Sign in to follow this  
jon jones

Charles do Bronx finalmente desabrochou

Recommended Posts

Charles sempre demonstrou muito talento. O que me chamava atenção é a facilidade com que ele quedas bons wrestlers mesmo treinando numa equipe que não oferecia treino de ponta nessa técnica. O problema dele era a fraca absorção de golpes e a displicência na defesa tanto em pé quanto no chão. Charles já perdeu no grappling para muita gente inferior a ele, inclusive em lutas que vinha ganhando (Lamas, Pettis e etc). Ontem, deu para perceber que ele foi mais conservador no chão e não tentou finalizações que poderiam fazer cair numa posição de desvantagem. Talento ele sempre teve, mas faltava lapidar. Espero vê-lo campeão.

Share this post


Link to post
Share on other sites
29 minutos atrás, Biano Mandí disse:

Bom texto e título perfeito

Acho que o Charles poderia usar mais os jabs na trocação e usar o GNP quando tá por cima

Ele fica concentrado em finalizar mas tem hora como foi nessa luta, ele deveria descer a pancada no Tony, que aliás, poderia abrir brecha para ele finalizar.

Agora, pode ser que ele ficou com receio de perder as posições se fosse pro GNP e por isso ficou amarrando o Fergunson que é uma fera no chão também.

Justamente.  Deveria descer o sarrafo enquanto está por cima. Talvez a luta nem durasse tanto, e, como vc mesmo disse, abriria brechas para uma finalização, ja que quem tá por baixo apanhando, tenda a se perder na defesa.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Foi de fato uma vitória absurdamente dominante contra um dos melhores atletas da história categoria. Foi um domínio técnico, sem grande contundência mas sem dar chances pro adversário.

Bem diferente da luta anterior do Ferguson que foi mais equilibrada mas o cu de cachorro recebeu um castigo muito mais duro. Fora a chave d braço no finalzinho do primeiro round o Charles não teve nenhuma outra possibilidade de finalizar a luta. 

Pra mim fica muito claro que apesar da evolução as falhas defensivas na trocação continuam lá, os poucos momentos de trocação foram bem mais equilibrados e o brasileiro foi acertado, como vem sendo acertado em praticamente todas as lutas, o Lee acertou golpes limpos que poderiam ter complicado o brasileiro, o que melhorou sem dúvida foi a absorção de golpes. Nesse ponto acredito que atletas pegadores e com boa defesa de quedas podem complicar a vida do Charles, Conor, Proirer e Gaethje seriam perigosíssimos para o brasileiro.

No mais agora definitivamente o Charles mudou de nível e é sem dúvida um dos caras mais duros e completo s da categoria, aquele Charles displicente e sem coração ficou pra trás. Uma evolução impressionante como um todo Chatinho hoje é outro atleta. 

Está pronto para o disputar o cinturão, espero que a categoria não fique enrolada e o brasileiro dispute a cinta já na próxima luta, se vai conseguir conquistar e manter são outros 500.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, jon jones disse:

1 ato: Charles chegou menino no UFC, foi algumas vezes atirado aos leões cedo demais, como contra Miller, Cerrone, Cub e Edgar, porra, cara nem se maturava e já o jogavam a caras desse calbre, não tinha como dar bom, lembra o saudoso erick silva, depenava um "frango" e pegava o n 2 do mundo na sequência...

2 ato: depois da previsível derrota para Edgar, apesar de ter lutado bem, ele tem oportunidade de ter uma sequência pela 1 vez na carreira, emendando 4 vitórias, sobre os bons Hatsu Hioki, Jeremy e Lentz, aí veio a até hoje único main event, contra outro promissor Holloway, que estava mais pronto do que o brasileiro, brecou novamente no top 5, com uma derrota esquisita.

