-=Luiz_Guilherme=-

Jon Jones ironiza luta peso-pesado no UFC: "Melhor esses meninos se acostumarem a acelerar o ritmo"

Recommended Posts

Vai derrubar e "cotovelar" os rostos de todos os pesos pesados (lentos) que cruzarem a frente dele!

GOAT!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/7/2021 at 4:02 PM, Silverchair disse:

Mano, vira o disco. O cara ganhou de todo mundo e tem moral pra fazer o marketing que achar melhor fazer.

Moral ele tem com quem ignora as trapaças que ele fez ... E nem to dizendo do dedo no olho que ninguém pune.
Estou falando das drogas proibidas, e que no próprio UFC puniu outros de forma bem mais severa.

Com todo histórico que ele tem, onde mais ele poderia ser atleta nos dias atuais além da Asia, Russia e do UFC?

Share this post


Link to post
Share on other sites
53 minutos atrás, Judo/Jiu-jitsu disse:

Moral ele tem com quem ignora as trapaças que ele fez ... E nem to dizendo do dedo no olho que ninguém pune.
Estou falando das drogas proibidas, e que no próprio UFC puniu outros de forma bem mais severa.

Com todo histórico que ele tem, onde mais ele poderia ser atleta nos dias atuais além da Asia, Russia e do UFC?

Faz o seguinte, cita 1 lutador limpo? Mas limpo mesmo, sem qualquer mancha.

E é engraçado o que vc disse sobre onde mais ele poderia ser atleta. Vc citou os maiores mercados!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/11/2021 at 9:20 PM, Silverchair disse:

Faz o seguinte, cita 1 lutador limpo? Mas limpo mesmo, sem qualquer mancha.

E é engraçado o que vc disse sobre onde mais ele poderia ser atleta. Vc citou os maiores mercados!

Tem um monte que não caiu no doping e nem foi preso.
Citei asia e russia, pq lá todo tipo de droga é liberado. E o UFC e onde passam a mão na cabeça dele

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/11/2021 at 3:53 PM, MMAniako disse:

Vai derrubar e "cotovelar" os rostos de todos os pesos pesados (lentos) que cruzarem a frente dele!

GOAT!

Ou tenta derrubar, como fez com Marreta, Reyes, não consegue, leva a primeira mãozada e vai durinho

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/11/2021 at 9:20 PM, Silverchair disse:

Faz o seguinte, cita 1 lutador limpo? Mas limpo mesmo, sem qualquer mancha.

E é engraçado o que vc disse sobre onde mais ele poderia ser atleta. Vc citou os maiores mercados!

Todos que não foram pegos no dopping são limpos. A Usada que prove o contrário. 
o Jon Jones é um gênio sim. Lutador foda

mas trapaceou. Não adianta querer apagar isso

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/11/2021 at 9:20 PM, Silverchair disse:

Faz o seguinte, cita 1 lutador limpo? Mas limpo mesmo, sem qualquer mancha.

E é engraçado o que vc disse sobre onde mais ele poderia ser atleta. Vc citou os maiores mercados!

Demian Maia

Demian Maia pede maior rigor contra doping: "Tem gente que consegue burlar"

 
Demian Maia comemora após vencer Carlos Condit no UFC Vancouver - Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
 
Demian Maia comemora após vencer Carlos Condit no UFC VancouverImagem: Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
 
 
 
 
 
 
 
 
agfight.jpg

Marcel Alcântara, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

15/09/2017 09h00

Próximo de completar 40 anos, Demian Maia pode ser considerado um caso a parte no MMA mundial. Tanto que foi com essa idade que ele acumulou sua maior sequência de vitórias no UFC, com sete triunfos seguidos, incluindo uma finalização-relâmpago sobre o ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg) Carlos Condit. E tal longevidade parece dar motivação ao paulista não apenas para seguir competindo em alto nível como também para encarar o rigoroso crivo da USADA (agência americana de controle antidoping).

Afinal, verdade seja dita, enquanto alguns lutadores caíram de rendimento desde a chegada dos exames ministrados pela entidade, Demian pareceu subir de rendimento, em lógica que, claro, garante ao atleta confiança de que está no caminho certo. Embora ele mesmo se adiante em pedir ainda mais rigor da entidade.

 

"Tem que ser mais rigorosa, eu apoio", afirmou, durante conversa com a reportagem da Ag Fight na última quinta-feira (14), em shopping da zona sul de São Paulo. "Não vejo problema nenhum. Os caras vão na minha casa... Depois da luta com o Woodley, na quarta-feira, eles foram em casa às 9h30 da noite em casa. Já foram às 7 da manhã. Não tem problema, faz parte do nosso esporte. É chato às vezes dizer toda hora onde você está, mas é um preço a se pagar que vale a pena. Eu ainda acho que tem gente que toma e consegue burlar. Mas a grosso modo se consegue evitar mais do que antigamente".

