Muhammad Ali

ESPN elege Eder Jofre o 36o melhor boxeador de todos os tempos

Recommended Posts

Guest KillBill

Bom, eu tenho 35. Acompanhei o surgimento, o auge , a prisão, a volta, etc...

Uma das coisas que os "puristas" do boxe inventam pra não reconhecer a qualidade do Tyson é que ele não se movimentava no ringue de acordo com os padrões, não fazia aquele jogo de jabs ,e diretos , cruzados e esquivas, então, ele seria simplesmente um "troglodita com uma porrada forte."

Esse besteirol foi desmentido pelo próprio Eder Jofre, que explicou certa vez em um artigo que saiu quando Tyson voltou após a prisão. Por ser muito baixo para um peso pesado, Tyson tem pouca envergadura,e seria massacrado se ficasse no joguinho de Jabs e Diretos. Então, esse sujeito que "não sabia andar no ringue" encurtava rapidamente a distância e demolia seus adversários com socos certeiros e devastadores.

E me desculpem a franqueza,quando se trata de boxe, eu acredito mais no Eder Jofre do que em todo um bando de desocupados polemistas.

Esse papo de ficar olhando a perfeita execução da técnica é relativo. Se for olhar nos detalhes mais "plásticos", em comparação com o Fedor, o Minotauro é melhor de chão e o Cro Cop é melhor em pé, mas como não é concurso de kata, o russo já bateu nos dois.

Agora vc chutou o pau da barraca.

Encurtar a distância e tratorizar nos ganchos e cruzados lutadores como Frank Bruno, Françoise Botha, e vários outros, é fácil. Até aí, até o Wanderlei Silva fez isso com uma dezena de japoneses com a exceção de que não usa ganchos, fica só no cruzado mesmo e nem bate no corpo.

Agora fazer isso contra Holyfield e Lennow Lewis, aí a coisa muda de figura. Não vou nem citar a luta contra o Lewis pq o Tyson no seu melhor dia não ganharia do Lewis, ele levou um pau federal, e olha que até tentou encurtar a distância e fazer tudo mais.

Mas na luta contra o Holyfield, ao invés de morder a orelha, quando a tática do encurta e amassa não deu certo e ele cansou, e ele precisou recorrer a andar direito no ringue pra não se cansar e aos jabs e diretos, ele foi aniquilado, justamente por não saber como o fazer.

Por exemplo, pega o atual campeão, Oleg Maskaev. Não gosto dele, mas é sua movimentação no ringue é exemplar. Veja ele se movimentando e veja o Tyson.

Agora o que fodeu de verdade o Tyson, não foi nem saber se movimentar, nem apanhar quando lutava contra o Holyfield e o Lewis, mas sim a derrota contra o Douglas Buster, um cara que nem rankeado estava.

Vc acha que se o Fedor perdesse pro Giant Silva, nem que venha a ganhar todas as lutas entre eles depois, não conspurcaria sua reputação no ranking histórico? Claro que sim.

A tática do Tyson era essa mesmo, mas nas vezes que precisou andar no ringue, nas vezes que cansou e precisou lutar boxe de verdade, perdeu, inclusive contra um ninguém como o Buster Douglas.

Vou falar pra quem quiser saber, vc anda no boxe assim: Se vc é destro, coloca a perna esquerda na frente. Se for andar pra frente, dê um passo com a perna esquerda da frente e arraste o pé direito, pra não perder o equilíbrio na hora de girar o quadril pra socar. Andar pra trás, dê um passo atrás com o pé direito atrás e arraste o pé esquerdo da frente. Pra esquerda, dê um passo para a esquerda com o pé esquerdo e arraste o de trás, o direito. Pra direita, dê um passo à direita com o pé direito atrás e arraste o esquerdo. Desse modo, vc pode desferir seu golpe usando a mais perfeita técnica a qualquer momento. Vejam esse Oleg Maskaev lutando que vcs vão entender o que eu digo.

A única vez que eu vi o Tyson andando mais ou menos no ringue foi na sua última luta, quando perdeu pro irlandês gordo, e além disso, depois que cansou ele até desistiu de se movimentar no ringue e voltou a andar como anda na rua como sempre fez.

