Sign in to follow this  
bom-ba-ye

RIZIN FF, o ressurgimento do MMA no Japão.

Recommended Posts

49 minutos atrás, bom-ba-ye disse:

desculpe mas acho que você não conhece Sakuraba nem acompanhou a era Pride,  Sakuraba lutava na divisão de 93 kg mas na pesagem oficial batia 90 kg, abaixo do peso limite. Wanderley no dia da luta pesava mais de 100 kg.

Sakuraba tem 1,85 e o Wanderlei 1,80.

Mas blz.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Menor, certeza, sakuraba lutava de 93 pq não  tinha divisão 84 no Pride,  depois  criaram.

Sakuraba hj seria 77 .

 

Hj sim, ele tem a mesma altura do Usman, o Wanderlei é menor que ele em altura, mas em peso não sei quanto mais ele tem que o Sakuraba.

Share this post


Link to post
Share on other sites
52 minutos atrás, rivvithead disse:

Sakuraba tem 1,85 e o Wanderlei 1,80.

Mas blz.

Sakuraba tem 1,80, a mesma altura que Wanderlei. Mas com estrutura física muito diferente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
59 minutos atrás, bom-ba-ye disse:

Sakuraba tem 1,80, a mesma altura que Wanderlei. Mas com estrutura física muito diferente.

Exatamente  Saku não vazia dieta batia peso de barriga cheia.

1 hora atrás, rivvithead disse:

Hj sim, ele tem a mesma altura do Usman, o Wanderlei é menor que ele em altura, mas em peso não sei quanto mais ele tem que o Sakuraba.

Não  irmao, a estrutura era totalmente  diferente  saku já  lutou com 84 ou 83 Contra o Royce  , muito mais leve que o Wanderlei .

Vc ter ideia o Wand tem 1.78 ou 1.76 essa de 1.80 era marketing  do pride.

Já  o Shogun que " cresceu " no ufc era 1.81 no pride , ufc  1.85..

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sério que alguém acha queno Sakuraba era maior que o Wanderlei??? O japonês mesmo quando atleta era completamente desleixado lutava roliço sem cortar peso, além de beber e fumar. 

Pessoal tem uma visão bem equivocada do MMA no Japão, mesmo muitos japoneses que gostam de artes marciais não acompanham e não sabem nada de MMA. Eu mais de 5 anos morando aqui posso contar nos dedos de uma mão os japoneses que eu conheci aqui que gostam de MMA. Aqui na minha região e nos estados ao redor não tem nenhuma academia ou equipe de MMA, as mais próximas estão em Tokyo. Tem inúmeros dojos de karatê e judô, algumas academias japonesas de Kickboxing, outras poucas tailandesas/japonesas de Muay Thai e nenhuma delas tem nada relacionado ao MMA, de vez em quando aparecem uns atletas de MMA para treinar nessas academias e nas equipes brasileiras de jiu-jitsu. A maioria do pessoal praticante dessas modalidades fica mais restrito a elas e não tem interesse pelo MMA, principalmente esportes mais tradicionais como o Judô, Karatê, boxe e wrestling.

Estados Unidos, Brasil, Rússia tem muito mais mercado pro MMA de um modo geral. 

Dos eventos estrangeiros o One era o que tinha e ainda tem maior possibilidade de fazer sucesso aqui mas justamente quando começaram a investir pesado por aqui o corona veio e cagou com tudo. Mas ainda mantém páginas exclusivas pro mercado japonês e continuam mantendo muitos japoneses no plantel de atletas. 

Uma coisa difícil pros eventos de fora é se comunicar com o público japonês, o estilo de promoção do UFC não funciona aqui, sem contar o idioma. Japoneses são muito desconectados do resto do mundo, por aqui ainda tem muitos japoneses inclusive jovens que nem conseguem ler frases curtas em caracteres romanos. O One investiu nisso com canais específicos pra se comunicar ncom o público japonês mas o corona acabou com qualquer pretensão a curto e médio prazo. 

