LeonLP4ever

Paulo Borrachinha Censurado pelo Combate?

Recommended Posts

6 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

A discussão já há algumas décadas está em qual capitalismo queremos. O próprio Marx reconhece os méritos do capitalismo em produzir riqueza, e isso é indiscutivelmente fundamental para uma melhor qualidade de vida, a questão central do meu ponto é a distribuição mais igualitária dela. Ao meu ver os maiores avanços sociais, melhor distribuição de riqueza e garantias de bem estar social não se deram através do livre mercado e estado mínimo, mas sim através de governos sociais democratas. Mas é uma forma de ver a coisa, e eu concordo que intervenção demais atrapalhe o mercado, é o mercado.indo mal tudo vai começar a ir mal... Gosto de pensar que haja um meio termo possível, não acredito em nenhum extremo, nem.Acho que já tenha existido. Pra mim os problemas do brasil vão além desses, mas já não tenho a mesma predisposição a discutir certas coisas na internet. Já concordamos muitas vezes em discordar e já escutamos muitos os argumentos de ambos os lados em varias esferas. Eu não acho que o caminho para uma sociedade melhor esteja em nenhum dos extremos. E como falei, não acho que em um contexto de desigualdade gigante e estrutural como o brasileiro o livre mercado e estado mínimo é que vão resolver isso, acho o contrário. Mas tbm acho que ambas as visões tem seus méritos e defeitos. Já passei da época de endemonizar ideias que não concordo e entender que todas tem méritos.

Eu vejo um mundo que sempre foi tons de cinza na realidade e as ideias discutidas e argumentos quanto a solução são pretos ou brancos, não acho que seja por aí...

Mas enfim, segue o barco... 

1- Ñ existe nada de graça. Hospital público, escola pública, tudo custa dinheiro. Vc precisa construir as instalações, fazer a manutenção, tem custo da eletricidade, faxina, segurança, e obviamente ( a ñ ser q vc tenha escravos) pagar o funcionários. Então na prática o q o estado faz nada mais é do q pegar o dinheiro da população à força e gastar aonde ele acha q deve gastar (distorcendo com isso prioridades), prestando serviços através de monopólios, ou seja, ruins e caros. Tá entendendo? Ñ existem direitos sociais. O q existe são serviços e ponto. Eles podem ser ofertados pelo mercado, onde, quanto mais livre for a economia, mais competição teremos; ou pelo Estado através de um monopólio.

2- Salários ñ sobem através de canetada. Subir salário mínimo serve apenas para tornar economicamente inviável certos modelos de negócio, ou seja, destrói empregos. Com isso vc de fato aumenta o salário de uma parcela da população, porém desemprega outra q ñ tem produtividade alta o suficiente para q o seu serviço valha a pena economicamente. Lembra das dométicas? Viu a quantidade de famílias demitindo empregadas? Então, é isso o q acontece. Os salários estão intimamente ligados a produtividade e eles aumentam quando a oferta de mão-de-obra ñ acompanha o aumento da demanda. Isso é o q acontece em uma economia q está crescendo. Lembra da piada de salário de escravo na China? Pois então, os "escravos" chineses já estão com salário maior do q os brasileiros na área da indústria. Ñ foi política social pra combater desigualdade, foi simplesmente oferta e demanda. 

3-Desigualdade social não é nem nunca foi medida de qualidade de vida. Nós podemos ser igualmente pobres. Se eu ñ me engano acho foi Brasil ou Venezuela q diminui a desigualdade social durante essa crise. Aumentar o poder de compra da população, isso sim combate miséria. Afinal, nós tendemos a gastar nosso dinheiro primeiro com as necessidades mais básicas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Em 9/18/2018 at 11:30 PM, mourninghall disse:

1- Ñ existe nada de graça. Hospital público, escola pública, tudo custa dinheiro. Vc precisa construir as instalações, fazer a manutenção, tem custo da eletricidade, faxina, segurança, e obviamente ( a ñ ser q vc tenha escravos) pagar o funcionários. Então na prática o q o estado faz nada mais é do q pegar o dinheiro da população à força e gastar aonde ele acha q deve gastar (distorcendo com isso prioridades), prestando serviços através de monopólios, ou seja, ruins e caros. Tá entendendo? Ñ existem direitos sociais. O q existe são serviços e ponto. Eles podem ser ofertados pelo mercado, onde, quanto mais livre for a economia, mais competição teremos; ou pelo Estado através de um monopólio.

