Rappa Hemp

Membros
  • Content Count

    4191
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Rappa Hemp

Previous Fields

  • Cidade:
    Porto Alegre

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

8324 profile views
  1. confesso q nunca entendi qual é o encanto disso, mas inegável que move muita gente e dinheiro
  2. Normal, pô. E é o risco de ir p um academia "global", as aspas são provocativas mesmo. Natural ela se sentir acuada num país q não é o dela numa língua no qual não é a nativa e ver uma Kayla ou outra americana tbm treinando com os mesmos treinadores conterrâneos e podendo ter mais proximidade o q seria normal. A ATT por ser gigante já tem essa cultura de abrir portas p lutas entre lutadores da mesma equipe. Na fase q ela já tá acho q ela pode mto bem investir pesado em preparadores específicos com seu próprio time.
  3. O segundo ponto é o mais tenso. Ele mostrou nessa última luta uma boa resistência a quedas. Cabe lembrar q ele enfrentou um wrestler dos mais gabaritos do mundo o problema maior é passividade completa quando o adversário ficou na guarda. Já passou da hora dele deixar de ser tartaruga. Adesanya mostrou uma evolução muito mais rápida. O desempenho contra o Brad Tavares foi a segunda ou a terceira dele no UFC e ali já mostrou uma evolução tremenda.
  4. Os dois tem praticamente a mesma idade. Khabib sempre tentou enaltecer os q ele derrotou como superiores ao Charles. As fichas ao q parece esgotaram. Tá com 33 anos, q vá p luta.
  5. Eu acho q no chão ele poderia ter sido mais incisivo, porém em pé é bem isso q o Rafinha ali comentou, o risco era imenso de perder p um cara q aceitou a luta em uma semana e sendo mto mais leve. Não sei se tem no Youtube, mas os bastidores dessa luta pelo Cormier é bem interessante. Ele chora de emoção quando o AS aceita a luta. O AS simplesmente deu p ele milhões q ele perderia. No chão ele poderia ter avançado p posições q a luta acabaria rápido, acho q a ideia do gordinho era valorizar a luta, mas ao mesmo tempo em uma situação tranquila (batendo por cima). Em pé no final ele claramente acusou o golpe na linha de cintura.
  6. Na minha visão foi o gás do russo q o deu a vitória. Tecnicamente Durinho tava melhor em pé, porém já bem ofegante. Gastou energia demais tentando decidir a luta. No último round já tava pisando em ovos enquanto o Chimaev finalmente usou o "arroz e feijão" de golpes retos, impondo a distância p ganhar a luta. Até o momento q caiu na pilha e voltou a trocação franca. Mas vejo q nem vc. Se for 5 rounds, Nate aguenta pancada e deve crescer nos rounds finais. Acho Edwards melhor striker q Chimaev e vimos esse mesmo roteiro por lá.
  7. Mas sendo justo, esse aí nunca foi de escolher adversário. Olhem a encreca q ele encarou na última. Péssimo casamento p jogo dele. Todo mundo sabia q ele tava servindo de escada p inglês e mesmo assim quase tirou um nocaute da cartola no final da luta. Numa luta de 5 rounds, Durinho correria riscos sim, apesar de ser o grande favorito.
  8. Em primeiro lugar parabéns pela excelente edição do vídeo e a narrativa de quem conhece e se dedicou a pesquisar a história. Carlos Newton é daquelas figuras ímpares no MMA. Estilo de luta e carisma diferenciados. Como bem narrado a aposentadoria "precoce" foi por uma alta carga. O cara com 30 anos já tinha 25 lutas no currículo e enfrentando caras casca-grossas já desde o início, passando por torneios. E era uma época meio q sem categoria de peso, o UFC era dos poucos q começou a prezar por isso. Por 2000/02 que começou a se falar mto em qm era o melhor dos 80 kgs citando sempre o trio Newton/Hughes/Pelé. Pelé nocauteou Hughes no super-evento do Kuwait (um dos primeiros q lembro a ser transmitido ao vivo) e acabou finalizado pelo Newton. Assim como citam o divisor de águas p canadense a derrota p Anderson, o mesmo vale p Pelé nessa luta contra o Newton. Foi a última dele no Pride e no main-stream. A carreira a partir de então seria mais em solo nacional. Lembro q após a finalização por mto pouco não rola uma briga no ringue qdo Newton deu alguns tapinhas nas costas do Pelé após a interrupção do árbitro.
  9. Esse chegou a sentir o gostinho da cinta. Tava bem contra o Cejudo até aceitar a troca franca.
  10. P mim isso aí tem cara de armação. Tão querendo descolar um $$
  11. Tretou com o Dana se não me engano. Lembro do careca ter ficado mto puto com J. Walker qdo foi nocauteado pelo americano.
  12. 7 derrotas nas últimas 10 lutas. Foi ladeira abaixo
  13. Basta a ver a reação do público antes e depois da luta. Chimaev de ovacionado na entrada foi vaiado na entrevista. Eu sinceramente vi vitória do russo. Durinho engoliu mtos golpes retos no terceiro round, entrou "mole" quando pensei q seria o round em q ele iria carimbar a vitória visto o q foi o final do segundo round. A imposição física contou muito. Vejo Colby um cara mais técnico q ele tanto em pé como na luta agarrada e tenho q admitir q o fdp tem coração. Usman o levou p inferno no 2° round e ele reagiu nos rounds seguintes. A chance do russo é no punch. Se há uma nítida diferença entre os dois é q apenas Chimaev tem grande poder de nocaute. De resto as diferenças são menores pelo menos numa primeira análise. Veremos como Chimaev vai lidar com alguém q tem um preparo físico e uma luta agarrada de alto nível.
  14. Não queridão, a citação é justamente do tópico onde houve a discussão mencionada. Se não faria o menor sentido trazer aqui.
  15. Criaram uma narrativa q a primeira luta havia demonstrado um abismo de qualidade entre os dois e isso foi sempre o q eu questionou. Não há esse abismo quando se vence 2 rounds (um inquestionável o outro mais apertado), ficou claro q era questão de ajuste no gameplan e preparação p uma luta mais apertada. Yan foi superior na primeira (iria levar se não fosse o golpe ilegal), isso nunca questionei, mas supervalorizaram os rounds finais. Pra mim é caso semelhante ao Durinho x Chimaev. Uma nova luta não teria o amplo favoritismo do russo/sueco por mais q repita o mesmo resultado final. Não há nenhum abismo ele entre os dois como há por exemplo em Volka e Zumbi Coreano.