afterforever

PBP-Ufc 297 Strickland vs Du Plessis

Recommended Posts

Em números totais fica mais escandaloso mas sabemos que não analisam a luta como um todo 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, afterforever disse:

Em números totais fica mais escandaloso mas sabemos que não analisam a luta como um todo 

Sem contar que MMA não é matemática.

 

Agora dizer que uma luta parelha foi garfo, não dá.

Share this post


Link to post
Share on other sites

n tem o que se falar em garfo round 2 e 3 foi um cara soltando jabs esporadicos andando para tras e um indo p frente errando tudo e de vez em quando acertando uma pedrada

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Andrey disse:

Sem contar que MMA não é matemática.

 

Agora dizer que uma luta parelha foi garfo, não dá.

Não sei se o termo garfo se encaixa bem pq tiveram uns rounds não tão claros .... Ainda assim não achei difícil dar 3 a 2 Strickland 

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Andrey disse:

Sem contar que MMA não é matemática.

 

Agora dizer que uma luta parelha foi garfo, não dá.

Meter essa de garfo ou é ser muito fanboy ou não acompanhar e não entender nada. Podia ter caído pra qualquer lado, e no fim quem perdeu foi o espectador. Muita expectativa pra uma luta bem marromenos. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, afterforever disse:

Não sei se o termo garfo se encaixa bem pq tiveram uns rounds não tão claros .... Ainda assim não achei difícil dar 3 a 2 Strickland 

Eu fiquei na dúvida depois de ver a luta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Strickland conectou mais socos, principalmente na cabeça mas foi basicamente só isso. Tentou jabear pra levar uma decisão segura. 

DDP lutou mais MMA, socou, chutou, conectou na cabeça, no corpo, nas pernas, quedou e buscou mais a luta. Luta muito parelha que dá margem pra interpretação dos juízes, impossível dizer que foi garfo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assisti a luta 3x, pra mim o que define é o 2º round. Mas ainda achei mais justa a vitória para o DDP.

 Loucura mesmo não é marcar para o DDP ou Strickland, é ficar gritando por aí que foi garfo uma luta parelha dessa. Aí é brincadeira. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Luta foi pau a pau. Não teve garfo nenhum. DDP venceu na minha opinião.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema não saber se foi garfo. O problema é são os fucking judges mudarem o critério ao gosto do cliente.

Tem gente que colocou a parte do grappling como diferencial. Já faz anos que os juízes vêm a público dizer que só contabilizam queda SE ESTABILIZADA, ou seja, se o motivo da que queda atingiu seu objetivo final (colocar o adversário a posição desejada para ataque). Enquanto o lutador não estiver estabilizado, eles não contabilizam. Ao contrário, vários deles já vieram se defender de decisões polêmicas alegando que defesa de quedas e se levantar é contabilizado como efetividade. Já faz décadas que isso acontece, mudaram razoavelmente o critério de julgamento e, nada. Continua igual. Uma hora usam um critério e outra hora, outro. Quem não se lembra que deram a luta para o Machida pela defesa de quedas e no final de semana seguinte deram para o Couture por tentar quedas? Mudam as moscas mas a merd@ é a mesma.

Share this post


Link to post
Share on other sites
31 minutos atrás, MMS disse:

O problema não saber se foi garfo. O problema é são os fucking judges mudarem o critério ao gosto do cliente.

Tem gente que colocou a parte do grappling como diferencial. Já faz anos que os juízes vêm a público dizer que só contabilizam queda SE ESTABILIZADA, ou seja, se o motivo da que queda atingiu seu objetivo final (colocar o adversário a posição desejada para ataque). Enquanto o lutador não estiver estabilizado, eles não contabilizam. Ao contrário, vários deles já vieram se defender de decisões polêmicas alegando que defesa de quedas e se levantar é contabilizado como efetividade. Já faz décadas que isso acontece, mudaram razoavelmente o critério de julgamento e, nada. Continua igual. Uma hora usam um critério e outra hora, outro. Quem não se lembra que deram a luta para o Machida pela defesa de quedas e no final de semana seguinte deram para o Couture por tentar quedas? Mudam as moscas mas a merd@ é a mesma.

Contabilizar queda é quando estabiliza, mas se o lutador quedou e não estabilizou, ele já obtém uma vantagem sobre o adversário que somente foi quedado. 
E não to falando dessa luta em si, e sim de como a luta deve ser vista.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Andrey disse:

Contabilizar queda é quando estabiliza, mas se o lutador quedou e não estabilizou, ele já obtém uma vantagem sobre o adversário que somente foi quedado. 
E não to falando dessa luta em si, e sim de como a luta deve ser vista.

 

 

Depende.

Em tese a queda ou tentativa contabiliza pelo fim.

