coma

Membros
  • Content Count

    43
  • Joined

  • Last visited

Community Reputation

0 Neutra

About coma

  • Birthday 03/11/1976

Contact Methods

  • Website URL
    http://

Profile Information

  • Location
    Rio de Janeiro
  1. Em uma edição do Meca, anos atrás - ainda no começo – eu estava chamando os atletas em cima do ringue. E, desatento, anunciei Evangelista Cyborg pesando 900 quilos - isso mesmo, 900 quilos! Independente de ter sido falta de atenção ou erro, trabalho para que não aconteça mais. Acredito estar evoluindo. E, da mesma maneira, como podemos contribuir para evolução do MMA? Os atletas evoluem em seus treinamentos e em suas técnicas, ou nos próprios intercâmbios com outras equipes. As academias crescem e buscam alternativas de aprimoramento. Profissionais de várias modalidades se dispõem a participar do crescimento de atletas para que possam compartilhar do resultado final que sempre esperam: vitória. Ok. Existe sacrifício, eles treinam, suam, evoluem e dão o sangue se preciso for, para estarem presentes e com a mão levantada quando os chamo e anuncio: o vencedor: FUUUUUUULANNNNNNOOOOOOOO!!!!! Mas onde vão ser “despejados” estes guerreiros (as)? A quantidade de eventos é suficiente? Talvez seja, há muita gente trabalhando, e nem todos com as oportunidades que gostariam. Ora, eventos existem, graças a produtores que têm coragem para dar a cara para bater e produzir algo que se torna o local de trabalho de muitos – afinal, um evento não dá oportunidade de trabalho apenas ao lutador, árbitro e locutor - dentre outros. O evento, no meu modo de entender, tem sua equipe formada desde o contratado para limpar o ringue até o lutador. Isso passa pelo profissional que monta o ringue, outro que afina a luz, que faz o som, que desenha o lay-out das cadeiras... Portanto, envolve muita gente - e muita gente depende disso. Agora, onde vamos buscar recursos financeiros para produção destes shows? No empresariado, lógico, mas tudo deve ser feito respeitando as leis de mercado, digamos. Toda empresa tem sua verba para divulgação e propaganda programada e definida, às vezes, com até um ano de antecedência! Meus amigos, como podemos então, a trinta dias - sim, TRINTA dias - pleitear apoio ou patrocínio? Baseado em que? Muitas vezes, não sabem nem onde ou em que dia (!) vai acontecer o evento. O respeito tem que partir de nós mesmos. União (normal em qualquer mercado, não seria diferente neste) e criatividade, porque às vezes temos vários eventos num mesmo dia – e isso pulveriza apoios, personalidades, atletas, equipes. É fundamental que haja organização, estrutura, calendário e trabalho sério. Sem tudo isso, não vamos conseguir nada. Alguns produtores, depois de conseguirem os valores que pleitearam – SIMPLESMENTE COLOCAM DE LADO AQUELES QUE ACREDITARAM EM SEU PROJETO. Essa atitude acaba queimando todo o pessoal que labuta na área. Outros realmente se importam, trabalham com profissionalismo e já conseguem até marcar seus eventos com datas e locais antecipadamente. O que faz surgir a possibilidade de que possamos trabalhar com a certeza do que vai acontecer proporcionando credibilidade para que se possa captar recursos. A pergunta é: se alguns conseguem, por que os outros não seguem o exemplo? Por que não são profissionais como deveriam ser? É medo ou falta de humildade para assumirem suas falhas? Quem não é seguro consigo mesmo não vai conseguir confiar em seu próprio trabalho, e nem que alguém que possa executá-lo. Por isso, sugiro que abram a guarda, que se unam em prol do bem comum do nosso esporte, visando um crescimento maior. E que se lembrem de que GANHAR UMA VEZ SÓ - nem sempre vale a pena. Precisamos ser vistos como profissionais, e respeitados como tal: nós montamos o show e os atletas são os personagens principais. Se os respeitarmos, seremos respeitados. Sendo assim, está na hora de tomarmos vergonha e nos unirmos com um único objetivo. Do contrário, seremos vistos realmente como um bando de incompetentes que quer apenas ganhar uma “graninha” e “aparecer na foto”. Vão atrás, se organizem, criem um calendário. Em vez de se pulverizarem em várias federações, unifiquem e façam acontecer. Fonte: Tatame.com.br ______________________________________________________________________________ MINHA OPINIÃO: Po Xicão essa do Cyborg com 900 Kgs eu vi de perto. Acho que você acertou em 100% no que disse. A falta de apoio para atletas no Brasil é complicado. Infelizmente não é só nesta área que o Brasil está sem investimentos. Acho que com o profissionalismo que os EUA estão fazendo com o MMA logo logo deixaremos de ser chamados de pit boys ou outros termos que tanto conhecemos e que a Midia nos impôs. Exemplo disso é as Olimpiadas, nego ali se fudeu com suplementação, treinos, e vemos que tudo ( na grande maioria ) sai da grana dos próprios atletas. O brasileiro vai lá e tem um nível de competitividade mas na hora vemos claramente que estamos anos luz atrás dos grandes países. Acho que nossa saida seria as grandes empresas americanas e europeias descubrirem o valor dos lutadores brasileiros e iniciassem uma nova forma de patrocinio, assim como é no Futebol. Mas enquanto as bolsas não chegarem a milhões como no BOXE isso nunca acontecerá. É a lei do retorno. minha opinião é claro.
  2. coma

