pipo

Jan Blachowicz vs Adesanya Confirmado!!

Recommended Posts

1 hora atrás, João P disse:

Rsrsrsrrs. Ele foi completamente anulado. Assisti recentemente a luta de volta, gosto de fazer isto em lutas que eu estudo pois na hora ali tem emoção junto o que dificulta muito a análise e ele não viu a cor da luva...estes dias vi alguém aqui falando que ele não estava fazendo uma luta tão ruim até ser nocauteado e tive que ir ver de volta. As pessoas confundem uma luta explosiva, um 10-8 no round, com uma estratégia bem pensada, ainda mais em uma luta por cinturão...a verdade é que no 1R o Adesanya estava só estudando, achando a distância e vendo até onde o Borrachinha poderia engrossar, na primeira acelerada ele nocauteou.

Sim, e o Borrachinha não fez nem o que sabe, que é partir para cima. E isso é bem diferente de atacar. Mesmo indo para cima, explodindo e cercando, poderia induzir o Israel a sair da sua característica e atacar, para ele, Borrachinha, partir para o contra ataque. Mas não o vi fazer absolutamente nada, e o Adesanya capitalizou demais essa inação.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, masterblaster disse:

Luiz, essa sua análise está muito boa. Em alguns pontos falei praticamente a mesma coisa, só que sem o mesmo brilhantismo.

sou fã das suas análises, tanto das que concordo quanto das que discordo. Sempre embasadas com muita propriedade.

E eu, em sentido oposto, acho que o Jan vence. Em algum momento ele vai conseguir levar para o solo.

Muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado.Enquanto vivência, experiência  e tarimba, vc é  a maior referência aqui no grupo -  e ainda assim conserva uma humildade íde impressonar -  é sempre muito educado e recptivo aos posicionamentos dos colegas, mesmo quando discorda. É o tipo de conduta  deveria orientar a postura do pessoal por aqui, e principalmente  o comportamento de quem é imerso no mundo da luta e tem a responsabilidade de formar pessoas. Todos os mestres deveriam ser assim. 

 

Sobre o post: É aquela coisa...  acho que esse posicionamento é cria de um olhar  um pouco mais cético e prudente em relação à luta - n que seja imprudente tenta cravar  o resuldado- até pq, uma das razões do grupo,  e o que torna o debate divertido, é exatamente o comprometimento com as convicções. Mas sei lá...  levo muito em conta a imponderabilidade da luta. Sou da ideia de que uma parcela muito pequena da luta e do lutador é passível de controle. Por isso eu procuro falar mais habilidades e recursos do que em resultados. 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 minutos atrás, masterblaster disse:

Sim, e o Borrachinha não fez nem o que sabe, que é partir para cima. E isso é bem diferente de atacar. Mesmo indo para cima, explodindo e cercando, poderia induzir o Israel a sair da sua característica e atacar, para ele, Borrachinha, partir para o contra ataque. Mas não o vi fazer absolutamente nada, e o Adesanya capitalizou demais essa inação.

A verdade é  o borracha acreditou por uma orientação  errada que poderia trocar com Adesanya  trocou com Romero e Adesanya correu  do Romero mas estilos fazem luta  e discordo  quando  o wrestling  não  fez diferença  um gnp de um monstro daquele  é  complicado mesmo motivo do Anderson  no auge ter se perdido em pé  com Weidman ou alguém acha que o americano tinba chance  na verdade  se fosse kickboxing  seria um aluno e professor  como o Borracha e Israel.

Bem o erro foi querer trocar técnica  com Adesanya  e vi lutas dele o cara é  fantástico  mas ta verde no MMA é  um iniciante  quando  pegar  tarimba ppde ter certeza  derruba ate o Jones. 

Mas primero erro não  transformou a luta  em briga como ele faz encurtar  e trabalhar o corpo e cabeça  ,colocar o cara na grade fazer um jogo similar ao Gastelum fez .

Segundo treinou um muay thai pra enfrentar um gênio  da movimentação  cara a luta  foi to aqui e ele recebia as bombas,vi treinou  muay thai meia boca e o badola orientou  totalmente  errado coach de boxe ,fazer estratégia  pra MMA  sem ter familiaridade  alguma com.esse nivel de luta  é  foda.

Terceiro vc tem uma escola forte  de kickboxing  hj tem uma referência  mundial que venceu o Nigéria pegava algum tecnico de lá  do kickboxing e outra colocou  na cabeça  quw Adesanya  era fraco.

