Muhammad Ali

ESPN elege Eder Jofre o 36o melhor boxeador de todos os tempos

Recommended Posts

Guest KEYLOCK_
Das cinco lutas entre eles, o Robinson venceu quatro. E um dos maiores orgulhos da carreira do La Motta é não ter sido nocauteado pelo Sugar. Tomou um cacete cabuloso mas perdeu de pé.

só uma correção...

que eu saiba foram 6 combates entre eles e o Sugar Ray levou 5x e o LaMotta 1x...

Sugar Ray Robinson foi foda mesmo...pramim os maiores do boxe foram ele,Muhammad e Tyson.

Share this post


Link to post
Share on other sites

em esportes de combate o auge é por volta dos 30 anos e depende do quanto o cara consegue manter esse auge. No futebol o auge é 22 ou 23

Nao amigo, o auge de um jogador futebol no que concerne a parte física e técnica se dá entre os 27 e 31 anos. Todos os grandes craques que se mantiveram fisicamente bem tiveram seu auge nessa idade. Exceções sao Ronaldo (problemas de peso e motivaçao, teve grave contusão na carreira) e Maradona (que seu auge foi aos 26 e nao continuou tao forte provavelmente por causa do uso de Drogas). Pelé, Romario, Rivaldo, Bebeto, Zidane, Zico, Platini, Cruyff, todos esses jogadores tiveram auge nessa faixa que eu falei.

[]'s

Edited by juliojr

Share this post


Link to post
Share on other sites

São dois esportes completamente diferentes.

Primeiro, que o Tyson na luta com o Lennox foi um dos melhores Tyson que eu já vi, pelo menos nos 4 primeiros rounds, onde até conseguiu impor a tática do amassa. O Cafu de 2006 era um lixo, tanto técnica como fisicamente.

Segundo, em esportes de combate o auge é por volta dos 30 anos e depende do quanto o cara consegue manter esse auge. No futebol o auge é 22 ou 23, não tem jogador de futebol aos 40 anos que renda bem em todas as áreas, e tem vários boxeadores e lutadores de AMM bem sucedidos tanto depois dos 35 como depois dos 40. O Foreman deu o nocautaço no Maguila com 41 anos.

Acho que nessa luta, vc tem que comparar que ele não lutou com Frank Bruno, com Françoise Botha, e sim com um Lennox Lewis no auge da sua forma física e técnica. O Tyson não lutou mal, lutou como sempre lutou, mas perdeu pra um melhor boxeador.

Se o que você mesmo falou for verdade, e eu acredito que seja, o auge do Tyson já tinha passado, assimc omo o do Cafu em 2006.

O estilo do Tyson dependia demais de uma explosão e velocidades absurdas para ser eficiente. Se ele tivesse mantido o seu treinador do início de carreira, Angelo Dandee,treinado sério,e não tivesse feito todas as cagadas extra ringue que fez, ele já não estaria no auge aos 35. Com tudo o que aconteceu...simplesmente não era o Tyson no auge.

Veja bem, se você me disser que tecnicamente ele não foi um dos melhores, eu concordo, o Hollyfield, por exemplo, pode ser considerado superior a ele nesse quesito, mas força, explosão e velocidade também influem, e muito em, uma luta.

Que o diga George Foremam, que fez história com UM SOCO.

Share this post


Link to post
Share on other sites

só uma correção...

que eu saiba foram 6 combates entre eles e o Sugar Ray levou 5x e o LaMotta 1x...

Sugar Ray Robinson foi foda mesmo...pramim os maiores do boxe foram ele,Muhammad e Tyson.

É verdade, foram seis lutas, esqueci da primeira, em 1942.

Tava analisando melhor esse ranking, tirando um ou outro exagero (como o Roberto Duran em sexto), até ficou legalzinho. Bem eclético, tem pugilistas de várias épocas - desde a década de 10 até 2000 - e diversas nacionalidades e categorias, de pesado a peso mosca.

