Entre para seguir isso  
Seguidores 0
MV8

Geraldo Silva Pedra [lutou com o Ralph Gracie]

21 posts neste tópico

Eu adoraria dizer que acompanho esse esporte desde a época em que era filmado em Super 8 e blablabla mas não seria verdade. A verdade é que eu gosto de procurar lutas antigas e saber da história do esporte. Sobre essa aqui:

Fiquei curioso, joguei o nome do cara no google, ele (ou um homônimo) tá preso. Alguém sabe se é ele mesmo? O cara era fake ou foi sensacionalismo da matéria?

300x451.89873417722-4dd196a9b929be372c363fa49c216beeab160876388f6.jpg

Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) prenderam, hoje, em Dois Irmãos do Buriti, Geraldo da Silva Pedra. Ele se fazia passar por professor de Kung Fu.

A prisão aconteceu após uma checagem de rotina. Os policiais identificaram que Geraldo tinha um mandado de prisão em aberto por assalto a banco e formação de quadrilha em Minas Gerais.

O falso professor ficará no Presídio de Dois Irmãos enquanto aguarda a transferência para Minas Gerais.

Fonte: http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/falso-professor-de-kung-fu-e-preso-em-dois-irmaos-do-buriti

Edit: Erros ortográficos

Editado por MV8

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu adoraria dizer que acompanho esse esporte desde a época em que era filmado em Super 8 e blablabla mas não seria verdade. A verdade é que eu gosto de procurar lutas antigas e saber da história do esporte. Sobre essa aqui:

Fiquei curioso, joguei o nome do cara no google, ele (ou um homônimo) tá preso. Alguém sabe se é ele mesmo? O cara era fake ou foi sensacionalismo da matéria?

300x451.89873417722-4dd196a9b929be372c363fa49c216beeab160876388f6.jpg

Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) prenderam, hoje, em Dois Irmãos do Buriti, Geraldo da Silva Pedra. Ele se fazia passar por professor de Kung Fu.

A prisão aconteceu após uma checagem de rotina. Os policiais identificaram que Geraldo tinha um mandado de prisão em aberto por assalto a banco e formação de quadrilha em Minas Gerais.

O falso professor ficará no Presídio de Dois Irmãos enquanto aguarda a transferência para Minas Gerais.

Fonte: http://www.campograndenews.com.br/cidades/interior/falso-professor-de-kung-fu-e-preso-em-dois-irmaos-do-buriti

Edit: Erros ortográficos

O divertido deste evento, não sei ao certo se neste vídeo foi mostrado o que vou comentar, é o Zorelo pedindo pra que os jiu-jiteiros lutem nas regras do kickboxing...

O que não entendeu este infeliz comentarista é que os "jiu-jiteiros" estavam lutando na regra do "Vale-Tudo" e não as regras do Jiu-Jitsu.

Este comentário vem no final da luta do Renzo, na qual o lutador de bigodinho foge o tempo todo pelas cordas do clinche e da luta no chão (como se na vida real isso fosse possível).

********

O Ralph não chutou o japa (Makoto Muraoka) no EFC. Eu falei besteira. Favor desconsiderar.

[]´s

Jaraqui

Editado por MARTOK

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O divertido deste evento, não sei ao certo se neste vídeo foi mostrado o que vou comentar, é o Zorelo pedindo pra que os jiu-jiteiros lutem nas regras do kickboxing...

O que não entendeu este infeliz comentarista é que os "jiu-jiteiros" estavam lutando na regra do "Vale-Tudo" e não as regras do Jiu-Jitsu.

Este comentário vem no final da luta do Renzo, na qual o lutador de bigodinho foge o tempo todo pelas cordas do clinche e da luta no chão (como se na vida real isso fosse possível).

A gente acha que o chute do Ralph é "sem querer", mas deixa de achar isso naquela outra luta dele com o japa no EFC. A bicuda na cara é do mesmo jeito. Difícil, por este motivo, ter pena dele quando leva a fatídica joelhada no Pride

[]´s

Jaraqui

Valeu mano, tu sabe mais desse evento? Conta aí

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O ano foi 1993.

