Eder Jofre55

Comissão Atlética de Kansas oferece mais transparência no sistema de avaliação dos juízes

Recommended Posts

Comissão Atlética de Kansas oferece mais transparência no sistema de avaliação dos juízes

Ag Fight

Após observar de longe as diversas decisões controversas dos juízes responsáveis por julgar as lutas do UFC 247 – realizado no último sábado (8), em Houston (EUA) -, a Comissão Atlética de Kansas, responsável por regular os eventos de MMA no estado americano, resolveu fazer uma mudança importante em seu sistema de avaliação. Em entrevista à emissora americana ‘ESPN’, Adam Roorbach – comissário de boxe de Kansas – anunciou que a entidade fará experimentos com a ‘pontuação em tempo real’, a partir do dia primeiro de março deste ano.

Com a nova medida implementada pela Comissão Atlética de Kansas, a pontuação marcada pelos juízes será divulgada publicamente após cada round. Com isso, lutadores, treinadores, equipe de transmissão e os fãs poderiam ser informados em ‘tempo real’ sobre o placar dos combates. No entanto, Roorbach revelou que a novidade será opcional e não precisará ser utilizada caso uma organização de MMA assim decida. Além disso, o dirigente afirmou que a Comissão será flexível e deixará nas mãos da promoção organizadora do evento a escolha de quem receberá a divulgação das avaliações dos jurados.

“Eu venho de fora do mundo dos esportes de combate, mas eu tenho sido um fã de esportes durante minha vida inteira. Sempre me deixou confuso o porquê lutadores e fãs não sabem qual é o placar até o fim (da luta). Ninguém nunca me deu uma boa explicação para isso”, declarou Adam Roorbach.

O primeiro evento que utilizará o placar em ‘tempo real’ será o ‘Invicta FC: Phoenix Series 3’, que está marcado para o dia 6 de março, no ginásio ‘Memorial Hall’, na cidade de Kansas City, no estado do Kansas (EUA). À ‘ESPN’, Shannon Knapp, presidente do Invicta FC – evento voltado para o MMA feminino -, demonstrou apoio a tentativa de melhorar o esporte implementada pela Comissão Atlética.

“Se nós pudermos ajudar de algum jeito a alavancar o esporte em uma direção positiva, é isso que nós queremos – vamos tentar”, declarou Shannon Knapp.

Alvo de críticas há muitos anos, o sistema de pontuação do MMA e, consequentemente, os juízes responsáveis por marcar as papeletas, parece chegar próximo ao seu fim como conhecemos. As inúmeras decisões controversas apontadas pelos jurados no último sábado, durante o UFC 247, em especial na luta principal do evento, entre Jon Jones e Dominick Reyes, foram questionadas por grande parte da comunidade das lutas. A medida do placar em ‘tempo real’ pode significar mais transparência e ser o primeiro passo para a completa revitalização do sistema utilizado atualmente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

bom teste... Imagina as lutas empatadas 2x2 ou 1x1 negada vai se matar para vencer, ou os 2x0 apertado vai partir pro ko com tudo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Seria a maior evolução e bem pro esporte. Dane-se a surpresa de n saber quem venceu a luta ao final do combate, prefiro mt mais a dinâmica do esporte em si que seria alterado com os atletas sabendo como está o combate, principalmente de quem está perdendo q teria q ir com tudo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É uma tentativa, mas não acredito que fará tanta diferença a não ser no entretenimento. O problema não está aí. O problema está em definirem o mais objetivamente possível e com clareza certas questões das lutas.

Quanto, afinal, vale uma queda e quais? Quanto vale uma defesa de queda? Como pesar a potência dos golpes? O que vale mais: dois jabs ou um direto? Quanto vale uma tentativa de finalização? Qual o peso do confronto de uma coisa com a outra? Vale a pena avaliar uma luta em apenas um canto?

Enquanto não se reunirem e tomarem uma definição do que estão tratando sempre ocorrerá decisões de merda. Você não pode avaliar aquilo que você não sabe a definição. Se não fizerem isso, pode colocar lutador ou até o Papa que ainda teremos decisões malucas como esta.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa iniciativa, agora ajudaria muito mudar quem pontua também ... não adianta nada pontuar em tempo real sendo uma decisão até o momento injusta, desmotiva o lutador

Share this post


Link to post
Share on other sites

Além disso, a revisão de pontuação deveria ser estudada tb.

No tenis vc tem a revisão, no futebol americano tem tb e agora o VAR no futebol.