Resumo da ópera: Nocauteou um monte de lutadores, certo, mas 90% deles inexpressivos. Como disse, até o Wanderlei Silva fez isso.

Nas vezes que sua tática do amassa não funcionou, e precisou boxear, perdeu.

Perdeu pra um lutador não rankeado, um Giant Silva.

Perdeu pros dois melhores boxeadores que enfrentou: Lennox Lewis o destruiu, e o Tyson tentou de tudo e estava numa noite boa e não tinha cansado; e apelou contra o Hollyfield quando viu que iria perder de novo.

Na vez que tentou mudar seu estilo, perdeu.

Por isso, não pode estar em lugar de destaque numa lista séria dos melhores boxeadores da história.

Se fizer uma lista dos melhores NOCAUTEADORES, os que têm pegada, não tenho problema algum com o Tyson num lugar bem alto, atrás do Foreman mas mesmo assim. Agora boxeador, não.

Realmente o pessoal confunde popularidade com qualidade.

Se perguntar para leigos na rua aqui no Brasil quem foi o melhor Boxeador de todos os tempos, com certeza as respostas ficarão divididas entre Tyson e Ali. Pois foram os mais populares, os que ficaram marcados na história de uma maneira diferente, conseguiram ultrapassar a barreira do esporte e viraram ídolos pop.

Fala sério, a maioria das pessoas mal sabe diferenciar Sugar Ray Leonard de Sugar Ray Robinson.

E acho que muita gente aqui não tem conhecimento técnico apurado o suficiente para dizer que o Tyson foi o melhor da história, indo contra tudo o que especialistas, que dedicam suas vidas a acompanhar boxe, dizem.

Gosto de boxe, acompanho bastante, mas tem vários lutadores dessa lista da ESPN que eu não conheço, mas sei que eles não estão aí por acaso.

Bom, meus pitacos:

- Sugar Ray Robinson foi o melhor da história, seguido por Ali e Louis.

- Éder Jofre merecia uma colocação melhor.

- Lennox Lewis fora de um TOP 50 não dá.

Acho que o fato de ser inglês conta muito pra essas coisas, pois o boxing é um esporte praticamente dominado pelos americanos comercialmente.

Tanto Henry Cooper como Lennox Lewis são injustiçados nessas listas.

Agora o bom é que eles dão ao Eder Jofre o seu devido valor. Primeiro, sobre o Eder: Nunca foi nocauteado, tinha um queixo de ferro, perdeu duas decisões divididas pro Fighting Harada no Japão que falam que foram roubos até hoje. Era nocauteador, sabia se movimentar no ringue e tinha todos os golpes.

Considerado o melhor peso mosca da história, o melhor boxeador da década de 60, integrante do Hall da Fama do boxe, apontado por muitos especialistas como o 8 melhor pugilista da história. Conhecido como Galo de Ouro, e o Popó por exemplo é conhecido como ``quitter´´, ou seja, um boxeador que desiste fácil.

Acho uma pena que Maria Esther Bueno e Eder Jofre não tenham 1% do reconhecimento que deveriam ter no Brasil, enquanto Pelé tem filho traficante mas continua sendo ``rei´´. Até concordo que o Pelé foi o atleta do século e tudo mais, mas os dois acima citados deveria ter muito mais reconhecimento.

Realmente o pessoal confunde popularidade com qualidade.

Se perguntar para leigos na rua aqui no Brasil quem foi o melhor Boxeador de todos os tempos, com certeza as respostas ficarão divididas entre Tyson e Ali. Pois foram os mais populares, os que ficaram marcados na história de uma maneira diferente, conseguiram ultrapassar a barreira do esporte e viraram ídolos pop.

Fala sério, a maioria das pessoas mal sabe diferenciar Sugar Ray Leonard de Sugar Ray Robinson.

E acho que muita gente aqui não tem conhecimento técnico apurado o suficiente para dizer que o Tyson foi o melhor da história, indo contra tudo o que especialistas, que dedicam suas vidas a acompanhar boxe, dizem.

