Sign in to follow this  
pipo

História do título dos leves do UFC: Jens Pulver, Islam Makhachev, Khabib, Conor e mais

Recommended Posts

 

 

 
 
UFC-Lightweight-Chronology-Thumb-May-2024.jpg?w=1000&h=600&crop=1
28 de maio de 2024, 8h00 horário do leste dos EUA
 

O título dos leves está em jogo no sábado, na luta principal do UFC 302, quando o campeão Islam Makhachev (25-1 MMA, 14-1 UFC) tenta a terceira defesa do título contra o ex-campeão interino Dustin Poirier (30-8 MMA, 22-7 UFC). ).

Se Makhachev vencer – ele é um favorito proibitivo nas apostas por cerca de 6-1 – ele empatará o recorde do UFC de maior número de defesas de título dos leves, com três.

Antes do que pode ser uma luta histórica pelo título, dê uma olhada na história cronológica do cinturão dos leves do UFC.

Jens Pulver

Jens-Pulver-UFC-30-video.png

Jens Pulver, UFC 30

Data: 23 de fevereiro de 2001
Evento: UFC 30
Adversário: Caol Uno
Reinado total: 393 dias
Defesas de título: Dennis Hallman (UFC 33), BJ Penn (UFC 35)
Notas: Pulver foi o primeiro campeão peso leve do UFC. Depois de duas defesas de título em menos de um ano, ele perdeu o cinturão em março de 2002, após deixar a promoção em uma disputa contratual. Pulver foi incluído na Ala Pioneira do Hall da Fama do UFC em 2023.

Sean Sherk

Sean-Sherk-UFC-64-video.png

Sean Sherk, UFC 64

Data: 14 de outubro de 2006
Evento: UFC 64
Adversário: Kenny Florian
Reinado total: 420 dias
Defesas de título: Hermes Franca (UFC 73)
Notas: O título permaneceu vago por anos depois que Pulver deixou o UFC, em parte graças a um empate no final de um torneio de quatro homens pelo cinturão em 2003. Sherk perdeu o título em dezembro de 2007 após um resultado positivo no teste de esteróides.

BJ Penn

BJ-Penn-UFC-80-video.png

BJ Penn, UFC 80

Data: 19 de janeiro de 2008
Evento: UFC 80
Adversário: Joe Stevenson
Reinado total: 812 dias
Defesas de título: Sean Sherk (UFC 84), Kenny Florian (UFC 101), Diego Sanchez (UFC 107)
Notas: Penn, membro do a classe Hall da Fama do UFC de 2015, continua sendo o porta-estandarte dos pesos leves. Ele tem mais lutas pelo título dos leves do que qualquer outro na história do UFC. Ele conquistou o título dos meio-médios após seu reinado nos leves.

Frankie Edgar

Frankie-Edgar-UFC-112-video.png

Frankie Edgar, UFC 112

Data: 10 de abril de 2010
Evento: UFC 112
Adversário: BJ Penn
Reinado total: 687 dias
Defesas de título: BJ Penn (UFC 118), Gray Maynard (empate no UFC 125; vitória no UFC 136)
Notas: Edgar encerrou o longo reinado de Penn, em seguida, venceu-o novamente em uma revanche antes de duas lutas com Maynard. Edgar, 11 vezes vencedor de bônus, será incluído no Hall da Fama do UFC no próximo mês.

 

Benson Henderson

Benson-Henderson-UFC-144-video.png

Benson Henderson, UFC 144

Data: 26 de fevereiro de 2012
Evento: UFC 144
Adversário: Frankie Edgar
Reinado total: 552 dias
Defesas de título: Frankie Edgar (UFC 150), Nate Diaz (UFC on FOX 5), Gilbert Melendez (UFC on FOX 7)
Notas: Henderson , ex-campeão peso leve do WEC, pegou mais uma peça de hardware e surpreendeu Edgar para encerrar seu reinado. Junto com Khabib Nurmagomedov e Edgar, ele está empatado no topo do maior número de defesas de título dos leves, com três.

 

Antonio Pettis

Anthony-Pettis-UFC-164-video.png

Anthony Pettis, UFC 164

Data: 31 de agosto de 2013
Evento: UFC 164
Adversário: Benson Henderson
Reinado total: 560 dias
Defesas de título: Gilbert Melendez (UFC 181)
Notas: Pettis interrompeu o longo reinado de título de Henderson, que incluiu três defesas bem-sucedidas, as melhores da divisão. A vitória de Pettis sobre Henderson foi a segunda na luta pelo título em menos de dois anos. Ele também o venceu para ganhar o título do WEC no evento final daquela promoção em 2010.

