SALINHO

Membros
  • Content Count

    9784
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by SALINHO


  1. 14 horas atrás, Lucas Timbó disse:

    Acredito que a Amanda com 66 kg ficará mais forte do que já é, e olha que ela é talvez a BW mais forte do UFC. Fora o punch pesado, jiu-jitsu e wrestling bons. Vejo vitória da Cyborg, mas não vai ser essa facilidade toda que tão dando pra Cyborg, na minha opinião a Amanda pode dar um trabalho bem mais que a Holly.

    É verdade. Só que a Holly deu o trabalho que deu muito pela excelente movimentação, que pra mim é bem superior à da Amanda, além do queixo duríssimo e gás infinito (coisa que a Amanda não vem demonstrando). O jogo da Amanda é bem mais parecido com o da própria Cyborg, mais plantado e trocando chumbo.

    Tudo pra ser uma excelente luta.


  2. Amaury Biteti, Márcio "Pé de Pano", Roberto Traven, André Galvão, Sérgio Moraes.

    Acho que devem ficar de fora atletas que lutaram poucas vezes e/ou apenas em eventos menores, tipo Margarida, Márcio Feitosa, Saulo Ribeiro, Marcelinho Garcia. Acho que deveria contar somente atletas que fizeram uma carreira no MMA, lutando em eventos conhecidos.

     


  3. 10 horas atrás, MV8 disse:

    Chad Mendes e aquele pesado amarrão acho que Jared Roshol (não sei como escreve) acho que foi All American 

    Se mulher entrar na lista Sarah McMann tb foi medalhista olímpica

     

    Boa!

    O Chad foi all-american, chegando a ser vice campeão do NCAA.

    Jared Rosholt foi três vezes all-american, sendo 4º em 2008, 3º em 2009 e vice campeão do NCAA em 2010.

    Já a Sara McMann é outro nível: prata nos Jogos Olímpicos de Atenas (2004), dois bronzes e um vice campeonato mundial,  bicampeã dos Jogos Panamericanos (Santo Domingo em 2003 e Rio de Janeiro em 2007).


  4. 1 hora atrás, Raphael Rezende disse:

    Ricardo Arona poderia entrar no Hall dos excelentes atletas que não são oriundos do wrestling.

    Um bom wrestler (não sei se com títulos relevantes, creio que não) foi o Tito Ortiz.

    Eu pensei neles, Arona, Tito Ortiz e também Rashad Evans.

    O Arona pode figuar nos que derrubam bem sem ser wrestler, eu vou incluir. Já Tito, segundo o wikipedia (foda, mas só encontrei lá) foi duas vezes all-american.

    Lembrei agora do Rashad, mas ele não tem nenhum título relevante, ficou a uma vitória de ser all-american mas não conseguiu,


  5. 12 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

    Tem aquele rapazinho do Bellator também, Aaron Pico. Não sei se ele se equivale, mas ganhou umas paradas aí nos juniores, era tido como uma promessa para a seleção americana, se não me engano.

    Valeu Daniel. O Aaron Pico ainda é muito novo, apenas 21 anos, e já foi bronze e prata nos mundiais de juniores. Acabei de adicionar.


  6. Pessoal, eu sempre tive curiosidade sobre a carreira no wrestling dos lutadores de MMA. Dei uma pesquisada na carreira nas "amateur wrestling career" do caras e tô postando aí abaixo. Se alguém colher alguma informação diferente ou lembrar de algum outro wrestler que esqueci de pesquisar, me digam que eu edito aqui.

    * Só incluí na lista, lutadores que tinham pelo menos duas lutas de vale-tudo/MMA e que sejam oriundos do wrestling.

     

    Kevin Jackson (freestyle) - Campeão dos Jogos Olímpicos de Barcelona (1992), Bicampeão mundial (1991 e 1995) e Bicampeão dos Jogos Panamericanos (1991 e 1995)

    Henry Cejudo - (freestyle) - Campeão dos Jogos Olímpicos de Pequim (2008) e Campeão dos Jogos Panamericanos (2007)

    Yoel Romero (freestyle) - Prata nos Jogos Olímpicos de Sidney (2000), Campeão Mundial (1999) e dos Jogos Panamericanos (2003)

    Sara McMann - (freestyle) - Prata Jogos Olímpicos de Atenas (2004), dois bronzes e um vice campeonato mundial e bicampeã dos Jogos Panamericanos (2003 e 2007)

