Yuri09

Membros
  • Content Count

    28
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Yuri09

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Gustafsson deixa aposentadoria, volta como peso-pesado e negocia luta contra Fabrício Werdum Alexander Gustafsson está de volta. Depois de anunciar aposentadoria em junho do ano passado após ser finalizado por Anthony Smith, o sueco decidiu retornar ao octógono do Ultimate, mas desta vez como peso-pesado (até 120kg). O Combate.com apurou que existem conversas avançadas com a organização para que ele retorne no dia 25 de julho, na Ilha da Luta, e o favorito para ser o adversário do "The Mauler" é o brasileiro Fabrício Werdum. O acordo está próximo de ser fechado, mas, caso não se concretize, o "plano B" é o haitiano Ovince St-Preux, que subiu para a divisão até 120kg em maio deste ano, quando perdeu para Ben Rothwell. UFC 25 de julho de 2020, em local a ser anunciado CARD DO EVENTO (até o momento): Peso-médio: Robert Whitaker x Darren Till Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Rogério Minotouro Peso-pesado: Fabrício Werdum x Alexander Gustafsson Peso-galo: Bethe Correia x Pannie Kianzad
  2. O Ultimate removeu nesta semana o nome de Henry Cejudo - que anunciou sua aposentadoria no início do mês -, do ranking oficial do peso-galo, deixando vago o cinturão da categoria. E Dana White, presidente da entidade, anunciou, nesta quarta-feira, que José Aldo e Petr Yan vão disputar o título da divisão. A data e local, no entanto, não foram divulgados. Ex-campeão peso-pena do UFC, José Aldo - embora tenha sido escalado para disputar o título -, acumula duas derrotas consecutivas. O manauara foi superado por Alexander Volkanovski, no UFC Rio, em maio de 2019, e, em sua estreia nos galos, sete meses depois , no UFC 245, perdeu por pontos para o compatriota Marlon Moraes. Um dos lutadores mais promissores da nova geração, Petr Yan soma 14 vitórias e um revés no cartel. A única derrota do russo se deu em 2016 para Magomed Magomedov, no ACB 32. "No Mercy" chegou ao UFC em 2018 e despachou seus seis adversários - o último deles, o veterano Urijah Faber, por nocaute, em dezembro do ano passado.
  3. Bare Knuckle prepara oferta maior que US$ 20 milhões a Tyson e quer Wanderlei Silva como rival Depois de fazer uma primeira oferta de US$ 20 milhões (cerca de R$ 110 milhões) a Mike Tyson, o "Bare Knuckle Fighting Championship", uma organização de boxe sem luvas, promete aumentar os valores para que o ex-campeão mundial de boxe atue em seu show. Em entrevista ao “MMA Fighting”, o presidente do BKFC, David Feldman, sinalizou que, além de uma oferta maior, irá adicionar alguns atrativos ao contrato, o que incluiria, inclusive, doações para instituições de caridades. - Acho que sei o que precisamos fazer para que isso aconteça – disse o dirigente, sem revelar os números. Tão logo Tyson confirmou que estaria voltando aos ringues, alguns lutadores demonstraram interesse em enfrentá-lo em seu retorno. Nomes populares do MMA, como Ken Shamrock e Tito Ortiz, estão entre eles, mas Feldman revelou que Wanderlei Silva, que também manifestou vontade em lutar contra o americano, seria um dos favoritos para o desafio. - Eu acho que um Wanderlei Silva, alguém desta natureza. Não importa o quanto Wanderlei esteja velho, ele é perigoso, e eu acho que seria um combate intrigante. Algo assim, mas na verdade não tenho nada em mente agora.
  4. Agora esperar o Romero deitar o Adesanya
  5. UFC tem luta encaminhada para evento principal no Cazaquistão: Marlon Moraes x Petr Yan Duelo no peso-galo ainda não tem contrato assinado, mas lutadores já aceitaram o confronto verbalmente. Evento aconteceria no dia 13 de junho, em estádio na cidade de Nur-Sultan O UFC não anunciou nem mesmo o evento de forma oficial, mas a primeira edição do Ultimate no Cazaquistão, em 13 de junho, programado para a cidade de Nur-Sultan, já tem luta principal encaminhada. Segundo noticiou primeiro o site “MMA Junkie”, o brasileiro Marlon Moraes enfrentará o russo Petr Yan em duelo no peso-galo (61kg). O contrato ainda não foi assinado, mas as duas partes já aceitaram a luta. O Combate.com confirmou a informação com fontes próximas à organização.