Gosto de boxe, acompanho bastante, mas tem vários lutadores dessa lista da ESPN que eu não conheço, mas sei que eles não estão aí por acaso.

Bom, meus pitacos:

- Sugar Ray Robinson foi o melhor da história, seguido por Ali e Louis.

- Éder Jofre merecia uma colocação melhor.

- Lennox Lewis fora de um TOP 50 não dá.

Acho que o fato de ser inglês conta muito pra essas coisas, pois o boxing é um esporte praticamente dominado pelos americanos comercialmente.

Tanto Henry Cooper como Lennox Lewis são injustiçados nessas listas.

Agora o bom é que eles dão ao Eder Jofre o seu devido valor. Primeiro, sobre o Eder: Nunca foi nocauteado, tinha um queixo de ferro, perdeu duas decisões divididas pro Fighting Harada no Japão que falam que foram roubos até hoje. Era nocauteador, sabia se movimentar no ringue e tinha todos os golpes.

Considerado o melhor peso mosca da história, o melhor boxeador da década de 60, integrante do Hall da Fama do boxe, apontado por muitos especialistas como o 8 melhor pugilista da história. Conhecido como Galo de Ouro, e o Popó por exemplo é conhecido como ``quitter´´, ou seja, um boxeador que desiste fácil.

Acho uma pena que Maria Esther Bueno e Eder Jofre não tenham 1% do reconhecimento que deveriam ter no Brasil, enquanto Pelé tem filho traficante mas continua sendo ``rei´´. Até concordo que o Pelé foi o atleta do século e tudo mais, mas os dois acima citados deveria ter muito mais reconhecimento.

----

O pessoal menospreza muito a técnica aqui. Socar girando o quadril, sentando no soco, com a outra mão levantada, não apenas fica bem mais fácil de se proteger de um contra-ataque do adversário, mas também tem mais potência do que um soco desferido somente usando o braço e os ombros.

Edited by KillBill

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rankings são sempre polêmicos, ainda mais quando se misturam épocas diferentes, é difícil comparar. Mas, na minha opinião, pelo que eu li e vi em vídeos antigos, tanto faz colocar o Robinson ou o Ali em primeiro, os dois foram os melhores mesmo. Robinson talvez mereça o primeiro lugar por ter tido a maior seqüência de lutas invictas antes de conhecer a derrota. Joe Louis em terceiro também está bem colocado.

Mas Roberto Duran em sexto é simplesmente absurdo. Até porque aí não tem comparação com pugilistas de outras épocas, só com contemporâneos que ele enfrentou e são melhores que ele: Sugar Ray Leonard e Thomas Hearns. Entre Duran e Hagler, aí até é possível ficar na dúvida, embora eu prefira o Hagler.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KillBill

gente na boa, eu entendo um pouco de wrestling e submission...treinei boxe por um tempo mas não tenho total conhecimento e não discuto com quem acompanha e tem mais conhecimento que eu, com essas pessoas eu aprendo..e o que eu vejo aqui é que a maioria entende pouco e mesmo assim quer discutir com um cara que prova o que esta falando com rankings e etc, tem gente ai nesse topico que tem vergonha de voltar atras e admitir que errou

Normal, isso é próprio de brasileiro.

Ao perceber que está errado, o brasileiro tenta consertar, dar o ``jeitinho´´, adota a postura do `´acho o que eu acho e vou continuar achando mesmo que estou errado´´, postura essa que leva a debates intermináveis que não vão a lugar algum, debates esses pais da burocracia; ou então tenta desqualificar o que o outro disse falando que a opinião dele não está com nada, algo do tipo: Tyson não é 1? Não vou perder meu tempo olhando essa lista, sem ao menos tentar saber do boxe na era de ouro, antes de Tyson a até mesmo antes de Ali, ao invés de dizer: Desculpa cara, me equivoquei, obrigado por me informar, onde eu posso aprender mais sobre isso?, como qualquer cidadão de primeiro mundo faria. Pra um povo que preza tanto a humildade nas outras pessoas, o brasileiro é bem arrogante. No forum dos suplementos esse tipo é logo tratado como ``frango´´ pelos que entendem do assunto.