    Matt Lindland (Greco) - Prata nos Jogos Olímpicos de Sidney (2000) e Vice Campeão Mundial (2001)

    Ben Askren (freestyle) - Campeão Mundial (2009), Campeão do Panamericano de Wrestling (2005), Bicampeão NCAA (2006 e 2007), titular nos Jogos Olímpicos de 2008

    Mark Coleman (freestyle) - Campeão dos Jogos Panamericanos (1991), Tricampeão do Panamericano de Wrestling (1990, 1991 e 1992), Vice Campeão Mundial (1991), Campeão NCAA (1988), titular nos Jogos Olímpicos de 1992 (7º lugar)

    Daniel Cormier (freestyle) - Bronze no campeonato Mundial (2007), Campeão dos Jogos Panamericanos (2003), bicampeão do Panamericano de Wrestling (2002 e 2003), titular nos Jogos Olímpicos de 2004 (4º lugar) e de 2008.

    Dan Henderson (Greco) - Bronze nos Jogos Panamericanos (1995) e campeão do Panamericano de Wrestling (2000), titular nos Jogos Olímpicos de 1992 (10º lugar) e 1996 (7º lugar)

    Royce Alger (freestyle) – Vice Campeão Mundial (1990) e Bicampeão NCAA (1987 e 1988)

    Johny Hendricks - Bicampeão NCAA (2005 e 2006)

    Mark Kerr (freestyle) - Campeão NCAA (1992)

    Kevin Randleman (freestyle) - Campeão NCAA (1992)

    Brock Lesnar (freestyle) - Campeão NCAA (2000)

    Mark Muñoz - Campeão NCAA (2001)

    Mike van Arsdale - Campeão NCAA (1988)

    Phil Davis - Campeão NCAA (2008)

    Josh Loscheck - Campeão NCAA (2001)

    Randy Couture (Greco) - 3 vezes "alternate" da equipe olímpica estadunidense (1988, 1992 e 1996) e 3 vezes all american

    Dan Severn – All American e participou de dois “trials” pro Jogos Olímpicos de 1984 e 1988, onde foi como “alternate”.

    Jared Rosholt - três vezes all-american, mas sem ser campeão NCAA (2008, 2009 e 2010)

    Tom Erikson - All American, mas sem ser campeão NCAA (1986 e 1987)

    Chris Weidman - All American, mas sem ser campeão NCAA (2006 e 2007)

    Matt Hughes – All American, mas sem ser campeão NCAA (1996 e 1997)

    Chad Mendes – All American, mas sem ser campeão NCAA (foi vice campeão em 2008)

    Chael Sonnen (Greco) - All American, mas sem ser campeão NCAA (1998) Vice Campeão Mundial Universitário (2000)

    Tito Ortiz - All American, mas sem ser campeão NCAA

    Aaron Pico (freestyle) - Prata (2014) e bronze (2015) no mundial de juniores.

    *** Apenas 1 luta de MMA

    Mark Schultz, Kenny Monday, Rico Chiapparelli, Rulon Gardner

    *** Grandes wrestlers no MMA sem títulos relevantes no wrestling

    Cain Velasquez, Jon Jones, Rashad Evans

    **** Excelente em quedas sem ser originalmente wrestler

    GSP, Khabib, Arona


  7. 15 horas atrás, Fabio_Sheen disse:

    Dito isso, sobre o assunto da volta do Off. Divido com vocês algumas impressões de quem já foi moderador e adm de alguns foruns:

    1) Para isso dar certo, SE aprovarem a volta. Moderação tem q ser nova e isenta das tretas da época. Ví uma rapaziada nova moderando, gente pós treta, que é o ideal. Agradeço quem me citou para ser parte de moderação, mas isso só atrapalharia. Novo Off tem que ter sangue novo. Gente sem rusga, treta ou passado aqui. Principalmente ligado à época do fechamento. E digo isso de QUALQUER um dos lados. Ter um moderador ligado àquele período vai trazer discórdia DESNECESSÁRIA logo no começo.

     


  8. 10 horas atrás, Trindade disse:

    Poucos sabem, mas a Russia é a maior referencia em Wrestling no mundo (masculino) 

    Exato, a Rússia é a referência. São fortes também as outras repúblicas de formavam a ex União Soviética (Armênia, Azerbaijão, Geórgia, etc).