Outra detalhe interessante: tanto o Brasil como a Argentina colocaram um boxeador na lista, mas o brasileiro, Eder Jofre, está melhor colocado que o argentino, Carlos Monzon. E olha que a Argentina tem muito mais história no boxe do que o Brasil, várias medalhas olímpicas e títulos mundiais, e a gente conta nos dedos de uma mão os pugilistas campeões do mundo.

Pra ver como o Jofre foi um fenômeno, respeitado até hoje como um dos melhores de todos os tempos, de todos os pesos, em um esporte que o Brasil tem pouca tradição de sucesso internacional.

Share this post


Link to post
Share on other sites

São dois esportes completamente diferentes.

Primeiro, que o Tyson na luta com o Lennox foi um dos melhores Tyson que eu já vi, pelo menos nos 4 primeiros rounds, onde até conseguiu impor a tática do amassa. O Cafu de 2006 era um lixo, tanto técnica como fisicamente.

Segundo, em esportes de combate o auge é por volta dos 30 anos e depende do quanto o cara consegue manter esse auge. No futebol o auge é 22 ou 23, não tem jogador de futebol aos 40 anos que renda bem em todas as áreas, e tem vários boxeadores e lutadores de AMM bem sucedidos tanto depois dos 35 como depois dos 40. O Foreman deu o nocautaço no Maguila com 41 anos.

Acho que nessa luta, vc tem que comparar que ele não lutou com Frank Bruno, com Françoise Botha, e sim com um Lennox Lewis no auge da sua forma física e técnica. O Tyson não lutou mal, lutou como sempre lutou, mas perdeu pra um melhor boxeador.

KillBill,

Meu amigo acho que vimos lutas completamente diferentes!

O Tyson que lutou (????), ou melhor, entrou no ringue contra Lewis era um arremedo de lutador. Já sem a gana, o olhar do matador, que costumamos chamar no boxe de "olho de tigre". Naquela noite, não estava o boxeador Tyson e sim o homem individado que perecisava e preciva fazer dinheiro para honrar suas dívidas contraídas por terceiros e sua ignorância e ingênuidade.

Tyson apresentou, após sua saída da prisão, uma evolução no seu jogo de pernas, pêndulos, até alguns jabs e movimento de tronco. Mas já demonstrava claro sinais de decadência (melhorou um pouco tecnicamente, mas o corpo e principalmente a mente PIORAM e já não era de um pugilista!) . Sendo assim, esta "Tyson melhor que vc viu" é diferente do que vi. Eu vi a pior apresentação de toda a carreira do Iron Man.

Repito:

- Se Lewis enfrentasse Tyson em seu auge (antes da prisão) seria trucidado - tal qual o compatriota Frank Bruno, que aliás, roi roubado escandalosamente na luta entre os dois ingleses - e não chegaria ao 5R;

- Se enfrentasse Holyfield seria castigado e tomaria uma aula de boxe. Perderia por TKO.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KEYLOCK_

KillBill,

Meu amigo acho que vimos lutas completamente diferentes!

O Tyson que lutou (????), ou melhor, entrou no ringue contra Lewis era um arremedo de lutador. Já sem a gana, o olhar do matador, que costumamos chamar no boxe de "olho de tigre". Naquela noite, não estava o boxeador Tyson e sim o homem individado que perecisava e preciva fazer dinheiro para honrar suas dívidas contraídas por terceiros e sua ignorância e ingênuidade.

Tyson apresentou, após sua saída da prisão, uma evolução no seu jogo de pernas, pêndulos, até alguns jabs e movimento de tronco. Mas já demonstrava claro sinais de decadência (melhorou um pouco tecnicamente, mas o corpo e principalmente a mente PIORAM e já não era de um pugilista!) . Sendo assim, esta "Tyson melhor que vc viu" é diferente do que vi. Eu vi a pior apresentação de toda a carreira do Iron Man.