 

Rafael dos Anjos

rafael-dos-anjos-ufc-1852.jpg

Rafael dos Anjos no UFC 185.

Data: 14 de março de 2015
Evento: UFC 185
Adversário: Anthony Pettis
Reinado total: 481 dias
Defesas de título: Donald Cerrone
Notas: Dos Anjos se tornou o primeiro não-americano a ganhar o título dos leves do UFC quando derrotou “Showtime” durante os Wheaties de Pettis dias de capa de caixa. RDA finalizou rapidamente “Cowboy” Cerrone no primeiro round em sua única defesa de título.

 

Eddie Álvarez

eddie-alvarez-ufc-fight-night-90-postfig

Eddie Alvarez, UFC Fight Night 90

Data: 7 de julho de 2016
Evento: UFC Fight Night 90
Adversário: Rafael dos Anjos
Reinado total: 128 dias
Defesas de título: Nenhuma
Notas: O reinado de Alvarez como campeão é o mais curto da história da divisão e um dos mais curtos da história do UFC, independente de classe de peso. O ex-campeão dos leves do Bellator conquistou o cinturão apenas em sua quarta luta no UFC.

 

Conor McGregor

conor-mcgregor-ufc-205.jpg

Conor McGregor, UFC 205

Data: 12 de novembro de 2016
Evento: UFC 205
Oponente: Eddie Alvarez
Reinado total: 511 dias
Defesas de título: Nenhuma
Notas: McGregor se tornou famoso no primeiro lutador na história do UFC a deter dois títulos ao mesmo tempo quando derrotou Alvarez para adicionar o título dos leves ao cinturão dos penas. Mas então ele nunca defendeu nenhum dos dois e foi despojado de ambos.

 

Tony Ferguson (interino)

tony-ferguson-joe-rogan-ufc-216.jpg

Tony Ferguson no UFC 216.

Data: 7 de outubro de 2017
Evento: UFC 216
Adversário: Kevin Lee
Notas: Ferguson conquistou um título provisório enquanto Conor McGregor lutou uma luta de boxe com Floyd Mayweather. Mais tarde, ele foi destituído do cinturão interino devido a uma lesão.

 

Khabib Nurmagomedov

khabib-nurmagomedov-ufc-223.jpg

Khabib Nurmagomedov no UFC 223.

Data: 7 de abril de 2018
Evento: UFC 223
Adversário: Al Iaquinta
Reinado total: 1.077 dias
Defesas de título: Conor McGregor (UFC 229), Dustin Poirier (UFC 242), Justin Gaethje (UFC 254)
Notas: Nurmagomedov deveria lutar contra Tony Ferguson, que desistiu. O então campeão peso pena Max Holloway interveio, mas foi retirado no dia da pesagem. Por causa do incidente no ônibus de Conor McGregor dois dias antes, vários combatentes estavam no vento. Anthony Pettis precisava de um novo adversário, mas estava acima do peso. Paul Felder foi rejeitado pela comissão de Nova York. Então, em vez disso, Iaquinta lutou com Nurmagomedov em vez de Felder pelo que era, em essência, um título vago – embora McGregor ainda não tivesse sido destituído por inatividade.

 

Dustin Poirier (interino)

dustin-poirier-max-holloway-ufc-236-gett

ATLANTA, GEÓRGIA – 13 DE ABRIL: Dustin Poirier comemora após receber o cinturão do presidente do UFC, Dana White, durante o evento UFC 236 na State Farm Arena em 13 de abril de 2019 em Atlanta, Geórgia. (Foto de Logan Riely/Getty Images)

Data: 13 de abril de 2019
Evento: UFC 236
Oponente: Max Holloway
Notas: Quando Khabib Nurmagomedov foi suspenso por nove meses por sua participação na briga pós-luta do UFC 229 com Conor McGregor, Poirier venceu o então campeão peso-pena Holloway para ganhar a vaga título. Ele perdeu para Nurmagomedov no final daquele ano em uma luta de unificação.

