hvalentim

Poirier sonha com luta sangrenta contra McGregor no UFC 257: ‘Vamos ver quem é o melhor’

Recommended Posts

5 minutos atrás, Daniel Mendoza disse:

Sem dúvida para ele fazer uma guerra tem que ser depois de cansar o McGregor, ou depois do Irlandês estiver baqueado, indo atacar de forma muito consciente, o que faria com que ele possa ser engolida pela pressão do Connor. Mas acredito que a vantagem dele seja nesta forma de luta, o connor não tem contra golpes tão bom mais na curta distância, acho que seria inteligente para ele fazer um jogo de grade pra cansar os braços do Connor, mas acho que ele não tem gás para um jogo de isometria. Mas se ele for seco pra cima vai ser um prato de mão cheia para o irlandês. O ideal penso que seria fintar quedas, pra clinchar, jogar pra grade e soltar a mão ali, da média pra curta com o irlandês preso contra a grade. Pq ele avançando no striking, penso que ele vai acabar tomando golpes fortes também. 

Sabe o problema  do irlanda em relação  ao MMA  ele é  completo.

Forte,técnico  e inteligente, talvez o gás  seja ruim.

Não  digo no kickboxing ou boxe puro porem  ele destroi qualquer  um strickder da  categoria ao meu ver pela adaptação  ao MMA. 

Alvarez tentou e é  um bom stricker foi anulado,Cerrone ,Max,Porier,Aldo, realmente  ele é  muito  bom mesmo.

E inteligente  se adapta bem ao jogo de cada um ele leu o aldo e Alvarez muito bem antevendo  e dizendo que ia fazer.

Ai entra o que o @Luiz Melo fala ninguém consegue  mudar fo dia para uma noite,igual ao Patrício  Pitbull  que introduziu  o karate no jogo na verdade  tem um pu outro mas na verdade  essa adaptação  neural demora na maioria  sua cabeça  que fazer mas seu corpo atende uma memória  muscular ,um estimulo neural é  dificil a cabeça  e corpo precisam dessa conexão. 

Ou seja ele viu uma falga constante  do Porier que dificilmente  vira mudado se vier complica por que o Conor  claramente  tem só  um plano o nocaute.

 

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, junior-sjc disse:

Permita-me discordar de uma coisa Daniel. Eu acho que o pior cenário do Poirier é ele ditar um ritmo de luta frenético contra o Connor, com trocação franca. O Connor gosta disso. O contra golpe vai estar armado e vai ser um golpe só.

Aliás, o próprio Poirier vem dizendo que vai fazer uma luta sangrenta contra o Connor. Mas isso é perigoso demais. O Connor é um striker muito mais lapidado, com mãos muito mais duras. Se for pra derramar sangue, eu acho que só veremos sangue do Poirier no octógono.

Se o Poirier quer sangue, ele tem que aceitar que esse sangue vai ser o dele. Vai ter que suportar castigo, golpes duros e vai ter que sobreviver até o momento em que o Connor começa a descer a ladeira. A mesma coisa que o Diaz fez nas duas lutas.

O ponto aí é que o Diaz é um meio-médio. Aguenta mais pancada, tem mãos tão duras quanto o Connor e ainda tinha a vantagem de ter um chão fino. O Diaz tinha muito mais possibilidades que o Poirier e ainda assim, enquanto a luta ficou em pé, o Diaz foi trucidado. Na primeira luta, o Diaz virou o primeiro round em frangalhos. Ele é muito casca grossa mesmo de voltar e vencer no segundo round.

Lutar contra o Mcgregor deve ser difícil cara. Ele dita o ritmo do combate de uma forma que eu nunca vi ninguém fazer. Caminha no octógono com uma desenvoltura incomum, encontra ângulos que talvez apenas Thompson e Anderson Silva já mostraram neste esporte. Revendo a luta contra o Khabib, ele fez o russo andar pra trás em pé. Coisa que ninguém consegue porque o Khabib tem aquele jogo de abafa. Ele vem pra cima sim ou sim. Mas contra o irlandês ele chegou a colocar as costas na grade.

O Connor é uma tarefa indigesta demais para um cara com as características do Poirier, que se vale de volume, coração e resistência. O Connor entrega algo que sobrepuja essas valências.

Eu só acho que tem um fator preponderante aí. O Connor nos últimos 4 anos deve ter feito 2 lutas e isso, por si só, é uma desvantagem tremenda. Contra o Khabib ele já tinha chegado sem ritmo de luta. Jogou golpes fora que não era comum vermos.

Esse pode ser o maior inimigo do Connor para essa luta. De resto, se virmos um Connor bem preparado, forte, com cardio em dia, pra mim, vence o Poirier por nocaute antes do terceiro round.

Tô com vc.

Entrei pra dizer que o Connor não faz luta sangrenta. Ele é preciso e letal.

Poirier mostrou ser um lutador que evoluiu técnicamente mas sua maior evolução foi física. Connor sempre foi um grande lutador e ao que parece se mantém assim.

 

A luta é dura mas as chances do Poirier é pegar um Connor afetado pela inatividade, desinteressado, cansado ou coisas do tipo pq lutador por lutador, McGreggor é superior.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Pô, eu detesto o McPrego como 'pessoa, 'personalidade', mas ele tem tudo pra nocautear rápido nessa aí. Não vai ter nada de sangrento nessa luta, ou o Irlanda entra bem e nocauteia nos primeiros dez minutos ou morre no gás e dá os três tapinhas protocolares no terceiro ou quarto round.  

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 1/13/2021 at 2:45 PM, M.A.D disse:

Ele perdeu do Conor nos penas e depois só pro Khabib. isso que ainda quase finalizou o Khabib. Só perdeu porque o Khabib é um monstro.

Ele também perdeu para o Michael Johnson, outro canhoto com boxe forte e mãos precisas, ainda que inferiores às do Conor.
Torcida é toda para o Poirier, mas o casamento não o favorece a menos que ele seja extremamente tático e resista ao primeiro round.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now