Manchas de doping, por sinal, parecem ser levadas a sério pelo atleta. Se por anos o paulista especialista em jiu-jitsu defendia que Jon Jones fazia por merecer o posto de melhor lutador de todos os tempos e que era questão de tempo até que o posto fosse alcançado em definitivo, agora, com dois casos de doping do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg), a história mudou.

 

Questionado sobre o quanto o segundo flagra em um período de pouco mais de um ano pode afetar na carreira do americano, Demian foi direto ao garantir que com essa dúvida no ar, "Bones" não pode mais ser colocado no mesmo patamar de Anderson Silva e Georges St-Pierre.

"O Jon Jones tinha tudo para virar o maior de todos os tempos, passando o St-Pierre e o Anderson. Mas acho que esses dois casos complicam para se fazer uma defesa dele como o melhor de todos os tempos. Considero ele um excelente atleta e um dos melhores de todos os tempos, mas não tem como não levar em conta uma coisa dessas", analisou.

Fonte: uol notícias. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/11/2021 at 8:23 PM, Judo/Jiu-jitsu disse:

Moral ele tem com quem ignora as trapaças que ele fez ... E nem to dizendo do dedo no olho que ninguém pune.
Estou falando das drogas proibidas, e que no próprio UFC puniu outros de forma bem mais severa.

Com todo histórico que ele tem, onde mais ele poderia ser atleta nos dias atuais além da Asia, Russia e do UFC?

UFC não pune ninguém por uso de drogas, existe uma agência a parte que o faz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Ultimate Fighter disse:

Demian Maia

Demian Maia pede maior rigor contra doping: "Tem gente que consegue burlar"

 
Demian Maia comemora após vencer Carlos Condit no UFC Vancouver - Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
 
Demian Maia comemora após vencer Carlos Condit no UFC VancouverImagem: Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
 
 
 
 
 
 
 
 
agfight.jpg

Marcel Alcântara, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

15/09/2017 09h00

Próximo de completar 40 anos, Demian Maia pode ser considerado um caso a parte no MMA mundial. Tanto que foi com essa idade que ele acumulou sua maior sequência de vitórias no UFC, com sete triunfos seguidos, incluindo uma finalização-relâmpago sobre o ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg) Carlos Condit. E tal longevidade parece dar motivação ao paulista não apenas para seguir competindo em alto nível como também para encarar o rigoroso crivo da USADA (agência americana de controle antidoping).

Afinal, verdade seja dita, enquanto alguns lutadores caíram de rendimento desde a chegada dos exames ministrados pela entidade, Demian pareceu subir de rendimento, em lógica que, claro, garante ao atleta confiança de que está no caminho certo. Embora ele mesmo se adiante em pedir ainda mais rigor da entidade.

 

"Tem que ser mais rigorosa, eu apoio", afirmou, durante conversa com a reportagem da Ag Fight na última quinta-feira (14), em shopping da zona sul de São Paulo. "Não vejo problema nenhum. Os caras vão na minha casa... Depois da luta com o Woodley, na quarta-feira, eles foram em casa às 9h30 da noite em casa. Já foram às 7 da manhã. Não tem problema, faz parte do nosso esporte. É chato às vezes dizer toda hora onde você está, mas é um preço a se pagar que vale a pena. Eu ainda acho que tem gente que toma e consegue burlar. Mas a grosso modo se consegue evitar mais do que antigamente".

Manchas de doping, por sinal, parecem ser levadas a sério pelo atleta. Se por anos o paulista especialista em jiu-jitsu defendia que Jon Jones fazia por merecer o posto de melhor lutador de todos os tempos e que era questão de tempo até que o posto fosse alcançado em definitivo, agora, com dois casos de doping do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg), a história mudou.

 

Questionado sobre o quanto o segundo flagra em um período de pouco mais de um ano pode afetar na carreira do americano, Demian foi direto ao garantir que com essa dúvida no ar, "Bones" não pode mais ser colocado no mesmo patamar de Anderson Silva e Georges St-Pierre.

"O Jon Jones tinha tudo para virar o maior de todos os tempos, passando o St-Pierre e o Anderson. Mas acho que esses dois casos complicam para se fazer uma defesa dele como o melhor de todos os tempos. Considero ele um excelente atleta e um dos melhores de todos os tempos, mas não tem como não levar em conta uma coisa dessas", analisou.

Fonte: uol notícias. 

Anderson caiu mais no doping por AE’s do que o Jon Jones, pelo que eu lembro.

 

Mas não lembro se os casos foram antes ou depois dessa entrevista.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, pipo disse:

Todos que não foram pegos no dopping são limpos. A Usada que prove o contrário. 
o Jon Jones é um gênio sim. Lutador foda

mas trapaceou. Não adianta querer apagar isso

Sim, não tem como discordar de vc.

Existe o mundo  legal e o mundo real.No mundo legal, Lesnar só fez uso uma vez de substâncua proibida!

