pipo

Travis Browne descarrega nas “putinhas choronas” que não param de chorar por causa de salários

Recommended Posts

O ex-contendor peso-pesado do UFC Travis Browne recentemente desistiu das “putinhas choronas” que não param de chorar por causa do salário dos lutadores.

Browne, marido da ex-estrela do UFC Ronda Rousey , recentemente teve o presidente do UFC, Dana White, em seu podcast “Tough Business” e o tema do pagamento do lutador surgiu. Falando sobre o assunto, Browne disse a White que acreditou que o UFC sempre foi justo com ele no que diz respeito ao salário do lutador e bateu nas “putinhas choronas” que reclamam disso.

“Vocês sempre me pagaram o que disseram que iam me pagar e, na maioria das vezes, era na verdade mais. Então, todas essas pessoas que estão reclamando disso, que estão falando merda, no final das contas, fui eu que assinei aquela porra de contrato. E então eu vou me virar e reclamar disso? Ou vou reclamar disso com um maldito repórter ou algo assim? Isso não faz sentido para mim como homem. Eu assinei um contrato. Se eu quisesse receber mais e vocês sempre foram francos sobre isso. 'Ei, se você é um agente livre, vá encontrar um negócio melhor.' Sempre senti que fazia parte do UFC ”, disse Browne (h / t BloodyElbow ).

 
 

“Quando um dos meus contratos acabou, tínhamos uma oferta maior, mas eu fiquei, tipo, 'Olha, os melhores lutadores estão aqui no UFC, e eu não estou tentando ser um lutador de nível B. Estou tentando competir contra os melhores. ' Vocês sempre me trataram bem ”, continuou Browne. “O pagamento está lá e, novamente, sempre foi pelo menos o que o contrato era, e na maioria das vezes era mais. Então, essas pessoas que estão reclamando, as pessoas na mídia que não ouvem porra nenhuma que ouvem a vadia que está chorando e reclamando. Porque você tem essas pessoas com direito. Ou não sei de onde diabos vem. É tipo, eles são apenas putinhas choronas, e então vão para mais putinhas choronas que vão escrever sobre isso. ”

 

https://www.bjpenn.com/mma-news/ufc/travis-browne-unloads-on-whiny-little-bitches-who-keep-crying-about-fighter-pay/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Toda empresa pode funcionar em harmonia até que os salários se tornem públicos - como no caso do UFC. 
...a partir daí cada um determina seu valor, não somente de acordo com o que faz, mas também baseado no julgamento que se faz acerca do salário dos colegas. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
33 minutos atrás, gabriel floripa disse:

Um empregado lambendo o saco do patrão. É a falta da consciência de classe.

Só falou a real, ué! Não tem certo ou errado, mas  penso q explanar a insatisfação  salarial na internet tem mais contras. Se ao menos os lutadores criassem um sindicado ou algo do tipo beleza, mas é choro individual. 

Edited by Castor troy

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, gabriel floripa disse:

Um empregado lambendo o saco do patrão. É a falta da consciência de classe.

😂😂😂 ta ganhando mal?

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, pipo disse:

ta certíssimo.

Se assinou, cumpra!!

Também concordo...Não entendo essa choradeira.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Citar

A lógica do Browne é indiscutível. Acertou um valor no contrato, vai receber aquele valor.

A questão é que o UFC, pelo tamanho e poderio financeiro que tem, acaba "ditando" o salário médio dos lutadores, e dificilmente o cara vai conseguir mais que no UFC em outro evento.

Mas de novo, se o UFC cumpriu o que está no contrato que você mesmo assinou, não tem que ter choradeira mesmo. Vença lutas, dê espetáculo e negocie um contrato melhor (ou vá fazer outra coisa da vida)!

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Falou o cara que é sustentado pela mulher... 

A questão é que os atletas assinam contratos longos e muitas vezes no meio do caminho eles se valorizam, as vezes uma luta é suficiente pra transformar um cara praticamente desconhecido em uma estrela. Como fic o contrato que foi assinado quando o cara não netinha esse valor? 

