Edson Raposo

Membros
  • Content Count

    54
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by Edson Raposo


  1. Mano, que luta medonha. Nenhum dos dois lutou. E o Romero ainda bradou na entrevista no cage pós luta que "o povo paga caro pra ver luta, pra ver guerreiros, nao isso"... simplesmente ridículo 

    O Adesanya deu 48 golpes, o Romero 40. Ou seja, cada um levou mais de 30 segundos em média pra golpear. O UFC podia ter declarado que os dois perderam e deixar o cinturão vago pra aprenderem

    Vai pro Hall da Fama das piores lutas de todos os tempos


  2. 1 minuto atrás, Maracatu disse:

    Amanda esta mostrando o que e ser um lutador de Mix martial arts

    Concordo

    Ela começou bem, depois cansou ou desconcentrou, sei lá. O certo é que levou uns sustos sem necessidade

    Mas conseguiu mostrar QI de luta e controlar os últimos rounds

    Foi a pior luta dela que eu vi, e mesmo assim ela sobrou, mostrou técnica e inteligência


  3. 1 minuto atrás, Maracatu disse:

    Amanda esta mostrando o que e ser um lutador de Mix martial arts

    Concordo

    Ela começou bem, depois cansou ou desconcentrou, sei lá. O certo é que levou uns sustos sem necessidade

    Mas conseguiu mostrar QI de luta e controlar os últimos rounds

    Foi a pior luta dela que eu vi, e mesmo assim ela sobrou, mostrou técnica e inteligência


  4. 3 horas atrás, Lucas Timbó disse:

    Antes da luta:

    'O camp foi ótimo. Treinei muito wrestling na Rússia, os caras não me derrubavam mais depois de uma semana. Vou bater mais fraco no Corey pra ver se dura mais'

    Depois de ser rebocado:

    'Não tava motivado, tive problemas pessoais. Não perdi pro Corey, perdi pra mim mesmo'

     

    Na boa, quero que perca todas que lutar agora. Se tem algo que me deixa enojado com lutador é esse tipo de declaração

    Pensei a mesma coisa. Começando a dar desculpas demais. Como citei em outro tópico, acho que essa luta acabou com a carreira "dos sonhos" dele


  5. 7 horas atrás, MV8 disse:

    Todo mundo sabia que ele.era diferenciado em pé isto nunca foi segredo

    Borracha tem que entrar pra destruir se for inventar de ficar trocando vai tomar aula em pé

    Tem que aproveitar a pujansa física pra capitalizar logo em pé ou pra levar pro chão onde teoricamente é superior

    Esta é a luta clássica que quem vencer vai fazer o adversário pior que é. Borracha pode chapar Adesanya no chão e acabar a luta ou pode achar uma boa não em pé

    Ou Israel pode humilhar na trocação se a luta se estender

     

    Exatamente, é uma luta que vai bagunçar o coreto do perdedor

    Borrachinha pode destruir toda essa aura em torno do Adesanya

    E o Adesanya pode fazer o Borracha voltar a ser a mentira que muitos acham

    Ninguem disse que a vida é facil...


  6. 6 horas atrás, junior-sjc disse:

    Eu já acho que o grappling é a pior armadilha na qual o Borrachinha poderá cair.

    Mesmo que haja um risco grande em trocar com o Adesanya, há ainda um risco muito maior em tentar fazer um jogo que não é seu. O Borrachinha não é nenhum Jacaré, Demian, Gunnar ou Minotauro pra escolher lutar no chão só porque o adversário é superior na trocação.

    Clinchar o Adesanya na grade, no meu ponto de vista, é um risco ainda maior do que trocar com ele. Trocação é o que o Borrachinha tem na veia. É o que ele sabe fazer melhor.

    De repente ele vai para o grappling, se cansa no primeiro round, morre no segundo e sai rebocado, porque, mesmo que tenha conseguido levar para o chão, não teve técnica pra finalizar.

    Esse jogo de isometria que Khabib, Demian, e outros grappler de ponta fazem é extremamente duro no desgaste. Não é qualquer um que está preparado pra fazer isso em uma luta. 

    O Adesanya é longo, base longa, envergadura gigante para a categoria. Não vai ser fácil botar ele no chão sem ser um wrestler de ponta.

    Se eu fosse o Borrachinha, treinaria arduamente algumas técnicas para encurtar e evitar os ângulos do nigeriano. Se aproximar e trabalhar no infighting como o Cormier faz muito bem. Dirty boxing na veia acreditando no poder das mãos.