Primeiro  musculatura  não  qye dizer pegada , força  de supino é  diferente  de força  de punch.

Outra adesanya  é  stricker  sem tanto punch e porem muito  encaixe de golpe e isso compensa a pegada.

Outra Borracha  ta longe de ser one punch como ele se acha já  vi de perto pega pq um cara de 105 ou 110 em off 1.85 de músculo  vai ter pegada mas né  isso que ele acha não  conheço  gente de que pega mais.

Enfim em suma errrou totalmente  na estratégia outra não  tem nivel pra trocar  com Adesanya  e com outros da categoria tem um caminho  bem feito assim como Daico vc ver daico tem idade do Raoni. 

Dizem que dana não  investi no Raoni  por causa da idade e Daico tem a mesma idade com diferença  de srr muito  mais grosso e pior tecnicamente  porem o wallid soube fazee o caminho e ninguém  nunca citou o Deivisson  como velho ate pq não  é. 

Mas se fosse Wallid  levava o Borracha pra São  Paulo  e treinava  muito  parte de kickboxing  e boxe dele, lá  tem jiu jitsu ,wrestling etc.

Pq com.esse treino  que ele posta ai esquece  o nivel em pé  da categoria pra stricker  ta alto pra ele

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado.Enquanto vivência, experiência  e tarimba, vc é  a maior referência aqui no grupo -  e ainda assim conserva uma humildade íde impressonar -  é sempre muito educado e recptivo aos posicionamentos dos colegas, mesmo quando discorda. É o tipo de conduta  deveria orientar a postura do pessoal por aqui, e principalmente  o comportamento de quem é imerso no mundo da luta e tem a responsabilidade de formar pessoas. Todos os mestres deveriam ser assim. 

 

Sobre o post: É aquela coisa...  acho que esse posicionamento é cria de um olhar  um pouco mais cético e prudente em relação à luta - n que seja imprudente tenta cravar  o resuldado- até pq, uma das razões do grupo,  e o que torna o debate divertido, é exatamente o comprometimento com as convicções. Mas sei lá...  levo muito em conta a imponderabilidade da luta. Sou da ideia de que uma parcela muito pequena da luta e do lutador é passível de controle. Por isso eu procuro falar mais habilidades e recursos do que em resultados. 

 

Vc é  um cara que faz algo interessante  perdeu saiu do auge?

Não  ,as vezes vc exagera mas entendo sua linha.

Luta  é  muito cabeça  motivação  etc.

Hj tenho olhar crítico  quando  um cara que entende  de MMA  como poucos porem seu nível nunca foi alem do nacional e fala minha técnica  é  excepcional e toda técnica  tem falhas e lembra  a 10 anos o jiu jitsu  americano?

Lembra do kickboxing  brasileiro? Tudo evolui

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Vc é  meio chato mas tem excelentes análises  falar uma coisa ,Adesanya  é  excepcional porem tocavel coisa Jones  por mais que  tocou certo  calor  ainsa não  é,Anderson  no auge também  não  era.

Já  vi qyw Adesanya  se embanana com lutadores  com punch escroto.

Borracha  daria luta se fosse fazer o quw tem quw se feito que é  encurtar e enfiar a porrada perderia mas foi trocar técnica  ai ficou molinho

Cara, vc vai ficar pistola, mas n acho que Demian Maia, Patrick Coté, Marquadt, Franklin, Belfort, Okami e afins sirvam de parâmetro pra comparação que vc fez.

O complicado é que vc reduz td que digo à antipatia e  isso acaba inviabilizando o debate. Mas penso que mesmo tendo começado o reinado agora, o Adesanya pegou strikers mais duros que o Anderson. Veja só:  Caras que tinham td pra entrar cagados, já que estavam diante de alguém com um background sinistro no Kickboxing-  mais de 80 lutas profissionais na modalidade - mas que caíram pra dentro sem cerimonia nenhuma- até o Vettori pagou pra ver. Então, por um lado o Adesanya é mesmo mais acertável que o brasileiro, mas  por outro, deve ser levado em conta o fato dele  ter pego um pessoal  muito mais "desrepeitoso" , arisco e bruto que o que o Aranha encarou. E ainda assim venceu com propriedade. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Cara, vc vai ficar pistola, mas n acho que Demian Maia, Patrick Coté, Marquadt, Franklin, Belfort, Okami e afins sirvam de parâmetro pra comparação que vc fez.

