Sign in to follow this  
pipo

Polaris 20: Demian Maia supera Ben Henderson em superluta; com show de Mica Galvão, Brasil vence EUA

Recommended Posts

 

Demian Maia leva a melhor sobre Ben Henderson em superluta no Polaris 20, e time Brasil supera Estados Unidos com show de Mica Galvão

 
O Polaris 20, realizado no último sábado (25), em Newport, no País de Gales, teve show brasileiro. Em superluta bem aguardada pelos fãs, Demian Maia fez bom uso da sua experiência na luta agarrada e derrotou Ben Henderson, ex-campeão peso-leve do UFC, na decisão dos árbitros após um duelo que teve 20 minutos de duração. Grande favorito, o faixa-preta de Jiu-Jitsu controlou a maior parte do combate, mas teve um adversário resistente pela frente.
Demian Maia não conseguiu finalizar Ben Henderson, mas dominou as ações, tendo em vista que Benson passou longas partes da luta na defensiva, com Demian em suas costas. No início, o veterano brasileiro puxou o americano para sua guarda com apenas 30 segundos de luta, mas depois ele aproveitou uma brecha de Henderson e conseguiu boa queda para, logo em seguida, pegar suas costas.

A partir daí, Demian Maia controlou de vez as ações e chegou a tentar finalizar Ben Henderson, mas o resiliente americano – que só perdeu por finalização duas vezes em 40 lutas de MMA – não pareceu nem perto de bater em nenhum momento. O ex-campeão dos leves do UFC ainda tentou um triângulo voador nos segundos finais, mas não teve sucesso, e Demian garantiu mais uma vitória para o seu currículo.

Com o triunfo no Polaris 20, esta foi a segunda participação de Demian Maia em uma luta de grappling desde o seu último duelo no UFC, que aconteceu em junho do ano passado. Em abril deste ano, Demian derrotou o ex-lutador do UFC Alex Cowboy com um triângulo em combate válido pelo BJJ Stars.

Time Brasil derrota americanos em virada emocionante

Outro grande atrativo do Polaris 20 foi o desafio entre os times do Brasil e dos Estados Unidos. A equipe brasileira venceu os americanos por 2 a 1 em torneio que teve dose de emoção. Os dois pontos da equipe verde e amarela foram anotados pela sensação Mica Galvão, que foi o grande destaque do time brasileiro ao finalizar Keith Krikorian duas vezes. Vale ressaltar que a equipe americana chegou a abrir o placar, com a finalização de Mason Fowler sobre Kywan Gracie, fazendo com que o time brasileiro corresse atrás do “prejuízo”.

Nas regras do Polaris 20, o duelo entre os times do Brasil e dos Estados Unidos teve 120 minutos de duração (dois tempos de 60 min), com os atletas se revezando a cada cinco minutos. Cada finalização contava 1 ponto para a equipe. Lutas sem finalização contaram como empate e não afetaram o placar geral. Os capitães das respectivas equipes decidiam na hora qual atleta do time iria lutar.

O time do Brasil foi formado por Isaque Bahiense, Mica Galcão, Fabricio Andrey, Marcelo Fausto, Gabriel Sousa, Diogo Reis, Igor Tanabe e Kywan Gracie. Já o time dos Estados Unidos contou com Geo Martinez, Keith Krikorian, Nathan Orchard, Nick Ronan, Richie Martinez, Mason Fowler, Hunter Colvin e Jon Blank.

 

 

Com show de Mica Galvão, time Brasil venceu os Estados Unidos no Polaris 20 (Foto: Reprodução/Polaris)

Share this post


Link to post
Share on other sites
19 minutos atrás, NEGO DÁGUA disse:

Esse Mica é  algo sobrenatural 

Assisti o evento! O Mica é fora de série mesmo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, smd disse:

Assisti o evento! O Mica é fora de série mesmo. 

 

2 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Esse Mica é  algo sobrenatural 

Ele tem um Jiu Jitsu que lembra bastante o do Roger Gracie. Ele é calmo, escolhe as posições, ganha as pegadas sem pressa e vai fazendo as transições com tranquilidade.

E ainda é muito jovem né, o que impressiona ainda mais. Vai ser um campeão dominante em alguns poucos anos

Share this post


Link to post
Share on other sites

concordo com todos vcs

é fora da curva mesmo

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 6/27/2022 at 10:40 PM, junior-sjc said:

 

Ele tem um Jiu Jitsu que lembra bastante o do Roger Gracie. Ele é calmo, escolhe as posições, ganha as pegadas sem pressa e vai fazendo as transições com tranquilidade.

E ainda é muito jovem né, o que impressiona ainda mais. Vai ser um campeão dominante em alguns poucos anos

O esse mlk tá fazendo é fora do comum. Ele ganha de lendas do esporte tirando pra nada, passando o carro, isso com 18 anos, recém faixa preta... 

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 minutos atrás, hvalentim disse:

O esse mlk tá fazendo é fora do comum. Ele ganha de lendas do esporte tirando pra nada, passando o carro, isso com 18 anos, recém faixa preta... 

Ele aos 15 faixa azul finalizava todos os pretas em lutas casadas adultos. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this