SgtBlackStar

Membros
  • Content Count

    883
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About SgtBlackStar

Recent Profile Visitors

2290 profile views
  1. Em luta de tirar o fôlego, Robert Whittaker supera Jared Cannonier por pontos no UFC 254 Ex-campeão dos médios e norte-americano fazem duelo emocionante na luta co-principal, e australiano se mantém no topo da divisão R. Whittaker (esq.) superou J. Cannonier (dir.) por pontos no UFC 254. Foto: Reprodução/Instagram Um pena não ter público. Na luta co-principal do UFC 254, realizado neste sábado (24), em Abu Dhabi, Robert Whittaker e Jared Cannonier deixaram tudo no octógono. Em um duelo marcado pela técnica e agressividade, o ex-campeão dos médios (até 83,9kg.) voltou a se sair bem e deixa os Emirados Árabes com uma vitória na decisão unânime dos juízes. Com o resultado, Whittaker se mantém intacto na primeira posição no ranking liderado pelo seu último algoz, Israel Adesanya. Depois do duelo, o australiano evitou desafiar o campeão, mas segue como um dos nomes mais fortes da categoria. O revés acabou interrompendo a ótima fase de Cannonier. O norte-americano, que vinha de três vitórias consecutivas, foi para o duelo com a afirmação de que, caso conquistasse o resultado positivo, enfrentaria o atual líder da divisão. Agora, o atleta se afasta momentaneamente do sonho de disputar o título. A luta Cannonier tomou a iniciativa no duelo com um chute baixo. Whittaker media a distância e tentava, aos poucos, entrar no raio de ação do rival. Jared conseguiu derrubar Robert com um novo chute baixo, mas o ex-campeão se levantou rápido e contra golpeou com um chute alto. O norte-americano seguia apostando nos ataques com os pés, que começavam a marcar a perna esquerda do australiano. Na metade do round, Whittaker começou a se soltar atacava o rival com combinações de socos e chutes. Próximo ao fim do assalto, os lutadores trocavam ataques no centro do octógono, mas não havia mais tempo. Na segunda etapa, Cannonier seguia magoando a perna esquerda do ex-campeão. Whittaker, no entanto, pontuava com jabs e chutes na linha de cintura, mas sem muita contundência. Na metade do assalto, Jared quase surpreendeu o oponente com uma sequência de socos, mas Robert caminho para trás e bloqueou com a guarda. Com quase quatro minutos decorridos, o ex-campeão arriscou uma queda, mas o norte-americano se defendeu bem e conseguiu se desvencilhar do adversário. Nos segundos finais, Whittaker conectou um jab e um direto, que entraram limpos no rosto de Jared, mas o cronômetro zerou. O último assalto começou com Robert conectando abalando Cannonier com um direto. Cannonier cambaleou e o ex-campeão partiu para cima com uma combinação de socos, que levaram o rival ao chão. O norte-americano se recusava a desistir e Whittaker foi para o chão com o oponente. O australiano seguia abafando o adversário, conseguiu chegar às costas e passou a ensaiar uma finalização. Jared mostrou muita valentia e conseguiu se levantar. Pressionando o ex-campeão contra as grades, Jared tentava se recuperar o prejuízo. De volta na luta, Cannonier desferiu um chute alto, mas o golpe não abalou o australiano. Nos segundos finais, Jared conseguiu balançar Whittaker com um cruzado e tentou o nocaute. Com um final emocionante, o assalto chegou ao fim. https://www.superlutas.com.br/noticias/129104/em-luta-de-tirar-o-folego-robert-whittaker-supera-jared-cannonier-por-pontos-no-ufc-254/
  2. UFC 254: Khabib anuncia aposentadoria após vencer Gaethje: 'Não vou lutar sem meu pai' Após finalizar Justin Gaethje com um triângulo no UFC 254 e manter o cinturão dos leves, Khabib Nurmagomedov anunciou a sua aposentadoria do maior evento de MMA do mundo. O pai de Khabib, Abdulmanap, morreu em julho devido a complicações no seu estado de saúde após ser infectado pela COVID-19. Após finalizar Gaethje, o russo foi às lágrimas no octógono, lembrando do seu pai. "Hoje, eu quero dizer que essa foi a minha útlima luta. Eu não vou lutar sem o meu pai. Foi a primeira vez desde o que aconteceu com o meu pai. Quando o UFC me ligou para falar sobre o Justin, eu falei com a minha mãe por três dias. Ela não queria que eu viesse lutar sem o pai, mas eu prometi que seria a minha última luta. E se eu dou a minha palavra, eu tenho que honrá-la. Foi a minha última luta", disse o russo, no octógono. Abdulmanap era técnico e principal incentivador da carreira do seu filho. Khabib encerra sua carreira como um dos maiores da história do MMA e com um cartel invicto de 29 vitórias e nenhuma derrota. "Eu só quero uma coisa do UFC: vocês têm que me colocar como o número 1 no ranking pound-for-pound porque eu mereço isso. Campeão induscutível peso leve do UFC, 13-0 no UFC e 29-0 na minha carreira no MMA", finalizou. https://www.espn.com.br/mma/artigo/_/id/7637175/ufc-254-khabib-anuncia-aposentadoria-apos-vencer-gaethje-nao-vou-lutar-sem-meu-pai
  3. O Russo é um cavalo mesmo. Gaethje bateu duas vezes e o juiz não viu, apagou. Khabib, bota muito pressão, é uma máquina. E pensei que a luta ia ser dura. Mas, o medo de ser derrubado é foda
  4. http://crackstreams.com/mmastreams/watch-ufc-254-khabib-vs-gaethje/
  5. Décima segunda luta - Khabib Nurmagomedov x Justin Gaethje.
  6. Lembrou bastante o Lyoto hoje nos bons tempos o jeitão do Whittaker lutar
  7. Para mim Whittaker levou os 1º e o 2º, acertou bem mais a cabeça e o corpo.
  8. Whittaker entrou bastante confiante, o jeitão lembrava até o Matt Hughes e nesse 1º round, achei ele extremamente concentrado. O perigo do Cannonier está sendo o chute na perna da frente. Whitaker tem que proteger melhor ela.
  9. Promete ser um lutão, mas, acho que o Cannonier leva por TKO.