Sign in to follow this  
Fabri

Rickson relembra treinos com Rolls

Recommended Posts

Convidado do RESENHA PVT da última segunda-feira, Rickson Gracie relembrou os principais capítulos de sua carreira, incluindo o momento em que se tornou o representante número 1 da família, após superar Rolls Gracie em um treino em Petrópolis. 

Com bastante respeito, Rickson relembrou, de maneira geral, como foram os últimos 30 treinos que deu como o primo-irmão (filho de Carlos, Rolls foi criado por Hélio), quem ele considera seu principal mentor dentro do Jiu-Jitsu. Assista no vídeo acima.

Bate-papo na íntegra:

 

 

Edited by Fabri

Share this post


Link to post
Share on other sites

Polemica no PVT kkkk. Bom 3 coisas me chamaram atenção na resenha :

1° - A historia que sempre ouvi era que o Rolls sempre foi o primeiro, porem o Rickson disse que isso foi apenas no inicio e depois se tonou o numero 1.

2° O treino no Carlson com o Rosado, já ouvi varias versões, porem, o final era que o Rosado havia "vencido" a peleja. Rickson desmentiu na lata  e disse que foi la e finalizou.

3° A historia do Boqueirão, já ouvi tanta coisa que acabei tirando a seguinte conclusão: Rickson foi la para desafiar o Ruas e este aceitou o desafio, mas pediu um tempo para treinar e provavelmente queria uma grana.Talvez o Rickson tenha ido para fazer um mano a mano ali na hora (https://www.youtube.com/watch?v=yyrQF5gQE_o). Por fim quem tomou as dores da LL foi o Hugo que sei la umas três semanas depois saiu na mão com o Rickson no Pepe. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Depois de ser finalizado diversas vezes e finalizar UMA vez:   "(...)  a gente se olhou e ele entendeu que eu era melhor que ele."  

Eu tenho uma certa antipatia do Rickson, principalmente por ele não ter lutado com o Sakuraba e de impedir o Zulu de dar soco de mão fechada.

Entendo que o papel histórico e simbólico que ele cumpriu de 'invencível' foi importante para a família Gracie e para o jiu-jitsu brasileiro. Mas, ao meu ver, ele se perdeu no personagem que criaram em cima dele e ele passou a acreditar nesse personagem.

Tenho muita admiração pela contribuição da família Gracie na história, em alguns aspectos os admiro muito. Mas em outros, acho que o discurso e as ações/posturas de muitos deles são totalmente incoerentes. Principalmente no que se refere ao discurso de valores/moral que possuem e pregam.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Sagat_ disse:

Polemica no PVT kkkk. Bom 3 coisas me chamaram atenção na resenha :

1° - A historia que sempre ouvi era que o Rolls sempre foi o primeiro, porem o Rickson disse que isso foi apenas no inicio e depois se tonou o numero 1.

2° O treino no Carlson com o Rosado, já ouvi varias versões, porem, o final era que o Rosado havia "vencido" a peleja. Rickson desmentiu na lata  e disse que foi la e finalizou.

3° A historia do Boqueirão, já ouvi tanta coisa que acabei tirando a seguinte conclusão: Rickson foi la para desafiar o Ruas e este aceitou o desafio, mas pediu um tempo para treinar e provavelmente queria uma grana.Talvez o Rickson tenha ido para fazer um mano a mano ali na hora (https://www.youtube.com/watch?v=yyrQF5gQE_o). Por fim quem tomou as dores da LL foi o Hugo que sei la umas três semanas depois saiu na mão com o Rickson no Pepe. 

Rickson não desmentiu nada, apenas falou a versão dele. Romero Jacaré disse que viu essa luta e o Rosado pegou mesmo

Já a versão do Boqueirão, fico com a do Ruas mesmo, até pq claramente o Rickson sempre evitou lutar com qualquer um mais cascudo e se escondia atrás de uma bolsa absurda

Share this post


Link to post
Share on other sites

Que coisa completamente sem sentido essa história

1 - simplesmente todo mundo já afirmou categoricamente que o melhor da família era o Rolls. Inclusive o Relson, irmão mais velho do Rickson, afirma isso de maneira direta

2 - O cara te finaliza 30 vezes, tu finaliza apenas uma, ou seja, situação totalmente atípica, daí tu se torna melhor que ele e pega leve nos treinos? kkkkkkkkkkkkkk que isso..