2- Salários ñ sobem através de canetada. Subir salário mínimo serve apenas para tornar economicamente inviável certos modelos de negócio, ou seja, destrói empregos. Com isso vc de fato aumenta o salário de uma parcela da população, porém desemprega outra q ñ tem produtividade alta o suficiente para q o seu serviço valha a pena economicamente. Lembra das dométicas? Viu a quantidade de famílias demitindo empregadas? Então, é isso o q acontece. Os salários estão intimamente ligados a produtividade e eles aumentam quando a oferta de mão-de-obra ñ acompanha o aumento da demanda. Isso é o q acontece em uma economia q está crescendo. Lembra da piada de salário de escravo na China? Pois então, os "escravos" chineses já estão com salário maior do q os brasileiros na área da indústria. Ñ foi política social pra combater desigualdade, foi simplesmente oferta e demanda. 

3-Desigualdade social não é nem nunca foi medida de qualidade de vida. Nós podemos ser igualmente pobres. Se eu ñ me engano acho foi Brasil ou Venezuela q diminui a desigualdade social durante essa crise. Aumentar o poder de compra da população, isso sim combate miséria. Afinal, nós tendemos a gastar nosso dinheiro primeiro com as necessidades mais básicas.

Perfeito. Especificamente sobre o ponto 1, essa ideia de jogar direitos e direitos sociais, 'educação, saúde, segurança, transporte gratuitos', vieram exatamente com a 'Constituição cidadã', sem dúvidas uma das piores Constituições já feitas 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
6 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Perfeito. Especificamente sobre o ponto 1, essa ideia de jogar direitos e direitos sociais, 'educação, saúde, segurança, transporte gratuitos', vieram exatamente com a 'Constituição cidadã', sem dúvidas uma das piores Constituições já feitas 

Constituição lixo demais, falo isso desde a segunda metade dos anos 90 quando cursei a faculdade de Direito (me formei em 2003). O que eu batia boca com professorzinho comunista...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Lucas Timbó disse:

Perfeito. Especificamente sobre o ponto 1, essa ideia de jogar direitos e direitos sociais, 'educação, saúde, segurança, transporte gratuitos', vieram exatamente com a 'Constituição cidadã', sem dúvidas uma das piores Constituições já feitas 

 

1 hora atrás, Valderazzi disse:

Constituição lixo demais, falo isso desde a segunda metade dos anos 90 quando cursei a faculdade de Direito (me formei em 2003). O que eu batia boca com professorzinho comunista...

Quer coisa mais bizarra q propriedade privada com função social? Q porra é essa?

Se eu ñ me engano queriam colocar "Princípio da busca da felicidade". Puta q o pariu!!!!! 

População ñ entende q isso é só carta branca pro Estado fazer o q quiser com a gente.

Cada vez mais escravizados.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
2 horas atrás, Valderazzi disse:

Constituição lixo demais, falo isso desde a segunda metade dos anos 90 quando cursei a faculdade de Direito (me formei em 2003). O que eu batia boca com professorzinho comunista...

 

1 hora atrás, mourninghall disse:

 

Quer coisa mais bizarra q propriedade privada com função social? Q porra é essa?

Se eu ñ me engano queriam colocar "Princípio da busca da felicidade". Puta q o pariu!!!!! 

População ñ entende q isso é só carta branca pro Estado fazer o q quiser com a gente.

Cada vez mais escravizados.

Além de conceder TOTAIS poderes aos políticos. Porra, que história é essa de que congressista e presidente só pode ser preso por crime hediondo e em flagrante? Foro privilegiado pra ser julgado por juízes indicados pelo presidente? Pqp..

Além de ser ambígua, pq em vários artigos se encontra tanto garantias, quanto ressalvas às garantias, e garantias dentro das ressalvas, que também apresentam ressalvas. De acordo com constituintes da época, se o texto era muito claro, ele simplesmente não era aprovado. Para se obter maioria, era necessário encaixar um sem número de interesses, e a única forma possível seria expandindo os meios por quais a futura norma poderia ser interpretada. A relativização da propriedade privada é uma das coisas mais patéticas, sem dúvidas, fora a relativização da liberdade de expressão também.