Share this post


Link to post
Share on other sites

irmão. se vc trabalha numa empresa que te paga 2mil. E vc ve empresas menores, pagando 4mil pra pessoas menos gabaritadas que vc, e normal haver reclamação.

Mas isso so vai mudar com tempo, e com a decolagem de mais eventos.

Realmente, perto dos outros eventos,  o UFC não paga bem. Salvo mcgregor e outros.

Share this post


Link to post
Share on other sites
22 minutos atrás, NOCAUTE! disse:

irmão. se vc trabalha numa empresa que te paga 2mil. E vc ve empresas menores, pagando 4mil pra pessoas menos gabaritadas que vc, e normal haver reclamação.

Mas isso so vai mudar com tempo, e com a decolagem de mais eventos.

Realmente, perto dos outros eventos,  o UFC não paga bem. Salvo mcgregor e outros.

vai pra empresa de 4 mil

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, leojefferson disse:

vai pra empresa de 4 mil

sim. negocio que a pessoa quer ficar na empresa famosa e ganhar os 4k.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, kachorro_loko disse:

Falou o cara que é sustentado pela mulher... 

A questão é que os atletas assinam contratos longos e muitas vezes no meio do caminho eles se valorizam, as vezes uma luta é suficiente pra transformar um cara praticamente desconhecido em uma estrela. Como fic o contrato que foi assinado quando o cara não netinha esse valor? 

E Qndo assina 4 lutas, perde todas, se apresenta mal, e o UFC segura o cara até o final do contrato?

 

Então faça contratos luta por luta, como o paraense voador. Agora se garanta tb..

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, kachorro_loko disse:

Falou o cara que é sustentado pela mulher... 

(...)

Pensei a mesma coisa, casado com uma das estrelas que mais ganharam grana no UFC, não tem porque reclamar da organização.

Share this post


Link to post
Share on other sites


Se assinou contrato, tem que cumprir, fato. Atleta que tenta mudar o contrato no meio negando luta é palhaçada. Apesar de muitos contratos dos lutadores pouco expressivos, contratos com muitas lutas, possivelmente serem assinados sob uma certa pressão de "não haverá outro contrato com a maior empresa do mundo se eu não aceitar esse", penso eu. Mas se não há coação direta por parte da empresa, não é ilegal, e não pode dizer que foi crime ou algo do tipo, então é palhaçada o atleta não querer cumprir se dizendo injustiçado. Que reivindique melhoras para o próximo.   

Tem que cumprir o contrato que assinou, é questão de honestidade. Mas os lutadores se manifestarem e lutarem por melhor distribuição dos ganhos de uma empresa, quando é vc (lutadores) o responsável pelo entretenimento que ela provém, é mais do que justo. Em especial quando está, literalmente, dando sua vida ali dentro para "a empresa". Ainda mais em uma empresa onde o % dos lucros totais distribuídos são pequenos.

Tem bolsa aí de atleta lutando no card principal que é ridícula, não paga um camp de alto nível, imagina pagar o camp e dar condição de vida digna para o cara. 

Pra mim, tinha que ter bolsas descentes padrões de acordo com o número de lutas na organização e outro tipo de bonificação, que valorize o atleta pelo retorno que dá a empresa.  Ou então um % fixo dos lucros distribuído para os atletas, sei lá.

Mas é uma luta totalmente legítima. Atleta ou fã que é contra essa luta é no mínimo sem consciência de como foi a maior parte do processo de melhora de vida dos grupos subalternos no capitalismo. E não estou desmerecendo o capitalismo por isso, apesar dos pesares, é o sistema que mais gerou riqueza. Só que para ela ser distribuída minimamente, sempre precisou dessas lutas entre os empregados e patrões, e muito dos direitos e qualidade de vida que temos hoje devemos a elas. Isso não é '"invenção marxista'" é um fato histórico, possível de diferentes formas de análise, mas um fato. Então assim, toda solidariedade aos lutadores nessa luta por melhores distribuições dos lucros que, sem eles, a empresa não teria.

Se organizar direitinho ambos os grupos, empresários e lutadores, ganharão muito bem. São codependentes, ambos merecem e devem ganhar bem.

Edited by Daniel Mendoza

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now