 

Justin Gaethje (interino)

justin-gaethje-tony-ferguson-ufc-249-7.j

9 de maio de 2020; Jacksonville, Flórida, EUA; Dana White coloca o cinturão do campeonato em Justin Gaethje (luvas azuis) após derrotar Tony Ferguson (luvas vermelhas) durante o UFC 249 no VyStar Veterans Memorial Arena. Crédito obrigatório: Jasen Vinlove-USA TODAY Sports

Data: 9 de maio de 2020
Evento: UFC 249
Adversário: Tony Ferguson
Notas: Quando Khabib Nurmagomedov não pôde deixar a Rússia devido a restrições de viagens aéreas no início da pandemia de COVID-19, Gaethje interveio em pouco tempo e dominou Ferguson para vencer o interino cinto. Ele perdeu uma luta pela unificação do título naquele ano para Nurmagomedov, que se aposentou após a luta – deixando o cinturão vago mais uma vez.

 

Carlos Oliveira

charles-oliveira-ufc-262-getty-2.jpg

HOUSTON, TEXAS – 15 DE MAIO: Dana White coloca o cinturão em Charles Oliveira depois que ele derrotou Michael Chandler durante a luta pelo título dos leves do UFC 262 no Toyota Center em 15 de maio de 2021 em Houston, Texas. (Foto de Carmen Mandato/Getty Images) ORG XMIT: 775648973 ID DO ARQUIVO ORIG: 1318236868

Data: 15 de maio de 2021
Evento: UFC 262
Adversário: Michael Chandler
Reinado total: 357 dias
Defesas de título: Dustin Poirier (UFC 269)
Notas: Oliveira perdeu o título em 2 de maio de 2022, quando perdeu peso na defesa de título contra Justin Gaethje. Oliveira venceu a luta, mas não conseguiu reconquistar o cinturão e este ficou vago.

 

Islã Makhachev

islam-makhachev-charles-oliveira-ufc-280

Islã Makhachev

Data: 22 de outubro de 2022
Evento: UFC 280
Adversário: Charles Oliveira
Reinado total: Titular
Defesas de título: Alexander Volkanovski (UFC 284), Volkanovski (UFC 294)
Notas: Makhachev venceu Oliveira para conquistar o cinturão Oliveira teve que desocupar por falta de peso . Então ele interrompeu as tentativas consecutivas de Volkanovski de se tornar campeão de duas divisões. O parceiro de treino de longa data Khabib Nurmagomedov e amigo próximo da família é considerado um dos melhores lutadores peso por peso do mundo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

BJ, Edgar, Bendo e Khabib defenderam o cinturão 3 vezes, mas somente Khabib e BJ conseguiram finalizar nas 3 defesas. Talvez o Makhachev quebre o recorde de defesas na categoria

Share this post


Link to post
Share on other sites

Macachev se ganhar do Dustin iguala o recorde da categoria tendo enfrentado somente um atual peso leve que veio dos galos! (2x defendeu contra o volka) 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, Trihou disse:

Macachev se ganhar do Dustin iguala o recorde da categoria tendo enfrentado somente um atual peso leve que veio dos galos! (2x defendeu contra o volka) 

Ele não tem culpa se o Charles não apareceu pra lutar, né

Share this post


Link to post
Share on other sites

Islam pode queimar minha lingua mas acho que o único ser que poderia ter quebrado essa maldição do reinado curto no peso leve era o Khabib.

Não consigo ver ninguém defendendo esse título por um tempo relevante.

Makhachev ter enfrentado um peso pena 2x como defesa de título é até ofensivo.

Share this post


Link to post
Share on other sites

vendo o cenário hoje da categoria, não vejo ngm vencendo o Mackachev, nem venceria o Khabib

mas sigo na minha torcida por um nocaute do Poirier

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 horas atrás, pipo disse:

vendo o cenário hoje da categoria, não vejo ngm vencendo o Mackachev, nem venceria o Khabib

mas sigo na minha torcida por um nocaute do Poirier

Acho que é questão de tempo para aplicarem táticas e estratégias de anti jogo para o jogo da escola da daguestão. Estão com o alvo nas costas desde o Khabib. A cada luta o povo vai coletando mais informações e experiência do que pode ou não dar certo. Nao sei se vai demorar não... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutos atrás, Daniel Mendoza disse:

Acho que é questão de tempo para aplicarem táticas e estratégias de anti jogo para o jogo da escola da daguestão. Estão com o alvo nas costas desde o Khabib. A cada luta o povo vai coletando mais informações e experiência do que pode ou não dar certo. Nao sei se vai demorar não... 