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Que coisa completamente sem sentido essa história

1 - simplesmente todo mundo já afirmou categoricamente que o melhor da família era o Rolls. Inclusive o Relson, irmão mais velho do Rickson, afirma isso de maneira direta

2 - O cara te finaliza 30 vezes, tu finaliza apenas uma, ou seja, situação totalmente atípica, daí tu se torna melhor que ele e pega leve nos treinos? kkkkkkkkkkkkkk que isso..

Cara, escuta o vídeo direitinho. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

Depois de ser finalizado diversas vezes e finalizar UMA vez:   "(...)  a gente se olhou e ele entendeu que eu era melhor que ele."  

Eu tenho uma certa antipatia do Rickson, principalmente por ele não ter lutado com o Sakuraba e de impedir o Zulu de dar soco de mão fechada.

Entendo que o papel histórico e simbólico que ele cumpriu de 'invencível' foi importante para a família Gracie e para o jiu-jitsu brasileiro. Mas, ao meu ver, ele se perdeu no personagem que criaram em cima dele e ele passou a acreditar nesse personagem.

Tenho muita admiração pela contribuição da família Gracie na história, em alguns aspectos os admiro muito. Mas em outros, acho que o discurso e as ações/posturas de muitos deles são totalmente incoerentes. Principalmente no que se refere ao discurso de valores/moral que possuem e pregam.

 

Cara, parabéns pela redação. Sintetizou o que eu penso tbm.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Que coisa completamente sem sentido essa história

1 - simplesmente todo mundo já afirmou categoricamente que o melhor da família era o Rolls. Inclusive o Relson, irmão mais velho do Rickson, afirma isso de maneira direta

2 - O cara te finaliza 30 vezes, tu finaliza apenas uma, ou seja, situação totalmente atípica, daí tu se torna melhor que ele e pega leve nos treinos? kkkkkkkkkkkkkk que isso..

Rolou um desconforto em seminário Kron eu não sei se Rickson estava.

Kron disse eu finalizei o Rickson disse que o pai odiou.

Relação dos dois é bem estranha.

Pelo que vi relatos bem estranhos mesmo

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

Depois de ser finalizado diversas vezes e finalizar UMA vez:   "(...)  a gente se olhou e ele entendeu que eu era melhor que ele."  

Eu tenho uma certa antipatia do Rickson, principalmente por ele não ter lutado com o Sakuraba e de impedir o Zulu de dar soco de mão fechada.

Entendo que o papel histórico e simbólico que ele cumpriu de 'invencível' foi importante para a família Gracie e para o jiu-jitsu brasileiro. Mas, ao meu ver, ele se perdeu no personagem que criaram em cima dele e ele passou a acreditar nesse personagem.

Tenho muita admiração pela contribuição da família Gracie na história, em alguns aspectos os admiro muito. Mas em outros, acho que o discurso e as ações/posturas de muitos deles são totalmente incoerentes. Principalmente no que se refere ao discurso de valores/moral que possuem e pregam.

 

Quanto ao Saku, Rickson se aposentou. Estava com 40 anos... Saku com 30 anos. Não vejo essa obrigação toda não.

Se Rickson tivesse continuado a lutar com outros caras, até vai... mas ele parou de vez mesmo.

Engraçado que cobram muito o Rickson quanto a isso, de bolsa e tal... mas Fedor, por muitos o GOAT, se escondeu atrás do Sambo pra não assinar com o UFC e não tem essa mesma cobrança.

