Sign in to follow this  
kachorro_loko

Rizin 28 - Resultados

Recommended Posts

Rolou no domingo aqui no Japão o Rizin 28, duas vitórias importantes de brasileiros radicados no Japão e representantes do Jiu Jitsu. 

Roberto"Satoshi" Souza finalizou o campeão do troneio peso leve, Tofiq Musayev, conquistando o cinturão inaugural peso leve do Rizin. Em 2019 Tofiq venceu o Patrick Pit Bull na final do torneio. 

Kleber Koike também conseguiu uma importante finalização, apagou o japonês Minuto Asakura com um triângulo, Asakura é uma das maiores estrelas do evento e o principal peso leve/pena aqui no Japão.

O astro Tenshin Nazukawa fez uma luta contra 3 adversários diferentes na mesma noite, um por round, 2 foram anunciados previamente o terceiro era um nome surpresa. A luta contou com regras especiais, era basicamente boxe com socos rodados e Superman punch liberados. O adversário surpresa foi Hidro Tokoro veterano dos eventos aqui no Japão, pelas regras vitória somente por nocaute então todos os 3 rounds terminaram sem resultado anunciado mas o Tenshin venceu todos os 3.  

Além disso tive a primeira rodada do torneio peso galo com uma série de nomes conhecidos. 

RIZIN 28 Results

Kleber Koike def. Mikuru Asakura by submission (triangle choke), Round 2
Tenshin Nasukawa vs X (Hideo Tokoro) had no result announced – custom rules bout
Tenshin Nasukawa vs Hiroya had no result announced – custom rules bout
Tenshin Nasukawa vs Koki Osaki had no result annoucned – custom rules bout
Roberto “Satoshi” Souza def. Tofiq Musayev by submission (triangle choke), Round 1, 1;12  – for the inaugural Rizin lightweight championship
Kai Asakura def. Shooto Watanabe by TKO, Round 1, 1:22 – 1st Round bantamweight Grand Prix
Naoki Inoue def. Shintaro Ishiwatari by TKO (soccer kick/punches), Round 1, 1:58  – 1st Round bantamweight Grand Prix
Hiromasa Ougikubo def. Takeshi Kasugai by unanimous decision – 1st Round bantamweight Grand Prix
Yuki Motoya def. Ryo Okada by unanimous decision – 1st Round bantamweight Grand Prix
Yutaka Saito (c) def. Vugar Karamov by split decision – non-title fight
Shoma Shibisai def. Tsuyoshi Sudario by submission (rear-naked choke), Round 3, 1:38
Satoshi “Dominator” Yamasu def. “Black Panther” Bey Noah by split decision

Share this post


Link to post
Share on other sites

pelo menos desta vez o Brasil foi bem kkkkkkkkkk

Show de bola ver o Kleber Koike vencendo novamente e parabéns ao Satoshi que bateu um cara muito duro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

obrigado, Kachorro

mesmo sendo um evento sem nomes conhecidos, é sempre muito bom saber doq rola no Japão..

mais um brazuca campeão. Muito bom

Share this post


Link to post
Share on other sites
24 minutos atrás, Ultimate Fighter disse:

O Rizin é o Pride que voltou com outro nome por conta dos direitos comprados pelo UFC ou não tem nada a ver? 

O estilo é o mesmo mas eu acho que legalmente são coisas completamente diferentes. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
37 minutos atrás, Ultimate Fighter disse:

O Rizin é o Pride que voltou com outro nome por conta dos direitos comprados pelo UFC ou não tem nada a ver? 

 

12 minutos atrás, fninja disse:

O estilo é o mesmo mas eu acho que legalmente são coisas completamente diferentes. 

 

exato

e acho que não tem a máfia injetando dinheiro por tras

Share this post


Link to post
Share on other sites
40 minutos atrás, Ultimate Fighter disse:

O Rizin é o Pride que voltou com outro nome por conta dos direitos comprados pelo UFC ou não tem nada a ver? 

Rizin é presidido por Nobuyuki Sakakibara, que era o presidente do Pride FC. 

De semelhança é apenas isso, já que o poder financeiro e o alcance que o evento busca hoje é diferente, trata-se de um evento regional. 

A única organização que poderíamos citar ser um "novo Pride", foi o Dream (durou de 2008 a 2012).  Essa organização era promovida numa fusão dos organizadores do K-1 com ex promotores do Pride.  Até o nome faz referência ao Dream Stage Entertainment, nome da companhia que promovia o Pride.   Os eventos eram grandiosos.  O Dynamite de 2009 teve quase 50 mil pessoas.  Sakurai, Ishida, Goodridge, Yoshida, Aoki, Alistair Overeem, Sokoudjou, o card era também recheado de lutadores q eram do Pride FC.  A FEG (companhia que promovia o evento) quebrou e o ONE FC se tornou o evento asiático de nível global. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Rappa Hemp disse:

Rizin é presidido por Nobuyuki Sakakibara, que era o presidente do Pride FC. 

De semelhança é apenas isso, já que o poder financeiro e o alcance que o evento busca hoje é diferente, trata-se de um evento regional. 

A única organização que poderíamos citar ser um "novo Pride", foi o Dream (durou de 2008 a 2012).  Essa organização era promovida numa fusão dos organizadores do K-1 com ex promotores do Pride.  Até o nome faz referência ao Dream Stage Entertainment, nome da companhia que promovia o Pride.   Os eventos eram grandiosos.  O Dynamite de 2009 teve quase 50 mil pessoas.  Sakurai, Ishida, Goodridge, Yoshida, Aoki, Alistair Overeem, Sokoudjou, o card era também recheado de lutadores q eram do Pride FC.  A FEG (companhia que promovia o evento) quebrou e o ONE FC se tornou o evento asiático de nível global. 

 

perfeito

 

essa terra o UFC não consegue entrar forte nunca. O formato do UFC não agrada

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 minuto atrás, pipo disse:

perfeito

 

essa terra o UFC não consegue entrar forte nunca. O formato do UFC não agrada

Pois é.  Em 2019 fiz uma trip parando em hosteis aqui no Brasil e fiz amizade com um japonês de Osaka.  O cara era praticante de judô e fã de boxe e desconhecia o MMA.  Devia ter uns 23/24 anos, por aí.  Acho q o MMA caiu num descrédito enorme por lá devido aos envolvimentos com dinheiro ilícito dessas companhias.  O povo japonês é mto correto qto a isso.  Acho q esse tb foi um dos motivos pelo ql nem o UFC consegue promover mtos eventos por lá.

Vi q o Rizin até faz eventos com públicos grandes, mas imagino q deva ser um público mais fechado.  O Pride FC passava na Rede Globo deles né, a Fuji TV.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Ultimate Fighter disse:

O Rizin é o Pride que voltou com outro nome por conta dos direitos comprados pelo UFC ou não tem nada a ver? 

era pra ser isso. mas não é. Uma parte dos promotores do pride, são donos do rizin.

Mas, não tem o mesmo capital, eu achei que rivalizar com UFC. Começou bem com intercambio com bellator. Mas parece que depois perdeu o folego. Não tem grandes novos atuando. Acaba que hoje ele é tipo um 'legacy"

Temos hoje em ordem de grandeza - tirando ufc:

em público: Bellator

em staff: One (maior plantel de lutadores)

depois vem PFL, antigo WSOF

ai vem M1 global, rizzin e legacy.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this