Repito:

- Se Lewis enfrentasse Tyson em seu auge (antes da prisão) seria trucidado - tal qual o compatriota Frank Bruno, que aliás, roi roubado escandalosamente na luta entre os dois ingleses - e não chegaria ao 5R;

- Se enfrentasse Holyfield seria castigado e tomaria uma aula de boxe. Perderia por TKO.

x___KEYLOCK_________

outra coisa...acho que a galera se esqueceu tambem do primeiro rival do Muhammad no boxe...que ao meu ver tambem poderia estar na lista dos 50+...Sonny Liston...o Tyson do começo dos anos 60...um grande nocauteador...que só foi parado pq teve o azar de ser da mesma época de um fenomeno do esporte...Cassius Clay/Muhammad Ali...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Bixo, o Sugar Robinson era mesmo fodástico. Tava vendo os números do cara: como amador, nunca perdeu -85 vitórias, 69 nocautes dos quais 40 no primeiro round.

No profissionalismo, ficou 40 lutas invicto até perder uma, contra o Touro Indomável Jake La Motta, sete quilos mais pesado.

Aos 23 anos, já tinha derrotado sete ex-campeões mundiais

Em toda sua carreira, fez 37 lutas contra campeões e ex-campeões do mundo: venceu 25, perdeu 11 e empatou uma.

Das suas 200 lutas profissionais, venceu 173 (109 nocautes) e perdeu 19, mas dessas derrotas 12 foram após completar 40 anos (lutou até os 44).

E, antes dos 40, venceu em revanche os boxeadores para os quais perdera. Inclusive com muita superioridade, o que gerava, à época, boatos de que ele estava envolvido com apostas e perdia lutas propositadamente.

Muito fodão. Quem viu o filme Touro Indomável, é aquele cara que dá uma surra no De Niro (La Motta). A luta encenada ficou muito parecida com a real. Das cinco lutas entre eles, o Robinson venceu quatro. E um dos maiores orgulhos da carreira do La Motta é não ter sido nocauteado pelo Sugar. Tomou um cacete cabuloso mas perdeu de pé.

pelos números parece que não há muito o que contestar mesmo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

x___KEYLOCK_________

outra coisa...acho que a galera se esqueceu tambem do primeiro rival do Muhammad no boxe...que ao meu ver tambem poderia estar na lista dos 50+...Sonny Liston...o Tyson do começo dos anos 60...um grande nocauteador...que só foi parado pq teve o azar de ser da mesma época de um fenomeno do esporte...Cassius Clay/Muhammad Ali...

Muito bem lembrado!

Share this post


Link to post
Share on other sites

tava lendo sobre o Sugar Ray Robinson e diz que ele morreu com Alzheimer, é triste ver esses campeões do passado do boxe com essas doenças degenerativas...mas também, com quase 300 lutas e lutando depois do 40 onde costuma-se apanhar bastante...

o Sakuraba que se cuide...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KillBill

KillBill,

Meu amigo acho que vimos lutas completamente diferentes!

O Tyson que lutou (????), ou melhor, entrou no ringue contra Lewis era um arremedo de lutador. Já sem a gana, o olhar do matador, que costumamos chamar no boxe de "olho de tigre". Naquela noite, não estava o boxeador Tyson e sim o homem individado que perecisava e preciva fazer dinheiro para honrar suas dívidas contraídas por terceiros e sua ignorância e ingênuidade.

Tyson apresentou, após sua saída da prisão, uma evolução no seu jogo de pernas, pêndulos, até alguns jabs e movimento de tronco. Mas já demonstrava claro sinais de decadência (melhorou um pouco tecnicamente, mas o corpo e principalmente a mente PIORAM e já não era de um pugilista!) . Sendo assim, esta "Tyson melhor que vc viu" é diferente do que vi. Eu vi a pior apresentação de toda a carreira do Iron Man.

Repito:

- Se Lewis enfrentasse Tyson em seu auge (antes da prisão) seria trucidado - tal qual o compatriota Frank Bruno, que aliás, roi roubado escandalosamente na luta entre os dois ingleses - e não chegaria ao 5R;

- Se enfrentasse Holyfield seria castigado e tomaria uma aula de boxe. Perderia por TKO.

-Não tem jeito. Eu não consigo me impressionar com o Tyson antes da prisão, quando no seu auge, antes de todas as merdas que ele fez na carreira, ele perdeu pro Giant Silva do boxe, um lutador mediano pra medíocre que aguentou o amassa do Tyson (apesar daquela tão chorada demorada contagem) pra nocauteá-lo no 10 round.