A luta do Renzo está nesse vídeo. Em seguida vem a luta do Ralph e a do Behring.

http://www.youtube.com/watch?v=4_AodLldatk

Impagáveis são os comentários do Zorello (um lutador do temido kickboxing da época). O divertido dessa luta também são as regrinhas de tele-catch que os caras do kickboxing queriam usar. Esse negócio de colocar o pé na corda é coisa daquelas lutas de Ted Boy Marino.

Eu acho esse evento muito importante.

Pra mim, quebrou muitas manias da época. Ia-se em parques e lá estavam, com kimonos cintilantes, fazendo abertura total, lutando com o "Joe" (aquele inimigo imaginário), soltando gritinhos e fazendo peripécias com os nunchakus. Era chato demais aquilo tudo. Sempre havia "o dia em que um visititante do "Planeta Breu" veio desafiar o Grão-Mestre e este soltou-lhe o peido de duas polegadas e o cara saiu projetado pela janela abaixo do prédio... depois disso ninguém mais desafiou o temível lutador". Muitas bravatas, muitos discursos. Mas pouquíssimos gostavam daquela maluquisse que começou a renascer nas cidades (renascer porque Carlos Gracie, se não me engano ainda na década de 20 ou no máximo da de 30, já tinha criado isso. Não estou com o livro aqui pra confirmar).

E, depois deste evento, depois dos UFCs 1, 3 e 4 (o UFC 2 demorou um século para estar disponíveis em "VHS" nas vídeo-locadoras), depois que surgiram os primeiros IVCs, de uma visitadinha a São Paulo de um tal de "Pelé" de uma tal Chute-Boxe pra lutar com um tal de "Macaco", depois de um piá chamado Wanderlei Silva lutar desfigurado com um tal de Artur Mariano até o Batarelli (outra figura do kickboxing que estava de árbitro) interromper a luta, as artes marciais clássicas sofreram um baque tremendo. Todas elas. Subiram pra mídia o Muay-Thai e o Jiu-Jitsu. E logo em seguida surgiu o MMA, os outros IVCs, o MECA, Storm e o resto é história, já muito mais bem documentada. Eu não sirvo pra dar bons detalhes. Tem um camarada de fórum "das antigas" chamado Marc Magapi, ou só "Magapi". Ele cometeu o ato insano de deixar mofar no armário dele umas VHS exatamente desse período, que é uma espécie de pré-história que muito nos ajuda a entendermos o MMA atual.

No Baú do Alonso tem também, linkado à revista, o desafio Chute-Boxe vs Capoeira no Círculo Militar aqui em Curitiba. Outro evento-chave.

[]´s

Jaraqui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Mesmo nome e pratica a mesma arte! Acho dificil bro, deve ser ele mesmo. Fiquei surpreso.. Mas será que ele nunca praticou kung fu? depois de tanto tempo?

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Valeu Jaraqui

JitsuNaja, eu dei uma pesquisada e encontrei essa menção ao nome dele, parece que ele treinava mesmo e foi vice campeão na China:

De volta ao Brasil, passou todo o conhecimento adquirido, treinando Wanderley Lucas (campeão mundial), Geraldo Pedra (segundo lugar na China, no templo de Shaolin), Manoel Vasconcelos (vice campeão paulista e campeão brasileiro e quarto lugar em Shao Lin).

Fonte: http://ftcjiujitsublog.blogspot.com.br/2011/09/silvanio-silva.html

Aqui tem uma menção a "Geraldo da Silva Pedra Academia ME" em Indaiatuba-SP: http://wooki.com.br/b/r?c=10666772000110_MJvfxu4Fz4#!g=g

Nos comentários tem uma série de menções a ele ter montado uma academia no MS, é só dar Ctrl-F + Geraldo: http://www.youtube.com/all_comments?v=9P93A5tOtng

Se era um artista marcial sério, espero que se regenere.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Isso ja foi dito aqui no pvt e eh ele mesmo. Parece que ele lutava sim, mas nao acreditem muito nesse negocio de "vice campeao na china", "campeao mundial vencendo monges tibetanos" e etc pq tem mt charlatao no kung fu.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O divertido deste evento, não sei ao certo se neste vídeo foi mostrado o que vou comentar, é o Zorelo pedindo pra que os jiu-jiteiros lutem nas regras do kickboxing...

