Sign in to follow this  
Eder Jofre55

Chris Weidman diz que não teme barca do UFC, mas admite: "Não ficaria surpreso"

Recommended Posts

Chris Weidman diz que não teme barca do UFC, mas admite: "Não ficaria surpreso"

Ex-campeão alerta que evento está começando a se desfazer de atletas mais caros e valorizando lutadores que recebem menos

Por Combate.com 

 

Chris Weidman não vive boa fase no UFC. O homem que destronou Anderson Silva e reinou por dois anos como campeão dos médios soma cinco derrotas em suas últimas sete lutas.

Questionado pelo canal "Fanatics View" se estaria preocupado em fazer parte da barca de 60 lutadores que Dana White prometeu demitir neste fim de ano, Weidman disse que não, mas admite também que não vai se surpreender caso esteja nela.

- Eu não estou preocupado com isso, mas não ficaria surpreso. Nada me surpreende. Eu não acho que eu seja mais especial do que qualquer um onde eles possam dizer "Olha, Chris Weidman é um cara que nós vamos manter para sempre não importa o que aconteça". Se eu não provar que sou um lutador de elite e que posso estar preparado para uma luta pelo título, então sim, posso ver isso com certeza.

 

O ex-campeão contou que vem se surpreendendo ao ver o evento liberar atletas com contratos vigentes para buscarem outras organizações, como aconteceu recentemente com Yoel Romero, por exemplo. Segundo Weidman, talvez seja um movimento para o Ultimate enxugar suas finanças.

- É sem precedentes eles estarem deixando os caras saírem com lutas em seus contratos. Isso realmente coloca todo mundo numa posição, se você estiver no UFC, de "que merda!". Se você não estiver vencendo agora, especialmente se você recebe muito dinheiro, parece que eles estão tentando se livrar de você e trazer esses caras mais jovens para quem eles não pagam tanto dinheiro. Parece que estão focados nisso.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mostrou confiança no começo do discurso mas no meio e no final a desconfiança veio à tona. Não precisa entender muito de comunicação pra entender que ele tá na corda bamba, se perder para o Uriah Hall vai entrar na barca. Foi coerente.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Custo x benefício é o principal cruzamento de dados de qualquer organização com fins lucrativos. Qual o espanto? Tem gente que não conseguiria gerir uma banca de frutas. pelo visto o Weidman está entre eles.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A alguns tópicos eu vinha levantando a bola de que o UFC não aproveitou o hype que o MMA teve não alavancou o suficiente pra virar um esporte popular durável.

Não tem como ser como o futebol no Brasil e Europe. Basquete, Basebol e Futebol Americano no nos EUA mas eles tiveram a chance de não se tornar sazonais como são a maioria dos esportes olimpicos que só tem aderência durante o evento.

UFC chegou a ocupar o mesmo espaço que a F1, Volei, Natação e Tenis quando esses tinham seus campeões nacionais.

Hj eles estão queda. a aderência vem diminuindo e a prova disso é essa tal barca inimaginavel nos tempos de vaca gorda.

O que motiva isso? Não consigo pensar em nada além de contenção de despesa, algo prematuro se pensarmos que a pandêmia ainda não afetou o ano competitivo no qual grandes organizações tem caixa pra se  manter.

Pra piorar, seus principais lutadores estão vivendo um ócio fruto tb da má gestão. Jones não sabe se sobe ou se desce, Adessanya não sabe onde fica, Khabib ao que tudo indica está saindo.

O único horizonte mais robusto que o UFC pode ver agora é o Connor vencendo o Poirier e fazendo uma luta pela cinta e vencendo tb. Daí garantiria ao menso 3 super eventos ano que vem e mais alguns em 2022.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Silverchair disse:

A alguns tópicos eu vinha levantando a bola de que o UFC não aproveitou o hype que o MMA teve não alavancou o suficiente pra virar um esporte popular durável.