3 ato: altos e baixos contra oponentes de bom nível, vencendo Jury e Brooks e perdendo para Pettis, Lamas e Felder

4 ato: enquanto muitos já não esperavam mais nada ele emenda 8 vitórias seguidas e basicamente sem sofrer danos contra oponentes de valor como Miller, Guida, Teymur, Lentz, Lee e agora Ferguson, na que foi a atuação mais sólida de sua carreira, onde ele se mostrou um lutador de MMA completo, talvez pela 1 vez. 

A luta contra Ferguson mostrou um Do bronx muito mais forte fisicamente do que quando ele perdeu para o Felder, a força física que ele ganhou nesses anos salta aos olhos. Em pé está poderoso, low kicks que foram sentidos rapidamente pelo oponente além de socos e um chute alto que jogaram por terra a teoria de que em pé seria um amasso do cucuy. Do Bronx lutou e não deixou o oponente lutar, levou a melhor emquanto a luta esteve de pé. 

Wrestling, outra teoria lançada por terra, há quem disse que Do Bronx, um cara que derruba praticamente em todas as lutas que faz, não iria derrubar um cara que é frequentemente derrubado. Derrubou, mas surpreendeu a forma como foi, quedas de grande amplitude, mostrando a enorme força que el adquiriu além de refinada técnica, nas 3 tentativas, 3 quedas contra um teórico wrestler, que já abandonou o wrestling há tempos.

Chão, aquí deveria ser unânime que o chão oportunista do Ferguson não acharia espaço contra o bbrasileiro, mas há quem achou que eles se comparariam nesse setor. Ledo engano. Vimos um do Bronx pesado por cima, basicamente sem dar brechas, usando bem o ground and pound, acho que a 1 vez que ele o faz de maneira bem eficiente, além dos botes de finalização sempre afiados. 

O mérito que o cucuy teve foi sobreviver, apenas, um top 3 que sequer ameaçou o brasileiro em todo o combate. O erro de muitos foi analisar a história e não o momento, recortaram aquele Ferguson de 12 vitórias contra aquele charles de início de carreira. Ambos lutadores não existem mais e essa luta provou isso categoricamente. 

A ressalva segue quanto a defesa de do Bronx, nessas 8 vitórias ele foi pouquíssimo exigido defensivamente. Mas ele está pronto para o cinturão e o vencedor de Mcregor x Poirier, teóricos rivais para Charles, se ambos não acabarem com a luta rápido e deixarem Do Bronx encurtar e derrubar, um abraço, nenhum dos 2 tem chão para sobreviver. 

 

Arregaçou no texto mano 

 

Concordo com tudo. Essa é a linha do tempo do charles mesmo.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Eder Jofre55 disse:

Belo texto, porém tenho que discordar em alguns pontos  ,quando  perdeu a primeira  vez no UFC já  tinha mais de dez lutas nas costas ,não  era assim  tão  menino jogado aos leões ,claro que o nível era outro e ele ainda não  estava preparado para tal ,vai um pouco do empresário e dele mesmo que não  souberam gerenciar! 

O Ferguson das doze vitórias estava aí  até a luta contra o Justin, a possível queda dele aconteceu  esse ano , ah mas tomou x golpes do fulano e do cicrano ,qual a novidade? ele sempre lutou assim, transformando a luta em uma guerra, muitas vezes sangrenta, doze partiram pra dentro  e ficaram pra trás, o Justin que também é  adepto desse estilo mudou a chave  e fez uma luta cirúrgica, resultando em uma vitoria maiúscula, Charles  fez o mesmo usando seu jj ,todos os méritos a ele e sua equipe !

Não  vejo erro  nenhum em analisar a carreira de ambos  até  o duelo de ontem  Ferguson tinha se testado e vencido caras melhores que o Charles  ,passando  sufoco e revertendo  muitas guerras  ,isso  é  mérito  dele ,não  tem como anular isso , enquanto isso  o brasileiro não  tinha  conseguido dar o passo  adiante quando enfrentou alguém  do topo da cadeia alimentar ,que foi o que fez ontem  ,com sobras,melhor  luta dele até se levarmos  em conta  quem  ele enfrentou, mesmo  que alguns  que já  o desmereciam quando  vencia vão  decretar que está acabado ,roubaram.a alma e aquela lorota de almanaque do PVT que já  estamos acostumados! 