O que não entendeu este infeliz comentarista é que os "jiu-jiteiros" estavam lutando na regra do "Vale-Tudo" e não as regras do Jiu-Jitsu.

Este comentário vem no final da luta do Renzo, na qual o lutador de bigodinho foge o tempo todo pelas cordas do clinche e da luta no chão (como se na vida real isso fosse possível).

********

O Ralph não chutou o japa (Makoto Muraoka) no EFC. Eu falei besteira. Favor desconsiderar.

[]´s

Jaraqui

Será que tu não confundiu com o Renzo? Ele fez bem pior nessa luta aqui:

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Será que tu não confundiu com o Renzo? Ele fez bem pior nessa luta aqui:

Pai Eterno... acho que foi sim.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

O ano foi 1993.

A luta do Renzo está nesse vídeo. Em seguida vem a luta do Ralph e a do Behring.

http://www.youtube.c...h?v=4_AodLldatk

Impagáveis são os comentários do Zorello (um lutador do temido kickboxing da época). O divertido dessa luta também são as regrinhas de tele-catch que os caras do kickboxing queriam usar. Esse negócio de colocar o pé na corda é coisa daquelas lutas de Ted Boy Marino.

Eu acho esse evento muito importante.

Pra mim, quebrou muitas manias da época. Ia-se em parques e lá estavam, com kimonos cintilantes, fazendo abertura total, lutando com o "Joe" (aquele inimigo imaginário), soltando gritinhos e fazendo peripécias com os nunchakus. Era chato demais aquilo tudo. Sempre havia "o dia em que um visititante do "Planeta Breu" veio desafiar o Grão-Mestre e este soltou-lhe o peido de duas polegadas e o cara saiu projetado pela janela abaixo do prédio... depois disso ninguém mais desafiou o temível lutador". Muitas bravatas, muitos discursos. Mas pouquíssimos gostavam daquela maluquisse que começou a renascer nas cidades (renascer porque Carlos Gracie, se não me engano ainda na década de 20 ou no máximo da de 30, já tinha criado isso. Não estou com o livro aqui pra confirmar).

E, depois deste evento, depois dos UFCs 1, 3 e 4 (o UFC 2 demorou um século para estar disponíveis em "VHS" nas vídeo-locadoras), depois que surgiram os primeiros IVCs, de uma visitadinha a São Paulo de um tal de "Pelé" de uma tal Chute-Boxe pra lutar com um tal de "Macaco", depois de um piá chamado Wanderlei Silva lutar desfigurado com um tal de Artur Mariano até o Batarelli (outra figura do kickboxing que estava de árbitro) interromper a luta, as artes marciais clássicas sofreram um baque tremendo. Todas elas. Subiram pra mídia o Muay-Thai e o Jiu-Jitsu. E logo em seguida surgiu o MMA, os outros IVCs, o MECA, Storm e o resto é história, já muito mais bem documentada. Eu não sirvo pra dar bons detalhes. Tem um camarada de fórum "das antigas" chamado Marc Magapi, ou só "Magapi". Ele cometeu o ato insano de deixar mofar no armário dele umas VHS exatamente desse período, que é uma espécie de pré-história que muito nos ajuda a entendermos o MMA atual.

No Baú do Alonso tem também, linkado à revista, o desafio Chute-Boxe vs Capoeira no Círculo Militar aqui em Curitiba. Outro evento-chave.

a ca

[]´s

Jaraqui

O recorte histórico que tu faz é muito estranho, pega de 300 lutas só o Pelé, Wanderlei e Mariano. Enquanto que a grande maioria dos trocadores se deram mal nos confrontos com o BJJ.