    Alejo Morales na Chute Boxe

    O técnico de Wrestling Alejo Morales agora faz parte da equipe Chute Boxe. Alejo fará um treinamento específico para os atletas com a adaptação do Wrestling para o MMA completando o corpo técnico da modalidade na equipe que conta com Fabinho, Cristopher Led, Zulu e agora Alejo Morales. Alejo Morales é muito famoso em Cuba seu pais de origem onde já treinou os maiores nomes da luta Olímpica. Agora desenvolve o seu trabalho no Brasil aliando técnica, conhecimento em um dos estilos mais conhecidos no mundo da Luta Olímpica. Em breve em nosso site uma entrevista completa com o técnico. fonte:http://www.chuteboxe.com.br/2007/index.php?option=com_content&task=view&id=450&Itemid=2
  3. coma

    Novo Evento Brasileiro de MMA!

    Podiam casar um da Chute Boxe ai.'
  4. Fonte: Wanderlei Silva ( site e blog )
  5. Acompanhe mais uma entrevista inédita com Wanderlei Silva em sua passagem pelo Brasil. Fonte: www.wanderleisilva.com.br ( obs: Já comprei uma camiseta igual ao do wandeco show de bola ( www.wandfc.com ) ).
  6. coma

    Rudimar vs knockdown

    MANOEL sabe que é zoação com ele. É pra descontrair e deixarmos de dar moral para o blog do miliante.
  7. coma

    Rudimar vs knockdown

    Ai galera o MANOEL é o tal do Pedro em pessoa. heheheheheh vai trabalhar meu ahahahah, O cara ta fazendo uma tempestade em copo d'agua. Lembro de um ´tópico do seu blog que ele mandou LIOTO MAXXCHIDA. hahahahahahah Homem cerca é fogo
  8. coma

