victorrsantoss

Membros
  • Content Count

    2001
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About victorrsantoss

Recent Profile Visitors

5127 profile views
  1. Cara, o Tyson Fury ganhou. Ele deu mais golpes efetivos, venceu mais rounds, embora o Ngannou tenha dado o knockdown. Mas como um cara flácido, todo molenga, vai ganhar de um cara bombado, em forma, E TAMBÉM com técnica? Não dá, é muito difícil. Exceto que o cara flácido e molenga tivesse uma técnica gigantescamente superior. Mas não é essa a diferença entre lutadores TOPs de MMA com boa trocação e lutadores de boxe hoje em dia. Esse Tyson Fury molengão poderia humilhar o Ngannou se este não tivesse uma técnica muito boa e um condicionamento físico excelente. Mas como ele tem ambos, o provável é uma luta parelha mesmo. O molenga Tyson Fury ter sido campeão mundial de boxe mostra que o nível do boxe caiu bastante. Hoje, o boxe não está mais tão em alta. Boa parte dos melhores atletas lutadores vão para o MMA. O Ngannou é um desses grandes talentos do MMA, que poderia ter ido para o boxe, se quisesse. Podem esperar as próximas lutas do Popó. Se ele pegar um cara melhorzinho, vai perder. A idade conta, o físico conta. Se não contassem, um ex-campeão de boxe de 80 anos venceria de um amador de 20, mas não vence, toma uma surra.
  2. Cara, algumas coisas concordo, mas outras muito nada a ver. Werdum gordo? Com estrutura fraca? Quando? Já teve épocas em que não tinha um físico excelente, mas "gordo" e "fraco" jamais. 39 anos para peso pesado não é velho? 39 anos é velho para qualquer esporte, em qualquer peso, até para Xadrez. Para MMA 39 é muito velho para qualquer peso. Mas claro que Cigano tinha grande vantagem contra um Werdum de 46 anos, tanto que ele venceu. A decadência do Cigano veio cedo? Me fala um lutador top de 39 anos, que continua vencendo caras no auge? Não existe, em nenhum peso, em nenhum esporte. Não entendeu Cigano ter ganhado do Cro Cop? Para mim, revela um péssimo entendimento do MMA. Cigano era o claro favorito. Por um motivo simples: ele estava no auge, era o melhor da época, ou um dos melhores. Cro Cop já estava na decadência havia ALGUNS anos já. Cro cop tinha 34 anos àquela época, Cigano tinha 24.
  3. Primeiramente, parabéns aos dois heróis e gigantes da luta. Agora, não vou parar de repetir isso: No MMA (como no futebol e outros esportes de alto rendimento), a idade faz toda a diferença, e a partir de uns 30 anos, cada ano faz muita diferença física, cada vez mais. É exponencial. O Werdum de 45 anos estava em grande desvantagem física contra o Cigano de 39, já por causa da idade. Isso torna a luta meio "unfair", desse ponto de vista. Isso fica evidente desde o início, pela movimentação e pela velocidade do Werdum, pelos chutes frontais lentos e telegrafados. Não tem como, mesmo o cara estando fit, isso não muda. Não tem como fazer milagre. (Nem estou entrando no mérito da luta. Para mim, os dois lutaram bem) Eu sempre repeti isso da idade muito para defender meus ídolos do esporte, que começam a cair muito com a idade, como aconteceu com o Fedor. O legado deles deve ser defendido, apesar da decadência. Mas eu falo isso também para tentar refletir sobre novas regras para as lutas nesse sentido. Por exemplo: poderia haver uma categoria para coroas +40, e eles não poderiam lutar com caras mais de 5 anos mais novos (exceto se fossem profissionais contra amadores) etc.
  4. Primeiramente, parabéns aos dois heróis e gigantes da luta. Agora, não vou parar de repetir isso: No MMA (como no futebol e outros esportes de alto rendimento), a idade faz toda a diferença, e a partir de uns 30 anos, cada ano faz muita diferença física, cada vez mais. É exponencial. O Werdum de 45 anos estava em grande desvantagem física contra o Cigano de 39, já por causa da idade. Isso torna a luta meio "unfair", desse ponto de vista. Isso fica evidente desde o início, pela movimentação e pela velocidade do Werdum, pelos chutes frontais lentos e telegrafados. Não tem como, mesmo o cara estando fit, isso não muda. Não tem como fazer milagre. (Nem estou entrando no mérito da luta. Para mim, os dois lutaram bem) Eu sempre repeti isso da idade muito para defender meus ídolos do esporte, que começam a cair muito com a idade, como aconteceu com o Fedor. O legado deles deve ser defendido, apesar da decadência. Mas eu falo isso também para tentar refletir sobre novas regras para as lutas nesse sentido. Por exemplo: poderia haver uma categoria para coroas +40, e eles não poderiam lutar com caras mais de 5 anos mais novos (exceto se fossem profissionais contra amadores) etc.
