Sign in to follow this  
SgtBlackStar

Kayla Harrison rompe o silêncio sobre saída de Amanda Nunes da ATT

Recommended Posts

Kayla Harrison rompe o silêncio sobre saída de Amanda Nunes da ATT

PFL10_Harrison_Guardado_3228.jpg

Após Amanda Nunes abrir o jogo e indicar que sua saída da American Top Team teve relação direta com a presença de Kayla Harrison no time – uma vez que ela se sentia incomodade com o fato da atleta contar com os mesmos treinadores durante seus camps -, a americana tratou de responder as declarações da brasileira. No entanto, a bicampeã olímpica de judô evitou alimentar um possível conflito com a campeã do UFC.

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, a vencedora de dois torneios do peso-leve (70 kg) do PFL exaltou o período em que conviveu com a brasileira na ATT e lamentou ter sido citada como uma das responsáveis pela saída de Amanda da equipe. No entanto, de acordo com a americana, ela não teve culpa pela decisão da ‘Leoa’, que agora criou seu próprio time de MMA.

“Não tenho nada negativo a dizer sobre Amanda. Uma grande companheira de equipe, gostei muito do tempo que passamos treinando juntas. Eu realmente gostei de aprender com ela, crescer com ela. Me sinto mal, porque sempre tentei ser honesta e respeitosa com meus desejos e meus objetivos. Nunca me esquivei disso ou tentei fingir. Eu me sinto mal por ela ter se sentido assim, mas também não é minha responsabilidade. Não posso controlar como ela se sente”, explicou.

No MMA profissional desde 2018, Kayla Harrison segue invicta na modalidade após 13 lutas e é a atual campeã do torneio peso-leve do PFL. Antes de se aventurar na modalidade, a ex-judoca conquistou o bicampeonato olímpico ao garantir medalhas de ouro nas Olimpíadas de Londres, em 2012, e do Rio de Janeiro, em 2016. A última apresentação da lutadora aconteceu em maio, em vitória sobre Marina Mokhnatkina.

https://agfight.com/noticias/kayla-harrison-rompe-o-silencio-sobre-saida-de-amanda-nunes-da-att/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Primeiro procura uma academia com bastante material humano, depois sai pq o material humano tá ameaçando o espaço dela.

Kunitskaya nunca ameaçou o cinturão e a Kayla nem no UFC estava e provavelmente por conta da própria Amanda.

A Kayla pelo que disse mostrou maior admiração pela Amanda e ela mete uma dessa.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Silverchair disse:

Primeiro procura uma academia com bastante material humano, depois sai pq o material humano tá ameaçando o espaço dela.

Kunitskaya nunca ameaçou o cinturão e a Kayla nem no UFC estava e provavelmente por conta da própria Amanda.

A Kayla pelo que disse mostrou maior admiração pela Amanda e ela mete uma dessa.

Isso deve ser complicado em algum momento né.

Já existia essa conversa de a Harrison ir para o UFC e pegar um atalho direto para a cinta dos penas. Esse jogo de ego é complicado.

Não é a primeira vez que isso acontece. O caso Usman vs durinho é quase idêntico. O timing é um pouco diferente. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
48 minutes ago, junior-sjc said:

Isso deve ser complicado em algum momento né.

Já existia essa conversa de a Harrison ir para o UFC e pegar um atalho direto para a cinta dos penas. Esse jogo de ego é complicado.

Não é a primeira vez que isso acontece. O caso Usman vs durinho é quase idêntico. O timing é um pouco diferente. 

 

Eu tbm entendo parcialmente, a Kayla falava praticamente toda semana de bater na Amanda, deve ser chato realmente. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

esse cenário pesado de se enfrentarem foi sempre criado pela Kayla. Não é a toa que até hoje conversar merda

mas sair da PFL pra ter adversárias de verdade, não faz

Share this post


Link to post
Share on other sites

Entendo a Amanda, eu tinha dificuldade de treinar na academia no mesmo horário de uns e outros, e olha que nem competidor sou, simplesmente a energia não batia.

Isso não tem nada a ver com ego, o sujeito tem que ter alma de psicopata (que não tem emoção nenhuma) pra conseguir treinar de boa com pessoas que poderá enfrentar no futuro, muita gente chama isso de profissionalismo, eu não acho, é psicopatia mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 hours ago, pipo said:

esse cenário pesado de se enfrentarem foi sempre criado pela Kayla. Não é a toa que até hoje conversar merda

mas sair da PFL pra ter adversárias de verdade, não faz

Exato! Ela foi respeitosa e deu se maluca, mas falava disso toda semana, msm em outro evento. 

Seria muito diferente se ele fizesse o caminho dela normal, fosse pro UFC e aí sim lutassem, direito dela. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, junior-sjc disse:

Isso deve ser complicado em algum momento né.

Já existia essa conversa de a Harrison ir para o UFC e pegar um atalho direto para a cinta dos penas. Esse jogo de ego é complicado.

Não é a primeira vez que isso acontece. O caso Usman vs durinho é quase idêntico. O timing é um pouco diferente. 

 

Mas a Kayla nem foi pro UFC e o Durinho e Usman se enfrentaram e ainda continuam lá.

Nesses casos, geralmente quem sai é o contender, não o campeão.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Silverchair disse:

Mas a Kayla nem foi pro UFC e o Durinho e Usman se enfrentaram e ainda continuam lá.

Nesses casos, geralmente quem sai é o contender, não o campeão.

 

A Layla não foi ainda mas já devia estar rolando esse papo na academia.

Não existe regra de quem fica e quem sai. É o tal "os incomodados que se mudem". A Amanda não estava se sentindo bem ali no ambiente e saiu. Ponto final.

Eu vejo bastante gente criticando o movimento que ela fez, mas eu não vejo nada de mais. Tudo normal. Eu mesmo quando não estou contente com o meu ambiente de trabalho, peço para sair 

Share this post


Link to post
Share on other sites
21 minutos atrás, junior-sjc disse:

A Layla não foi ainda mas já devia estar rolando esse papo na academia.

Não existe regra de quem fica e quem sai. É o tal "os incomodados que se mudem". A Amanda não estava se sentindo bem ali no ambiente e saiu. Ponto final.

Eu vejo bastante gente criticando o movimento que ela fez, mas eu não vejo nada de mais. Tudo normal. Eu mesmo quando não estou contente com o meu ambiente de trabalho, peço para sair 

Okay, concordo que sair por não se sentir bem no ambiente é muito válido, essa não a questão aqui.

O ponto é que sair por não se sentir bem e sair culpando outras pessoas é escroto pra cacete principalmente quando isso parece não ser o real motivo.

Na ATT mesmo já tiveram vários casos bem mais "honestos" como o do Colby por exemplo que saiu pq estava de fato em rota de colisão com um companheiro de time.

No caso da Amanda, a Kayla tá longe disso. Ela além de não estar no UFC, sequer sabemos se ela irá.

Se for pensar no melhor cenário, o do Chandler, ele fez uma única luta e foi direto pra cinta depois de 4 meses. Acho quase impossível ela fazer esse caminho mas ainda que fizesse, a Amanda ainda teria praticamente 6 meses ou 1 ano pra poder trocar de equipe e se preparar.

Não faz sentido algum ela sair e colocar a culpa na Kayla por ela estar em rota de colisão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this