    Rudimar vs knockdown

    Frases do tal do Pedro: Falando mal do site da Chute Boxe "Navegando pelos portais de MMA da net cheguei para visitar o site oficial da Academia Chute Boxe. Belo site, reformulado, com novas ferramentes de mídia, porém uma parcialidade terrível no tratamento dos atletas. " QUERIA O QUE? QUE O SITE DA ACADEMIA FALASSE MAL DA ACADEMIA CHUTE BOXE??? Lançando boatos sobre o Storm (acusando sem prova alguma) "Lutador chega no evento com luta acertada no valor de R$ 600. Ele sobe no ringue, disputa o combate, vence, mas na hora de receber toma um nocaute. Metade da grana fica para a academia dele, renomada internacionalmente. A outra metade, R$ 300, vira R$ 200, porque o dono do evento diz que os outros R$ 100 ele paga depois. Conclusão: dependendo do evento que você for lutar, cobre adiantado e esconda o dinheiro na sunga. PS: O fato é real e rolou num evento tradicional de Curitiba, ainda existente. O lutador é de uma grande academia e tem vários títulos em sua carreira." FICA FÁCIL LANÇAR BOATOS...POSSO LANÇAR UM DIZENDO QUE A MAMÃE DE ALGUM JORNALISTA ANDA COBRANDO CARO A BOLSA... Falta de respeito à Luiz Azeredo "Não é de hoje que eu venho dizendo que o Luiz Azeredo não figura mais entre os grandes lutadores. Fabricado pela mídia, após passagem canhestra pelo PRIDE" "Azeredo é o tipo de lutador que deveria se dedicar a ajudar os outros com sua experiência, passar para os mais novos sua bagagem." ---Contradições: De bom humor "Em Curitiba, graças aos intensos trabalhos de mestres como Rudimar Fedrigo, Fábio Noguchi, Osmar Dias, Edinei Pedroso, Naja, Rafael Cordeiro e tantos outros, que me desculpem se esqueci de alguém, somos referência no Muay Thai e no MMA mundial. Porém, a falta de uma imprensa crítica, que cubra os eventos sem fanatismo e protecionismo deixou a galera meio mal acostumada." De mau humor "Hostil, Rudimar exigiu que as críticas a cerca do Storm e da Chute Boxe terminem. Suas palavras, em tom ameaçador, sugeriam ao jornalista aqui que não seria bom telo como inimigo. Segundo ele, de um aliado, uma pessoa que ele tinha como amigo, eu me tornei um cara que só está fazendo bosta." Ingratidão... "Pois bem, não vou negar que Rudimar foi um grande apoiador de meu projeto, inclusive me abrindo portas no Pride para receber material direto do Japão. Fora isso, o empresário foi anunciante de minha extinta revista, a Nockdown, durante um ano." Ele é o machão do jornalismo curitibano "Nos próximos eventos estarei presente, cobrindo lance por lance dos combates e a quem interessar estou aberto a conversa, críticas, sugestões e ameaças, caso achem cabível." MENTIROSO, NUNCA MAIS FOI EM NENHUM EVENTO... Mais uma vez falando mal do site da Chute Boxe que lançou a matéria do Vitor Belfort segundo o que o próprio Vitor falou "O cara deu um oi aqui, ganhou uma mídia bacana e saiu fora. Pra não ficar vendida na história, a CB tratou de bombardear a mídia com sua “notícia inéditaâ€, não foi a Tatame que noticiou viu, falando que Belfort se preparava para o Afliction na sede da Praça do Japão. Putz, tudo balela de marketeiro de quitanda.. Por favor, não nos enganem mais, a gente fica chateado com essas coisas…" Falando mal do Gaúcho, Alessandro Renner (Dono do Predador) "O grande problema é que o produtor do evento, um gaúcho, resolveu se aliar a um gaúcho local, daqueles que não se empresta nem 10 centavos. Como o gaúcho do evento paulista não conhecia o gaúcho da cidade gaúcha, arriscou sua confiança no safado, que já fez uns eventinhos lá para aquelas bandas. O resultado, o gaúcho do evento paulista levou um tombo de R$ 40 mil do gaúcho dos pampas." Falando mal do Portal do Vale Tudo "Os†responsáveis†pelo site Portal do Vale Tudo mais uma vez falharam quando o assunto é RioHeroes, rinha de lutas onde homens lutam sem luvas e sem limite de tempo." "Agora, mais uma vez peca e dobra o erro permitindo a divulgação da rinha em seu fórum de discussões. Fica aqui o protesto de um jornalista para o descaso quanto ao conteúdo postado nesse site que tanto colabora com a promoção do verdadeiro MMA." "Não é de hoje