BigNose88

Membros
  • Content Count

    58
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About BigNose88

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Hooker podia recepcionar o Rafael dos Anjos de volta à LW. Seria um lutão.
  2. Khabib é extraclasse, tipo o JJ e GSP.
  3. Poirier é um dos lutadores mais inteligentes do UFC. O cara sabe economizar energia, sair de situações difíceis e se mantém perigoso do primeiro round ao último segundo do quinto round.
  4. Acho que o Poirier ganha, mas a superioridade deve começar no 2 round. Esse jogo de low kick e controlar a distância com jab, do Hooker, é eficiente até ele cansar.
  5. Coitada da moça, só falando "great" e passando gelo nele.
  6. Foi uma desistência, talvez. Entregar a luta, no sentido de vendê-la, não faz sentido, já que o Villante vinha pro nocaute instantes antes. De qualquer modo, bizarro.
  7. Mano, que finalização foi essa? kkkkkkkkkkkkkkkkkkk MEU DEUS
  8. Qual critério para dispor as lutas em main e under card? Green e Villante são lutadores de péssimo nível, e o segundo, além disso, parece que nem treinou pra luta.
  9. Tô ficando desatualizado. Na minha época, japonês no UFC era sinônimo de frango, kkkkkk.
  10. Que zebraça, heim? Erosa era super underdog nas casas de aposta.
  11. Eu também sou um agraciado pelos links. Assinatura do Combate tá cara pra caramba, kkkkk.
  12. Considero esse Luis Pena, o preto ruivo, um potencial tremendo. Muito talentoso no chão, trocação boa, mas se mostrou meio sem energia em algumas lutas. Torço pra que venha melhor hoje.
  13. Bem fraco. Cartel construído em cima de lutadores muito ruins.
  14. Sobre o Philipe LIns, assisti algumas lutas dele e, se nocautear, será uma surpesa enorme pra mim. Rápido, mas com um punch constrangedoramente pequeno para um HW.
  15. Verdade. Considero o boxe do Poirier um dos melhores da categoria. Já o Hooker, deve vir com o jogo de low kicks e controlar na distância com jab, algo simples, mas eficaz.