O complicado é que vc reduz td que digo à antipatia e  isso acaba inviabilizando o debate. Mas penso que mesmo tendo começado o reinado agora, o Adesanya pegou strikers mais duros que o Anderson. Veja só:  Caras que tinham td pra entrar cagados, já que estavam diante de alguém com um background sinistro no Kickboxing-  mais de 80 lutas profissionais na modalidade - mas que caíram pra dentro sem cerimonia nenhuma- até o Vettori pagou pra ver. Então, por um lado o Adesanya é mesmo mais acertável que o brasileiro, mas  por outro, deve ser levado em conta o fato dele  ter pego um pessoal  muito mais "desrepeitoso" , arisco e bruto que o que o Aranha encarou. E ainda assim venceu com propriedade. 

Anderson  ten áurea  cara ate adesanya  o respeitou o Hall perdeu ate o cruzado entrar  simplesmente  pq respeitou. 

Adesanya  pagou por tantos stricker que entraram no mma oriundo  do kickboxing  e tomaram sova como Saki.

Mas ai não  pegaram um cara diferente  né. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Posted (edited)
2 horas atrás, NEGO DÁGUA disse:

Vc é  um cara que faz algo interessante  perdeu saiu do auge?

Não  ,as vezes vc exagera mas entendo sua linha.

Luta  é  muito cabeça  motivação  etc.

Hj tenho olhar crítico  quando  um cara que entende  de MMA  como poucos porem seu nível nunca foi alem do nacional e fala minha técnica  é  excepcional e toda técnica  tem falhas e lembra  a 10 anos o jiu jitsu  americano?

Lembra do kickboxing  brasileiro? Tudo evolui

Meu raciocínio é muito simples: Todo sucesso tem contexto- n se explica só pelas habilidades do vitorioso. Ngm vence, constrói um reinado,  apenas por ser especial. Os jogos casam e  por isso o êxito se justifica. Ponto. 

Por ex:  Imagine que o Khabib volte e que, amanhã, o UFC contrate uma leva de cara grande e com wrestling sinistro, nível olímpico. Imagine que esses caras  derrubem todo mundo e  tenham uma trocação razóavel. Aí o russo pega 3 desses caras e perde- os 3 colocando pra baixo.

Então, eu pego essas derrotas e apareço fino dizendo que o russo perdeu por n ser mais o mesmo; no no auge mataria etc. Pra mim isso n faz sentido. Todo esporte evolui. Se um estilo de 15 anos atrás n fosse superado hoje, seria como se o esporte tivesse parado completamemte no tempo.  Todo lutador decai fisicamente( é evidente que isso exerce influência na performance e que  o nível de perda varia de lutador pra lutador) mas ao mesmo tempo, o nível fisico e técnico das divisões  tbm aumenta- e isso tbm explica as derrotas.

Na verdade,  nem é preciso que o nível técnico aumente significativamente;  basta que surja uma leva de caras maiores e mais fortes que os de antes pra o caldo entornar pra quem tinha um reinado. Ou seja, se contexto mudou, é certo que os resultados tbm irão mudar. Por ex, hj é impensável um peso leve com 1.67 como o Edgar - temos galo de 1.82.

A marcha da evolução n para.  Independente de perda de performance, penso que o esporte n ficou parado pra o Anderson, pra o Aldo, pra o Fedor ou pra qualquer outro cara da velha guarda. As pessoas acham tratam como se  as grandes lendas representassem o ápice do talento humano, só podendo ser batidas pelo tempo. N concordo com isso. Pra mim, é óbvio que Cormier e Miocic bateriam o Fedor no auge, que Ngannou nocautearia o Cro Cop, que o Conor veneria o Aldo do Wec, e q o JJ venceria o Wand do Pride da mesma forma que os tops de hj tbm seriam batidos safra de 2035. 

Edited by Luiz Melo

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 minutos atrás, Luiz Melo disse:

Meu raciocínio é muito simples: Todo sucesso tem contexto- n se explica só pelas habilidades do vitorioso. Ngm vence, constrói um reinado,  apenas por ser especial. Os jogos casam e  por isso o êxito se justifica. Ponto. 