    Turquia sempre vem forte também, o Japão (no feminino) e Cuba (atualmente com o Mijain Lopez)  também são referência.


  9. Em 04/01/2018 at 8:51 PM, NEGO DÁGUA disse:

    Vou dar uma viajada legal , Valdera essa é pra vc, Rickson Gracie teria chance contra Nurma?

    Ambos grappiling, o russo melhor em pé e poderia manter e nocautear mas esqueça mantenha luta no chão o que vc acha ou outro expoente do jiu jitsu

    No MMA? O russo mantém a luta em pé e ganha fácil de qualquer jujiteiro com seu peso.

    No Sub, apostaria num André Galvão, Marcelinho Garcia ou num Kron, mas teria que ter rounds longos e regras que obrigassem a luta desenrolar-se no chão após a queda ou puxada de guarda.

    p.s.: tão falando aí de Roger, mas o cara é muito maior e mais pesado, não tem como comparar.


  10. 35 minutos atrás, Arona85 disse:

    Para o nível do MMA, em pé ele é excepcional. Nas lutas que vc mencionou ele não usou seu jogo de chão meia-boca e seu gás, que não é bom. Ele é um trocador excepcional, mas não eh um lutador de MMA excepcional, embora tenha vencido grandes nomes.

    Discordo. Acho ele excepcional, mas tem falhas assim como outros lutadores excepcionais. Aldo, Anderson Silva, Coleman, BJ, Liddell, Minota, todo mundo, mesmo os melhores, tem falhas no jogo (talvez com exceção do GSP kkkkkkkk).

    E o chão eu não sei, mas o gás ele já trabalhou bem melhor a partir da segunda luta do Diaz, é algo que ele deve continuar melhorando.


  11. 2 horas atrás, cisao disse:

    Quem está considerando o conor excepcional? Ao menos eu não vi ninguém aqui neste debate. 

    Eu tô. Ninguém que não seja excepcional consegue fazer o que ele fez com campeões como José Aldo e Edie Alvarez. Ele fez esses caras parecerem amadores, isso numa disputa de cintruão. Ninguém apenas bom ou mediano consegue fazer isso.

    Porém, acho que o Nurma tem o jogo perfeito pra bater o irlandês, pra mim o Khabib seria franco favorito.


  12. 8 minutos atrás, Arona85 disse:

    Olha, eu acho que ele subiu pros leves mais porque não aguentava mais bater 65..o cara parecia um cadáver nas pesagens, e já falava, antes de lutar com o Aldo, que iria subir

    Ele falava isso, mas o Aldo também passou anos nessa novelinha que ia subir de peso e nunca fez, agarrado no cinturão, o Barão também, etc. Bater o peso é horrível pra quase todo mundo, mas nunca havia visto um campeão sequer defender seu título e já desafiar direto o campeão de cima.

    E pelo que me lembro, o Connor nunca deixou de bater o peso (como fez o Khabib há pouco)

     


  13. 51 minutos atrás, Arona85 disse:

    Eu acho que o medo do McGregor não é dos lutadores da categoria, mas do que ele vai perder se enfrentar esses caras e for derrotado.

    Eu não consigo acreditar que esses caras, que lutam no mais alto nível há anos, tenham medo de outro homem; eles têm medo do que a derrota acarreta na carreira, como perda de cinturão, de patrocínio, de fãs, de grana

    Exato.Por isso os lutadores geralmente depois de ganharem o cinturão ficam bem mais cautelosos.

    Por exemplo, passei uns 10 anos ouvindo a história que o Aldo ia desafiar o Pettis (campeão dos leves na época), que GSP ia desafiar o Anderson, que o Anderson lutar com o Janjão, que o Janjão ia subir pros pesados. Ainda estou esperando.

    Por isso me surpreendi quando o McGregor, ao acabar de ganhar o cinturão dos penas em cima de ninguém menos que José Aldo, resolveu desafiar imediatamente o campeão da categoria de cima, Rafael dos Anjos, reconhecidamente uma carne de pescoço.

    Ali o cara demonstrou que realmente tava a fim de desafios, pois ele poderia reinar uma década nos penas como fizeram os demais campeões, mas resolveu se arriscar, acabou ganhando dois cinturões, escreveu seu nome na história e encheu os bolsos.