Se o adversário sair de alguma maneira, EM TESE, a vantagem é dele: chama-se defesa efetiva (ainda usada como podemos ver pelas falas dos juízes)

"I) Effective defense means avoiding being struck, taken down or reversed while countering with offensive attacks."

Vária e várias vezes os juízes utilizaram dessa cláusula para resultados controversos.

Mas, de novo: ELES USAM CONFORME O CLIENTE.

Em tese não existe critério avaliativo para queda mal sucedida. O que ocorre é que eles avaliam como vantagem por controle da luta, mas, às vezes, eles utilizam o critério de defesa como vantagem por controle da luta. 

"G) Fighting area control is judged by determining who is dictating the pace, location and position of the bout. Examples of factors to consider are countering a grappler’s attempt at takedown by remaining standing and legally striking, taking down an opponent to force a ground fight, creating threatening submission attempts, passing the guard to achieve mount, and creating striking opportunities"

O que acontece é que nas "novas regras" unificadas se aventou que a defesa efetiva seria retirada, mas, na verdade, assim como o "DAMAGE", somente houve uma mudança denotativa para tentar colocar o critério mais para o fundo e deixar TOTAL AVALIAÇÃO ATAQUES EFETIVOS. Em tese, somente um golpe a mais no round já lhe daria o round, coisa que, em tese,  no passado, poderia não acontecer. O resto é vantagem. Mas não é isso que vemos acontecer.

A defesa efetiva foi incorporada pelo próprio grappling efetivo, já que, para eles, se defender te deixa um posição de vantagem contra o adversário(pense no sprawl que o Sean deu por exemplo, em tese, o adversário fica submisso a você). "Successful execution of takedowns, submission attempts, reversals and the achievement of advantageous positions that produce immediate or cumulative impact with the potential to contribute to the end of the match, with the IMMEDIATE weighing more heavily than the cumulative impact."

No fim, ficou tudo a mesma. O juíz usa conforme o cliente.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, MMS disse:

Depende.

Em tese a queda ou tentativa contabiliza pelo fim.

Se o adversário sair de alguma maneira, EM TESE, a vantagem é dele: chama-se defesa efetiva (ainda usada como podemos ver pelas falas dos juízes)

"I) Effective defense means avoiding being struck, taken down or reversed while countering with offensive attacks."

Vária e várias vezes os juízes utilizaram dessa cláusula para resultados controversos.

Mas, de novo: ELES USAM CONFORME O CLIENTE.

Em tese não existe critério avaliativo para queda mal sucedida. O que ocorre é que eles avaliam como vantagem por controle da luta, mas, às vezes, eles utilizam o critério de defesa como vantagem por controle da luta. 

"G) Fighting area control is judged by determining who is dictating the pace, location and position of the bout. Examples of factors to consider are countering a grappler’s attempt at takedown by remaining standing and legally striking, taking down an opponent to force a ground fight, creating threatening submission attempts, passing the guard to achieve mount, and creating striking opportunities"

O que acontece é que nas "novas regras" unificadas se aventou que a defesa efetiva seria retirada, mas, na verdade, assim como o "DAMAGE", somente houve uma mudança denotativa para tentar colocar o critério mais para o fundo e deixar TOTAL AVALIAÇÃO ATAQUES EFETIVOS. Em tese, somente um golpe a mais no round já lhe daria o round, coisa que, em tese,  no passado, poderia não acontecer. O resto é vantagem. Mas não é isso que vemos acontecer.

A defesa efetiva foi incorporada pelo próprio grappling efetivo, já que, para eles, se defender te deixa um posição de vantagem contra o adversário(pense no sprawl que o Sean deu por exemplo, em tese, o adversário fica submisso a você). "Successful execution of takedowns, submission attempts, reversals and the achievement of advantageous positions that produce immediate or cumulative impact with the potential to contribute to the end of the match, with the IMMEDIATE weighing more heavily than the cumulative impact."

No fim, ficou tudo a mesma. O juíz usa conforme o cliente.

 

Sprawl é bem diferente de ser quedado e ficar novamente em pé. 

Mas blz.

 

O que eu quis dizer é que entre alguém tentar algo e a outra pessoa nada fez, a primeira está em vantagem.

 

São esportes diferentes, mas pra exemplificar, no jiu-jítsu se vc aplicar uma queda, o adversário bater no chão e voltar a ficar em pé, não vai contar os dois pontos, mas conta vantagem. É no mínimo estranho o cara que foi jogado no chão ter vantagem ao que o derrubou, somente por ter ficado em pé novamente.

Edited by Andrey

Share this post


Link to post
Share on other sites

Só vi a luta agora...não consegui ver a vitória do sul africano, levou apenas o 4R. O 3R eu dei para o Strickland mas foi apertado, o 1, o 2 e o 5R foram do Strickland.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now