Rankings são sempre polêmicos, ainda mais quando se misturam épocas diferentes, é difícil comparar. Mas, na minha opinião, pelo que eu li e vi em vídeos antigos, tanto faz colocar o Robinson ou o Ali em primeiro, os dois foram os melhores mesmo. Robinson talvez mereça o primeiro lugar por ter tido a maior seqüência de lutas invictas antes de conhecer a derrota. Joe Louis em terceiro também está bem colocado.

Mas Roberto Duran em sexto é simplesmente absurdo. Até porque aí não tem comparação com pugilistas de outras épocas, só com contemporâneos que ele enfrentou e são melhores que ele: Sugar Ray Leonard e Thomas Hearns. Entre Duran e Hagler, aí até é possível ficar na dúvida, embora eu prefira o Hagler.

Embora eu ache que o Roberto Duran de 75 ganharia tanto do Sugar Ray Leonard como do Thomas Hearns, eu colocaria o Sugar Ray Leonard na frente do Duran no ranking, até pq acho que dão crédito demais pra longevidade do Roberto Duran, que na segunda metade da década de 90 perdia uma e ganhava outra.

Mas eu colocaria o Duran na frente do Thomas Hearns.

Edited by KillBill

Share this post


Link to post
Share on other sites

- Qq lista de pugilismo (para mim de esportistas) que não tenha ALI no topo não é correta e o seu(s) autor(es) tá é querendo aparecer e criar polêmica. Para quem acompanhou e acompanha boxe de perto - como eu e alguns aki - percebe que a distância do "Tagarela de Louisiville" para os demais é tão grande que chega a ser risível qq coisa diferente disto é um total absurdo;

- Tyson realmente merecia uma posição muito melhor e seu passado problemático atrapalhou sua posição. Tyson foi um gênio do esporte (Obs: gênio não é só o cara muito técnico). Sua movimentação era excelente para seu estilo de luta. o Irin Man foi o cara mais perseguido pela mídia e os próprios norte-americanos (sem contar Ali, claro!). Sua prisão foi ridícula.

- O 50º deveria se Lennoux Lewis - se entrasse na lista! No auge da carreira de Tyson, Lewis seria trucidado de forma violenta (não chegaria ao 5 round) e seria devastado por Holly (TKO), tanto que na 1ª luta era notório o medo e/ou respeito do "inglês" pelo "Real Deal"

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KillBill

- Qq lista de pugilismo (para mim de esportistas) que não tenha ALI no topo não é correta e o seu(s) autor(es) tá é querendo aparecer e criar polêmica. Para quem acompanhou e acompanha boxe de perto - como eu e alguns aki - percebe que a distância do "Tagarela de Louisiville" para os demais é tão grande que chega a ser risível qq coisa diferente disto é um total absurdo;

- Tyson realmente merecia uma posição muito melhor e seu passado problemático atrapalhou sua posição. Tyson foi um gênio do esporte (Obs: gênio não é só o cara muito técnico). Sua movimentação era excelente para seu estilo de luta. o Irin Man foi o cara mais perseguido pela mídia e os próprios norte-americanos (sem contar Ali, claro!). Sua prisão foi ridícula.

- O 50º deveria se Lennoux Lewis - se entrasse na lista! No auge da carreira de Tyson, Lewis seria trucidado de forma violenta (não chegaria ao 5 round) e seria devastado por Holly (TKO), tanto que na 1ª luta era notório o medo e/ou respeito do "inglês" pelo "Real Deal"

Gênio ele não era, ele ganhou de bastante galinha morta, o melhor lutador que o Tyson ganhou na minha opinião foi do Larry Holmes, e isso pq o Tyson pegou o Holmes na pior fase dele.