O próximo passo é o ts contra o vencedor de Conor x Poirier , Justin perdeu para o Khabib , Ferguson acumulou a segunda  derrota na qual foi anulado, no máximo mais uma vitoria, talvez contra o Chandler que nunca estreia, mas acho que merece a chance  agora, não  só pela luta de ontem  ,tem se mostrado outro lutador já  faz algum tempo! 

 

Perfeito. O Charles apesar de ter apenas 31 anos já tem 38 lutas de MMA, tbm acho que não foi o caso de ter sido jogado aos leões muito cedo. Ele era incompleto mesmo e teve uma evolução absurda em seu jogo nos últimos anos. Mérito dele e da equipe de ter a humildade de continuar nesta evolução contínua, esta é a característica que eu mais admiro em um profissional de qualquer área e em um esporte duro como este isto é mais louvável ainda. Agora é focar nesta evolução, corrigir as oportunidades ainda existentes pois daqui pra frente o caldo só engrossa. Tem tudo pra chegar no cinturão, pra mim o jogo dele casa com os possíveis adversários. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Eder Jofre55 said:

Belo texto, porém tenho que discordar em alguns pontos  ,quando  perdeu a primeira  vez no UFC já  tinha mais de dez lutas nas costas ,não  era assim  tão  menino jogado aos leões ,claro que o nível era outro e ele ainda não  estava preparado para tal ,vai um pouco do empresário e dele mesmo que não  souberam gerenciar! 

O Ferguson das doze vitórias estava aí  até a luta contra o Justin, a possível queda dele aconteceu  esse ano , ah mas tomou x golpes do fulano e do cicrano ,qual a novidade? ele sempre lutou assim, transformando a luta em uma guerra, muitas vezes sangrenta, doze partiram pra dentro  e ficaram pra trás, o Justin que também é  adepto desse estilo mudou a chave  e fez uma luta cirúrgica, resultando em uma vitoria maiúscula, Charles  fez o mesmo usando seu jj ,todos os méritos a ele e sua equipe !

Não  vejo erro  nenhum em analisar a carreira de ambos  até  o duelo de ontem  Ferguson tinha se testado e vencido caras melhores que o Charles  ,passando  sufoco e revertendo  muitas guerras  ,isso  é  mérito  dele ,não  tem como anular isso , enquanto isso  o brasileiro não  tinha  conseguido dar o passo  adiante quando enfrentou alguém  do topo da cadeia alimentar ,que foi o que fez ontem  ,com sobras,melhor  luta dele até se levarmos  em conta  quem  ele enfrentou, mesmo  que alguns  que já  o desmereciam quando  vencia vão  decretar que está acabado ,roubaram.a alma e aquela lorota de almanaque do PVT que já  estamos acostumados! 

O próximo passo é o ts contra o vencedor de Conor x Poirier , Justin perdeu para o Khabib , Ferguson acumulou a segunda  derrota na qual foi anulado, no máximo mais uma vitoria, talvez contra o Chandler que nunca estreia, mas acho que merece a chance  agora, não  só pela luta de ontem  ,tem se mostrado outro lutador já  faz algum tempo! 

 

Opa. Quando eu digo poucas lutas é em relação ao UFC, onde muitos lutadores foram e são amadurecidos com muito mais carinho do que o Charles foi no início de sua jornada no UFC. 

