Sign in to follow this  
Ultimate Fighter

Jon Jones com medo da ‘magia’ de Poatan? ‘Bones’ faz alerta sobre o tema: ‘Tudo isso é real

Recommended Posts

Jon Jones com medo da ‘magia’ de Poatan? ‘Bones’ faz alerta sobre o tema: ‘Tudo isso é real’

 

Jon Jones não citou Poatan, mas foi mais um a falar sobre "questões espirituais" nas lutas de MMA; veja mais e opine

Por Mateus Machado • 4 de julho de 2024 • UFC, MMA
Compartilhar
  •  
  •  
  •  
 

Jon Jones com medo da ‘magia’ de Poatan? ‘Bones’ faz alerta sobre o tema: ‘Tudo isso é real’

 

Jon Jones não citou Poatan, mas foi mais um a falar sobre "questões espirituais" nas lutas de MMA (Foto: Reprodução)

 

 
 

Nos últimos dias, Jiri Prochazka deu a entender que Alex Poatan fazia uso de “magias” e “rituais” em suas lutas dentro do UFC e o assunto repercutiu bastante no meio do MMA em meio à semana do UFC 303, que aconteceu no último sábado (29). Agora, foi a vez de Jon Jones também dar a sua opinião sobre o polêmico tema.

Por meio das suas redes sociais, o atual campeão linear peso-pesado do Ultimate não citou o nome de Alex Poatan, mas deixou claro que já “testemunhou” momentos em que seus oponentes e até mesmo a atmosfera da arena onde os duelos acontecem pareciam estar envolvidos por “espíritos”.

“Ultimamente, tem se falado muito sobre canalização de espíritos e magia no MMA. Tudo isso é muito real. Senti todos os tipos de energias estranhas entrando nessas arenas. Olhar nos olhos de certos oponentes. Quero que todos saibam que Jesus Cristo é rei, ele é e sempre será invicto. Todo joelho se dobrará”, escreveu “Bones” em sua conta oficial no “X” (antigo Twitter).

 

Vale ressaltar que, após Jiri Prochazka sinalizar que Alex Poatan possivelmente busca “forças espirituais” e fazia uso de “rituais” para suas lutas, o brasileiro respondeu o tcheco afirmando que, acima de tudo, está protegido por Deus.

“Sei que ele fala muito sobre espiritualidade. Só para ele saber, o mesmo Deus que nos abençoou é aquele que nos protege. Rezo muito por ele e para que eu fique bem depois dessa luta”, disse Poatan em entrevista aos jornalistas após derrotar Prochazka por nocaute na luta principal do UFC 303.

Para conferir mais notícias sobre Alex Poatan no UFC 303clique aqui

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jon Jones tem razão, muitos espíritos atrasados e mal intencionados vão até esses lugares se alimentar da energia de adrenalina que é produzida pela euforia da plateia e dos lutadores, lutadores com mais sensibilidade sentem isso e se não tiver cabeça treme na base.

Diria até que o Vitor belfort é um exemplo de atleta com certa mediunidade, muito da fama de medo que ele tinha em alguns combates provavelmente eram de origem espiritual, que ele por na época desconhecer tal sensibilidade achava que o medo era dele próprio.

Podem observar que o apego dele exagerado a uma religião só denuncia que foi o jeito que ele encontrou de lidar melhor com tal sensibilidade, não foi apenas a morte da irmã que empurrou ele pra religião, muito antes disso, ele já dava sinais de convertimento.

Outro cara que tinha uma sensibilidade pra perceber essas coisas mas ao contrário do Belfort reagia com coragem excessiva (beirando a arrogância) era o Macaco, que igualmente se converteu, imaginem o que ele não deve ter sentido de energia ruim nos ringues que subiu pra chegar a tal ponto, Ryan Gracie era outro mas esse não teve tempo de aprender a lidar com a mediunidade em desequilíbrio, morreu antes.

Jones pelo jeito é um que tbm percebe essas questões espirituais, a vida bagunçada fora do cage é um indício disso.

Só discordo quando ele diz que Jesus é rei e os joelhos de todos irão dobrar, a frase em si eu concordo, mas o contexto não, ele da a entender que os rituais indígenas do Poatan são uma espécie de macumba ligadas a espíritos do mal, inimigos de Jesus. 

Na verdade na espiritualidade não existem rótulos e todos os espíritos ligados ao bem, independente da crença se unem pra trabalharem juntos pelo bem da humanidade, aqueles que na terra foram padres, sacerdotes, espíritas, umbandistas, caboclos, índios, evangélicos, se eram honestos e tinham boa intenção trabalham juntos do lado de lá.