  6. A luta entre Khabib Nurmagomedov e Tony Ferguson, enfim, deverá acontecer. O confronto - válido pelo cinturão do peso-leve, atualmente sob posse do russo - está perto de ser agendado para a edição numerada do dia 18 de abril (provavelmente, UFC 249), no Brooklyn, em Nova York. A informação foi revelada por Dana White, presidente do Ultimate, para a "ESPN" americana. Empresário de Nurmagomedov, Ali Abdelaziz publicou, pouco depois da veiculação da notícia, uma imagem do contrato assinado pelo campeão dos leves, na data de segunda-feira, dia 25 de novembro, endossando a luta para abril de 2020.
  7. Faltando duas lutas para a estreia do John Lineker Bantamweight John “Hands of Stone” Lineker vs. Muin “Tajik” Gafurov Flyweight Eko Roni Saputra vs. Kaji “Alpha” Ebin
  8. O Ultimate ganhou um problema de última hora no UFC Tampa. A organização foi informada que Joanna Jedrzejczyk, escalada para a luta principal do evento deste sábado contra Michelle Waterson, não irá bater o peso-palha (até 52,6kg). A companhia ainda tenta reverter a situação e deu duas opções para a americana: ou ser mantida no card ou ir para o UFC 244 para enfrentar Jéssica Bate-Estaca em Nova York (EUA). A companhia tentou manter o confronto como luta principal ao oferecer para a americana o duelo em peso-casado de até 54,4kg, mas Waterson recusou a proposta até o momento. As brasileiras Amanda Ribas e Mackenzie Dern, que se enfrentam no sábado, também foram oferecidas para a "Karate Hottie", que novamente não aceitou. Diante das seguidas recusas de Waterson, o Ultimate também trabalha para conseguir uma adversária para Joanna. O nome de Angela Hill tem sido ventilado pela organização como uma possibilidade.
  9. i Figura presente com frequência nos eventos do UFC, o astro de cinema The Rock vai sair da plateia para estar dentro do octógono mais famoso do mundo. Não, ele não resolveu ser arriscar como lutador de MMA. Porém, vai "substituir" Dana White no UFC 244 ao ser o responsável por premiar o vencedor do duelo entre Jorge Masvidal e Nate Diaz, que vale o cinturão de lutador mais casca-grossa do mundo. - O UFC realmente já mandou confeccionar esse cinturão, que vai custar aproximadamente US$ 50 mil (cerca de R$ 207 mil). O próprio The Rock vai ser responsável por entregá-lo. Ele vai fazer o meu trabalho. Se The Rock quer, ele consegue - revelou Dana White ao site americano TMZ
  10. Gilbert Durinho pediu e foi atendido. Após Thiago Pitbull ser retirado do UFC Dinamarca, o faixa-preta de jiu-jítsu fez campanha nas redes sociais para ser o substituto no co-evento principal do card do dia 28 de setembro, em Copenhague, contra Gunnar Nelson. Neste sábado, o Ultimate aceitou e escalou Durinho contra o islandês no evento, conforme apurou o Combate.com com fontes ligadas à companhia. UFC Copenhague 28 de setembro, na Dinamarca CARD PRINCIPAL (15h, horário de Brasília): Peso-médio: Jack Hermansson x Jared Cannonier Peso-meio-médio: Gunnar Nelson x Gilbert Durinho Peso-meio-pesado: Michal Oleksiejczuk x Ovince St.Preux Peso-médio: John Phillips x Alen Amedovski Peso-meio-pesado: Ion Cutelaba x Khalil Rountree Peso-galo: Macy Chiasson x Lina Lansberg CARD PRELIMINAR (12h, horário de Brasília): Peso-médio: Alessio Di Chirico x Peter Sobotta Peso-meio-médio: Nicolas Dalby x Alex Cowboy Peso-leve: Mark Madsen x Danilo Belluardo Peso-meio-médio: Siyar Bahadurzada x Ismail Naurdiev Peso-leve: Marc Diakiese x Lando Vannata Peso-galo: Nohelin Hernandez x Jack Shore
  11. Detalhe pro Wallid arrumando treta com treinador do Yoel Romero 7:13