-Depois do 4 round o Tyson lutou pessimamente pq o Lennox conseguiu anulá-lo. Agora, se vc acha que o Tyson dos 4 primeiros rounds não era o Tyson de antigamente, eu respeito, mas eu vi o Tyson de antigamente, acontece que mesmo o Tyson de antigamente não conseguiu intimidar o fleumático Lewis, (na minha opinião o Tyson só venceu que não estava sendo afetado pelo amassa, muito menos nem de longe como o Tyson fazia. Lennox lutou de igual pra igual com o Tyson de antigamente no começo da luta, até levando um pouco de vantagem, quando então começou a dominá-lo. Do 4 round em diante foi um massacre no cansado e frustrado Tyson.

-As duas últimas lutas do Tyson simbolizaram sua decadência, mas ele estava muito bem quando lutou com o Holyfield as duas vezes, e na minha opinião, no auge quando lutou com o Lennox.

E acho que o Lennox campeão não perderia pro Holyfield em hipótese alguma, muito menos por TKO.

-------------

Os feitos do Sugar Ray Robinson são espetaculares mesmo, mas os do Henry Armstrong são tão quanto. Eu o favoreço como melhor lutador da história também pelos seus feitos, 3 vezes campeão mundial em 3 pesos diferentes ao mesmo tempo, etc, etc, Mas também pelas histórias das suas lutas, como aquela famosa luta do trem, aquela foi demais.

É verdade, foram seis lutas, esqueci da primeira, em 1942.

Tava analisando melhor esse ranking, tirando um ou outro exagero (como o Roberto Duran em sexto), até ficou legalzinho. Bem eclético, tem pugilistas de várias épocas - desde a década de 10 até 2000 - e diversas nacionalidades e categorias, de pesado a peso mosca.

Outra detalhe interessante: tanto o Brasil como a Argentina colocaram um boxeador na lista, mas o brasileiro, Eder Jofre, está melhor colocado que o argentino, Carlos Monzon. E olha que a Argentina tem muito mais história no boxe do que o Brasil, várias medalhas olímpicas e títulos mundiais, e a gente conta nos dedos de uma mão os pugilistas campeões do mundo.

Pra ver como o Jofre foi um fenômeno, respeitado até hoje como um dos melhores de todos os tempos, de todos os pesos, em um esporte que o Brasil tem pouca tradição de sucesso internacional.

Exatamente, mas na F-1 os papéis se invertem.

Enquanto a Argentina só produziu o Fangio, a gente produziu um monte de pilotos, foras de série como Senna, Piquet e Fittipaldi, mas nenhum pentacampeão mundial.

Eu diria que o Eder só fica atrás do Pelé como melhor atleta brasileiro da história. Ganha de Guga, de Robert Scheidt, do Senna, e de todo o resto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Exatamente, mas na F-1 os papéis se invertem.

Enquanto a Argentina só produziu o Fangio, a gente produziu um monte de pilotos, foras de série como Senna, Piquet e Fittipaldi, mas nenhum pentacampeão mundial.

Eu diria que o Eder só fica atrás do Pelé como melhor atleta brasileiro da história. Ganha de Guga, de Robert Scheidt, do Senna, e de todo o resto.

Concordo com tudo, menos com o Robert Scheidt.

Óbvio que o Pelé sempre será lembrado como maior atleta da história brasileira por ter sido jogador de futebol, esporte mais praticado e mais popular do Brasil.

Agora se falarmos em termos de resultados, Robert Scheidt é o melhor atleta brasileiro da história disparado e com certeza deve estar entre os 10 melhores do mundo.

É uma pena o esporte dele não ser tão valorizado no Brasil, porque um atleta com o número de conquistas que ele tem é um fenômeno que só nasce de 100 em 100 anos.

Ele simplesmente é 8 vezes campeão mundial, bi-campeão olímpico e tri-campeão panamericano.

Se deixarmos a parte sentimental de lado e analisarmos friamente as conquistas de Senna, Guga e até mesmo Pelé, perceberemos que o maior atleta brasileiro da história se chama Robert Scheidt.

abraço

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now