O que quis ressaltar quando muitos aquí analisaram esse duelo foi que recortaram um Charles que claramente e bem antes desse duelo já deu sinais de que não existia mais, aquele que se encolhia nas primeiras adversidades e se cagava todo. A impressão é que analisavam aquele charles contra o Ferguson, visto que muitos inclusive diziam que nem no chão Charles era páreo, chegaram a esse ponto, e isso para mim não poderia estar mais fora de realidade. E quanto ao cucuy ninguém volta mais como era depois de uma surra que ele tomou do Gaetje, quebrando a mística, o próprio Kevin Lee disse recentemente que até mesmo nas vitórias contra Pettis e Cerrone o Ferguson já dava sinais de desgaste, isso palavras dele. Khabib declarou algo semelhante...aquele Ferguson nunca mais voltará, isso é apenas uma aposta minha, a chave virou e acho que dependendo do casamento ele entrará em altos e baixos.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 hours ago, Axiotis said:

Parabéns pelo texto detalhado.

Bem, se eu disser que esperava que Charles chegasse ao titleshot, estaria mentindo.

Mas eu sempre gostei dele por ser finalizador, mais um cara de jiu-jitsu top e agressivo que gosto muito de ver.

Ele entrou muito novo, ele pegou experiência dentro do UFC e ainda bem que, entre vitórias e derrotas, sobreviveu no UFC, pegou bagagem, evoluiu e hoje o cara tá a 8 lutas e 3 anos invicto, sei lá...

E acabou de ganhar de um bicho papão da categoria com muita propriedade.

Na torcida por ele como sempre.

amadureceu no tranco, pegou no início casamentos muito desproporcionais, como edgar, Cerrone e Jim Miller, mas exatamente como vc descreveu, isso entre outras coisas serviu para ele pegar bagagemm. Ele é muito novo ainda e já tem 10 anos de UFC, récordes e + recordes e está pronto para o ouro

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, brunogandhi88 said:

Charles sempre demonstrou muito talento. O que me chamava atenção é a facilidade com que ele quedas bons wrestlers mesmo treinando numa equipe que não oferecia treino de ponta nessa técnica. O problema dele era a fraca absorção de golpes e a displicência na defesa tanto em pé quanto no chão. Charles já perdeu no grappling para muita gente inferior a ele, inclusive em lutas que vinha ganhando (Lamas, Pettis e etc). Ontem, deu para perceber que ele foi mais conservador no chão e não tentou finalizações que poderiam fazer cair numa posição de desvantagem. Talento ele sempre teve, mas faltava lapidar. Espero vê-lo campeão.

Sim, um ponto que poucos levaram em consideração na análise é o fato de que quase todas as lutas que ele fez ele conseguiu derrubar os oponentes, mesmo não tendo teoricamente pedigree no wrestling, mas ele sempre teve um jogo bem acima da média de jiujiteiros no setor. 

As lutas contra Lamas e principalmente pettis deu raiva, como ele, contra o pettis, no 3 round, tendo derrubado no início, deixa um guardeiro como o pettis livre para trabalhar...se embolaram e o pettis acabou sendo muito feliz. Ainda bem que ele fez o jogo por cima sem dar brechas dessa vez. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hour ago, kachorro_loko said:

Foi de fato uma vitória absurdamente dominante contra um dos melhores atletas da história categoria. Foi um domínio técnico, sem grande contundência mas sem dar chances pro adversário.

Bem diferente da luta anterior do Ferguson que foi mais equilibrada mas o cu de cachorro recebeu um castigo muito mais duro. Fora a chave d braço no finalzinho do primeiro round o Charles não teve nenhuma outra possibilidade de finalizar a luta. 

Pra mim fica muito claro que apesar da evolução as falhas defensivas na trocação continuam lá, os poucos momentos de trocação foram bem mais equilibrados e o brasileiro foi acertado, como vem sendo acertado em praticamente todas as lutas, o Lee acertou golpes limpos que poderiam ter complicado o brasileiro, o que melhorou sem dúvida foi a absorção de golpes. Nesse ponto acredito que atletas pegadores e com boa defesa de quedas podem complicar a vida do Charles, Conor, Proirer e Gaethje seriam perigosíssimos para o brasileiro.

