pipo

Com Bader vs. Kongo 2 reservado, Scott Coker diz que Fedor vem sem seguida. E fala também do futuro de Benson

Recommended Posts

PHOENIX – Muitos achavam que Fedor Emelianenko era o próximo desafiante pelo título dos pesados do Bellator, mas não vai ser o caso – pelo menos por enquanto.

O cinturão dos pesos pesados estava em disputa no sábado, quando o campeão Ryan Bader apareceu para defendê-lo contra o protegido de Emelianenko, Valentin Moldavsky, na luta principal do Bellator 273. Se Bader defendesse com sucesso o título do Bellator, muitos pensaram que poderia configurar uma revanche com Emelianenko no final deste verão.

Mas assim que Bader foi anunciado o vencedor por decisão unânime, a promoção revelou uma revanche diferente. Bader e Cheick Kongo irão executá-lo no dia 6 de maio em Paris . Sua primeira luta, em 2019, terminou em no contest quando Kongo foi acidentalmente cutucado no olho e não pôde continuar.

Com a reserva de Bader-Kongo 2, o presidente do Bellator, Scott Coker, diz que é improvável que Emelianenko consiga uma revanche com Bader por sua luta de aposentadoria, que está prevista para julho.

“Esta é uma luta que estamos montando há algum tempo”, disse Coker a repórteres após o Bellator 273. “Eles lutaram em San Jose há alguns anos. … Então, vamos apenas executá-lo de volta. Estamos tentando montar essa luta há algum tempo e tínhamos um encontro em Paris que queríamos ir em maio. É uma semana antes da luta em Londres com (Michael Page) vs. (Yaroslav) Amosov.

“Então nós colocamos a luta juntos. (Dissemos) quem vencer entre Moldavsky e Bader lutará contra Cheick Kongo. Fedor me disse antes da luta, 'Se Bader vencer, eu realmente gostaria de lutar com ele pelo cinturão.' Eu disse, 'Bem, Kongo vai lutar com ele em Paris, e vamos ver o que acontece.' Maio a julho não é muito tempo. Veremos o que acontece. Este é um negócio muito louco. As coisas mudam rapidamente. É um negócio muito fluido, então vamos ver o que acontece.”

 

Emelianenko compete no MMA há mais de duas décadas. O jogador de 45 anos é alvo de uma luta final antes de pendurar as luvas. Coker disse que a luta provavelmente acontecerá neste verão em Moscou.

Coker planeja falar com Emelianenko em breve e descobrir quem será o último adversário de sua carreira no MMA.

“Ele e eu vamos sentar e conversar”, disse Coker. “Esta é sua luta de aposentadoria, e agora que Bader é o campeão, não tenho certeza se eles vão conseguir travar em algum momento. Mas há outros pesos pesados que ele pode lutar. Encontraremos alguém para ele que faça sentido.”

 

 

 

Benson Henderson e Scott Coker não têm certeza se o futuro de Henderson é com o Bellator

PHOENIX – O mandato de Benson Henderson no Bellator provavelmente não foi tão bem sucedido quanto ele esperava, mas se sábado foi sua última luta com a promoção, ele saiu em alta.

Henderson (29-11 MMA, 6-6 BMMA) conseguiu a maior surpresa no Bellator 273 ao tomar uma decisão dividida do favorito Islam Mamedov por 6-1 (20-2-1 MMA, 1-1 BMMA) na co- evento principal no Footprint Center em Phoenix. Henderson puxou seu recorde do Bellator para 0,500 e conseguiu uma derrapagem de três lutas.

Mamedov, que tinha o ex-campeão dos leves do UFC Khabib Nurmagomedov em seu canto, não perdia desde 2009 em sua segunda luta profissional e tinha uma sequência de 20 lutas invicta.

Henderson disse que a luta foi a última de seu contrato com o Bellator e, embora ele não tenha certeza se quer encerrar a luta, ele também não tem certeza se voltará ao Bellator se não se aposentar.