O jogo do Daguestão teoricamente é simples de ser anulado - um bom striker com uma ótima defesa de quedas nocautearia o Mackachev ou nocautearia o Khabib, isto que eu acredito que todo mundo tá tentando executar pois aplicar JJ acho mais complicado, os caras são bons demais no grappling por cima, defendem bem tentativas de finalização, tem um gnp agressivo.

O x da questão é que da mesma forma que os adversários estão estudando e tentando impor isto os caras estão se aprimorando no que fazem bem também e adicionando novos elementos ao jogo deles, como o próprio JJ  e refinando o striking, a prova é o striking do Mackachev x o do Khabib. Eles tem um estilo de vida e uma mentalidade muito fortes para o jogo, para a evolução, este é o diferencial deles que é difícil de ser replicado, além desta base deles que eu acho perfeita para o MMA , muito bem pensada pelo Sr Abdulmanap Nurmagomedov.

A ATT tem excelentes estrategistas e é isto que o Poirier vai tentar fazer, vou torcer por ele inclusive, acho que o cara merece isto pela carreira que teve mas acho bem difícil, dou um favoristismo de 80/20 nesta luta pro russo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 horas atrás, pipo disse:

vendo o cenário hoje da categoria, não vejo ngm vencendo o Mackachev, nem venceria o Khabib

mas sigo na minha torcida por um nocaute do Poirier

Pior q to nessa mesma pegada aí kkkk 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

Acho que é questão de tempo para aplicarem táticas e estratégias de anti jogo para o jogo da escola da daguestão. Estão com o alvo nas costas desde o Khabib. A cada luta o povo vai coletando mais informações e experiência do que pode ou não dar certo. Nao sei se vai demorar não... 

 

1 hora atrás, João P disse:

O jogo do Daguestão teoricamente é simples de ser anulado - um bom striker com uma ótima defesa de quedas nocautearia o Mackachev ou nocautearia o Khabib, isto que eu acredito que todo mundo tá tentando executar pois aplicar JJ acho mais complicado, os caras são bons demais no grappling por cima, defendem bem tentativas de finalização, tem um gnp agressivo.

O x da questão é que da mesma forma que os adversários estão estudando e tentando impor isto os caras estão se aprimorando no que fazem bem também e adicionando novos elementos ao jogo deles, como o próprio JJ  e refinando o striking, a prova é o striking do Mackachev x o do Khabib. Eles tem um estilo de vida e uma mentalidade muito fortes para o jogo, para a evolução, este é o diferencial deles que é difícil de ser replicado, além desta base deles que eu acho perfeita para o MMA , muito bem pensada pelo Sr Abdulmanap Nurmagomedov.

A ATT tem excelentes estrategistas e é isto que o Poirier vai tentar fazer, vou torcer por ele inclusive, acho que o cara merece isto pela carreira que teve mas acho bem difícil, dou um favoristismo de 80/20 nesta luta pro russo.

Vou soltar um chapeu de alumínio aqui...

Pra mim, nocautear esses Russos é quase impossível - mesmo sabendo que o Maka já foi nocauteado....

Rola alguma substância nesses caras... É muito vigor, muita resistência pra quem perde tanto peso.

 

Pra mim, desde o Fedor, é difícil ter tática com esses caras. Eles explodem muito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mauricio Ruffy ta vindo aí… os barbichas sem bigode ja tao com a barba arrepiada por isso! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

Acho que é questão de tempo para aplicarem táticas e estratégias de anti jogo para o jogo da escola da daguestão. Estão com o alvo nas costas desde o Khabib. A cada luta o povo vai coletando mais informações e experiência do que pode ou não dar certo. Nao sei se vai demorar não... 

Problema é que já tem um tempinho, né? 

