masterblaster

Admin
  • Content Count

    5297
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by masterblaster

  1. @NEGO DÁGUA, era exatamente isso. Luta TODO santo dia, e dificilmente parava sem alguém cair. E lembro que muitas vezes o cara nocauteado ficava largado num canto até a consciência voltar, principalmente na australiana. E disso resultava que todo mundo tentava nocautear o outro antes de ser nocauteado, aí a coisa ficava selvagem mesmo. E uma coisa engraçada. Quando você é nocauteado eventualmente de vez em quando, acorda tonto e enjoado. Ali era tão frequente que, pelo menos para mim, no final já nem tinha mais de essa sensação, reagia mais rápido. Isso explica, por ex.. o Wand tomando um kd do Mark Hunt e levantar em seguida rindo. O próprio AS fala no vídeo da violência dos treinos.
  2. Verdade, acaba sendo um péssimo exemplo. E muito incauto vai procurar aprender aquelas técnicas mágicas. Alguns vão ter a desilusão durante os treinos, mas uma grande parte vai seguir aquilo cegamente acreditando que funciona, até ter um duro choque de realidade.
  3. Meu amigo, como sempre tenho que agradecer sua participação, esse post é uma aula. E o aikido do Seagal acaba tendo outra ótica, pela mídia em que é divulgado. São filmes com um cara grandalhão, que usa uma técnica de luta em que volta a força do oponente contra ele mesmo com piruetas e torções estilísticas e estéticas, e sai das brigas sem nenhum arranhão. O público vibra com isso e acaba querendo conhecer a arte infalível. Só que essa performance serve exclusivamente para cinema, que como você colocou, ainda deriva de uma prática que foi enormemente corrompida de sua forma original. O Steven Seagal, que é ator, capitalizou muito bem essa faceta. E ainda parafraseando você, a troca funcionou perfeitamente. Os lutadores ganham mais visibilidade com o Seagal perto e este consegue passar a ideia de que sua arte realmente é efetiva, por estar "ensinando" aos lutadores técnicas que em uma vida de treinamento eles nunca aprenderam. Mas ali é cinema, e só. Tendo em vista que aquilo se propõe a ser a modalidade suprema de defesa pessoal, coloque-se, por um exercício de imaginação, o Seagal na frente do Kobi ou mesmo do Wesley Gimenez. Não sei o que ele poderia fazer ali.
  4. Verdade. Isso vai complicar para ele, porque se deixar a luta se estender na trocação vai sentir, e muito. Dependendo do estado, vai limitar a estratégia para duas opções. Uma é entrar para nocautear de cara, arriscando mais, e isso não é boa ideia contra um striker do naipe do Poatan de jeito nenhum. A outra é derrubar rápido também, mas se o brasileiro vier com uma boa defesa de quedas pode protelar um pouco também e ir chutando enquanto isso. Dependendo do tipo e da recuperação dessa cirurgia, ela pode acabar sendo o principal diferencial da luta.
  5. @NEGO DÁGUA, assisti aos dois primeiros vídeos e realmente são espetaculares, parabéns pelas postagens e obrigado por ter trazido. Realmente você percebe aquilo que comentamos a respeito do calejamento. Nenhum levantamento de peso faz a coxa ficar tão resistente ao ponto de um atleta reclamar que a canela está doendo por bater ali. Lógico que o Poatan também estava brincando um pouco, mas ele quis dizer que a coxa do cara era muito dura. Calejamento traz isso. Hoje em dia se fala muito que isso não existe e tal, mas eu vivi uma época em que tanto nós como o pessoal do kyokushin praticávamos muito isso, e posso dizer que funcionava demais sim. E outra coisa que sempre comentamos é a diferença da técnica clássica, de livro, para a individual. Acho que foi o Plínio conversando com o Poatan que resumiu muito bem isso. Primeiro você aprende o movimento certo e depois adapta para sua valência individual. E nesse ponto a adaptação que o Poatan fez é realmente única, o que ele faz só funciona para ele e todo mundo acha errado. O mesmo com relação ao pirocóptero do Wand, que todo mundo dizia que era loucura mas durante seis anos parou todos que entraram na frente, inclusive gente mais técnica de boxe e com golpes mais retos, como o Rampage Jackson. Essa adaptação individual é que faz o campeão, mesmo quando não é muito visível. E vou concordar com o @João P, a técnica do Marat Grigorian é linda. Mas ali foi um espetáculo de treino, de encher os olhos. O Saki tem uma potência absurda. E assistir aquilo dá vontade de estar lá na hora. Só quem treina e sobe num ringue sabe que atmosfera é aquela. Aconselho qualquer um que goste minimamente de trocação a um dia fazer um treino ou subir num ringue nem que seja para fazer um sparring leve. A adrenalina que vai sentir é ímpar.
  6. Ah, sim, em se tratando de kickboxing, muay thai e karate você tem razão. É o equivalente mais próximo do Éder.
  7. Concordo, é saber administrar. Mas vai ter que defender quedas, porque o Hill não é burro e como o @André Filho mencionou, é grande grande a possibilidade dele tentar derrubar.
  8. O Éder Jofre na minha opinião ainda não tem par aqui no Brasil. Mas o Poatan não está longe de igualar.
  9. Acho que Hill é o melhor oponente para o Poatan agora, em termos de compatibilidade. E se passar por ele bem e sem se lesionar, pode ser que vá para o 301 sim. E torço para isso. Poatan não é de jogar conversa fora e ainda está acostumado com o ritmo mais acelerado do kickboxing.
  10. @NEGO DÁGUA, aproveito para agradecer ter postado esses vídeos, ouro puro. Assim que der vou assistir.
  11. Meu amigo, um cara com seu conhecimento e experiência não é leigo nunca!
  12. Usuário: AparecidoAlves Penalidade: banimento Justificativa: spam
  13. Senhores, a moderação já iniciou a punição por inserção de política em tópicos de luta. Peço que se abstenham de responder ou debater temas políticos aqui, ressaltando que há um tópico específico para tal finalidade na segundona. Muito obrigado e ótimo domingo para todos!
  14. Usuário: @Ludwig Penalidade: suspensão de 07 dias. Justificativa: Discussão política dentro de tópico. Apesar de já solicitado pela moderação, continuou insistindo em tornar o tópico político, quando todos já sabem que isso é terminantemente proibido e, ademais, existe tópico próprio para tais debates na segundona.
  15. Pipo, ele arrumou uma boa grana no Pride sim, mas com certeza sentiu falta do suco. Ele usava bem. Vê a diferença logo no início no UFC. Contra o Coleman os dois estavam caindo de maduros.
  16. Mas na hora dava vontade de chorar de desespero! Kkkkkk!
  17. Minha patroa entrou na menopausa e o endocrinologista deu a seguinte explicação: disse que a reposição usa remédios de farmácia, a maioria ampolas injetáveis, e acaba sendo quase a mesma quantidade para todo mundo, independente de peso ou idade. Na modulação avalia-se individualmente a pessoa, então a dose e preparada individualmente, em manipulação, mais próximo do que o corpo já produzia, e pode ser absorvida pelo braço, por exemplo. Achei bem interessante.
  18. Perfeito. E tem muito endócrino que em vez de reposição está prescrevendo modulação hormonal, que repõe os hormônios numa quantidade específica e adequada para cada indivíduo. Mas precisou tem que fazer sim. Não defendo o uso de esteroides para aumento de performance de forma alguma, mas a reposição hormonal é necessária até pela qualidade de vida, como você bem falou.