“Não sei por quanto tempo mais vou fazer isso pelo Bellator, então queria absorver tudo”, disse Henderson na entrevista coletiva pós-luta. “Não tenho certeza se essa vai ser minha última luta ou não, então eu queria curtir, queria curtir o 'W', curtir levantar a mão. Posso continuar, talvez não, então vamos descobrir.

“Esta é minha última luta no meu acordo com o Bellator. Eles me pagam muito dinheiro, e eu posso ter vencido meu contrato. Entrando nas renegociações, não tenho certeza de como eles vão me tratar. Veremos. Nós vamos descobrir. Mas eu sei que se este foi o último, foi uma ótima maneira de sair. … Eu gostaria de continuar lutando, mas todas as coisas têm que se alinhar.”

Na jaula após a vitória, Henderson pôde ser ouvido na transmissão fazendo um breve comentário a Nurmagomedov de que se ele terminar com o Bellator, ele pode ter que bater nele. A promoção Eagle FC de Nurmagomedov teve seu primeiro evento nos EUA na sexta-feira em Miami.

O presidente do Bellator, Scott Coker, disse ao MMA Junkie que não tem certeza se Henderson voltará com a promoção.

“Acho que ele estava pensando em se aposentar, e isso realmente vai depender dele”, disse Coker. “Ele já fez tudo. Ele está lutando há muito tempo. Ele tem sido um grande embaixador do esporte e, se decidir desistir, acho que fez tudo o que havia para fazer e desejamos o melhor para ele. Mas se ele quiser lutar, vamos ter uma conversa”.

Henderson assinou com o Bellator em 2016 e lutou pelo título dos meio-médios em sua primeira luta com a promoção. Após uma derrota para o então campeão Andrey Koreshkov, ele voltou para o peso leve e venceu o eventual campeão de duas divisões Patricio Freire com um nocaute técnico quando Freire sofreu uma lesão na perna. Ele então lutou contra Michael Chandler pelo título dos leves, mas caiu por decisão dividida.

Depois de quatro vitórias consecutivas em 2018-2019, Henderson teve uma derrapagem de três lutas com uma derrota por nocaute para Chandler e reveses na decisão para Jason Jackson e Brent Primus antes de sua grande surpresa sobre Mamedov.

Henderson nunca foi tão azarão em sua carreira como foi contra Mamedov no sábado.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Scott Coker fala sobre peso pena feminino do Bellator – incluindo atualização de Kayla Harrison

Campeã nos últimos dois anos, Cris Cyborg é a base do peso pena feminino do Bellator.

E enquanto seu próximo oponente não é oficial, a promoção sabe a direção que quer seguir. Mas, novamente, um agente livre altamente cobiçado também pode agitar as coisas.

Cyborg (25-2 MMA, 4-0 BMMA) defendeu seu título pela terceira vez em novembro passado com um nocaute no primeiro round sobre Sinead Kavanagh. Espera-se que ela tenha a ex-desafiante ao título peso-galo feminino do UFC Cat Zingano (12-2 MMA, 2-0 BMMA) como sua próxima oponente, mas essa luta ainda não foi marcada.

E, ao mesmo tempo, a bicampeã peso-leve feminina da PFL, Kayla Harrison (12-0), está no mercado de agentes livres. E embora tenha sido dito que sua jogada mais provável é retornar à PFL, ela também esteve na conversa sobre uma mudança para o Bellator, onde ela teria que cair para 145 libras – e poderia ser essencialmente uma jogadora imediata na imagem do título. .

O presidente do Bellator, Scott Coker, disse que Harrison ainda está na foto – mesmo que seja um tiro no escuro para tê-la.

“Não houve uma oferta oficial”, disse Coker após o Bellator 273 no sábado em Phoenix. “Conversamos com o empresário dela (Ali Abdelaziz) e conversamos sobre como seria um acordo. Acho que essas conversas estão em andamento. Acho que nada está definido. Acho que ela não assinou nada, e continuaremos conversando com Ali hoje à noite ou na próxima semana. Ela tem muitas ofertas agora, e vamos ver o que acontece.”