Por ex:  Imagine que o Khabib volte, e que amanhã, o UFC contrate uma leva de cara grande e com wrestling sinistro, nível olímpico. Imagine que esses caras  derrubem todo mundo e  tenham uma trocação razóavel. Aí o russo pega 3 desses caras e perde- os 3 colocando pra baixo.

Então, eu pego essas derrotas e apareço fino dizendo que o russo perdeu por n ser mais o mesmo; no no auge mataria etc. Pra mim isso n faz sentido. Todo esporte evolui. Se um estilo de 15 anos atrás n fosse superado hoje, seria como se o esporte tivesse parado completamemte no tempo.  Todo lutador decai fisicamente( é evidente que isso exerce  e que varia de lutador pra lutador) mas ao mesmo tempo, o nível fisico e técnico das divisões  tbm aumenta. Na verdade,  nem é preciso que o nível técnico aumente significativamente;  basta que surja uma leva de caras maiores e mais fortes que os de antes pra o caldo entornar pra quem tinha um reinado. Ou seja, se contexto mudou, é certo que os resultados tbm irão mudar. Por rex, hj é impensável um peso leve com 1.67 como o Edgar - temos galo de 1.82.

A marcha da evolução n para.  Independente de perda de performance, penso que o esporte n ficou parado pra o Anderson, pra o Aldo, pra o Fedor ou pra qualquer outro cara da velha guarda. As pessoas acham tratam como se  as grandes lendas representassem o ápice do talento humano, só podendo ser batidas pelo tempo. N concordo com isso. Pra mim, é óbvio que Cormier e Miocic bateriam o Fedor no auge, que Ngannou nocautearia o Cro Cop, que o Conor veneria o Aldo do Wec, e q o JJ venceria o Wand do Pride da mesma forma que os tops de hj tbm seriam batidos safra de 2035. 

Sim irmão  vc ta certo porem o Anderson  ficou velho os outros  exemplos  não  concordando 100%tipo Cro Cop colocaria na distância o ngnnau e derrubava o monstro.

Anderson  estava um nível acima e ate hj pra  mim provou luta Adesanya,Derek ate o Hall a tecnica tava faltou juventude  .

Como o Jones ainda é  o cara pq esses caras estão  10 ou 15 anos na frente do tempo.

Conor é  um gênio  porem  vencível o engraçado  um car normsl como o Diaz provou isso.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 12/31/2020 at 11:33 AM, NEGO DÁGUA disse:

Entenda resultados não  tiram erros  as vezes  na vitoria tem mais erros que na derrota.

Borracha fez o que não  podia trocar em pé  com Adesanya  não  tem nível  e cacife pra isso.

Mas num nível  de luta  vc viu foi constantemente agredido pelo Gastelumas vezes  ele dar uma telegrafada no chute  coisa que pra quem entendi  observa. 

Luta  são pequenos  detalhes  e fazem diferença  absurda  quando  o nível  do seu oponente  é  alto 

pois é nego eu nem sabia que borrachinha tinha nivel de trocação ruim , ele tem tecnicos ,sparrings,teria que estar sempre melhorando ,muito treinamento , o borrcha tava tomando muito chute na perna ,não entendia pq ele não bloqueava com a canela, o que vc diz faz sentido ,mas o que o borracha podia fazer ,o jogo de quedas dele nunca ninguém viu e o jiu dele menos ainda o jiu dele deve ser igual o jiu do cigano.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 minutos atrás, Lindoso disse:

pois é nego eu nem sabia que borrachinha tinha nivel de trocação ruim , ele tem tecnicos ,sparrings,teria que estar sempre melhorando ,muito treinamento , o borrcha tava tomando muito chute na perna ,não entendia pq ele não bloqueava com a canela, o que vc diz faz sentido ,mas o que o borracha podia fazer ,o jogo de quedas dele nunca ninguém viu e o jiu dele menos ainda o jiu dele deve ser igual o jiu do cigano.

Ele treina muitooo boxe isso dificulta  esse time de bloqueio de canela muita  gente é   contra  mas absorção  é  fundamental fala qye é  lenda etc @masterblaster é  lenda?

Pelo estilo do borracha acho que devia treinar era tirar a perna e aguentar  uma ou outra  logico que não  deixar a perna lá. 

