Sign in to follow this  
Jaison79

Jutu: “eu ou o Ruas teríamos que ter saído na porrada na hora com o Rickson!”.

Recommended Posts

Kkkkkk. A fala do Jutu deixa claro que o Rickson foi lá e chamou geral pro pau e todos correram. 

Na mesma linha do que já havia sido falado por  Hugo Duarte que, por sua vez, disse: “aquilo foi um esculacho!”.
 

A turma do striking (maioria por aqui), pira! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
30 minutos atrás, Roger Maitri disse:

Blá, blá, blá...

 

Kkkkkk. Como diz  o @Timbó:mais um comentário parcial sobre a história do Boqueirão.  
 

Edited by Jaison79

Share this post


Link to post
Share on other sites

A prova definitiva que o Marco Ruas é mentiroso e arregou pro Rickson no boqueirão!

Marcelo Mendes (ícone da Luta Livre) colocou uma pá de cal nessa questão!

Ruas Pediu tempo pro Rickson e Rickson disse na cara do Ruas: "Quem é bom nasce pronto!". 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Podem gostar do Rickson ou não, ele fala claramente no vídeo que o Hélio pediu pra fazerem uma fila, dar o nome e o Rickson lutaria com todos. Disse que o Ruas não quis lutar na hora.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Andrey disse:

Podem gostar do Rickson ou não, ele fala claramente no vídeo que o Hélio pediu pra fazerem uma fila, dar o nome e o Rickson lutaria com todos. Disse que o Ruas não quis lutar na hora.

Mais que provado que o Rickson foi lá e chamou todos pro pau (um por um), Hélio, inclusive,  mandou o Ruas e os demais fazerem fila e, mesmo assim,  todos cagaram no pau!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Andrey disse:

Podem gostar do Rickson ou não, ele fala claramente no vídeo que o Hélio pediu pra fazerem uma fila, dar o nome e o Rickson lutaria com todos. Disse que o Ruas não quis lutar na hora.

Rickson merece todo o respeito do mundo, colocou o jiu-jitsu em outro nível, mas teve todas as oportunidades de se testar de verdade nos ringues/octógonos, e não fez.

Beleza, alguns vão dizer que passou por aquela fatalidade com seu filho e por essa razão, não lutou contra o Kazushi Sakuraba... Mas, e antes? Não lhe faltaram desafios, por que não lutou contra Mark Coleman, Bas Rutten, Dan Severn e etc? Royce enfrentou Ken Shamrock, Matt Hughes e Kimo (entre outros); Renzo, contra Maurice Smith, Carlos Newton, Pat Miletich e Oleg Taktarov (entre outros); Royler, contra Kid Yamamoto e Genki Sudo (entre outros); Ralph, contra Takanori Gomi (entre outros)... Só o Rickson que não pode enfrentar nenhum top?

Enfim, esse assunto é mais do mesmo, vamos em frente...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
49 minutos atrás, Raphael Rezende disse:

Rickson merece todo o respeito do mundo, colocou o jiu-jitsu em outro nível, mas teve todas as oportunidades de se testar de verdade nos ringues/octógonos, e não fez.

Beleza, alguns vão dizer que passou por aquela fatalidade com seu filho e por essa razão, não lutou contra o Kazushi Sakuraba... Mas, e antes? Não lhe faltaram desafios, por que não lutou contra Mark Coleman, Bas Rutten, Dan Severn e etc? Royce enfrentou Ken Shamrock, Matt Hughes e Kimo (entre outros); Renzo, contra Maurice Smith, Carlos Newton, Pat Miletich e Oleg Taktarov (entre outros); Royler, contra Kid Yamamoto e Genki Sudo (entre outros); Ralph, contra Takanori Gomi (entre outros)... Só o Rickson que não pode enfrentar nenhum top?

Enfim, esse assunto é mais do mesmo, vamos em frente...

A questão proposta no tópico se deu em relação ao fato do Ruas ter corrido do Rickson no Boqueirão.

E isso ficou mais que provado que realmente aconteceu - ou seja - Ruas e o Boqueirão inteiro arregou pra ele naquele dia.

Rickson poderia ter se testado mais? Não há dúvida que sim. Eu queria ter visto mais ele em ação.

Mas é preciso ter em mente que quando ocorreu a transição do Vale-tudo para o MMA, Rickson já estava com mais de 30 anos e com um nome consolidado mundialmente.

De toda forma, cansou de sair na porrada na rua, garagem, academia, praia, ringue, tatame - naquela época embrionária do negócio,  era sim.

Perceba, o arregão do boqueirão (Ruas), que é endeusado por aqui, tem praticamente o mesmo número de lutas que o Rickson tem no sherdog no Vale-tudo. Por que? Porque vem de uma época que o Rickson também veio.

Sendo assim, Ruas também deveria ter se testado mais? Por que correu do Zulu no maranhão?