Perdeu pro Holyfield, e apelou mordendo a orelha na revanche. O Lennox Lewis humilhou o Tyson, naquela luta o Tyson tentou fazer o que sempre faz nos 4 primeiros assaltos, não conseguiu nem encostar no Lewis direito, onde se procedeu um verdadeiro massacre. Não vou nem falar nada da derrota pro gordo irlandês, mas a derrota pro Buster Douglas, o Giant Silva do boxe, maculou a reputação do Tyson e tirou qualquer chance de ele se tornar um dos melhores da história do boxe.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Embora eu ache que o Roberto Duran de 75 ganharia tanto do Sugar Ray Leonard como do Thomas Hearns, eu colocaria o Sugar Ray Leonard na frente do Duran no ranking, até pq acho que dão crédito demais pra longevidade do Roberto Duran, que na segunda metade da década de 90 perdia uma e ganhava outra.

Mas eu colocaria o Duran na frente do Thomas Hearns.

Os quatro - Leonard, Hearns, Duran e Hagler - eram bons pra caralho e ranqueá-los vai da preferência pessoal, se o camarada curte mais um estilo técnico ou nocauteador. Pra contribuir com o debate, olha só os confrontos entre eles: Sugar Leonard venceu Duran duas vezes e perdeu uma, venceu Hearns uma vez e empatou outra (resultado injusto a meu ver, pois Sugar sofreu dois knock downs. Lutaça!), venceu Hagler uma vez; Duran perdeu pra Hearns e pra Hagler; Marvin Hagler só perdeu pra Sugar.

Hearns - que perdeu pra Sugar e Hagler - conquistou seis títulos mundiais em cinco categorias de peso diferentes! Tinha um dos estilos mais legais que eu já vi, e pegava forte. Um ótimo equilíbrio entre técnica e força. Hagler e Duran eram mais punch, e Sugar mais técnica.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest RVMS

Se fosse uma lista só de técnica, nem Tyson estaria entre os 50 no boxe nem Wanderlei Silva nos 10 ou 20 do MMA. O mesmo valeria pro Hughes e talvez até com Royce Gracie etc. Ocorre que em uma lista que vise eleger os "50 Melhores", vários fatores têm de ser analisados, não apenas a técnica apurada de cada lutador. Sendo assim, devem ser analisados resultados + técnica +importância histórica basicamente. Juntando todos esses quesitos e sopesando os mesmos, acho que o Tyson merece seu lugarzinho entre os 20 melhores, assim como o Lewis mereceria estar no top 50.

Abraços

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora vc chutou o pau da barraca.

Encurtar a distância e tratorizar nos ganchos e cruzados lutadores como Frank Bruno, Françoise Botha, e vários outros, é fácil. Até aí, até o Wanderlei Silva fez isso com uma dezena de japoneses com a exceção de que não usa ganchos, fica só no cruzado mesmo e nem bate no corpo.

Agora fazer isso contra Holyfield e Lennow Lewis, aí a coisa muda de figura. Não vou nem citar a luta contra o Lewis pq o Tyson no seu melhor dia não ganharia do Lewis, ele levou um pau federal, e olha que até tentou encurtar a distância e fazer tudo mais.

Mas na luta contra o Holyfield, ao invés de morder a orelha, quando a tática do encurta e amassa não deu certo e ele cansou, e ele precisou recorrer a andar direito no ringue pra não se cansar e aos jabs e diretos, ele foi aniquilado, justamente por não saber como o fazer.

Por exemplo, pega o atual campeão, Oleg Maskaev. Não gosto dele, mas é sua movimentação no ringue é exemplar. Veja ele se movimentando e veja o Tyson.

Agora o que fodeu de verdade o Tyson, não foi nem saber se movimentar, nem apanhar quando lutava contra o Holyfield e o Lewis, mas sim a derrota contra o Douglas Buster, um cara que nem rankeado estava.

Vc acha que se o Fedor perdesse pro Giant Silva, nem que venha a ganhar todas as lutas entre eles depois, não conspurcaria sua reputação no ranking histórico? Claro que sim.

A tática do Tyson era essa mesmo, mas nas vezes que precisou andar no ringue, nas vezes que cansou e precisou lutar boxe de verdade, perdeu, inclusive contra um ninguém como o Buster Douglas.