    Excelente análise

    São pouquíssimos os lutadores que conseguem variar estilos de luta completamente diferentes, como striking X wrestling, muay thai X grappling, por exemplo. Borrachinha tem um estilo muito pessoal, até o momento não mostrou nada diferente na carreira dele. Melhor caminho é aperfeiçoar o que se sente confortável pra fazer, adaptando isso ao adversário. Se fizer outra coisa, passa vergonha

    Por outro lado, também pode passar vergonha exatamente por esse motivo: virar lutador de uma nota só, não evoluir, treinar muito e mesmo assim não achar nada contra alguns lutadores (Adesanya é um grande risco!) e acabar virando escada (vide Cigano)

    No mais, Adesanya é monstro!! Preciso, arisco e muito, muito inteligente!! Hoje é um dos melhores lutadores do mundo, e está no caminho pra se tornar um dos maiores nomes do MMA - não é imediatismo, percebam o negrito... vamos acompanhar

    Que casem o mais rápido possível Adesanya X Borrachinha!! Nigeriano amplo favorito, mas Borracha com chances reais de ganhar


  7. Khabib X Jones se tornou uma discussao recorrente aqui no fórum, e a galera coloca argumentos interessantes e coerentes pra defender quem é melhor

    Minha opiniao é a que coloquei em outro topico: os dois são excepcionais, os melhores e mais dominantes lutadores da atualidade. A diferença entre eles é o momento: o legado/cartel do Jones é muito mais relevante que o do Khabib, só que o auge dele foi 2012/2013, hoje ele parece um pouco abaixo do que foi (e mesmo assim é suficiente pra ele continuar sobrando nos meio-pesados). O Khabib está vivendo o "2012/2013" dele agora, fazendo exibicoes incontestáveis e varrendo a categoria dele

    A verdade é que nao existe conclusao pra esse assunto, exatamente porque o "timing" da carreira deles é diferente


  8. Em 9/11/2019 at 9:22 PM, Raio imortal disse:

    sei não hein...acho que dessa vez dá poirier, connor vem em outra vibe, antes lutava mais concentrado e motivado, hj fica muito tem sem lutar...sempre vem fora de ritmo. 

    Conor já ganhou do Porier e do Holloway

    Holloway depois se tornou campeão incontestavel nos penas

    Porier evoluiu muito a ponto de bater o Holloway nos leves

    Conor nao anda lutando com frequencia

    Taí duas revanches que eu gostaria de ver, e acho dificil afirmar que os dois resultados se repetiriam...


  9. 3 horas atrás, Andrey disse:

    Acho ele o mais dominante, o que não quer dizer que é mais lutador, maior, defendeu mais vezes o título, etc e etc.

     

    Ele perdeu um round em 28 lutas na carreira, um round em 12 lutas no UFC na qual ele passou o carro e finalizou, quem mais fez isso ou parecido?

     

    Acho que ele ta longe ainda como lutador de chegar a um Fedor, Jon Jones, GSP, Aldo e mais alguns, mas em matéria de dominância não tem o que falar.

    Coloquei esse texto foi pra ver a confusão armada mesmo... kkkkkk

    Na verdade, o que penso sobre o texto é mais ou menos o que o amigo Andrey escreveu. Particularmente nas últimas lutas do Khabib sempre fico esperando alguém surpreender, ficar por cima no chão ou aplicar um knockdown que seja... não é torcida contra, é só uma expectativa diferente. Aí o que o cara faz? O mesmo de sempre: bota o adversário pra baixo, liga a montanha russa e já era. Não tem surpresa, não tem calor, não tem suspense; é sempre mais do mesmo. Essa é a tal dominância que o cara cita, no meu entender (e respeito quem entendeu diferente ou discorda do texto).

    DC x Jones (1 e 2) foram bem interessantes, com o DC chegando a quedar o Jones (algo que ninguém tinha feito). Marreta fez uma lutaça contra JJ, que empolgou exatamente pela possibilidade da zebra dar as caras ali. Ou seja, o texto não julga quem é melhor ou pior, apenas reforça que o Khabib hoje, 2019, é o mais eficiente no que se propõe a fazer

    OBS: se comparássemos, por exemplo, o Khabib de hoje com o JJ de 2011/2012, que, na sequência, ganhou "só" de Bader / Shogun / Rampage / Lyoto / Rashad / Belfort (e de forma incontestável, diga-se), aí a história seria outra