Sobre o Zulu, bem... tá na chuva é pra se molhar. Podia valer soco mesmo... mas se pensarmos que Zulu era muuuuuuito mais pesado e que hoje os tops dos tops deixam de lutar por causa de 500 gramas... deixam de subir se categoria por causa de 7kg... não, não dá pra cobrar Rickson quanto a isso mesmo.

O cara foi e é uma lenda no jiu-jítsu... invicto... no vale-tudo invicto também e se entrasse no lugar do Royce na época ia passar o carro em geral também... e na rua ninguém bateu no cara.

Então vai se prender eternamente ao Ruas, ao Saku e etc. Agora, dizer que tomou surra de alguém... ninguém pode falar... Aldo já, Fedor já, Spider já...

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Já ouvi, e foi exatamente isso que o Rickson disse 

Não foi e está MUITO claro. Escuta de novo, ele não disse que foi finalizado 30 vezes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Axiotis disse:

Quanto ao Saku, Rickson se aposentou. Estava com 40 anos... Saku com 30 anos. Não vejo essa obrigação toda não.

Se Rickson tivesse continuado a lutar com outros caras, até vai... mas ele parou de vez mesmo.

Engraçado que cobram muito o Rickson quanto a isso, de bolsa e tal... mas Fedor, por muitos o GOAT, se escondeu atrás do Sambo pra não assinar com o UFC e não tem essa mesma cobrança.

Sobre o Zulu, bem... tá na chuva é pra se molhar. Podia valer soco mesmo... mas se pensarmos que Zulu era muuuuuuito mais pesado e que hoje os tops dos tops deixam de lutar por causa de 500 gramas... deixam de subir se categoria por causa de 7kg... não, não dá pra cobrar Rickson quanto a isso mesmo.

O cara foi e é uma lenda no jiu-jítsu... invicto... no vale-tudo invicto também e se entrasse no lugar do Royce na época ia passar o carro em geral também... e na rua ninguém bateu no cara.

Então vai se prender eternamente ao Ruas, ao Saku e etc. Agora, dizer que tomou surra de alguém... ninguém pode falar... Aldo já, Fedor já, Spider já...

Se eu sou o melhor lutador do mundo (segundo ele mesmo), e visse meus irmãos sendo dominados por um cara, não faria muita questão de bolsa pra cair pra dentro. Basta ver o exemplo do Hélio que já coroa caiu pra dentro do Waldemar Santana mais novo e bem mais forte, perdeu, Carlson foi lá e comprou o barato, sendo muito novo 

Fedor foi pro Strikeforce que tinha uma categoria tão boa quanto a do UFC, até melhor se duvidar, num GP dos pesados que na época tava num belo hype 

É claro que Aldo, Fedor e Anderson já tomaram surras, é isso que pode acontecer quando se luta no mais alto nível, e não contra Takadas da vida. O próprio Royce, que fez parte do vale tudo, foi lá enfrentar Sakuraba, Hughes, Yoshida. Pode falar algumas bobagens, mas é inegavelmente o mais macho dali 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, Axiotis disse:

Não foi e está MUITO claro. Escuta de novo, ele não disse que foi finalizado 30 vezes.

Eu tô dando um exemplo, brother. Isso serve pra qualquer situação do tipo

Tem um cara que treina comigo que é bom pra caralho, diferenciado mesmo, tanto passando quanto fazendo guarda, ainda é mais leve que eu, sempre tomo sufoco dele. 2 ou 3x eu consegui finalizar, mas em comparação a inúmeras vezes que ele me finalizou e dominou, isso me torna melhor que ele? Claro que não, e eu tenho consciência disso

Mesma coisa com o Rickson, essa história dele vai de encontro com o que o Malibu, aluno de AMBOS, sempre fala, que o Rolls era o melhor e só não seguiu sendo o melhor pq morreu

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, Genilson Lopes disse:

Que tal remover pro fórum de jiu jitsu ????

Na moral, tá chato pra kct isso....

Entao.. 

Segundona

Confrontos imaginários, melhor lutador ou equipe, Rickson Gracie e outras discussões intermináveis sobre Vale Tudo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this