Vou falar pra quem quiser saber, vc anda no boxe assim: Se vc é destro, coloca a perna esquerda na frente. Se for andar pra frente, dê um passo com a perna esquerda da frente e arraste o pé direito, pra não perder o equilíbrio na hora de girar o quadril pra socar. Andar pra trás, dê um passo atrás com o pé direito atrás e arraste o pé esquerdo da frente. Pra esquerda, dê um passo para a esquerda com o pé esquerdo e arraste o de trás, o direito. Pra direita, dê um passo à direita com o pé direito atrás e arraste o esquerdo. Desse modo, vc pode desferir seu golpe usando a mais perfeita técnica a qualquer momento. Vejam esse Oleg Maskaev lutando que vcs vão entender o que eu digo.

A única vez que eu vi o Tyson andando mais ou menos no ringue foi na sua última luta, quando perdeu pro irlandês gordo, e além disso, depois que cansou ele até desistiu de se movimentar no ringue e voltou a andar como anda na rua como sempre fez.

Resumo da ópera: Nocauteou um monte de lutadores, certo, mas 90% deles inexpressivos. Como disse, até o Wanderlei Silva fez isso.

Nas vezes que sua tática do amassa não funcionou, e precisou boxear, perdeu.

Perdeu pra um lutador não rankeado, um Giant Silva.

Perdeu pros dois melhores boxeadores que enfrentou: Lennox Lewis o destruiu, e o Tyson tentou de tudo e estava numa noite boa e não tinha cansado; e apelou contra o Hollyfield quando viu que iria perder de novo.

Na vez que tentou mudar seu estilo, perdeu.

Por isso, não pode estar em lugar de destaque numa lista séria dos melhores boxeadores da história.

Se fizer uma lista dos melhores NOCAUTEADORES, os que têm pegada, não tenho problema algum com o Tyson num lugar bem alto, atrás do Foreman mas mesmo assim. Agora boxeador, não.

Acho que o fato de ser inglês conta muito pra essas coisas, pois o boxing é um esporte praticamente dominado pelos americanos comercialmente.

Tanto Henry Cooper como Lennox Lewis são injustiçados nessas listas.

Agora o bom é que eles dão ao Eder Jofre o seu devido valor. Primeiro, sobre o Eder: Nunca foi nocauteado, tinha um queixo de ferro, perdeu duas decisões divididas pro Fighting Harada no Japão que falam que foram roubos até hoje. Era nocauteador, sabia se movimentar no ringue e tinha todos os golpes.

Considerado o melhor peso mosca da história, o melhor boxeador da década de 60, integrante do Hall da Fama do boxe, apontado por muitos especialistas como o 8 melhor pugilista da história. Conhecido como Galo de Ouro, e o Popó por exemplo é conhecido como ``quitter´´, ou seja, um boxeador que desiste fácil.

Acho uma pena que Maria Esther Bueno e Eder Jofre não tenham 1% do reconhecimento que deveriam ter no Brasil, enquanto Pelé tem filho traficante mas continua sendo ``rei´´. Até concordo que o Pelé foi o atleta do século e tudo mais, mas os dois acima citados deveria ter muito mais reconhecimento.

Acho que o fato de ser inglês conta muito pra essas coisas, pois o boxing é um esporte praticamente dominado pelos americanos comercialmente.

Tanto Henry Cooper como Lennox Lewis são injustiçados nessas listas.

Agora o bom é que eles dão ao Eder Jofre o seu devido valor. Primeiro, sobre o Eder: Nunca foi nocauteado, tinha um queixo de ferro, perdeu duas decisões divididas pro Fighting Harada no Japão que falam que foram roubos até hoje. Era nocauteador, sabia se movimentar no ringue e tinha todos os golpes.

Considerado o melhor peso mosca da história, o melhor boxeador da década de 60, integrante do Hall da Fama do boxe, apontado por muitos especialistas como o 8 melhor pugilista da história. Conhecido como Galo de Ouro, e o Popó por exemplo é conhecido como ``quitter´´, ou seja, um boxeador que desiste fácil.