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 minutos atrás, Timbó disse:

Aí dentro, velho kkkkkkkkkkk

Vc é  cearense?  Em Fortal que fui aí, o povo dizia "aí dentro "

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutos atrás, Ultimate Fighter disse:

Jon Jones tem razão, muitos espíritos atrasados e mal intencionados vão até esses lugares se alimentar da energia de adrenalina que é produzida pela euforia da plateia e dos lutadores, lutadores com mais sensibilidade sentem isso e se não tiver cabeça treme na base.

Diria até que o Vitor belfort é um exemplo de atleta com certa mediunidade, muito da fama de medo que ele tinha em alguns combates provavelmente eram de origem espiritual, que ele por na época desconhecer tal sensibilidade achava que o medo era dele próprio.

Podem observar que o apego dele exagerado a uma religião só denuncia que foi o jeito que ele encontrou de lidar melhor com tal sensibilidade, não foi apenas a morte da irmã que empurrou ele pra religião, muito antes disso, ele já dava sinais de convertimento.

Outro cara que tinha uma sensibilidade pra perceber essas coisas mas ao contrário do Belfort reagia com coragem excessiva (beirando a arrogância) era o Macaco, que igualmente se converteu, imaginem o que ele não deve ter sentido de energia ruim nos ringues que subiu pra chegar a tal ponto, Ryan Gracie era outro mas esse não teve tempo de aprender a lidar com a mediunidade em desequilíbrio, morreu antes.

Jones pelo jeito é um que tbm percebe essas questões espirituais, a vida bagunçada fora do cage é um indício disso.

Só discordo quando ele diz que Jesus é rei e os joelhos de todos irão dobrar, a frase em si eu concordo, mas o contexto não, ele da a entender que os rituais indígenas do Poatan são uma espécie de macumba ligadas a espíritos do mal, inimigos de Jesus. 

Na verdade na espiritualidade não existem rótulos e todos os espíritos ligados ao bem, independente da crença se unem pra trabalharem juntos pelo bem da humanidade, aqueles que na terra foram padres, sacerdotes, espíritas, umbandistas, caboclos, índios, evangélicos, se eram honestos e tinham boa intenção trabalham juntos do lado de lá.

Existe isso sim. Espiritismo utiliza o termo espíritos inferiores ou zombeteiros. Evangélicos chamam de demônios.

qdo a pessoa está com pensamentos ruins eles conseguem colar nela. Não sei te falar se eles gostam de arenas de lutas. Até onde sei gostam de boca de fumo, zona, etc.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, NOCAUTE! disse:

Existe isso sim. Espiritismo utiliza o termo espíritos inferiores ou zombeteiros. Evangélicos chamam de demônios.

qdo a pessoa está com pensamentos ruins eles conseguem colar nela. Não sei te falar se eles gostam de arenas de lutas. Até onde sei gostam de boca de fumo, zona, etc.

Acredito piamente  em Deus , mas ele não  se mete nesse tinha de galos humana que é  exatamente  isso que as lutas são. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, NOCAUTE! disse:

Mas no caso do Jon jones e magia em po Colombiana!

Kkkkkkkk! Boa!

 

8 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Acredito piamente  em Deus , mas ele não  se mete nesse tinha de galos humana que é  exatamente  isso que as lutas são. 

 

Exato. E cada um acredita no que quer, mas na hora que sobe no ringue  ou 8 a porrada canta e o resto e choro de perdedor.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, NOCAUTE! disse:

Existe isso sim. Espiritismo utiliza o termo espíritos inferiores ou zombeteiros. Evangélicos chamam de demônios.

qdo a pessoa está com pensamentos ruins eles conseguem colar nela. Não sei te falar se eles gostam de arenas de lutas. Até onde sei gostam de boca de fumo, zona, etc.

Os espíritos na verdade são pessoas iguais a nós, cheios de vícios e tendências, a diferença é que eles já não tem mais o corpo físico, morreram.

Se nós morrermos hoje, com vícios e tendências negativas vamos nos juntar ao time desses espíritos "zombeteiros" "inferiores" e "obsessores".

Esses espíritos estão ainda viciados nas sensações físicas que o corpo físico proporcionava, e como no plano espiritual eles não conseguem reproduzir essas sensações sozinhos, acabam ficando por aqui, vagando atrás de humanos suscetíveis a suas influências, quando encontram, colam neles como sanguessugas, eles frequentam sim bares, butecos, baladas, essas casas de swings, motéis, tudo pra pegar a energia vital que os vivos da terra tem de sobra e fornecem com seus excessos.