Conversei com um japonês que além dos atletas mais famosos por aqui conhecia o McGregor por conta da luta com o Floyd e ele achava que o irlandinha era um monstro invencível do esporte. Kkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 minutos atrás, kachorro_loko disse:

Sério que alguém acha queno Sakuraba era maior que o Wanderlei??? O japonês mesmo quando atleta era completamente desleixado lutava roliço sem cortar peso, além de beber e fumar. 

Pessoal tem uma visão bem equivocada do MMA no Japão, mesmo muitos japoneses que gostam de artes marciais não acompanham e não sabem nada de MMA. Eu mais de 5 anos morando aqui posso contar nos dedos de uma mão os japoneses que eu conheci aqui que gostam de MMA. Aqui na minha região e nos estados ao redor não tem nenhuma academia ou equipe de MMA, as mais próximas estão em Tokyo. Tem inúmeros dojos de karatê e judô, algumas academias japonesas de Kickboxing, outras poucas tailandesas/japonesas de Muay Thai e nenhuma delas tem nada relacionado ao MMA, de vez em quando aparecem uns atletas de MMA para treinar nessas academias e nas equipes brasileiras de jiu-jitsu. A maioria do pessoal praticante dessas modalidades fica mais restrito a elas e não tem interesse pelo MMA, principalmente esportes mais tradicionais como o Judô, Karatê, boxe e wrestling.

Estados Unidos, Brasil, Rússia tem muito mais mercado pro MMA de um modo geral. 

Dos eventos estrangeiros o One era o que tinha e ainda tem maior possibilidade de fazer sucesso aqui mas justamente quando começaram a investir pesado por aqui o corona veio e cagou com tudo. Mas ainda mantém páginas exclusivas pro mercado japonês e continuam mantendo muitos japoneses no plantel de atletas. 

Uma coisa difícil pros eventos de fora é se comunicar com o público japonês, o estilo de promoção do UFC não funciona aqui, sem contar o idioma. Japoneses são muito desconectados do resto do mundo, por aqui ainda tem muitos japoneses inclusive jovens que nem conseguem ler frases curtas em caracteres romanos. O One investiu nisso com canais específicos pra se comunicar ncom o público japonês mas o corona acabou com qualquer pretensão a curto e médio prazo. 

Conversei com um japonês que além dos atletas mais famosos por aqui conhecia o McGregor por conta da luta com o Floyd e ele achava que o irlandinha era um monstro invencível do esporte. Kkkkkk

É realmente por ai, moro a 3 décadas no Japão, sou fluente no idioma japonês e acompanha tudo que sobre o MMA na midia e nas redes sociais japoneses.

O MMA tem um público específico no Japão, assim como em qualquer lugar do mundo. Nos grandes eventos com transmissão ao vivo no canal aberto para alcançar esse público que não acompanha lutas é necessário casar freaks shows,  lutas bizarras com regras diferenciadas, e o RIZIN se vê obrigado a fazer isso para conseguir audiência e manter os contratos de tv, muitas lutas tem influência direta da TV fuji. Sakakibara é muito criticado as vezes por isso por quem é do esporte, mas ele também sabe que o mais importante é os índices de audiência.

Quanto ao ONE, acho que esta muito longe do Rizin, e depois da pandemia e muito criticado por não casar lutas dos japoneses sobre contrato, e estes não poderem lutar em outros eventos.

Lembrando que o MMA assim como o kickboxing ja tv os anos de glória nos fins dos anos 90 e ate meados dos anos 2000,  com ampla cobertura jornalística. mas quem não viveu essa fase não compreende a importância do MMA japonês para o mundo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, bom-ba-ye disse:

É realmente por ai, moro a 3 décadas no Japão, sou fluente no idioma japonês e acompanha tudo que sobre o MMA na midia e nas redes sociais japoneses.