Indagações à parte, para tentar vislumbrar o estrago que o Rickson faria, basta olhar para o que o Royce fez – Royce que, por sua vez, declarou recentemente em um podcast que com o Rickson não tinha como; - tinha uma distribuição de peso absurda, time, agilidade e técnica fora do normal.

Voltando ao Ruas, perceba: Ruas também não enfretou Mark Coleman, Bas Rutten, Dan Severn, Mark Ker, Ken Shamrock, Matt Hughes, Kimo e Sakuraba e, se não bastasse isso, perdeu para um lutador japonês de Telecatch.

Apesar disso, não dá para negar que o Ruas foi um bom lutador!

Mas como falei: a questão proposta no tópico é que o Ruas (apesar de dizer que não), arregou pro Rickson no boqueirão!

Edited by Jaison79

Share this post


Link to post
Share on other sites

A bronca do Boqueirão nem era com ruas. Ele foi lá mais pra ver de curioso. Não se identificava como da luta livre ou qq coisa.

Ruas foi o primeiro lutador de mma. E sua filosofia é usada até hoje (se chuta eu agarro, se agarro eu chuto).

lutou contra nomes fortes, rickson só lutou contra um, contra um, lutador de mma que foi o funakai. E fez uma luta parelha, saindo sem gás em 10min. O resto do cartel dele é de praticante de arte marcial.

o inverso digo do Royce que sempre se testou de verdade. E deu a cara 1h30min contra o saku.

nos anos 90 eu apostaria no ruas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, Raphael Rezende disse:

Rickson merece todo o respeito do mundo, colocou o jiu-jitsu em outro nível, mas teve todas as oportunidades de se testar de verdade nos ringues/octógonos, e não fez.

Beleza, alguns vão dizer que passou por aquela fatalidade com seu filho e por essa razão, não lutou contra o Kazushi Sakuraba... Mas, e antes? Não lhe faltaram desafios, por que não lutou contra Mark Coleman, Bas Rutten, Dan Severn e etc? Royce enfrentou Ken Shamrock, Matt Hughes e Kimo (entre outros); Renzo, contra Maurice Smith, Carlos Newton, Pat Miletich e Oleg Taktarov (entre outros); Royler, contra Kid Yamamoto e Genki Sudo (entre outros); Ralph, contra Takanori Gomi (entre outros)... Só o Rickson que não pode enfrentar nenhum top?

Enfim, esse assunto é mais do mesmo, vamos em frente...

Mas pra mim, um desafio a portas fechadas, sem tempo, sem luvas, sem regras, valendo TUDO, se enquadram muito melhor no adjetivo se testar de verdade do que lutar com um round de 10 e dois de 5min (somando 20 min de luta no total), usando luvas e com um juiz interrompendo a todo momento por "falta de ação no chão". 

O Rickson sendo um cara leve foi esperto em não fazer muitas lutas nessa era "moderna" pois provavelmente perderia por pontos por não dar tempo de fazer prevalecer seu Jiu-jitsu ou seria obrigado a se expor pra acelerar as coisas e ser nocauteado.

Concordo que fica sim uma mancha na carreira não ter se testato na era moderna do MMA( início do Pride UFC etc), mas o fato é que quem sempre reclamou e reclama até hoje que queria MUITO lutar com o Rickson mas nunca conseguiu é o RUAS.

Com toda a mística de que ele era o "rei das ruas", que todos, inclusive os Gracie baixavam a cabeça ao passar por ele fica estranho ele ter se recusado a resolver a treta com o Rickson naquela oportunidade. Ele fala que queria ser profissional, lutar com o Rickson no ringue e receber uma bolsa, mas qual era o apelo da luta na época pra ter uma bolsa satisfatória tanto pro Rickson quanto pro Ruas? Ruas apesar das qualidades e habilidades  não era nada na época em termos de nome, no Brasil "ninguém" conhecia, a hora em que o Rickson chamou pro pau, com câmera filmando, valendo tudo era a oportunidade que o Ruas tinha e perdeu de mostrar o quão bom era, e uma vitória sobre o Rickson ali, abriria um monte de oportunidades de lutar no Brasil, nos EUA e no Japão, ele não precisaria esperar até 1996 pra estrear no UFC.

É estranho o RUAS ter recusado sim, ele fala nos podcast tanto em honra, que no tempo dele as coisas eram resolvidas como homem, que bateu em um processor de luta pq este desrespeitava os alunos, quer desrespeito maior do que o Rickson invadir sua área e mandar fazerem fila pra apanhar incluindo o próprio Ruas? Ali ele pipocou.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
10 horas atrás, NOCAUTE! disse:

A bronca do Boqueirão nem era com ruas. Ele foi lá mais pra ver de curioso. Não se identificava como da luta livre ou qq coisa.