Khabib fez sua estreia no UFC em 2012, são 12 anos de lá pra cá. Treinadores como Rafael Cordeiro, Trevor Wittman, Greg Jackson, Cachorrão, Mike Brown, nenhum conseguiu elaborar um anti-jogo pra parar o jogo desses caras

Na teoria é "fácil": defender as quedas e trabalhar muito a saída do clinch, além de saber se desvencilhar daqueles domínios específicos deles no grappling (cadeado nas pernas, por exemplo), o problema é que no esporte em geral temos exemplos de caras que sempre faziam a mesma coisa e basicamente sempre dava certo, exemplo: Garrincha sempre driblava pro lado direito, mas ninguém pegava, Karelin com seu body lock reverso, Roger Gracie e sua montada (finalizou todos os oponentes num mundial finalizando da montada), enfim

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
6 horas atrás, João P disse:

O jogo do Daguestão teoricamente é simples de ser anulado - um bom striker com uma ótima defesa de quedas nocautearia o Mackachev ou nocautearia o Khabib, isto que eu acredito que todo mundo tá tentando executar pois aplicar JJ acho mais complicado, os caras são bons demais no grappling por cima, defendem bem tentativas de finalização, tem um gnp agressivo.

O x da questão é que da mesma forma que os adversários estão estudando e tentando impor isto os caras estão se aprimorando no que fazem bem também e adicionando novos elementos ao jogo deles, como o próprio JJ  e refinando o striking, a prova é o striking do Mackachev x o do Khabib. Eles tem um estilo de vida e uma mentalidade muito fortes para o jogo, para a evolução, este é o diferencial deles que é difícil de ser replicado, além desta base deles que eu acho perfeita para o MMA , muito bem pensada pelo Sr Abdulmanap Nurmagomedov.

A ATT tem excelentes estrategistas e é isto que o Poirier vai tentar fazer, vou torcer por ele inclusive, acho que o cara merece isto pela carreira que teve mas acho bem difícil, dou um favoristismo de 80/20 nesta luta pro russo.

Esse tipo de lutador seria o Aldo com 10 kg e 10 cm a mais (lá ele). O bicho no auge era um anti-wrestler natural, defesa de quedas absurda, tempo de defesa muito foda. É tanto que anulou as quedas de Mendes e Edgar, dois ótimos wrestlers. Ou até mesmo o GSP, que apesar do background ser no striking, é facilmente um dos 3 melhores wrestlers da história do UFC

E sobre essa questão que vc mencionou em relação ao estilo de vida dos caras, isso pesa muito

Pensa que desde crianças eles são condicionados a praticar artes marciais e treinar de forma árdua, comendo e bebendo de forma regrada (muçulmanos não consomem álcool), sem perder tempo com festas, mulheres, etc. Os caras tão há basicamente uns 25 anos treinando constantemente de uma maneira quase militar, o corpo e a mente ficam moldados de uma forma que é difícil pra nós entendermos 

Edited by Timbó

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se os adversários não tiverem uma base de wrestling muito forte(ou uma defesa de quedas nível Aldo) não vão conseguir anular o jogo desses caras.

Uma pequena dúvida, pra vocês quem venceria Makhachev ou Khabib?

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Timbó disse:

Esse tipo de lutador seria o Aldo com 10 kg e 10 cm a mais (lá ele). O bicho no auge era um anti-wrestler natural, defesa de quedas absurda, tempo de defesa muito foda. É tanto que anulou as quedas de Mendes e Edgar, dois ótimos wrestlers. Ou até mesmo o GSP, que apesar do background ser no striking, é facilmente um dos 3 melhores wrestlers da história do UFC

E sobre essa questão que vc mencionou em relação ao estilo de vida dos caras, isso pesa muito

Pensa que desde crianças eles são condicionados a praticar artes marciais e treinar de forma árdua, comendo e bebendo de forma regrada (muçulmanos não consomem álcool), sem perder tempo com festas, mulheres, etc. Os caras tão há basicamente uns 25 anos treinando constantemente de uma maneira quase militar, o corpo e a mente ficam moldados de uma forma que é difícil pra nós entendermos 

é difícil pensar realmente em um lutador com um striking agressivo e uma defesa de quedas igual do Aldo no prime, talvez o JJ, o DJ ou o GSP que vc citou mas todos são de pesos diferentes...os caras foram um projeto de vida do Sr Abdulmanap, desde pequenos foram treinados e moldados (incluindo a religião, o estilo de vida e tudo isto) para serem lutadores de elite do esporte. É muito difícil replicar isto em qualquer outra cultura ou contexto...pega o exemplo dos lutadores brasileiros - muitos começaram tard na lutae, tiveram péssimas condições de vida (alimentação, família, etc.).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this