que os responsáveis pelo Portal do Vale Tudo não vão com a minha cara, isso eu sei, porém, nessa semana uma informação chegou até mim dando conta de que notícias deste humilde blog são barradas no poderoso PVT." "Até a data de hoje, nenhuma resposta foi dada. Também pudera, quem sou eu para pedir a atenção do poderoso PVT, aquele portalzão másculo feito por profissionais ricos em testosterona. Pois bem, enviei novo email aos poderosos, sou chato mesmo, na tentativa de uma satisfação sobre a suposta proibição de veiculação das notícias do meu blog no fórum do superfantástico PVT." Falando do Muay Thai de Curitiba "Curitiba, a capital brasileira do Muay Thai e também da palhaçada" O Perseguido, ele comenta os eventos via satélite, porque não vai a nenhum e comenta sobre os níveis das lutas, é nova essa... "Tá bom, antes de começar a escrever este artigo faço as honras pelos revoltadinhos e cupinchas de plantão; “eu não estava no eventoâ€, “eu estava com medoâ€, “eu sou um mau jornalistaâ€, “eu não tenho éticaâ€, â€eu deveria me informar mais antes de escreverâ€, e por aí vai. Feitas as honras da casa, vamos ao que interessa." Sobre Osmar Dias, Mestre de Muay Thai e dono da Academia Thai Boxe "Na última rodada do Estímulo de Muay Thai, realizada na sexta-feira, dia 27, o que seria a luta principal do evento virou a atração do picadeiro, da cartolagem e do favorzinho. Pois bem, vamos aos protagonistas da mais nova comédia do Muay Thai “profissional†de Curitiba. Os protagonistas - Osmar Dias, líder da academia Thai Boxe, produtor do Estímulo e padrinho da equipe Jr Águiar Team, e Juliana Aguiar, atleta da Jr Aguiar Team." João sem braço "Ao noticiar a vinda de Vitor Belfort para treinar na Chute Boxe, errei afirmando que a Tatame foi a primeira a noticiar, sendo que o primeiro veículo foi o site da Chute Boxe. O contato alertando do erro foi feito por Vitor Hugo, responsável do site. Um erro horrível, podem me zoar no comentário me chamar de burro e tudo mais, afinal de contas não chequei a fonte, erro grotesco para jornalistas. Burro!!!!" O mundo persegue Pedro "Pois bem, quando achava que tudo estava voltando ao normal, um telefonema para a redação do Jornal Correio de Araucária, periódico que sou editor, me alerta para uma dupla que estaria me “detonando†no interior do QG da Chute Boxe, na Praça do Japão. Segundo informações, esses, um atleta da CB e o outro, um gurizão que não sai de lá de dentro, estariam tentando promover uma retalhação contra o jornalista aqui." "Fico nauseado com tamanha falta de ética e respeito por parte de dois, três indivíduos que tentam tirar vantagem e ganhar moral detonando o trabalho alheio." Falando mal da Equipe Paraná Vale Tudo (Equipe de Curitiba) "Após comentar e reafirmar meus comentários sobre o Estímulo de Muay Thai e, consequentemente, sobre a luta entre Ules Algaci (Thai Boxe) e Shyudi Yamauch (PRVT) diversos comentários chegaram aqui. Alguns bem coerentes e munidos de embasamento, embora pessoal, mas com relevância, dos quais todos foram publicados. Porém, alguns elementos que se intitulam admiradores do garoto da PRVT proferiram ameaças, inclusive de lesões corporais contra esse jornalista aqui."
  9. coma

    Rudimar vs knockdown

    Ixxi se eu fosse a moderação fechava esse tópico. Vai dar pano pra manga.
  10. Esta semana trouxemos mais um pouco da super entrevista com Wanderlei Silva. Confira no video abaixo um pouco mais da vida e da opinião de um dos maiores lutadores de MMA de todos os tempos. Fonte: www.wanderleisilva.com.br
  11. Também acho pop, treino é treino e nunca se comenta. O que rola pra valer é nos ringues. Eu não ficaria surpreso em saber também que o forrest foi nocauteado nos treinos por alguem.
  12. coma

    Entrevista com Matt Lindland

    Entrevista fraquinha. Só rspostas bem básicas.
  13. coma

    Aniversário de Wanderlei Silva hoje! Parabéns pra ele!

    http://www.wanderleisilva.com.br/blog/inde...=3#usercomments
  14. coma

    (Video) Entrevista com Wanderlei Silva

    VAmos mandar presentes heheheh Travessa Rafael Franco Greca, 50 sla 62 - Agua Verde