Ruas foi o primeiro lutador de mma. E sua filosofia é usada até hoje (se chuta eu agarro, se agarro eu chuto).

lutou contra nomes fortes, rickson só lutou contra um, contra um, lutador de mma que foi o funakai. E fez uma luta parelha, saindo sem gás em 10min. O resto do cartel dele é de praticante de arte marcial.

o inverso digo do Royce que sempre se testou de verdade. E deu a cara 1h30min contra o saku.

nos anos 90 eu apostaria no ruas.

Os depoimentos do Jutu e do Marcelo Mendes Deixam claríssimo que o Rickson foi lá e chamou o Ruas pra porrada e mais quem quisesse sair na hora.

Hélio, inclusive, pediu para fazerem fila (humilhação total!).

Ruas arregando  pediu um mês para treinar.

Rickson disse na cara do Ruas: “Quem é bom nasce pronto!”.

Ou seja, Ruas teve a chance dele e correu!  

Quanto as lutas do Royce, ele foi para o UFC por opção da família.

É até piada querer comparar o Royce com o Rickson.

O Royce mesmo fala que não dava nem pra começar.

Saku passou trabalho com o Royce (ganhou uma e perdeu outra), não teria a mínima chance com o Rickson!

Edited by Jaison79

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
3 horas atrás, Ultimate Fighter disse:

Mas pra mim, um desafio a portas fechadas, sem tempo, sem luvas, sem regras, valendo TUDO, se enquadram muito melhor no adjetivo se testar de verdade do que lutar com um round de 10 e dois de 5min (somando 20 min de luta no total), usando luvas e com um juiz interrompendo a todo momento por "falta de ação no chão". 

O Rickson sendo um cara leve foi esperto em não fazer muitas lutas nessa era "moderna" pois provavelmente perderia por pontos por não dar tempo de fazer prevalecer seu Jiu-jitsu ou seria obrigado a se expor pra acelerar as coisas e ser nocauteado.

Concordo que fica sim uma mancha na carreira não ter se testato na era moderna do MMA( início do Pride UFC etc), mas o fato é que quem sempre reclamou e reclama até hoje que queria MUITO lutar com o Rickson mas nunca conseguiu é o RUAS.

Com toda a mística de que ele era o "rei das ruas", que todos, inclusive os Gracie baixavam a cabeça ao passar por ele fica estranho ele ter se recusado a resolver a treta com o Rickson naquela oportunidade. Ele fala que queria ser profissional, lutar com o Rickson no ringue e receber uma bolsa, mas qual era o apelo da luta na época pra ter uma bolsa satisfatória tanto pro Rickson quanto pro Ruas? Ruas apesar das qualidades e habilidades  não era nada na época em termos de nome, no Brasil "ninguém" conhecia, a hora em que o Rickson chamou pro pau, com câmera filmando, valendo tudo era a oportunidade que o Ruas tinha e perdeu de mostrar o quão bom era, e uma vitória sobre o Rickson ali, abriria um monte de oportunidades de lutar no Brasil, nos EUA e no Japão, ele não precisaria esperar até 1996 pra estrear no UFC.

É estranho o RUAS ter recusado sim, ele fala nos podcast tanto em honra, que no tempo dele as coisas eram resolvidas como homem, que bateu em um processor de luta pq este desrespeitava os alunos, quer desrespeito maior do que o Rickson invadir sua área e mandar fazerem fila pra apanhar incluindo o próprio Ruas? Ali ele pipocou.

 

Edited by Jaison79

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, Jaison79 disse:

Os depoimentos do Jutu e do Marcelo Mendes Deixam claríssimo que o Rickson foi lá e chamou o Ruas pra porrada e mais quem quisesse sair na hora.

Hélio, inclusive, pediu para fazerem fila (humilhação total!).

Ruas arregando  pediu um mês para treinar.

Rickson disse na cara do Ruas: “Quem é bom nasce pronto!”.

Ou seja, Ruas teve a chance dele e correu!  

Quanto as lutas do Royce, ele foi para o UFC por opção da família.

É até piada querer comparar o Royce com o Rickson.

O Royce mesmo fala que não dava nem pra começar.

Saku passou trabalho com o Royce (ganhou uma e perdeu outra), não teria a mínima chance com o Rickson!

UE, então pq o rickson nao lutou com saku?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
1 hora atrás, NOCAUTE! disse:

UE, então pq o rickson nao lutou com saku?

 

Ele já explicou o motivo várias vezes.

De toda sorte, antes que falem em "medo" da parte dele, me parece que quem entra no boqueirão e chama pra porrada o Ruas, João Ricardo, Hugo Duarte, Eugênio Tadeu e todos que estavam lá para fazer na hora, em fila, inclusive, não teria medo do Sakuraba.

Rickson já venceu, inclusive, o mestre do Sakuraba.

Edited by Jaison79

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this