Não são só esses lugares que eles frequentam, o sangue por exemplo tem muita energia vital, muitos desses espíritos se concentram nas portas desses abatedouros de animais, e ficam praticamente lambendo o sangue dos animais abatidos, pois os fluidos energéticos contidos no sangue ainda permanecem por um certo tempo mesmo após o abate do animal, agora imagine no MMA, que tbm tem sangue.

No caso dos eventos de lutas, tudo que tem violência esses espíritos estão no meio, as ondas psíquicas de ódio, torcida, de extravaso tudo isso gera uma espécie de matéria que nós não enxergamos, mas eles espíritos enxergam e se utilizam disso para práticas obsessivas e etc..

Mas vai depender da intenção de quem está assistindo ou competindo, um atleta por exemplo que luta apenas pra se testar, que encara a coisa como um esporte, mas não tem sentimento de raiva envolvido, que tem boas intenções em relação ao que fazer com a bolsa que ganha (ajudar o instituições de caridade por exemplo) tem mais chances de ficar imune a esse tipo de influência espiritual negativa.

Mas não são só esportes violentos que estão sujeitos a esse tipo de influência espiritual negativa, como eu disse antes, a violência está na intenção e não só no ato físico, o futebol, o tênis de mesa e até a ginástica artística estão sujeitos a esse tipo de influência. Até mesmo as programações de tv, novelas, séries, programas de fofoca, notícias ruins nesses jornais sensacionalistas, tudo que baixa o padrão vibratório daqueles que assistem é um prato cheio pra esses espíritos.

E como o Jon Jones disse, a maior defesa contra isso é a oração, vc não precisa virar um crente e andar com a bíblia debaixo do braço, basta ter uma conexão com Deus, ter o costume de orar e agradecer ao criador o dom da vida, de estar respirando etc.

Ao contrário do que o Nego d'água disse, Deus está em todos os lugares, vc só precisa estar em sintonia com ele através do pensamento, mesmo que esteja no meio de uma arena, em um presídio, ou no fim do mundo.

O próprio Jesus se formos conhecer sua história, preferia estar na companhia dos excluídos do mundo, prostitutas, ladrões, exercendo sobre eles a sua boa influência e mudando suas condutas através do bom exemplo.

Quem acredita em espíritismo  TBM acredita em reencarnação, agora imagina um sujeito que em uma encarnação passada foi um gladiador maldoso, extremamente habilidoso que não só matava seus oponentes no Coliseu como sentia prazer fazendo isso, ao desencarnar, Deus que é só bondade, sabendo que esse gladiador ainda não desenvolveu outras habilidades, pode permitir que ele reencarne em um outro corpo, porém  ainda com essas habilidades de combate inatas, que vão florescer na adolescência e as vezes até mesmo na infância, se esse espírito reencarnado, for bem orientado pela família, pode seguir em uma arte marcial, ter grande sucesso e mudar não só a sua vida como ajudar muita gente ao seu redor, com institutos que incentivam a prática de esporte oferecendo estudos para muitas crianças carentes e etc.

Tudo isso é Deus agindo, mas depende muito do livre arbítrio da pessoa, ela pode optar por mudar e fazer o bem mesmo pertencendo ah um esporte "violento" ou descambar de vez e só continuar fazendo merda atrás de merda, exemplos de lutadores assim hoje não faltam, e espíritos para influencia-los a manterem seus maus instintos não faltam.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Acredito piamente  em Deus , mas ele não  se mete nesse tinha de galos humana que é  exatamente  isso que as lutas são. 

 

nao se mete, acho que seria injusto.

 

mas esse parada de encosto existe mesmo. Não como o Jones falou, de chegar na hora da luta e tentar atrapalhar. mas há sim locais pesados.... e pessoas que estão tao deprimidas que atrai.

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, NOCAUTE! disse:

nao se mete, acho que seria injusto.

 

mas esse parada de encosto existe mesmo. Não como o Jones falou, de chegar na hora da luta e tentar atrapalhar. mas há sim locais pesados.... e pessoas que estão tao deprimidas que atrai.

Sou baiano  né pai.....de encosto a gente é  entendido...

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 minutos atrás, NEGO DÁGUA disse:

Sou baiano  né pai.....de encosto a gente é  entendido...

mexeu já o caldeirão nego? ahahahah

Share this post


Link to post
Share on other sites
34 minutos atrás, NOCAUTE! disse:

mexeu já o caldeirão nego? ahahahah

Kkkkkkk, é  bruxaria é? Kkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this