado . Após a vitória Sapp ainda imitou a tradicional dança que Hoost costumava fazer após as vitórias.  Hoost não quis parabenizar o adversário mesmo com Sapp indo abraçá-lo, e Hoost com essa derrota perdia o passaporte para a grande final em dezembro.

Mas o destino fez com que Ernesto Hoost recebesse convite do K-1 para a final em dezembro após lesão de Semmy Schilt, e os promotores casaram a luta da revanche contra Sapp para a grande final no Tokyo Dome. Os 70 mil ingressos se esgotaram nas primeiras horas  de vendas. Para ser campeão teria que lutar 3 vezes na mesma noite, e essa era as quartas de final.

E o impossível aconteceu de novo, desta vez ainda pior porque foi por TKO no segundo round, quando a derrota de Sapp era eminente. E novamente Hoost saiu dos ringues sem cumprimentar o vencedor, irritado e humilhado, mesmo Sapp indo atrás para agradecer pela luta, mostrando muita irritação e falta de espírito esportivo por parte de Hoost.

A reviravolta nesse evento foi a desistência de Sapp em continuar lutando no dia, devido a lesões e danos sofridos na luta, e Ernest Hoost mesmo com a derrota ganhou a chance de continuar lutando e se sagrou campeão do GP daquele ano, vencendo as 2 duas próximas lutas.  Hoje em dia seria algo impensável um lutador sofrer uma derrota por TKO e ganhar uma chance de lutar no mesmo dia.

Abaixo os vídeo dessa luta, nesse canal para quem se interessar tem a maioria das grandes lutas do K-1 da época 👇

Hoost vs Sapp 1👇

Hoost vs Sapp 2 👇

 

Edited by bom-ba-ye

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 minutos atrás, Silverchair disse:

Época em que o Sapp lutava de verdade.

Acho que a única vez que Sapp lutou de verdade foi nessas 2 lutas com Hoost e com Minotauro.

Na época todo mundo dizia que quando Sapp treinasse mais e se aperfeiçoasse seria imbatível, o tempo mostrou que todos estavam errados 😄

Edited by bom-ba-ye

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bob Sapp lutou este ano no Japão no Breaking down, evento de lutas de 1 minuto de duração ( mais  1 round extra para desempate) . Evento que faz um  sucesso estrondoso no Japão .

Lutou contra Nokon Terada, ex- jogador profissional de Rugby e youtuber , de 150 kg e 1,85 m.

Bob Sapp perdeu como de costume , mas mostrou forma física espetacular aos 50 anos de idade.

IMG_8253.jpeg

IMG_8252.jpeg

IMG_8251.jpeg

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, bom-ba-ye disse:

Acho que a única vez que Sapp lutou de verdade foi nessas 2 lutas com Hoost e com Minotauro.

Na época todo mundo dizia que quando Sapp treinasse mais e se aperfeiçoasse seria imbatível, o tempo mostrou que todos estavam errados 😄

Nãooo, Sapp teve seu momento (bem curto, mas teve)

Sapp antes dessas lutas tinha atropelado Cyril Abidi, que surgia como uma das maiores promessas do K-1, havia vencido duas vezes Peter Aerts e tb Ray Sefo.   Não foram só essas lutas as boas performances de Sapp.  Maurice Smith, seu treinador, fez uma tática de abafa e pressão q fizeram um estrago por um período.  Ele chegou a ganhar um torneio com 3 lutas na mesma noite sendo o Hiraku Hori (bom lutador japonês), uma das vítimas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, Rappa Hemp disse:

Nãooo, Sapp teve seu momento (bem curto, mas teve)

Sapp antes dessas lutas tinha atropelado Cyril Abidi, que surgia como uma das maiores promessas do K-1, havia vencido duas vezes Peter Aerts e tb Ray Sefo.   Não foram só essas lutas as boas performances de Sapp.  Maurice Smith, seu treinador, fez uma tática de abafa e pressão q fizeram um estrago por um período.  Ele chegou a ganhar um torneio com 3 lutas na mesma noite sendo o Hiraku Hori (bom lutador japonês), uma das vítimas.

Parabéns  deu a aula a desinformados!!

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, bom-ba-ye disse:

Acho que a única vez que Sapp lutou de verdade foi nessas 2 lutas com Hoost e com Minotauro.

