popmart

Duas capas, uma pergunta

Recommended Posts

capanocawandzs4.jpgcapanocaminoau2.jpg

Ninguém vai poder acusar NOCAUTE de ser antidemocrática. Quando o leitor chegar às bancas para comprar o seu exemplar de maio, vai poder escolher entre a capa azul ou a capa vermelha. Isso porque no vespeiro da polêmica que rodeia a reportagem principal, pelo menos na capa, NOCAUTE procurou agradar a gregos e troianos.

Mas, afinal, quem foi melhor nesses dez anos de Pride, Minotauro ou Wanderlei? Para responder a essa espinhosa questão entre o Mr. Pride e Antônio “Rodorigo” Nogueira, a equipe mergulhou em números e esquadrinhou a carreira dos dois sobre o tablado branco. O leitor vai saber quem precisou em média de menos tempo para vencer; quem nocauteou mais; quem finalizou mais; quantas vezes cada um fez a luta principal da noite, etc. Vai conhecer também o que especialistas em vale-tudo, outras feras do ringue e treinadores têm a dizer sobre a peleja. São páginas dados a serem usados em qualquer discussão de academia, roda de praia ou intervalo de evento de vale-tudo.

Se a luta entre o astro e favoritíssimo Mirko Cro Cop e o então desconhecido (como disse o próprio Dana White) Gabriel “Napão” Gonzaga fosse uma poesia, seria, com certeza “No meio do caminho”, de 1928. Quem não se lembra dos famosos versos de Carlos Drumond de Andrade: “No meio do caminho tinha uma pedra, tinha uma pedra no meio do caminho”. Se soubesse ler português, o ex-policial croata concordaria, mas faria uma pequena mas definitiva correção: “No meio do caminho tinha uma perna (ou uma canela)”. A pernada de direita desferida pelo brasileiro aos 4min51s do primeiro round da luta principal do UFC 70, o primeiro em cinco anos na Inglaterra, interrompeu a caminhada do croata até o título dos pesados do UFC e escreveu o nome do brasileiro na lista dos grandes do esporte. NOCAUTE falou com Napão e conta como ele se preparou para a se tornar a maior surpresa do ano – até agora.

No mesmo dia, a pouco menos de 300 quilômetros ao sul, na capital Londres, uma outra estrela do vale-tudo brasileiro entrava na jaula do Cage Rage 21. Aproveitando a vitória que marca a retomada do sucesso na carreira de Murilo “Ninja” Rua, NOCAUTE foi atrás de amigos, familiares e companheiros de treino do curitibano para desenhar o perfil desse guerreiro da Chute Boxe.

Um é americano, tem 43 anos e saiu da aposentadoria para humilhar o campeão Tim Sylvia e arrebatar o cinturão dos pesados do UFC. O outro é brasileiro, tem 40 anos, foi campeão dos médios do UFC em 2002 e, recentemente, esteve no Japão para ensinar vale-tudo a um garoto japonês no Deep 29th. NOCAUTE, também boa de gancho, aproveitou e colocou frente a frente Randy Couture e Murilo Bustamante – para um bate-papo. São quatro páginas de perguntas e respostas onde se sente o peso da experiência.

Ainda vale a pena jogar por baixo? NOCAUTE buscou as estrelas do vale-tudo que vieram do pano para saber o que é que o guardeiro tem. Royler Gracie, Ronaldo Jacaré, Minotauro, Gordo, entre outros soltam o verbo para mostrar os caminhos da vitória para quem está com as costas no chão.

O leitor mais atento já percebeu que a boa e (não tão) velha NOCAUTE está mudando. Mais ágil, mais bonita e mais perto do leitor, isso é o que a equipe quer que a reviste se torne cada vez mais. Algumas sessões já estão por ai. Em Intervalo, para dar uma respirada de tanto assunto sério, notícias rápidas e belas mulheres – além das cartas dos leitores. Em Segundos Fora, os resultados dos eventos que movimentaram o vale-tudo no mês – nessa edição vamos de Max Fight 3, Cage Rage 21 (com Ninja, Belfort e Cyborg), Deep 29, Bodog Rússia e outros.