Sendo que o pessoal da chute boxe já tinha uns treinos incipientes com o penão. O tal "macaco" já tinha 30 vitórias em São Paulo e a luta com Pelé foi uma guerra, até hoje os dois são grandes guerreiros que lutam nos ringues mesmo com 40 anos na cara.

Sim existia muita luta de falsos lutadores, mas muita luta séria foi feita em evento do zorello, do próprio batarelli. Muita luta do IVC foi decidida em finalização de 1 min.

Naquele tempo não existia um filtro claro sobre quem era top e quem não era. Quais as equipes de jiu jitsu eram confiaveis, quais de trocaçao, etc.

Tinha o carlson, tinham os gracies, depois surge chute boxe, do carlson sai btt.

Mesmo assim aparecia uma galera meio meio desse pessoal, o que falar das outras equipes. O que apareceu de jiu jiteiro que na verdade era faixa azul ruim, thaizeiro iniciante, mestre que nao era mestre, enfim, em tudo que era evento.

O macaco venceu um monte de luta sendo ROXA de jiu.

Não dá para fazer recorte histórico. Eram primórdios de tudo, tem um evento desses aí que o Behring pega um maluco forte pra caramba da trocaçao, que sela umas pancadas sinistras nele, quase toma um knockdown e se complica, mas quando consegue botar pra baixo vira a luta. Em um msmo evento que tiveram lutas ridiculas.

O filtro era complicado, nego as vezes era bom em sua luta mas morria de medo de ir pro chão e nem conseguia lutar lá.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Tempos do "orgulho e da honra"... era só nisso que se falava. Me lembro demais da organização de tudo isso, mas já falei desse evento e acabo me tornando repetitivo... chega disso. Mais vale um treino hoje do que ficar lembrando de 20 anos atrás, outro contexto, alguns já se foram, diferença absurda pro cenário atual...

Abs!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os lutadores que eu citei referem-se à vinda à tona do Muay-Thai aqui no BR, pois até então o mantra "clinche/cinturada/bota-pra-dormir" e o jiu-jitsu dominava completamente o circuito de lutas de Vale-Tudo. Praticamente todas as lutas eram encerradas desta forma. Chegava a ser engraçado comprar a Tatame e ler a descrição da forma com a qual as vitórias ocorriam. Até aquele momento.

E, por este motivo, a narração dos lutadores que fiz foi somente um comentário com o intuito de demonstrar que o BJJ deixou se ser a luta que apresentava vitórias de forma hegemônica depois de um certo tempo. E esse tempo foi aquele em que o Pelé foi o primeiro a ir a Sampa e vencer. O Wanderlei veio em seguida, lutando com o Artur Mariano. Coincidência ou não, os dois eram sim da Chute-Boxe. Não havia representante de lutas em pé que trouxesse consigo conhecimentos para representarem um grupo, uma escola que fizesse frente ao BJJ. As vitórias de outros strikers até aquele momento era um evento pontual e raro. Com o surgimento da Chute-Boxe no cenário nacional isso mudou e a história está aí para provar que não foi uma mera coincidência aqueles representantes terem logrado êxito. Da noite pro dia professores de Tae-Kwon-Do, de Kung Fu, etc, resolveram se transformar em professores de Muay-Thai. E logo, a dupla formação em Muay-Thai e Jiu-Jitsu passou a ser lugar comum em qualquer cidade e local.

O Pennão citado, por exemplo, logo após iniciar as aulas na Guardian, promoveu um VT contra um karateca de Ponta Grossa. A luta terminou exatamente na forma narrada no 1o parágrafo. Após um tempo, muitos atletas da Chute-Boxe, inclusive o próprio Rudimar, começaram a aprender JJ na Guardian. Não sei exatamente quando, mas vi o Rudimar treinando na Guardian que ficava próxima ao Barigui. O Rafael também estava por lá. +/- 1997/98.

Se não me engano Murilo Bustamante, Libório, Bebeo e Zé Mário fundaram a BTT em 2000, não foi? Eles não tem a ver com esta época que estou citando.