Acho uma pena que Maria Esther Bueno e Eder Jofre não tenham 1% do reconhecimento que deveriam ter no Brasil, enquanto Pelé tem filho traficante mas continua sendo ``rei´´. Até concordo que o Pelé foi o atleta do século e tudo mais, mas os dois acima citados deveria ter muito mais reconhecimento.

----

O pessoal menospreza muito a técnica aqui. Socar girando o quadril, sentando no soco, com a outra mão levantada, não apenas fica bem mais fácil de se proteger de um contra-ataque do adversário, mas também tem mais potência do que um soco desferido somente usando o braço e os ombros.

Não concordo. Tomar o Tyson de 35 anos que lutou com Lennox como exemplo do que ele foi é o mesmo que achar que o Cafu de 2006 é o mesmo de 2002.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não conheço quase ninguém da lista, não sou nenhum expert em boxe, mas parabéns ao Eder

(2)

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KEYLOCK_

o killbill chama os outros de arrogantes e ele por si só já é um...

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KEYLOCK_

Realmente o pessoal confunde popularidade com qualidade.

Se perguntar para leigos na rua aqui no Brasil quem foi o melhor Boxeador de todos os tempos, com certeza as respostas ficarão divididas entre Tyson e Ali. Pois foram os mais populares, os que ficaram marcados na história de uma maneira diferente, conseguiram ultrapassar a barreira do esporte e viraram ídolos pop.

Fala sério, a maioria das pessoas mal sabe diferenciar Sugar Ray Leonard de Sugar Ray Robinson.

E acho que muita gente aqui não tem conhecimento técnico apurado o suficiente para dizer que o Tyson foi o melhor da história, indo contra tudo o que especialistas, que dedicam suas vidas a acompanhar boxe, dizem.

Gosto de boxe, acompanho bastante, mas tem vários lutadores dessa lista da ESPN que eu não conheço, mas sei que eles não estão aí por acaso.

Bom, meus pitacos:

- Sugar Ray Robinson foi o melhor da história, seguido por Ali e Louis.

- Éder Jofre merecia uma colocação melhor.

- Lennox Lewis fora de um TOP 50 não dá.

ninguem aqui quer pagar de entendedor de boxe cara...

cada um dá a opinião que quiser...

eu acho o Tyson foda e conheço cara que luta boxe inclusive que tem ele como maior ídolo...

ele teve sua importancia...pramim nunca ele deveria ficar abaixo do top 10...é o que eu acho...

nem porisso eu sou um cara que não sabe a diferença de Sugar Ray Robinson e Leonard

o Tyson foi o mais jovem campeão dos peso pesados

o Tyson contrariou uma teoria do boxe...que sem envergadura não poderia ser um campeão peso pesado...ele com 1,78 cm de fato foi

com 20 anos de idade ele nocauteou 11x no 1º round em 14 lutas

não era dançarino,não sabia caminhar,não tinha boa esquiva,gás,envergadura e etc...

e mesmo assim ganhou tudo que ganhou...ou seja...uma qualidade pra um grande boxeador ele tinha...SUPERAÇÃO E DETERMINAÇÃO!!!

ele não teve mais forças pra derrotar Evander Hollyfield no final da carreira...mas já não era o tempo dele...

pramim é top 10 sem discussão...

mas volto a dizer que respeito quem bota Sugar Ray Robinson,Muhammad Ali,Rocky Marciano,Sugar Ray Leonard,George Foreman,Joe Louis,Henry Armstrong,Joe Frazier e etc...

agora o que eu não entendo é achar que Evander Hollyfeld,Lennox Lewis,Oscar de la Hoya,Felix Trinidad,Roberto Duran entre outros pugilistas inferiores a ele(Tyson) sejam melhor...e afirmam isso dizendo que os outros não entendem de boxe...

porem respeito sua opinião...nem pq discordo de vc em partes vou dizer que vc "não sabe nada de boxe"

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest KillBill

Não concordo. Tomar o Tyson de 35 anos que lutou com Lennox como exemplo do que ele foi é o mesmo que achar que o Cafu de 2006 é o mesmo de 2002.

São dois esportes completamente diferentes.