 

No MMA deveria haver uma "4º opinião" quando em casos de pontuação polêmica fosse gerada. Além disso, deveria haver maior transparência nos critérios de cada árbitro.

Poderiam gravar os três de forma individual e como eles estão vendo o round. Depois, esse vídeo poderia ser avaliádo tanto pela comissão quanto pelas equipes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, MMS disse:

É uma tentativa, mas não acredito que fará tanta diferença a não ser no entretenimento. O problema não está aí. O problema está em definirem o mais objetivamente possível e com clareza certas questões das lutas.

Quanto, afinal, vale uma queda e quais? Quanto vale uma defesa de queda? Como pesar a potência dos golpes? O que vale mais: dois jabs ou um direto? Quanto vale uma tentativa de finalização? Qual o peso do confronto de uma coisa com a outra? Vale a pena avaliar uma luta em apenas um canto?

Enquanto não se reunirem e tomarem uma definição do que estão tratando sempre ocorrerá decisões de merda. Você não pode avaliar aquilo que você não sabe a definição. Se não fizerem isso, pode colocar lutador ou até o Papa que ainda teremos decisões malucas como esta.

Também acho que não fará grande diferença. O que precisa acontecer é mudar os critérios para a pontuação, afinal, usam pontuação de boxe para pontuarem lutas que além do boxe, tem o uso de joelhos, canela, cotovelos, as quedas, grappling etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
55 minutos atrás, Ominöser disse:

Também acho que não fará grande diferença. O que precisa acontecer é mudar os critérios para a pontuação, afinal, usam pontuação de boxe para pontuarem lutas que além do boxe, tem o uso de joelhos, canela, cotovelos, as quedas, grappling etc.

o erro ta ai.

tem que ser como era no pride. a luta como um todo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, Pride Event disse:

o erro ta ai.

tem que ser como era no pride. a luta como um todo.

Há um sério problema nesse sistema

A memória da pessoa sempre vai estar mais fresca para o momento mais recente, logo o que acomtece nos primeiros roinds tende a ser esquecido, e por ventura ignorado no julgamento final   

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 minutos atrás, Trindade disse:

Há um sério problema nesse sistema

A memória da pessoa sempre vai estar mais fresca para o momento mais recente, logo o que acomtece nos primeiros roinds tende a ser esquecido, e por ventura ignorado no julgamento final   

Isso mesmo. Bem como muitos lutadores levando atraso tendem a quedar o advesrário pra ver se muda algo.

Até o Luciano Andrade fala direto "Com essa queda no fim do round pode ter virado o round" ou coisa assim.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Trindade disse:

Há um sério problema nesse sistema

A memória da pessoa sempre vai estar mais fresca para o momento mais recente, logo o que acomtece nos primeiros roinds tende a ser esquecido, e por ventura ignorado no julgamento final   

pessoas  nao importa.

q importa é quem julga. e julgar uma luta fomo um todo e infinitamente mais simples e direto.

pontuação de boxe é para boxe.

Share this post


Link to post
Share on other sites
59 minutos atrás, Pride Event disse:

pessoas  nao importa.

q importa é quem julga. e julgar uma luta fomo um todo e infinitamente mais simples e direto.

pontuação de boxe é para boxe.

No caso teria que mudar o formato dos rounds também, acho o formato do primeiro perfeito para o estilo de pontuação, já rounds de 5 realmente tende a dar ênfase quem venceu em cada round 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, bigby disse:

No caso teria que mudar o formato dos rounds também, acho o formato do primeiro perfeito para o estilo de pontuação, já rounds de 5 realmente tende a dar ênfase quem venceu em cada round 

de real mesmo cara. 

o que era massa era nas  antigas. rounds longos. matar ou morrer. nada dessa viadagem de pontuação do ufc ae. isso esfria as lutas, fazem os atletas lutarem pensando em pontuação. algo ridiculo.

bota o primeiro round de 10 min. ja vai separa os meninu dos homens.

se caso a luta for pra decisao vai estar facil de ver quem venceu. simples,facil,pratico e com mto mais emoção.

basta ver as lutas do pride em relação as lutas atuais do ufc. o contexto é completamente diferente.

Edited by Pride Event

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Pride Event disse:

pessoas  nao importa.

q importa é quem julga. e julgar uma luta fomo um todo e infinitamente mais simples e direto.

pontuação de boxe é para boxe.

Então o juiz lateral de uma luta vai ser um robo?

Se for eu fico quieto

Se não, passe 25 min assistindo uma luta e no final tente se lembrar do que aconteceu com detalhes no primeiro round

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now