E nada corporativista também, a palavra 'povo' aparece 9 vezes na lei, enquanto OAB aparece 7. Daí se tira

Editado por Lucas Timbó

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
21 minutos atrás, Lucas Timbó disse:

@Valderazzi @mourninghall @NEGO DÁGUA

 

Aí pra vocês entenderem como funciona a educação que o coroné Tiro Gomes fica se gabando. Só quem é daqui do Ceará pra conhecer bem essa família de oligarcas autoritários 

Ciro é estilo ACM sempre foi bruto , troglodita etc..

Estou com o capitão.

Fora que soluções dele são um tanto utópica. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
3 horas atrás, Lucas Timbó disse:

@Valderazzi @mourninghall @NEGO DÁGUA

 

Aí pra vocês entenderem como funciona a educação que o coroné Tiro Gomes fica se gabando. Só quem é daqui do Ceará pra conhecer bem essa família de oligarcas autoritários 

Valeu, Timbovski. Vou ver chegando em casa. 

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
7 horas atrás, Lucas Timbó disse:

@Valderazzi @mourninghall @NEGO DÁGUA

 

Aí pra vocês entenderem como funciona a educação que o coroné Tiro Gomes fica se gabando. Só quem é daqui do Ceará pra conhecer bem essa família de oligarcas autoritários 

Tinha visto isso um dia desses. Isso aí é pra quem acha q serviço público centralizado vai algum dia funcionar no Brasil. O mais triste é q educação afeta pro resto da vida, ñ tem como remendar depois. Ver galerinha do PSOL defendendo escola pública mas colocando os filhos em escola privada me dá raiva da porra.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
12 horas atrás, Lucas Timbó disse:

 

Além de conceder TOTAIS poderes aos políticos. Porra, que história é essa de que congressista e presidente só pode ser preso por crime hediondo e em flagrante? Foro privilegiado pra ser julgado por juízes indicados pelo presidente? Pqp..

Além de ser ambígua, pq em vários artigos se encontra tanto garantias, quanto ressalvas às garantias, e garantias dentro das ressalvas, que também apresentam ressalvas. De acordo com constituintes da época, se o texto era muito claro, ele simplesmente não era aprovado. Para se obter maioria, era necessário encaixar um sem número de interesses, e a única forma possível seria expandindo os meios por quais a futura norma poderia ser interpretada. A relativização da propriedade privada é uma das coisas mais patéticas, sem dúvidas, fora a relativização da liberdade de expressão também.

E nada corporativista também, a palavra 'povo' aparece 9 vezes na lei, enquanto OAB aparece 7. Daí se tira

Ñ sabia dessa dos interesses. Bom saber. Já começamos na corrupção, ñ tinha como dar certo mesmo.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

A discussão esta interessante, mas não podemos pegar exemplos no mundo como foram pegos aqui pelos colegas e aplica-los no Brasil. Não Funciona.

É necessário que se tenha conhecimento do funcionamento e também na importância do Estado Brasileiro, assim como ter conhecimento do "Mercado" e do capitalismo instituído na economia brasileira. Por fim ainda mais importante, é ter o conhecimento da dinâmica da economia brasileira, nossa atual estrutura, nosso parque industrial e nosso potencial de conhecimento tecnológico. No final é também importante conhecermos o tamanho de nosso abismo social em todas as nossas classes demográficas.

Sabendo-se pelo menos o básico sobre isso  podemos então discutir um rumo  e criar diretrizes para solucionar nossos problemas.

Sendo assim, poderemos conhecer onde, no momento atual econômico e social de nossa nação se aplica políticas de estados e políticas de mercado.

Já adianto que na área de saúde o estado tem que estar presente fortemente. Na área de educação o estado tem que estar presente fortemente. Na Área de energia, sobretudo do petróleo e pré-sal o estado tem que estar presente porque se trata de ativos nacionais e soberania plena.

Em outras áreas pode- se discutir a presença do mercado.  Cito aqui a telefonia, onde se tirou um monopólio do estado e o substituiu por um monopólio do "mercado". No sistema bancário temos aqui um disparate onde 5 bancos incluindo estatais controlam praticamente toda nossa economia, enquanto que países desenvolvidos existem pelo menos em média umas centenas de bancos equilibrando o sistema de créditos.

Por fim queria dizer aqui com todo respeito que brasileiro não sabe o que é o significado dos termos Direita e Esquerda.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora