hvalentim

Membros
  • Content Count

    800
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by hvalentim

  1. Então, pra mim se tem alguém do meu lado dizendo mentiras e inverdades sobre a minha vida e não desminto e deixo as pessoas acreditem, sim, eu estou alimentando junto, não tem como. Como você falou há outros interesses comerciais por trás, que interessam ao Khabib também, por isso estaria se prestando a isso talvez, mas que alimenta junto é um fato. Mas vou até voltar atrás, realmente as coisas são assim, há outros interesses, não é nenhum absurdo o Khabib fazer isso. É que MINHA EXPECTATIVA era outra, que ele realmente honrasse a palavra e tal, mas aí é mais problema meu do que dele. Eu no lugar dele, com tudo em jogo, não sei se faria diferente...
  2. Eu quis dizer, que caso ele realmente esteja decidido a não voltar, como o @Lucas Timbóacredita e mesmo assim está se prestando de continuar alimentando essas expectativas com o Dana e tudo mais, seria lamentável. Mas realmente, a vida é dele e tal, ele faz o que quiser minha crítica é alimentar essa novela...
  3. Então, mas a minha comparação é em relação as declarações dele na aposentadoria, não houve menção ao aspecto esportivo, então agora esse é o entrave? E a morte do pai, promessa pra mãe e tudo mais? O que mudou?
  4. Se não volta está se prestando a um papel mais lamentável ainda, mas não sou capaz de cravar nada, esperando o desenrolar dos fatos...
  5. Acho que mudou sim, o quesito esportivo pra voltar nunca foi o principal, diria nem secundário. Os motivos alegados foram a promessa pra mãe, a morte do pai, a promessa de contnuar o legado do pai e tudo mais... Deixaram a entender que isso não é mais barreira, ou seja, pra mim praticamente voltou. Se ele não quer realmente voltar pq não entregou o cinturão, pediu pra parar de ser testado e tudo mais?! Pra mim será só mais um que falou que iria parar e voltou atrás, normal...
  6. O Nate eu até concordei, por isso nem questionei. Mas eu agora entendi o que vc quis dizer, eu tinha entendido que vc não via potencial neles pra ser top 10, interpretei errado. Sim, então corcordo, realmente não estariam nem ranqueados, saíriam por inatividade como saem por muito menos tempo diversos lutadores.
  7. Que isso cara, Conor não seria top 10? A ascenção dele pro cinturão peso pena foi legítima, ganhou a chance nos leves e fez o que fez. Não vejo a categoria de leves recheada de wrestlers que invibilizassem o Conor, pelo contrário. É um fato que depois que ele virou estrela, ele faz o que quer, mas não deixa de ser um top por isso, não é o melhor, mas é um top.
  8. O UFC não vai tirar o cinturão dele e vão aguardar o desenrolar das lutas do UFC 257, e ainda citou o Charles. Ou seja, irá voltar rs Confesso que tinha caído na ladainha do Khabib, morte do pai e tal, cultura mulçumana, mas como todos os outros, não vai conseguir largar hahahaha
  9. Dana White revela condição de Khabib para retorno ao UFC: “Me impressionem” por Redação Ag. Fight 16/01/2021 Demorou, mas, enfim, o mistério em relação ao futuro de Khabib Nurmagomedov foi parcialmente solucionado. Em outubro de 2020, o campeão do peso-leve (70 kg) da organização se aposentou após finalizar Justin Gaethje, mas neste sábado (16), Dana White sinalizou que o retorno da estrela ao esporte ainda pode se concretizar. Inclusive, o cartola deu a entender que isso pode acontecer caso ocorra uma surpresa na divisão. Vale lembrar que a dupla se reuniu na última sexta-feira (15), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU). Ao participar da transmissão do UFC na ‘ESPN’ americana, Dana White se mostrou confiante em um desfecho positivo. Além disso, o cartola revelou que o UFC 257, que acontece no dia 23 de janeiro, e a ascensão de Charles ‘Do Bronx’ podem interferir na decisão de Khabib. Na atração que encerra o tour da organização pela ‘Ilha da Luta’, Conor McGregor e Dustin Poirier protagonizam o ‘main event’ e Dan Hooker e Michael Chandler se encaram no ‘co-main event’. “Eu fiquei surpreso quando ele anunciou a aposentadoria, não gosto quando pessoas tomam decisões de cabeça quente. Conversamos e ele disse: ‘Se eles mostrarem algo que me surpreenda, eu luto com um deles. Khabib me disse que ficou impressionado com a forma como Charles venceu o Ferguson. Ainda temos o ‘co-main event’ da semana que vem. Enfim, algumas lutas para ficarmos de olho”, declarou Dana. Um dos principais fatores que motivou a aposentadoria de Khabib foi a morte de seu pai e mentor, Abdulmanap Nurmagomedov. Após o UFC 254, o russo revelou que prometeu à sua mãe nunca mais lutar, porém Dana White nunca desistiu de contar com o campeão do peso-leve da organização. Para o retorno do número um da categoria, a imprensa especulou o nome de Georges St-Pierre como principal oponente. Khabib Nurmagomedov, de 32 anos, é um dos lutadores mais dominantes da história do MMA. Os triunfos mais importantes do campeão do peso-leve do UFC foram diante de Conor McGregor, Justin Gaethje, Dustin Poirier, Rafael dos Anjos, Edson Barboza e Gleison ‘Tibau’. Atualmente, o russo se transformou em homem de negócios e virou presidente do EFC (Eagle Fighting Championship), sua própria organização de MMA. ASSUNTOS RELACIONADOSDANA WHITEKHABIB NURMAGOMEDOVPESO-LEVEJUSTIN GAETHJEABU DHABIILHA DA LUTAUFC
  10. Não, pelo menos o tweet fala de todas as categorias do UFC mesmo, ele bateu vários recordes hoje. Achei hoje bizarro, atuação do nível AS vs Griffin, Cody Garbrandt vs Cruz, desse nível...
  11. Holloway tem 24 lutas no UFC e nunca levou um knockdown, é o recorde do UFC.
  12. Mas foi em outra categoria, O Poirier é um peso leve de vdd, acho que isso fez diferença. A se confirmar esse banho do Holloway e o Volkanowsky passando pelo Ortega, teríamos outra revancha? Isso que é foda, fica sem muito o que fazer com o cara...
  13. Aaahhh É? Nem possivelmente liderando um card? Luta principal de FN tbm n leva nada? Ele está possivelmente a 1 vitória do TS, é que não vejo ele ganhando, mas pelo Dana isso é um fato praticamente hahahaha
  14. Eu pensei nisso também, mas ao mesmo tempo quem seria esse lutador? Do top 8 pra frente pra mim o Nate pe zebra absoluta contra todos, o que teria mais chance por encaixe é o Ferguson, mas o Dana descartou. Mas é um fato, é um sonho o Nate ganhar essa luta e tornar viável a trilogia, seria um baita furada de fila, mas acho improvável, não consigo ver o Nate ganhando de ninguén do top 8 pra frente.
  15. Parece que ele na entrevista descartou o Ferguson e descartou quem desceu dos meio-médios, ou seja, o RDA. Sobraria Charles ou Gaethje... Nessa circunstancias, acho que seria uma boa pro Charles, uma grana que nunca viu antes, grande exposição, se credenciaria ao TS mais ainda e é uma luta BEM VIÁVEL... Se não for ele, esquece... seria deixado de lado numa improvavel vitória do Nate vs Gaethje obviamente, Gaethje ganhando passaria o Charles? Não sei, provavelmente tbm. Díficil nesse cenário ele pegar o TS msm sendo o único "sobrando" do bolo da frente. Tudo depende tbm do timing das lutas.
  16. Ou seja, Nate Diaz ganhando esse cara ai já estaria com o TS na mão, Conor vencendo temos Conor vs Diaz 3 rs Palpites de quem seria esse adversário? Charles completamente bypassado, esquece... a menos que seja ele a enfrentar o Nate Diaz, mas acho que provavelmente é o Gaetjhe.
  17. Dana White revela negociações para volta de Nate Diaz ao peso-leve por Redação Ag. Fight 13/01/2021 Sem lutar desde novembro de 2019, quando foi superado por Jorge Masvidal na disputa do cinturão ‘BMF’ (lutador ‘mais durão’), Nate Diaz pode estar próximo de retornar ao octógono mais famoso do mundo. Em entrevista ao site ‘The Mac Life’, Dana White – presidente do UFC – revelou que a companhia negocia com o lutador para agendar seu próximo compromisso. O dirigente ainda afirmou que a intenção da organização é marcar o próximo combate de Diaz no peso-leve (70 kg), divisão na qual o americano já disputou o cinturão. Sem revelar o nome do potencial adversário do veterano, Dana indicou que uma eventual vitória de Nate sobre o rival já o colocaria em uma boa posição na corrida pelo título da categoria. Vale lembrar que Nate Diaz não compete na divisão dos leves desde dezembro de 2015. Desde então, o americano disputou quatro combates e fez todos eles pelo peso-meio-médio (77 kg), somando duas vitórias, sobre Conor McGregor e Anthony Pettis, e dois reveses, contra o mesmo McGregor na revanche e Jorge Masvidal. “Nós estamos trabalhando em uma luta para Nate Diaz no peso-leve neste momento. Isso o colocaria em uma posição muito boa se ele ganhasse a luta, e o cara com quem ele potencialmente vai lutar, eu acho que é uma grande luta para ele também”, revelou Dana. Aos 35 anos, Nate Diaz possui 20 vitórias e 12 derrotas em seu cartel no MMA profissional. Um dos lutadores mais populares do UFC, o americano – vencedor da 5ª temporada do reality show ‘The Ultimate Fighter’ – compete pela organização desde junho de 2007 e soma 15 triunfos e dez reveses no octógono mais famoso do mundo. ASSUNTOS RELACIONADOSDANA WHITEFUTURONATE DIAZPESO-LEVENEGOCIAÇÕESPRÓXIMA LUTAUFC
  18. Exato! E convenhamos que ele era outro lutador nos penas, evoluiu muito nesse tempo pra cá, em diversos aspectos. Acho que se for pra trocação franca contra o Conor, pode ficar ruim pra ele, mas não consigo ver esse hype, favoristimos todo, nem algo que justifique as odds de 3:1 na vitória dele.
  19. Me surpreende a quantidade de pessoas tirando o Porier pra nada, um lutador que nas ultimas 12 lutas, ganhou 10, com nomes como Eddie Alvarez, Pettis, Hollaway, Justin Gaethje, Hooker... Pra mim luta durissima, realmente não consigo ver um favorito claro.
  20. Poirier sonha com luta sangrenta contra McGregor no UFC 257: ‘Vamos ver quem é o melhor’ D. Poirier (foto) foi derrotado por C. McGregor em 2014. Foto: Reprodução/Instagram Desde que Conor McGregor se tornou um fenômeno do MMA, muitos atletas querem um pedaço da lenda irlandesa. No próximo dia 23, pelo UFC 257, Dustin Poirier terá a sonhada oportunidade de trocar forças contra o irlandês pela segunda vez na carreira. Após derrota na primeira tentativa, o norte-americano não esconde a empolgação e promete um confronto violento no maior evento do mês. Veja Também McGregor prevê resultado de luta contra Poirier no UFC 257: ‘Vou nocauteá-lo em 60 segundos’ Empolgado com o UFC 257, Dana garante melhor versão de McGregor contra Poirier: ‘Pode acreditar’ Poirier renova contrato por mais oito lutas com o Ultimate e diz que não pensa em aposentadoria VÍDEO: Em fase complicada no UFC, Cigano desabafa sobre críticas de Dana White: ‘Ele fala demais’ “Se você está falando de estratégia, o que eu quero para nós dois é que estejamos pingando sangue, nos machucando e sofrendo logo no começo da luta. Aí, podemos descobrir quem é o verdadeiro lutador. É isso que eu quero. Quero estar sangrando no primeiro minuto do primeiro round”, afirmou o norte-americano, ao ‘This Past Weekend’. Derrotado por McGregor em 2014, quando ainda atuavam no peso pena (até 65,7kg.), não há dúvidas de que Dustin, hoje, é um lutador diferente. De lá para cá, o atleta segue na elite dos leves e chegou, inclusive, a conquistar o título interino da divisão. Assim, o reencontro com o ‘Notório’, dirá muito sobre a evolução dos dois combatentes. “Quero que estejamos sangrando e precisemos cavar fundo para ver quem é melhor, quem gostaria mais de estar ali, porque não há uma rede de segurança. Quero estar lá e eu sei disso. Quero descobrir se ele (McGregor) também quer”, finalizou. Atual número dois no ranking da categoria liderada por Khabib Nurmagomedov, Poirier não se apresenta desde julho de 2020, quando superou Dan Hooker em uma das lutas mais emocionantes da temporada passada. McGregor, por sua vez, fará seu retorno ao octógono após um ano afastado. Em seu último compromisso, o irlandês atropelou Donald Cerrone no UFC 246.
  21. Borrachinha vai passar a treinar na Pitbull Brothers, acho que pode ser uma boa...
  22. Com certeza! Será que é exagero falar que seria outro esporte o jiu-jitsu? Mais transições de quedas para dominio posicional, finalizações, um jogo por cima mais completo, algo do tipo...
  23. Exato! Se é pouco finalizar o Lee e dominar o Ferguson, imagina somente uma suposta vitória em cima do Hooker, sexto colocado vindo de derrota, isso credencia? Quem tem mais mérito esportivo HOJE? O Chandler nesse cenário não teria nem de perto...
  24. O pai dele treinava luta olimpica/wrestling com o Rolls, chegou a ser seleção brasileira eu acho, além de faixa coral de jiu jitsu como você falou. Ou seja, ele realmente tem um background incomum para lutadores brasileiros.
  25. Se isso acontecer ficará claro, mas é na minha cabeça seria tão absurdo, que sigo resistente se isso realmente irá acontecer, acho que estou sendo ingênuo, mas ok. E fica aqui minha crítica ao brasileiro, mais que normal ter "demorado" a chegar ao auge, mas nada justifica ter dez anos de UFC, com as bolsas que ele já ganhou, prêmios e não saber falar inglês, mostra também que não era ou ainda não é bem assessorado.