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
9 horas atrás, Ultimate Fighter disse:

Demian Maia

Demian Maia pede maior rigor contra doping: "Tem gente que consegue burlar"

 
Demian Maia comemora após vencer Carlos Condit no UFC Vancouver - Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
 
Demian Maia comemora após vencer Carlos Condit no UFC VancouverImagem: Anne-Marie Sorvin/USA Today Sports
 
 
 
 
 
 
 
 
agfight.jpg

Marcel Alcântara, em São Paulo (SP)

Ag. Fight

15/09/2017 09h00

Próximo de completar 40 anos, Demian Maia pode ser considerado um caso a parte no MMA mundial. Tanto que foi com essa idade que ele acumulou sua maior sequência de vitórias no UFC, com sete triunfos seguidos, incluindo uma finalização-relâmpago sobre o ex-campeão interino dos meio-médios (77 kg) Carlos Condit. E tal longevidade parece dar motivação ao paulista não apenas para seguir competindo em alto nível como também para encarar o rigoroso crivo da USADA (agência americana de controle antidoping).

Afinal, verdade seja dita, enquanto alguns lutadores caíram de rendimento desde a chegada dos exames ministrados pela entidade, Demian pareceu subir de rendimento, em lógica que, claro, garante ao atleta confiança de que está no caminho certo. Embora ele mesmo se adiante em pedir ainda mais rigor da entidade.

 

"Tem que ser mais rigorosa, eu apoio", afirmou, durante conversa com a reportagem da Ag Fight na última quinta-feira (14), em shopping da zona sul de São Paulo. "Não vejo problema nenhum. Os caras vão na minha casa... Depois da luta com o Woodley, na quarta-feira, eles foram em casa às 9h30 da noite em casa. Já foram às 7 da manhã. Não tem problema, faz parte do nosso esporte. É chato às vezes dizer toda hora onde você está, mas é um preço a se pagar que vale a pena. Eu ainda acho que tem gente que toma e consegue burlar. Mas a grosso modo se consegue evitar mais do que antigamente".

Manchas de doping, por sinal, parecem ser levadas a sério pelo atleta. Se por anos o paulista especialista em jiu-jitsu defendia que Jon Jones fazia por merecer o posto de melhor lutador de todos os tempos e que era questão de tempo até que o posto fosse alcançado em definitivo, agora, com dois casos de doping do ex-campeão dos meio-pesados (93 kg), a história mudou.

 

Questionado sobre o quanto o segundo flagra em um período de pouco mais de um ano pode afetar na carreira do americano, Demian foi direto ao garantir que com essa dúvida no ar, "Bones" não pode mais ser colocado no mesmo patamar de Anderson Silva e Georges St-Pierre.

"O Jon Jones tinha tudo para virar o maior de todos os tempos, passando o St-Pierre e o Anderson. Mas acho que esses dois casos complicam para se fazer uma defesa dele como o melhor de todos os tempos. Considero ele um excelente atleta e um dos melhores de todos os tempos, mas não tem como não levar em conta uma coisa dessas", analisou.

Fonte: uol notícias. 

St Pierre saiu do UFC exatamente no momento em que o dopping apertou.

AS foi pego 2 vezes.

Jon Jones fez a carreira dele em uma época que o controle era frouxo pra todos.

 

Demian é um caso interessante. Nunca teve um físico bom mas sempre teve um bom gás.

O jogo de quedas dele não era um jogo de força mas de jeito, sabe usar bem a isometria. e o esforço pra finalizar é menor que pra nocautear.

Com o Demain eu não teria coragem de acusa-lo não. Assim como o Charles.

Edited by Silverchair

Share this post


Link to post
Share on other sites

Demian acredito que teve a carreira limpa, nunca achei ele com um gás fora do comum mesmo no auge,  mas isso não me faz achar quem tenha um puta gás seja dopado, existem corpos geneticamente propensos a isso.

Discordo que finalizar exige menos esforço do que nocautear,  tente aplicar um mata leão em alguém que além de resistente a esse tipo de golpe se defende bem, a sensação de impotência é gigante,  parece que vc não tem força nos braços,  cansa pra caralho. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 3/13/2021 at 4:07 PM, Silverchair disse:

St Pierre saiu do UFC exatamente no momento em que o dopping apertou.

AS foi pego 2 vezes.

Jon Jones fez a carreira dele em uma época que o controle era frouxo pra todos.

 

Demian é um caso interessante. Nunca teve um físico bom mas sempre teve um bom gás.

O jogo de quedas dele não era um jogo de força mas de jeito, sabe usar bem a isometria. e o esforço pra finalizar é menor que pra nocautear.

Com o Demain eu não teria coragem de acusa-lo não. Assim como o Charles.

GSP saiu justamente pq o controle do doping era praticamente liberado e ele era contra isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)

Não gosto dele, mas, infelizmente, ninguém dá um cala-bola nesse cara dentro do octógono. Sempre quase. Aí tem que aguentar o cara sendo mala. No mais, falar que o cara foi preso, não tem absolutamente nada a ver com sua performance como lutador, isso o torna um lixo como pessoa, mas não o faz ser menos eficiente como lutador.  

Edited by FAT

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now