Borracha era tomar o  chute e entrar na linha de cintura  e subir cruzando  achoa distância  trabalhar na curta ou ia pro grappling..mas ficou na distância ..fez igual faziam  com o Anderson 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 1/4/2021 at 10:13 PM, Luiz Melo disse:

Muito obrigado. Fico feliz que tenha gostado.Enquanto vivência, experiência  e tarimba, vc é  a maior referência aqui no grupo -  e ainda assim conserva uma humildade íde impressonar -  é sempre muito educado e recptivo aos posicionamentos dos colegas, mesmo quando discorda. É o tipo de conduta  deveria orientar a postura do pessoal por aqui, e principalmente  o comportamento de quem é imerso no mundo da luta e tem a responsabilidade de formar pessoas. Todos os mestres deveriam ser assim. 

 

Sobre o post: É aquela coisa...  acho que esse posicionamento é cria de um olhar  um pouco mais cético e prudente em relação à luta - n que seja imprudente tenta cravar  o resuldado- até pq, uma das razões do grupo,  e o que torna o debate divertido, é exatamente o comprometimento com as convicções. Mas sei lá...  levo muito em conta a imponderabilidade da luta. Sou da ideia de que uma parcela muito pequena da luta e do lutador é passível de controle. Por isso eu procuro falar mais habilidades e recursos do que em resultados. 

 

Pô Luiz, muito obrigado! Mas tem muita gente aqui muito mais capacitada. Acho que educação e respeito são obrigações, que todo mundo deveria ter mesmo. E temos realmente que ser receptivos a opiniões diversas, porque com elas é que aprendemos, desde que resolvamos pensar a respeito. Aprendi isso com meus pais e no mundo das lutas com meu mestre. Ele nunca se fechou no kickboxing, pelo contrário, valorizava outras modalidades, ao ponto de estudá-las e fazermos intercâmbio com elas. Se não fosse um cara aberto ao diferente, nem ele nem nós, que éramos suas "crias", teríamos aprendido metade do que aprendemos. E funcionava, porque o cartel dele foi de 129 lutas invicto.

E realmente reparei no que falou, em geral você faz mais a análise das características e propriedades do lutador do que investe no prognóstico. E eu estava comentando com o @Silverchair outro dia, a gente investe em análises e prognósticos, aí chega na hora da luta e uma pequena atitude muda tudo e sai tudo ao contrário. Mas não teria graça se não fossem esses palpites.

E a recíproca é muito verdadeira. Sua postura e educação aqui são invejáveis. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 1/4/2021 at 10:15 PM, NEGO DÁGUA disse:

A verdade é  o borracha acreditou por uma orientação  errada que poderia trocar com Adesanya  trocou com Romero e Adesanya correu  do Romero mas estilos fazem luta  e discordo  quando  o wrestling  não  fez diferença  um gnp de um monstro daquele  é  complicado mesmo motivo do Anderson  no auge ter se perdido em pé  com Weidman ou alguém acha que o americano tinba chance  na verdade  se fosse kickboxing  seria um aluno e professor  como o Borracha e Israel.

Bem o erro foi querer trocar técnica  com Adesanya  e vi lutas dele o cara é  fantástico  mas ta verde no MMA é  um iniciante  quando  pegar  tarimba ppde ter certeza  derruba ate o Jones. 

Mas primero erro não  transformou a luta  em briga como ele faz encurtar  e trabalhar o corpo e cabeça  ,colocar o cara na grade fazer um jogo similar ao Gastelum fez .

Segundo treinou um muay thai pra enfrentar um gênio  da movimentação  cara a luta  foi to aqui e ele recebia as bombas,vi treinou  muay thai meia boca e o badola orientou  totalmente  errado coach de boxe ,fazer estratégia  pra MMA  sem ter familiaridade  alguma com.esse nivel de luta  é  foda.

Terceiro vc tem uma escola forte  de kickboxing  hj tem uma referência  mundial que venceu o Nigéria pegava algum tecnico de lá  do kickboxing e outra colocou  na cabeça  quw Adesanya  era fraco.

Primeiro  musculatura  não  qye dizer pegada , força  de supino é  diferente  de força  de punch.

Outra adesanya  é  stricker  sem tanto punch e porem muito  encaixe de golpe e isso compensa a pegada.

Outra Borracha  ta longe de ser one punch como ele se acha já  vi de perto pega pq um cara de 105 ou 110 em off 1.85 de músculo  vai ter pegada mas né  isso que ele acha não  conheço  gente de que pega mais.