Não tem como ser como o futebol no Brasil e Europe. Basquete, Basebol e Futebol Americano no nos EUA mas eles tiveram a chance de não se tornar sazonais como são a maioria dos esportes olimpicos que só tem aderência durante o evento.

UFC chegou a ocupar o mesmo espaço que a F1, Volei, Natação e Tenis quando esses tinham seus campeões nacionais.

Hj eles estão queda. a aderência vem diminuindo e a prova disso é essa tal barca inimaginavel nos tempos de vaca gorda.

O que motiva isso? Não consigo pensar em nada além de contenção de despesa, algo prematuro se pensarmos que a pandêmia ainda não afetou o ano competitivo no qual grandes organizações tem caixa pra se  manter.

Pra piorar, seus principais lutadores estão vivendo um ócio fruto tb da má gestão. Jones não sabe se sobe ou se desce, Adessanya não sabe onde fica, Khabib ao que tudo indica está saindo.

O único horizonte mais robusto que o UFC pode ver agora é o Connor vencendo o Poirier e fazendo uma luta pela cinta e vencendo tb. Daí garantiria ao menso 3 super eventos ano que vem e mais alguns em 2022.

concordo, muito bem falado

Share this post


Link to post
Share on other sites

É isso  mesmo, se eu fosse o Dana iria ficar pagando 300,000 ,500,000 ,pra lutador que só tem  o nome e faz luta merda tipo Cigano, Shogum ,só  pra citar  dois que me vieram a mente agora ?

Quem  está  indo embora ou já  foi não  está  mais no auge ,exceção do DJ, talvez algum outro que esqueci ,dificilmente lutarão por cinturão e a vida fora do UFC é mais  lucrativa para muitos, mesmo que por pouco tempo no caso dos mais  velhos e que já  venceram o limite  técnico e físico! 

O evento só está renovando os ativos, o que faz muito  bem como.empresa que quer continuar se mantendo no topo e atrativa , sangue e talentos novos podem nos proporcionar excelentes lutas, a roda tem que girar  !

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Eder Jofre55 disse:

É isso  mesmo, se eu fosse o Dana iria ficar pagando 300,000 ,500,000 ,pra lutador que só tem  o nome e faz luta merda tipo Cigano, Shogum ,só  pra citar  dois que me vieram a mente agora ?

Quem  está  indo embora ou já  foi não  está  mais no auge ,exceção do DJ, talvez algum outro que esqueci ,dificilmente lutarão por cinturão e a vida fora do UFC é mais  lucrativa para muitos, mesmo que por pouco tempo no caso dos mais  velhos e que já  venceram o limite  técnico e físico! 

O evento só está renovando os ativos, o que faz muito  bem como.empresa que quer continuar se mantendo no topo e atrativa , sangue e talentos novos podem nos proporcionar excelentes lutas, a roda tem que girar  !

 

Nenhum evento de qualquer esporte vive apenas de atletas no auge. O nome conta até mais que auge.

Além disso, a vida de uma categoria se deve aos diversos níveis entre os atletas.

No UFC vc tem mais um agravante que é a falta de gestão e nívelamento dos atletas. Shogun chegou no UFC sem preparo pra LHW, sempre foi indisciplinado e quando a categoria se remodelou, ele ainda continuou nela ao invés de tentar se adapatar aos médio onde os atletas estariam mais equiparados ao seu biotipo.

Isso vale até pro Cigano que assim como outros, se tornou pequeno pra categoria.

Caberia ao UFC reformular isso e parar de perder grandes nomes. Uma refatoração nas categorias de peso poderia ajudar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Silverchair disse:

Nenhum evento de qualquer esporte vive apenas de atletas no auge. O nome conta até mais que auge.

Além disso, a vida de uma categoria se deve aos diversos níveis entre os atletas.