Quanto a Cyborg e Zingano, Coker disse no início deste mês que é a próxima luta pelo título na divisão, e Cyborg disse após sua vitória sobre Kavanagh que uma luta com Zingano fazia sentido.

Afinal, Cyborg raciocinou, Zingano venceu Amanda Nunes em 2014 antes de Nunes se tornar campeã do UFC em duas divisões – o que aconteceu quando ela nocauteou Cyborg.

Coker reiterou que esse é o próximo confronto projetado, mas que as coisas precisam ser resolvidas nos bastidores.

“Eu adoraria que eles lutassem”, disse Coker. “Acho que o timing será um problema nessa luta – quando Cat estiver pronta para lutar com ela. Gostaríamos que essa luta acontecesse o mais rápido possível. Esse é o nosso plano, mas temos que ter os dois lutadores de acordo com esse plano. Estamos conversando com os gerentes e o gerente de Cat e descobrir quando, um, ela estará pronta para lutar, e ela estará pronta para lutar contra Cyborg?”

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bellator fazendo evento na França tinha que ser essa revanche mesmo e mostra pro UFC que poderia ter feito essa luta entre o Ngannou e Gane por lá.

Sobre o Henderson pô ganhou, mas, já não é mais aquele cara que vimos anos atrás, talvez até o Bellator tenha perdido interesse em continuar... Talvez em um PFL ou Eagle que tem divisão 165 lbs seria legal pra ele.

Sobre Cyborg x Zingano ou Harrison é foda a divisão já não tem muito lutas boas e competitivas agora a Zingano de frescura e o Ali fazendo leilão... sei não acho que a Cyborg vai tomar um chá de cadeira.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Fedor tinha q fazer revanche com Wedum, o cara q descabaçou ele.

Werdum já tem idade como o Fedor e n tem punch nas mãos pra categoria, teria q finalizar de novo a luta.

Se pegar o Bader de novo nesse infight logo no início da luta vai cair rápido de novo e encerrar a carreira de forma triste.

No mais uma luta do campeão com o desafiante francês será muito lucrativa pra organização, o esporte era proibido um tempo atrás na França

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Roizman disse:

Fedor tinha q fazer revanche com Wedum, o cara q descabaçou ele.

Werdum já tem idade como o Fedor e n tem punch nas mãos pra categoria, teria q finalizar de novo a luta.

Se pegar o Bader de novo nesse infight logo no início da luta vai cair rápido de novo e encerrar a carreira de forma triste.

No mais uma luta do campeão com o desafiante francês será muito lucrativa pra organização, o esporte era proibido um tempo atrás na França

o Bellator tem que ir pra França agora

levar o Gane campeão era a grande aposta do UFC, mas agora deve atrasa pelo menos 6 meses pra conseguirem colocar o Gane com potencial de vender por lá

Share this post


Link to post
Share on other sites
55 minutos atrás, Andrey disse:

Werdum não vai lutar MMA por agora, fora de cogitação 

qual motivo?

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Andrey disse:

Werdum não vai lutar MMA por agora, fora de cogitação 

Acho que ele ainda está dando um tempo pra se recuperar da última luta né? Na verdade ele pensa em aposentar logo,acho que a próxima pode ser a última

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, pipo disse:

qual motivo?

Ele tá com negócios, abrindo franquias, morando em floripa. Teria que largar tudo e ir pra califa e o valor recebido teria que ser mto convincente. Um boxe ou algo parecido eu acho mais fácil acontecer

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Andrey disse:

Ele tá com negócios, abrindo franquias, morando em floripa. Teria que largar tudo e ir pra califa e o valor recebido teria que ser mto convincente. Um boxe ou algo parecido eu acho mais fácil acontecer

bacana. Não sabia

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now