No mais agora definitivamente o Charles mudou de nível e é sem dúvida um dos caras mais duros e completo s da categoria, aquele Charles displicente e sem coração ficou pra trás. Uma evolução impressionante como um todo Chatinho hoje é outro atleta. 

Está pronto para o disputar o cinturão, espero que a categoria não fique enrolada e o brasileiro dispute a cinta já na próxima luta, se vai conseguir conquistar e manter são outros 500.

Connor e Poirier não têm defesa de quedas tão boa assim, Dustin foi quedado por um striker 4 vezes na última luta e Connor também não é oconcur no setor e Charles derrubou quase todos os oponentes que enfrentou. Se a mão não entrar dura e o Charles embolar, nenhum dos 2 têm chão pra trocar.

Share this post


Link to post
Share on other sites
58 minutes ago, JOAO MIR JJ said:

Arregaçou no texto mano 

 

Concordo com tudo. Essa é a linha do tempo do charles mesmo.

Obrigado meu bom

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutes ago, João P said:

Perfeito. O Charles apesar de ter apenas 31 anos já tem 38 lutas de MMA, tbm acho que não foi o caso de ter sido jogado aos leões muito cedo. Ele era incompleto mesmo e teve uma evolução absurda em seu jogo nos últimos anos. Mérito dele e da equipe de ter a humildade de continuar nesta evolução contínua, esta é a característica que eu mais admiro em um profissional de qualquer área e em um esporte duro como este isto é mais louvável ainda. Agora é focar nesta evolução, corrigir as oportunidades ainda existentes pois daqui pra frente o caldo só engrossa. Tem tudo pra chegar no cinturão, pra mim o jogo dele casa com os possíveis adversários. 

no nível do UFC foi sim, um cara que venceu 2 lutas apenas no maior evento pegar o Miller no auge, Cerrone que já vinha do WEC com 3 disputas de cinturão nas costas e pegar o Frankie Edgar, sendo que o charles vinha de derrota para o Swanson é ser jogado cedo aos leões sim.

Edited by jon jones

Share this post


Link to post
Share on other sites

Há algum tempo, eu escrevi no Instagram do Charles, que lhe faltava massa muscular. Acredito que a equipe dele percebeu isso e fizeram um belo trabalho de ganho de massa muscular. Pois hoje o Charles se tornou um lutador alto e forte para categoria e evoluiu absurdamente na trocação sem perder a força do seu jiu-jitsu. Acredito que o Charles ganharia do Khabib. O Charles virou pesadelo no chão e na trocação para qualquer um. Espero que o Charles conquiste o cinturão e ganhe muito dinheiro, pois ele merece. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, malva disse:

Há algum tempo, eu escrevi no Instagram do Charles, que lhe faltava massa muscular. Acredito que a equipe dele percebeu isso e fizeram um belo trabalho de ganho de massa muscular. Pois hoje o Charles se tornou um lutador alto e forte para categoria e evoluiu absurdamente na trocação sem perder a força do seu jiu-jitsu. Acredito que o Charles ganharia do Khabib. O Charles virou pesadelo no chão e na trocação para qualquer um. Espero que o Charles conquiste o cinturão e ganhe muito dinheiro, pois ele merece. 

Uma coisa interessante nesse ponto é que ele foi praticamente obrigado pelo UFC a ficar nos leves, por um tempo ele insistiu que queria voltar para os penas e o UFC/Dana não permitiram. Provavelmente foi a melhor coisa que poderia ter acontecido.

Share this post


Link to post
Share on other sites

A verdade simples e mais básica é que o Charles até certo ponto era adepto do "o jiu jitsu salva", e então ele oscilava muito entre derrotas e vitórias por ser incompleto.

De um tempo pra cá ele resolveu afiar mais a luta em pé e até às quedas e passou a ser mais completo, e esse lutador que seja mediano a bom em cima e incrível embaixo tem pedigree pra ser campeão um dia, agora MMA de hj não dá de acreditar só na mão ou só no chão.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this