No UFC vc tem mais um agravante que é a falta de gestão e nívelamento dos atletas. Shogun chegou no UFC sem preparo pra LHW, sempre foi indisciplinado e quando a categoria se remodelou, ele ainda continuou nela ao invés de tentar se adapatar aos médio onde os atletas estariam mais equiparados ao seu biotipo.

Isso vale até pro Cigano que assim como outros, se tornou pequeno pra categoria.

Caberia ao UFC reformular isso e parar de perder grandes nomes. Uma refatoração nas categorias de peso poderia ajudar.

Nome conta mais que qualidade técnica? Se isso fosse verdade o Anderson tinha renovado até  os 60 anos  , se o UFC manter  lutador pelo nome e simpatia aí sim é  que vai a falência! 

O cara custa caro e não  dá o retorno que a empresa investe + alguma margem de lucro vai para o RH ,é  assim  em qualquer negócio!

Quem tem que gerir a carreira é o atleta e não  o evento, o UFC é o culpado pelo Shogum fazer camp em Curitiba porque não quer sair da zona de conforto? 

Cigano entra borrado, toma uma e vai pra grade ,o UFC tem que pagar  um psicólogo e fazer uma nova  categoria  porque  ele ficou "pequeno "para os pesados? 

Os grandes nomes  não estão mais pagando as contas e gerando lucros como antes ,além de performances ruins ou instáveis ,já  deram o que tinham que dar ,vão ganhar mais dinheiro em outros eventos e o UFC vai renovar seu plantel, não  falta lutador bom querendo lutar lá ,ganha todo mundo! 

Eu curto os velhinhos mas não sou saudosista, ficar assistindo luta só  pelo nome  do cara, tô fora! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Eder Jofre55 disse:

É isso  mesmo, se eu fosse o Dana iria ficar pagando 300,000 ,500,000 ,pra lutador que só tem  o nome e faz luta merda tipo Cigano, Shogum ,só  pra citar  dois que me vieram a mente agora ?

Quem  está  indo embora ou já  foi não  está  mais no auge ,exceção do DJ, talvez algum outro que esqueci ,dificilmente lutarão por cinturão e a vida fora do UFC é mais  lucrativa para muitos, mesmo que por pouco tempo no caso dos mais  velhos e que já  venceram o limite  técnico e físico! 

O evento só está renovando os ativos, o que faz muito  bem como.empresa que quer continuar se mantendo no topo e atrativa , sangue e talentos novos podem nos proporcionar excelentes lutas, a roda tem que girar  !

 

eu juntaria isso ao fato do bellator parar de investir no pessoal q sai do UFC e partir pra atletas de base. além do UFC não se preocupar em passar atletas de renome pra concorrência, vai começar a disputar esses novos talentos com o bellator

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Eder Jofre55 disse:

Nome conta mais que qualidade técnica? Se isso fosse verdade o Anderson tinha renovado até  os 60 anos  , se o UFC manter  lutador pelo nome e simpatia aí sim é  que vai a falência! 

O cara custa caro e não  dá o retorno que a empresa investe + alguma margem de lucro vai para o RH ,é  assim  em qualquer negócio!

Quem tem que gerir a carreira é o atleta e não  o evento, o UFC é o culpado pelo Shogum fazer camp em Curitiba porque não quer sair da zona de conforto? 

Cigano entra borrado, toma uma e vai pra grade ,o UFC tem que pagar  um psicólogo e fazer uma nova  categoria  porque  ele ficou "pequeno "para os pesados? 

Os grandes nomes  não estão mais pagando as contas e gerando lucros como antes ,além de performances ruins ou instáveis ,já  deram o que tinham que dar ,vão ganhar mais dinheiro em outros eventos e o UFC vai renovar seu plantel, não  falta lutador bom querendo lutar lá ,ganha todo mundo! 

Eu curto os velhinhos mas não sou saudosista, ficar assistindo luta só  pelo nome  do cara, tô fora! 