Enfim em suma errrou totalmente  na estratégia outra não  tem nivel pra trocar  com Adesanya  e com outros da categoria tem um caminho  bem feito assim como Daico vc ver daico tem idade do Raoni. 

Dizem que dana não  investi no Raoni  por causa da idade e Daico tem a mesma idade com diferença  de srr muito  mais grosso e pior tecnicamente  porem o wallid soube fazee o caminho e ninguém  nunca citou o Deivisson  como velho ate pq não  é. 

Mas se fosse Wallid  levava o Borracha pra São  Paulo  e treinava  muito  parte de kickboxing  e boxe dele, lá  tem jiu jitsu ,wrestling etc.

Pq com.esse treino  que ele posta ai esquece  o nivel em pé  da categoria pra stricker  ta alto pra ele

 

 

O wrestling fez muita diferença ali sim, porque o Israel ficou um tanto inibido no avanço e nos ataques justamente por medo de ser quedado e sofrer um gnp, perigo que ele não considerou correr com o Borrachinha. 

Mas o Borrachinha ajudou demais ele. Estratégia errada, inatividade, falta de atitude... não ia merecer nunca vencer ali. Nem tinha como.

E se quiser evoluir de verdade, vai treinar com o Cordeiro, que inclusive curte muito treinar esse tipo de lutador. Primeiro vai dar uma abaixada na bola dele, o Borrachinha vai apanhar que nem boi ladrão.  Depois vai lapidar o cara. Ai garanto que ele evolui demais.

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 1/5/2021 at 12:52 PM, NEGO DÁGUA disse:

Ele treina muitooo boxe isso dificulta  esse time de bloqueio de canela muita  gente é   contra  mas absorção  é  fundamental fala qye é  lenda etc @masterblaster é  lenda?

Pelo estilo do borracha acho que devia treinar era tirar a perna e aguentar  uma ou outra  logico que não  deixar a perna lá. 

Borracha era tomar o  chute e entrar na linha de cintura  e subir cruzando  achoa distância  trabalhar na curta ou ia pro grappling..mas ficou na distância ..fez igual faziam  com o Anderson 

Absorção, lenda? De jeito nenhum. Tem vários fatores físicos e psicológicos que fazem o treino de absorção ser indispensável. Se o atleta não sabe apanhar (e saber apanhar é ter consciência do próprio corpo a ponto de não dar valor a um tipo de dor por já estar acostumado com ele), dificilmente vai muito longe.

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, masterblaster disse:

Pô Luiz, muito obrigado! Mas tem muita gente aqui muito mais capacitada. Acho que educação e respeito são obrigações, que todo mundo deveria ter mesmo. E temos realmente que ser receptivos a opiniões diversas, porque com elas é que aprendemos, desde que resolvamos pensar a respeito. Aprendi isso com meus pais e no mundo das lutas com meu mestre. Ele nunca se fechou no kickboxing, pelo contrário, valorizava outras modalidades, ao ponto de estudá-las e fazermos intercâmbio com elas. Se não fosse um cara aberto ao diferente, nem ele nem nós, que éramos suas "crias", teríamos aprendido metade do que aprendemos. E funcionava, porque o cartel dele foi de 129 lutas invicto.

E realmente reparei no que falou, em geral você faz mais a análise das características e propriedades do lutador do que investe no prognóstico. E eu estava comentando com o @Silverchair outro dia, a gente investe em análises e prognósticos, aí chega na hora da luta e uma pequena atitude muda tudo e sai tudo ao contrário. Mas não teria graça se não fossem esses palpites.

E a recíproca é muito verdadeira. Sua postura e educação aqui são invejáveis. 

kkkk verdade..

@Luiz Melo tem a frieza de avaliar as características equanto a gente já tá vendo um metendo a mão na cara do outro kkkkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
18 horas atrás, masterblaster disse:

Absorção, lenda? De jeito nenhum. Tem vários fatores físicos e psicológicos que fazem o treino de absorção ser indispensável. Se o atleta não sabe apanhar (e saber apanhar é ter consciência do próprio corpo a ponto de não dar valor a um tipo de dor por já estar acostumado com ele), dificilmente vai muito longe.

Acho que isso vale pra vida.

Nos conhecer, conhecer nosso ponto forte e fraco, explorar o que temos de melhor e salvaguardar nossas fraquezas é o que difere uma pessoa de sucesso de uma que tem dificuldades em conquistar algo, o que difere uma pessoa feliz de uma triste!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now