Para fechar, Na Lona pergunta “E agora, Popó?”; Sem Kimono, a revelação da BTT Rousimar Touquinho mostra uma das suas armas; e Dos Nossos Arquivos revelamos que Napão já brilhava desde da época das faixas coloridas.

Boa leitura e até o mês que vêm.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Fir3

eu acho que nesses 10 anos quem foi melhor foi o wand

faturou mais titulos e tals, ate meses atras era dono do cinturão

minotauro jah não era dono a muito tempo

não dizendo que o wand eh melhor que minota ou o inverso

mas pelas lutas i tals acho que wand teve mais sucesso nesses 10 anos

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Angel.Of.Death

eu acho que nesses 10 anos quem foi melhor foi o wand

faturou mais titulos e tals, ate meses atras era dono do cinturão

minotauro jah não era dono a muito tempo

não dizendo que o wand eh melhor que minota ou o inverso

mas pelas lutas i tals acho que wand teve mais sucesso nesses 10 anos

cita um cara que o Wand ganhou que o Minota não teria chances de ganhar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que as coisas não são tão simples assim como a mensagem principal da capa enuncia, os dois atletas veem de modalidades diferentes , ja por ai não tem como nivelar as coisas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Nada contra o Wand, mas o Minotauro fez mais nesses anos de Pride só teve o azar de cruzar com o Fedor na categoria.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Guest Jão do pé

eu acho que nesses 10 anos quem foi melhor foi o wand

faturou mais titulos e tals, ate meses atras era dono do cinturão

minotauro jah não era dono a muito tempo

não dizendo que o wand eh melhor que minota ou o inverso

mas pelas lutas i tals acho que wand teve mais sucesso nesses 10 anos

Está louco? Wanderlei enfrentou adversários MUITO abaixo do nível dos adversário que Minota enfrentou. Num dos poucos em comum que enfrentaram, você viu o resultado: Cro Cop que foi finalizado pelo Minota simplesmente arrasou o Wanderlei!

Você acha que o Wanderlei teria chances contra o Barnett ou o Kharitonov, por exemplo? Nunca!

O Minota só não estava com o cinturão porque tinha lá um cara chamado Fedor. E pelo menos ele saiu andando do ringue nas duas lutas contra o russo (fora a No Contest). Wanderlei seria trucidado pelo Fedor.

Não tem nem o que comparar, Minota disparado! É até covardia!

Edited by Jão do pé

Share this post


Link to post
Share on other sites

Rpz.. quem teve mais sucesso... com certeza foi o wanderlei... pois ele ganhou o cinturão manteve por bastante tempo... e também ganhou o GP ...

Agora o minota pegou adversarios mais difíceis.. !

OBS: Sucesso pra mim foi wanderlei.. em relação a conquistas... mas em termos de lutas casadas o minotauro pegou gente mais foda... !

Mas é aquele negócio o importante é ser campeão ! por isso eu acho q o wanderlei foi melhor q o minotauro.... porém o minotauro é foda! ppunkk

E a comparação é meio cruel, pois cada um estar em uma categoria diferente...

mesma coisa de comparar um lutador de boxe de categorias deiferentes tipo oscar de la roya...acho q escreve assim heheheh com um hollyfield.... desculpe se tiver escrito errado! kkkkkk

Edited by EmmanuelP

Share this post


Link to post
Share on other sites
ppunkk Acho o Minota..mais pq q n coloca uma foto dos 2 do mesmo tamanho..ou como c estivessem a ponto d lutar..ia ser mais legal..do q a cabeça d um e outro atrás... Edited by Zangs Nogueira

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Wandeco como "produto" foi melhor. O Rodrigo como lutador tem mais história. E apresentou um estilo de luta, jogando por baixo, que exige muita técnica e auto-confiança, e além do que, pouquissímos se aventuraram a seguir até hoje.

E mais, foi um pesado "paraguaio". Ele, assim como Rogério, pesava em torno de 96/98 Kg. em condições de treino. Seria um grande negócio para ele pesar os 93Kg e lutar com 96/98, como todos fazem. Para compor o grupo ele aceitou ser o "pesado" más, só recentemente o corpo esta se adaptando aos 106/108Kg.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now