Na época todo mundo dizia que quando Sapp treinasse mais e se aperfeiçoasse seria imbatível, o tempo mostrou que todos estavam errados 😄

Ia falar algo similar, comentando que essas são as lutas que lembramos mais, mas nessa época o bicho ainda tinha um espirito de brigador e de trem desgovernado que mesmo tomando uma ou outra continuava atropelando soltando os golpes, então querendo ou não era nada tranquilo  enfrentar ele, acho que principalmente depois da luta contra o crocop ai ele subia só para ganhar a bolsa e praticamente ficava esperando qualquer " desculpa" para a luta acabar logo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Para mim, isso mostrou o baixo nível do Kickboxing. Ainda que se considere que o Sapp era um ser imenso, monstruoso de forte e tinha espírito de briga nessa época, é inconcebível um dos melhores kickboxers de todos os tempos perder 2x para essa jamanta com zero técnica. Alguém imagina isso ocorrendo no Boxe. O mais perto disso foi a luta do Negão Nu, que é incomparavelmente melhor do que o Sapp. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Sartori disse:

Ia falar algo similar, comentando que essas são as lutas que lembramos mais, mas nessa época o bicho ainda tinha um espirito de brigador e de trem desgovernado que mesmo tomando uma ou outra continuava atropelando soltando os golpes, então querendo ou não era nada tranquilo  enfrentar ele, acho que principalmente depois da luta contra o crocop ai ele subia só para ganhar a bolsa e praticamente ficava esperando qualquer " desculpa" para a luta acabar logo.

Impressionava o tanto de porrada que ele tomava e continuava caminhando para frente. Ele vencia no abafa mesmo. Depois qualquer peteleco e ele desistia. É um caso muito estranho da história das lutas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, brunogandhi88 disse:

Para mim, isso mostrou o baixo nível do Kickboxing. Ainda que se considere que o Sapp era um ser imenso, monstruoso de forte e tinha espírito de briga nessa época, é inconcebível um dos melhores kickboxers de todos os tempos perder 2x para essa jamanta com zero técnica. Alguém imagina isso ocorrendo no Boxe. O mais perto disso foi a luta do Negão Nu, que é incomparavelmente melhor do que o Sapp. 

Boxe é  infinitamente  superior  tecnicamente  no que tange a técnica  da luta em relação  às demais!!

Sapp venceu aquele que talvez seja o melhor da história  do esporte .

Já o Ngannou  fez um feito porém perdeu claramente  a luta .

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, brunogandhi88 disse:

Para mim, isso mostrou o baixo nível do Kickboxing. Ainda que se considere que o Sapp era um ser imenso, monstruoso de forte e tinha espírito de briga nessa época, é inconcebível um dos melhores kickboxers de todos os tempos perder 2x para essa jamanta com zero técnica. Alguém imagina isso ocorrendo no Boxe. O mais perto disso foi a luta do Negão Nu, que é incomparavelmente melhor do que o Sapp. 

O erro do Hoost era achar que seria fácil e conseguiria ganhar a luta quando ele quisesse, mas os golpes que ele tomava do Sapp mesmo por cima da guarda já era muito potente e ele sentiu isso e perdeu o rumo, e não aprendeu isso na revanche.  Acho que foi mérito do Sapp também por não ter desistido quando todos achavam que tinha perdido a luta.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, Rappa Hemp disse:

Nãooo, Sapp teve seu momento (bem curto, mas teve)

Sapp antes dessas lutas tinha atropelado Cyril Abidi, que surgia como uma das maiores promessas do K-1, havia vencido duas vezes Peter Aerts e tb Ray Sefo.   Não foram só essas lutas as boas performances de Sapp.  Maurice Smith, seu treinador, fez uma tática de abafa e pressão q fizeram um estrago por um período.  Ele chegou a ganhar um torneio com 3 lutas na mesma noite sendo o Hiraku Hori (bom lutador japonês), uma das vítimas.

Sim, Sapp teve um momento bem curto de sucesso , e foi justamente essas vitórias contra Ernesto Hoost e algumas outras, mas depois sua carreira foi catastrófica e virou piada infelizmente. 
Acho que devido ao excesso de músculos ( bombas) não tinha fôlego para lutar 2 rounds.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this