Fabri

Ruas e Eugênio dão suas versões do dia em que Rickson desafiou a LL

Recommended Posts

Em 1983, após arrancar um histórico empate com a equipe do Jiu-Jitsu no Maracanãzinho, a união formada entre Luta-Livre e Muay Thai começava a ganhar respeito nas ruas do Rio de Janeiro.

A notícia dando conta de que Rickson, o nº1 da família Gracie, se mudaria com a esposa e os filhos para os EUA, com vistas a ajudar o irmão Rorion nos desafios e exibições contra campeões de outras modalidades, começava a se espalhar.

Nas praias, ruas e boates do Rio de Janeiro, onde há pelo menos cinco décadas nenhum grupo se atrevera a afrontar a supremacia dos Gracie, cresciam os burburinhos de que Marco Ruas e outros novos expoentes, como Hugo Duarte e Denílson Maia, estavam cada vez melhores, tanto no chão (Luta-Livre) como em pé (Muay Thai).

Poucas semanas antes de seu principal soldado se mudar, o general Hélio Gracie, com seus mais de 80 anos de experiência, resolveu se antecipar levando seu filho ao Boqueirão do Passeio, o templo da Luta-Livre, em dia de casa cheia, com mais de 20 profissionais treinando sob a liderança do professor Carlos Brunocilla.

Considerado um dos episódios mais polêmicos e controversos da guerra de quase duas décadas entre Luta-Livre e Jiu-Jitsu, a visita Gracie ao Boqueirão tem diversas versões. Neste vídeo do “Causos & Histórias”, Marco Ruas e Eugênio Tadeu relembram o que de fato ocorreu naquele dia e como esta tensa reunião acarretaria na famosa briga na praia do Pepê entre Rickson e Hugo, e sua represália: a invasão da Academia Gracie.

http://portaldovaletudo.com.br/causos-historias-ruas-e-eugenio-dao-suas-versoes-do-dia-em-que-rickson-desafiou-luta-livre-em-seu-qg/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essas tretas foram importantes para a disseminação do jiu-jitsu, luta livre e do vale tudo, mas não concordo como tudo isso foi feito... pelo que eu conheço das histórias do Marco Ruas dificilmente ele iria se acovardar, e como bem disse o Eugênio Tadeu, era necessário um tempo para a galera da luta livre se preparar!

Uma coisa é certa, o Rickson sempre foi casca grossa e o pessoal da nova geração tende a desmerecer tudo o que ele fez!!!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O cara chegar no meio do treino de Ruas, Denilson, Hugo, big Jeff e desafiar qualquer um pra fazer na hora ... tem que respeitar. Ruas também merece todo o respeito pois já via o espaço para se ganhar dinheiro com aquilo. Aliás esta nova geração tem que respeitar todos estes cascas-grossas que começaram tudo que esta ai hoje

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Ruas eu já vi provar seu status,o Rickson eu só vi lutar com frango

Exato!

Não há dúvidas da vital importância dos Gracie's p esporte, mas em registro oficial o legado de Rickson no vale-tudo é muito pobre. Diria q seus adversários, pra frango ainda falta muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Eu acho que o Rickson não esperava que o Ruas estivesse lá. Pra mim ele ele amarelou pro Ruas. Se ele quisesse era só meter a mão na cara do Ruas que nem fez com o Hugo Duarte e começar a briga. Ruas não quis comprar o barulho da Luta Livre, modalidade que o apoiou. Essa atitude eu não achei legal. Ele nunca se considerou o defensor de nenhuma modalidade. Esta sempre foi a mentalidade dele. Mesmo assim ele poderia ter tomado a frente e dito.que faria ali com qualquer um igual o Eugênio fez. Seria uma atitude mais casca grossa. Por mais que não tenha Acontecido nenhum confronto o Rickson teve peito de ir lá na academia do adversário desafiar todos. Eugênio mostrou que sempre foi casca entrando na conversa e tendo atitude de confrontar a família Gracie. Ruas vai sempre tentar se explicar sobre este episódio, mas a falta de atitude dele de defender a Luta Livre sempre vai ser vista como falta de sangue nos olhos ou até mesmo creontagem.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A real é que o Ruas mataria o Rickson. Não só ele, caras como Mark Kerr, Bas Rutten, Igor Vovchanchyn, Sakuraba, Taktarov, todos bateriam.

Só saudosista bitolado acha que o Rickson era isso tudo no vale tudo. Foi e é um mago do jiu-jitsu. Mas só isso.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rickson escolheu a dedo o Duarte, se fizesse isso com o Ruas iria tomar um sacode!

Essa história devia ter continuado, tinham q ter saído na mão no ring

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essas tretas foram importantes para a disseminação do jiu-jitsu, luta livre e do vale tudo, mas não concordo como tudo isso foi feito... pelo que eu conheço das histórias do Marco Ruas dificilmente ele iria se acovardar, e como bem disse o Eugênio Tadeu, era necessário um tempo para a galera da luta livre se preparar!

Uma coisa é certa, o Rickson sempre foi casca grossa e o pessoal da nova geração tende a desmerecer tudo o que ele fez!!!

vc está automaticamente incluído nas 784 vitórias do rickson

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esses tempos parei pra ver a reprise do Pride 4 no Combate. Rickson acusou uma joelhada no corpo que o grande Takada deu. A câmara fechando no rosto dele e a expressão desconfortável era visível. Fico imaginando se o mestre dos desafios tivesse encarado um Wanderlei que iria p Pride no ano seguinte. Queria ver o jiu jitsu salvar depois q a primeira joelhada pegar.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A real é que o Rickson não queria treta com o Ruas, nem acho que era medo era respeito pelo Ruas e pelo fato de o Ruas ser mais na dele.

Agora depois Rickson foi contar história diferente, como se o Marco tivesse arregado. Só que todas as vezes que ele disse isso o Marco respondeu desafiando e Rickson ficou se escondendo atrás de bolsa e dizendo que tava aposentado e não sei o que.

Ainda hoje o Marco fala que topa a luta!

Se Rickson tinha tanta certeza que vencia o Marco porque não lutou?

Contra fatos não tem argumento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Esses tempos parei pra ver a reprise do Pride 4 no Combate. Rickson acusou uma joelhada no corpo que o grande Takada deu. A câmara fechando no rosto dele e a expressão desconfortável era visível. Fico imaginando se o mestre dos desafios tivesse encarado um Wanderlei que iria p Pride no ano seguinte. Queria ver o jiu jitsu salvar depois q a primeira joelhada pegar.

Seria brutalmente espancado pelo wand!! Seria até covardia considerar essa luta,só quem achava que o rickson venceria era o Robson gracie que disse numa entrevista no programa do joinha na época.

Até o Carlson numa entrevista no joinha disse que nunca tinha visto o rickson pegar alguém de ponta. Ta no YouTube

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.