Não sei se o exemplo do AS foi zoação ou se falou sério.

AS é justamente o melhor exemplo de que nome fala mais alto. Em sete anos ele acumulou 7 derrotas e apenas 1 vitória. Para "nomes normais" 3 derrotas seguidas é facão. Outro colossal exemplo foi o Lesnar.

Mas se ainda quiser contextar isso, basta imaginarmos um evento hipotético hoje com AS, Lesnar, Minotauro, CroCop, GSP, BJ e alguns outros aposentados, soma isso aos caras que tem nome mas que vivem um momento de baixa como Aldo, Cerrone, Cigano, Shogun e etc.

Depois faz um evento com os caras mais técnicos que vc tiver e me diga qual teria mais retorno pro UFC.

Se não quiser algo tão lúdico, basta compararmos o PPV dos eventos encabeçados por grandes nomes e por campeões ainda sem tanto nome como o Petr Yan e Volka.

Edited by Silverchair

Share this post


Link to post
Share on other sites
8 horas atrás, siso_ disse:

eu juntaria isso ao fato do bellator parar de investir no pessoal q sai do UFC e partir pra atletas de base. além do UFC não se preocupar em passar atletas de renome pra concorrência, vai começar a disputar esses novos talentos com o bellator

Mas o Bellator investe sim. O fato de não levar alguns nomes não é porque eles não quiseram e sim pq outros eventos tb os querem e investem pesado.

Temos que lembrar que o Bellator não tem um Árabe ou máfia Ásiática por trás bancando.

Share this post


Link to post
Share on other sites
16 horas atrás, siso_ disse:

eu juntaria isso ao fato do bellator parar de investir no pessoal q sai do UFC e partir pra atletas de base. além do UFC não se preocupar em passar atletas de renome pra concorrência, vai começar a disputar esses novos talentos com o bellator

Bem  observado, e acredito que o.UFC levaria vantagem  !

8 horas atrás, Silverchair disse:

Não sei se o exemplo do AS foi zoação ou se falou sério.

AS é justamente o melhor exemplo de que nome fala mais alto. Em sete anos ele acumulou 7 derrotas e apenas 1 vitória. Para "nomes normais" 3 derrotas seguidas é facão. Outro colossal exemplo foi o Lesnar.

Mas se ainda quiser contextar isso, basta imaginarmos um evento hipotético hoje com AS, Lesnar, Minotauro, CroCop, GSP, BJ e alguns outros aposentados, soma isso aos caras que tem nome mas que vivem um momento de baixa como Aldo, Cerrone, Cigano, Shogun e etc.

Depois faz um evento com os caras mais técnicos que vc tiver e me diga qual teria mais retorno pro UFC.

Se não quiser algo tão lúdico, basta compararmos o PPV dos eventos encabeçados por grandes nomes e por campeões ainda sem tanto nome como o Petr Yan e Volka.

Se ele fosse lucrativo o evento não  o teria mandado embora  , e com certeza já teria assinado com.a concorrência  e o caso dele não  quer dizer que vale pra todo nome que tem alguma fama ou relevância no UFC, perder várias vezes e continuar lutando, tem hora  que  é  preciso virar a página, se o lutador não  quer fazer o evento acaba fazendo, simples  assim! 

Por mais  que eu tente não  consigo imaginar um evento  com esses nomes  que você citou lutando  hoje ,tudo  tem seu tempo e limite, acho que seria até crueldade fazer isso  com os caras e com quem assiste ,quem chega aos 35 lutando em alto nível é  cara que se dedica, treina e descansa ,tem poucas lesões ,não  faz merda em noitadas etc ...

O Dana não  rasga dinheiro até onde eu sei , esses caras já  deram o que tinham que dar ,custam caro e não  compensam mais o investimento, nada dura para sempre  ,isso inclui lutadores de mma , não  fosse assim  eles ainda ficariam no evento por mais um tempo! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this