Primeiro, que o Tyson na luta com o Lennox foi um dos melhores Tyson que eu já vi, pelo menos nos 4 primeiros rounds, onde até conseguiu impor a tática do amassa. O Cafu de 2006 era um lixo, tanto técnica como fisicamente.

Segundo, em esportes de combate o auge é por volta dos 30 anos e depende do quanto o cara consegue manter esse auge. No futebol o auge é 22 ou 23, não tem jogador de futebol aos 40 anos que renda bem em todas as áreas, e tem vários boxeadores e lutadores de AMM bem sucedidos tanto depois dos 35 como depois dos 40. O Foreman deu o nocautaço no Maguila com 41 anos.

Acho que nessa luta, vc tem que comparar que ele não lutou com Frank Bruno, com Françoise Botha, e sim com um Lennox Lewis no auge da sua forma física e técnica. O Tyson não lutou mal, lutou como sempre lutou, mas perdeu pra um melhor boxeador.

Edited by KillBill

Share this post


Link to post
Share on other sites

Realmente o pessoal confunde popularidade com qualidade.

Se perguntar para leigos na rua aqui no Brasil quem foi o melhor Boxeador de todos os tempos, com certeza as respostas ficarão divididas entre Tyson e Ali. Pois foram os mais populares, os que ficaram marcados na história de uma maneira diferente, conseguiram ultrapassar a barreira do esporte e viraram ídolos pop.

Fala sério, a maioria das pessoas mal sabe diferenciar Sugar Ray Leonard de Sugar Ray Robinson.

E acho que muita gente aqui não tem conhecimento técnico apurado o suficiente para dizer que o Tyson foi o melhor da história, indo contra tudo o que especialistas, que dedicam suas vidas a acompanhar boxe, dizem.

Gosto de boxe, acompanho bastante, mas tem vários lutadores dessa lista da ESPN que eu não conheço, mas sei que eles não estão aí por acaso.

Bom, meus pitacos:

- Sugar Ray Robinson foi o melhor da história, seguido por Ali e Louis.

- Éder Jofre merecia uma colocação melhor.

- Lennox Lewis fora de um TOP 50 não dá.

Assino embaixo....Tyson foi o lutador mais popular, mas nao chega a ser top50, e tirar o Lewis é foda, mas a imprensa americana nunca foi de dar muito a ele mesmo. Sugar Ray Robinson como primeiro é incontestavel!!! Quem fala outra coisa é pq nao viu uma luta dele, sem mais

Share this post


Link to post
Share on other sites

Assino embaixo....Tyson foi o lutador mais popular, mas nao chega a ser top50, e tirar o Lewis é foda, mas a imprensa americana nunca foi de dar muito a ele mesmo. Sugar Ray Robinson como primeiro é incontestavel!!! Quem fala outra coisa é pq nao viu uma luta dele, sem mais

Bixo, o Sugar Robinson era mesmo fodástico. Tava vendo os números do cara: como amador, nunca perdeu -85 vitórias, 69 nocautes dos quais 40 no primeiro round.

No profissionalismo, ficou 40 lutas invicto até perder uma, contra o Touro Indomável Jake La Motta, sete quilos mais pesado.

Aos 23 anos, já tinha derrotado sete ex-campeões mundiais

Em toda sua carreira, fez 37 lutas contra campeões e ex-campeões do mundo: venceu 25, perdeu 11 e empatou uma.

Das suas 200 lutas profissionais, venceu 173 (109 nocautes) e perdeu 19, mas dessas derrotas 12 foram após completar 40 anos (lutou até os 44).

E, antes dos 40, venceu em revanche os boxeadores para os quais perdera. Inclusive com muita superioridade, o que gerava, à época, boatos de que ele estava envolvido com apostas e perdia lutas propositadamente.

Muito fodão. Quem viu o filme Touro Indomável, é aquele cara que dá uma surra no De Niro (La Motta). A luta encenada ficou muito parecida com a real. Das cinco lutas entre eles, o Robinson venceu quatro. E um dos maiores orgulhos da carreira do La Motta é não ter sido nocauteado pelo Sugar. Tomou um cacete cabuloso mas perdeu de pé.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now