Aníbal

Membros
  • Content Count

    1042
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About Aníbal

  • Birthday 03/22/1971

Previous Fields

  • Cidade:
    São Paulo

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

2241 profile views
  1. O golpe do Masvidal é muito, mas muito parecido com o que encerra a luta do James Irvin com o Terry Martin, em 2005. Exatamente a mesma coisa: o wrestler inicia o round já indo para a queda e o striker se antecipa com um flying knee. No caso do Irvin, era o início do 2º round e ele tinha tomado um atraso no 1º
  2. Lyoto também... Levou atraso no primeiro round e já foi pra queda depois.
  3. Também acho o estilo do Rockhold meio babaca e gostei do uso do termo "displicente". Ele foi displicente com o Belfort e, principalmente, com o Bisping, pagou o preço e não aprendeu. A postura dele na encarada com o polonês, olhando de cima a baixo e fazendo pouco caso, diz tudo. Agora, se falaram do Masvidal, é preciso dizer que o polonês também deu ao menos uma marretada desnecessária ao final. Sabe lá se não foi essa que fraturou o maxilar...
  4. Eu tive essa impressão, mas, revendo, já achei diferente. Primeiro, acho balela essa história de não tentar derrubar porque queria enfrentar o Marreta no melhor jogo do adversário. Ele não se sentiu seguro para tentar a queda porque estava com medo de um contra-ataque. Também acho que ele sentiu a potência do Marreta e ficou cauteloso. Além disso, assim como o Marreta ficou com a mobilidade comprometida pela lesão no joelho, o JJ acabou também ficando com mais dificuldade de se movimentar, em razão do estrago que o Marreta causou ao longo da luta. No fim das contas, ainda que o FightMetrics aponte 4 x 1, eu vi o Marreta levando claramente o 1º e o 5º, o JJ levando o 3º e o 4º. A definição está mesmo no 2º, que acho que poderia ir para qualquer lado. Mas, pessoalmente vi o JJ um pouco a frente.
  5. A verdade é que tem argumento para os dois lados. Na minha opinião, a Cris esteve no topo por mais tempo, varrendo tudo e todas. Com o mesmo número de lutas, ela tem duas derrotas a menos do que a Amanda. Por outro lado, a Amanda evoluiu demais depois da derrota para a Zingano e se tornou outra lutadora, na minha opinião com um nível acima do que a Cris. Mas, isso é natural, o esporte evolui. Outra questão é que a Amanda conseguiu cinturões em duas divisões. Por outro lado, não conseguiu a cinta do Invicta. Tem argumen to apra todos e todas. Acho que uma revanche seria mesmo o tira-teima. Eu apostaria na Amanda, pelo momento e não em função da primeira luta. A Cris, nesse combate, subestimou a força da Amanda porque ela julgava que a baiana era uma peso-galo, menor e mais fraca, subindo para os penas, inclusive tendo declarado isso ao mencionar derrota dela no peso pena. Aí, tentou fazer uma luta com imposição física desde o início e o tiro saiu pela culatra. A Cris, em uma eventual revanche, provavelmente faria uma luta mais cuidadosa, respeitando, como foi com a Holy Holm. Eu apostaria na Amanda porque acho que, nesse tipo de luta, ela se sai melhor do que a Cris, muito em função da precisão.
  6. Claramente, a Ronda tem sérios problemas psicológicos. O que a mantém razoavelmente sã é exatamente o foco na competição. Se essa menina não voltar bem e sofrer duas derrotas consecutivas, temo pelo pior.
  7. Aníbal

    Shogun fora da luta com Rashad

    Embora o Glover seja favorito, vejo sim como pode dar Rashad. Em forma, o boxe do americano é mais alinhado que o do brasileiro, que considero lento de pé. Ainda que o Rashad não leve para o chão, também acho possível que o Glover também não consiga colocar para baixo. Se conseguir fazer o jogo de entra, bate e sai direitinho, pode surpreender o brasileiro. Mas, se for o Rashad da luta com o Bader, Glover leva tranquilo.
  8. Aníbal

    Qual deve ser o destino de Holm agora?

    É isso. Pode fechar o tópico.
  9. Isso sim faz sentido. Seria uma oportunidade para o Nate desfazer a péssima impressão que deixou na primeira luta e movimentaria a categoria enquanto o Nurmagomedov faz sua volta para, na sequência, pegar o vencedor.
  10. Aníbal

    [UFC 196] Conor McGregor x Nate Diaz

    Pode ser, mas segurar o impeto dele nos dois primeiros rounds nao é tarefa facil. Ele bateu muito antes de começar a bambear. De qualquer modo, em uma revanche, sou mais Aldo. Mas, é luta muito dura.
  11. Aníbal

    [UFC 196] Conor McGregor x Nate Diaz

    Sempre achei bom o boxe dos Diaz, apesar de tecnicamente estranho. Mas, nessa luta, ele apanhou muito, muito mesmo. Correu risco de uma interrupcao medica.
  12. Aníbal

    [UFC 196] Conor McGregor x Nate Diaz

    McGregor continua sendo um excelente trocador e luta dificil para qualquer um no peso pena. Deu um show em cima do Diaz no primeiro round e cheguei a temer uma interrupcao medica. Agora, algumas coisas ficaram claras. Orimeiro, ele nao tem o queixo que pensava ter e sentiu na pele que as categorias de cima batem bem mais pesado. Segundo, ele tem dificuldade em se virar quando está em dificuldade. Nao se protegeu, nao rodou e ficou exposto. Tentou levar pro chao já completamente tonto. Terceiro, nao tem recursos no chao para fazer frente a top bjj.Repetindo, é um excelente lutador e pode manter o cinturao dos penas por um bom tempo. Mas, acho que levaria uma surra de qualquer top 5 dos leves.
  13. Aníbal

    [UFC 196] Conor McGregor x Nate Diaz

    Exatamente.
  14. Aníbal

    PbP - UFC 196

    Segunda luta que o Greg Jackson consegue fazer caras brutos superarem oponentes mais técnicos. Primeiro, o Diego Sánchez, agora o Bahadurzada.