O MMA tem um público específico no Japão, assim como em qualquer lugar do mundo. Nos grandes eventos com transmissão ao vivo no canal aberto para alcançar esse público que não acompanha lutas é necessário casar freaks shows,  lutas bizarras com regras diferenciadas, e o RIZIN se vê obrigado a fazer isso para conseguir audiência e manter os contratos de tv, muitas lutas tem influência direta da TV fuji. Sakakibara é muito criticado as vezes por isso por quem é do esporte, mas ele também sabe que o mais importante é os índices de audiência.

Quanto ao ONE, acho que esta muito longe do Rizin, e depois da pandemia e muito criticado por não casar lutas dos japoneses sobre contrato, e estes não poderem lutar em outros eventos.

Lembrando que o MMA assim como o kickboxing ja tv os anos de glória nos fins dos anos 90 e ate meados dos anos 2000,  com ampla cobertura jornalística. mas quem não viveu essa fase não compreende a importância do MMA japonês para o mundo.

Agora o Rizin deu uma refinada e está seguindo uma linha mais séria focada nos atletas e lutas de MMA e Kickboxing de fato, praticamente não tem mais Freak. Principalmente nos primeiros eventos estavam apostando em tudo, misturando tudo e testando pra ver o que funcionava. Tinha de tudo, veteranos, freak, as vovós do pro wrestling contra a Gabi, Rin Naki de lingerie, lutadoras idol model e toda sorte de possibilidades. 

Rizin também deu um pouco de azar se atletas populares como os irmãos Asakura e a Rena fossem mais consistentes talvez o evento tivesse um sucesso ainda maior, mas são todos atletas medianos alternando vitórias e derrotas. Horiguchi é um top mas tbm vem alternando vitórias e derrotas, o único que conseguiu juntar grande popularidade e resultados foi o Tenshin mas decidiu ir pro Boxe e deve ser uma perda bem considerável pro Rizin. 

O One assim como o Rizin vem sofrendo demais com as restrições do corona, a diferença é que eles tem enfrentado em praticamente todos os países que operam. Passaram um bom tempo só fazendo eventos na Tailândia que tem atletas do mundo todo vivendo e treinando por lá, mas mesmo tiveram problemas com as restrições. 

Quanto entraram de fato no mercado japonês o corona acabou com qualquer possibilidade de continuar investindo por aqui. 

No mais aquele auge de popularidade do Pride e K1 nunca mais vai se repetir com evento nenhum por aqui.  

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, kachorro_loko disse:

Agora o Rizin deu uma refinada e está seguindo uma linha mais séria focada nos atletas e lutas de MMA e Kickboxing de fato, praticamente não tem mais Freak. Principalmente nos primeiros eventos estavam apostando em tudo, misturando tudo e testando pra ver o que funcionava. Tinha de tudo, veteranos, freak, as vovós do pro wrestling contra a Gabi, Rin Naki de lingerie, lutadoras idol model e toda sorte de possibilidades. 

Rizin também deu um pouco de azar se atletas populares como os irmãos Asakura e a Rena fossem mais consistentes talvez o evento tivesse um sucesso ainda maior, mas são todos atletas medianos alternando vitórias e derrotas. Horiguchi é um top mas tbm vem alternando vitórias e derrotas, o único que conseguiu juntar grande popularidade e resultados foi o Tenshin mas decidiu ir pro Boxe e deve ser uma perda bem considerável pro Rizin. 

O One assim como o Rizin vem sofrendo demais com as restrições do corona, a diferença é que eles tem enfrentado em praticamente todos os países que operam. Passaram um bom tempo só fazendo eventos na Tailândia que tem atletas do mundo todo vivendo e treinando por lá, mas mesmo tiveram problemas com as restrições. 

Quanto entraram de fato no mercado japonês o corona acabou com qualquer possibilidade de continuar investindo por aqui. 

No mais aquele auge de popularidade do Pride e K1 nunca mais vai se repetir com evento nenhum por aqui.  

Lutadoras idol model é algo que eu queria ver, sinceramente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this