  5. Cara... se for assim, eu vou morrer sem entender por que ele não parou depois do Pedro Rizzo! A verdade é que o Fedor estava decaindo havia muitos anos... desde aquelas primeiras derrotas dele (Werdum, Pezão e Henderson) que ele está em decadência. Na verdade, na minha opinião, até antes... Pode parecer esdrúxulo, mas eu considero que desde 2006 (Hunt), ele já não era mais o mesmo. É uma longa discussão, mas o cara simplesmente parou de evoluir, parou de aprender, parou de se atualizar, parou de usar o GnP, estagnou total, fora que as valências físicas foram piorando. Isso é natural com a idade, mas acho que com ele foi demais. Vamos lembrar que o Fedor do auge (2002-2006) vivia se atualizando. Essa era a marca dele, a grande inteligência e adaptabilidade! Na 1a luta com o Minotauro, foi só GnP; na 3a luta, foi só boxe; para o Cro Cop, ele praticamente virou um kick boxer (que ele não era). Depois de 2006 acabou isso, acomodou total. Enfim... o argumento do Fedor para ter feito essa última luta de agora foi que tinha "mais uma luta no contrato"... o cara lutou igual bêbado no bar, lamentável mesmo. Como eu falei no post inicial, decadência é natural, mas não precisava ser tanta.
  6. Como grande fã do Fedor, ainda me pergunto: como ele aceitou lutar em tão más condições? (Já andava em más condições há muito tempo...) Mau condicionamento, baixa resistência... Um físico aparentemente mais ou menos ele sempre teve, mas antes era muito potente e tinha gás. Nos últimos anos, ficou só o físico ruim mesmo. Minha hipótese: ele precisava da grana... Oh, não. Ele e sua história mereciam um final melhor. Entendo que a decadência é natural, mas poderia ter sido uma despedida melhor 😕
  7. Antes de tudo, saibam que isso vem de um grande fã do Fedor Emelianenko. Ele é o meu lutador favorito, admiro-o muito como ser humano também e o considero um dos melhores lutadores de todos os tempos. Exatamente por isso, acho importante falar sobre o vergonhoso fim da carreira dele, na minha opinião. Vamos elogiá-lo imensamente quando ele mereceu (basicamente, Era Pride) – eu faço isso sempre. Mas vamos criticá-lo quando ele mereceu também: sua despedida dos ringues foi lamentável. Isso é um fato, e não apaga o passado glorioso dele. Meu ponto é: faz muito tempo que o Fedor não mostra um nível decente para lutar, mesmo considerando a idade dele. Falo do nível físico, que acho que poderia ter sido bem melhor. Veja o próprio Ryan Bader, por exemplo: ele não é jovem, tem 39 anos e tem uma forma física excelente. Fedor, aos 39 anos, já morria no gás com 10 segundos de luta e já dependia daqueles "pombos sem asa" para vencer suas lutas rapidamente. Observe que esta foi sua única estratégia novamente contra Bader na última luta (e em todas as suas últimas lutas): o golpe único. Se funcionasse, ele venceria; caso contrário, ele seria humilhado (como foi). Vale lembrar que desde Andrei Arlovski, em 2009, Fedor não venceu nenhum grande lutador em boas condições. Em 2009, Fedor ainda tinha 33 anos. E os melhores lutadores que ele venceu (depois de 2009) cometeram o erro crasso de entrar na trocação tudo-ou-nada, ao invés de explorar o mau condicionamento do Fedor e em vez de levá-lo para o chão (o caso mais claro desse vacilo foi o Frank Mir). (Chael Sonnen foi uma exceção... essa foi uma luta típica, com várias situações, mas o Sonnen estava decadente demais também ali) Envelhecer é inevitável, mas estar em boa forma/condicionamento era a sua obrigação mínima – e isso seria possível na idade dele. A equipe do Fedor alega que ele teve muitas lesões e não conseguiu treinar... ok, então que deixasse isso mais claro ou simplesmente que não lutasse. Fedor Emelianenko foi um dos maiores de todos os tempos (com certeza, o maior entre 2002-2006), mas sua despedida dos ringues foi vergonhosa.