Resumindo: o meu post foi para citar a transição das lutas "clinche/cinturada/bota pra dormir" para um padrão com mais equilíbrio entre luta no chão e luta em pé.

[]´s

Jaraqui

Editado por Jaraqui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Os lutadores que eu citei referem-se à vinda à tona do Muay-Thai aqui no BR, pois até então o mantra "clinche/cinturada/bota-pra-dormir" e o jiu-jitsu dominava completamente o circuito de lutas de Vale-Tudo. Praticamente todas as lutas eram encerradas desta forma. Chegava a ser engraçado comprar a Tatame e ler a descrição da forma com a qual as vitórias ocorriam. Até aquele momento.

E, por este motivo, a narração dos lutadores que fiz foi somente um comentário com o intuito de demonstrar que o BJJ deixou se ser a luta que apresentava vitórias de forma hegemônica depois de um certo tempo. E esse tempo foi aquele em que o Pelé foi o primeiro a ir a Sampa e vencer. O Wanderlei veio em seguida, lutando com o Artur Mariano. Coincidência ou não, os dois eram sim da Chute-Boxe. Não havia representante de lutas em pé que trouxesse consigo conhecimentos para representarem um grupo, uma escola que fizesse frente ao BJJ. As vitórias de outros strikers até aquele momento era um evento pontual e raro. Com o surgimento da Chute-Boxe no cenário nacional isso mudou e a história está aí para provar que não foi uma mera coincidência aqueles representantes terem logrado êxito. Da noite pro dia professores de Tae-Kwon-Do, de Kung Fu, etc, resolveram se transformar em professores de Muay-Thai. E logo, a dupla formação em Muay-Thai e Jiu-Jitsu passou a ser lugar comum em qualquer cidade e local.

O Pennão citado, por exemplo, logo após iniciar as aulas na Guardian, promoveu um VT contra um karateca de Ponta Grossa. A luta terminou exatamente na forma narrada no 1o parágrafo. Após um tempo, muitos atletas da Chute-Boxe, inclusive o próprio Rudimar, começaram a aprender JJ na Guardian. Não sei exatamente quando, mas vi o Rudimar treinando na Guardian que ficava próxima ao Barigui. O Rafael também estava por lá. +/- 1997/98.

Se não me engano Murilo Bustamante, Libório, Bebeo e Zé Mário fundaram a BTT em 2000, não foi? Eles não tem a ver com esta época que estou citando.

Resumindo: o meu post foi para citar a transição das lutas "clinche/cinturada/bota pra dormir" para um padrão com mais equilíbrio entre luta no chão e luta em pé.

[]´s

Jaraqui

Nesse sentido tu tem toda razão, foi a transição mesmo, Pelé foi marcante, um divisor de águas.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

South e Jaraqui, vocês lembraram de muitos nomes importantes mas esqueceram de toda uma arte que foi parte importantíssima nesse contexto: A Luta Livre!!!

Quando o Pelé parecia imbatível, depois de derrotar o Macaco duas vezes, quem foi que parou ele? ;)

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

South e Jaraqui, vocês lembraram de muitos nomes importantes mas esqueceram de toda uma arte que foi parte importantíssima nesse contexto: A Luta Livre!!!

Quando o Pelé parecia imbatível, depois de derrotar o Macaco duas vezes, quem foi que parou ele? ;)

Nunca pratiquei luta livre e a acompanhei pouco.

Logo o que vem a seguir é um mero pitaco.

As técnicas da luta livre são inegavelmente eficazes, haja vista o que Marco Ruas mostrou pra gente em alguns eventos (o mais legal ao meu ver foi a chave de perna contra o Patrick Smith, num evento aqui em São Paulo).

Acho que a participação da LL foi relativamente mais baixa no período 1990-2000. Quando entrou foram eventos históricos, mas na média, contando eventos diversos, foi baixa, pelo que pude ver. Não foi nessa época em que Hugo Duarte e Eugênio Tadeu romperam relações?

[]´s

Jaraqui

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0