Sign in to follow this  
André Filho

Valentina Shevchenko tinha sensação que enfrentaria Jennifer Maia: "Ela tem gana de campeã"

Recommended Posts

Campeã do peso-mosca, que encara brasileira no UFC 255 deste sábado, elogia adversária, mas se diz recuperada de cirurgia na perna e pronta em todas as áreas: "Eu posso fazer tudo"

Por Evelyn Rodrigues — Las Vegas, EUA

20/11/2020 07h00  Atualizado há 2 horas

 

Mal terminou a luta entre Jennifer Maia e Joanne Calderwood no último dia 1º de agosto, que credenciou a brasileira à disputa do cinturão, e Valentina Shevchenko, campeã do peso-mosca no UFC, foi às redes sociais com uma mensagem: "Te vejo em breve, Jennifer Maia 👊". Ela já sabia que a lutadora curitibana estaria em seu caminho. As duas se enfrentam neste sábado no UFC 255, em Las Vegas.

- Você nunca consegue ter certeza antes da coisa acontecer, mas eu tinha a sensação de que a luta poderia ir para qualquer lado e eu poderia acabar enfrentando uma das duas. Não foi uma surpresa para mim, porque eu conheço a Jennifer, ela é uma lutadora forte. Eu vi as lutas anteriores dela e ela tem essa gana de campeã, então eu sabia que a luta poderia ter um resultado diferente - elogiou Shevchenko, em entrevista ao Combate.

Valentina Shevchenko (esq.) elogiou Jennifer Maia, mas afirmou estar pronta para enfrentá-la em todas as áreas — Foto: Infoesporte

Valentina Shevchenko (esq.) elogiou Jennifer Maia, mas afirmou estar pronta para enfrentá-la em todas as áreas — Foto: Infoesporte

Resultado diferente, no caso, porque Joanne Calderwood chegou a estar escalada para enfrentar a campeã e era a favorita no confronto com Maia. "JoJo", no entanto, acabou aceitando encarar a brasileira porque Valentina, que a enfrentaria em junho, lesionou sua perna e precisou passar por uma cirurgia, que aconteceu pouco depois do início da pandemia do novo coronavírus.

- Foi muito diferente para mim. Eu treinei a vida inteira, sem descanso por mais de uma semana, então foi difícil ficar seis semanas sem poder fazer muito. Fiquei quatro semanas sem fazer nada, foi a parte mais difícil. Quando eu comecei a poder me movimentar um pouco e a exercitar a parte superior do corpo, me senti muito melhor, foi um alívio. Eu ficava pensando: “Não posso fazer nada, preciso me adaptar e preciso tirar o melhor dessa situação”.

Shevchenko garante estar completamente recuperada, sem nenhuma limitação em suas movimentações. Por isso, treinou bem e exala confiança em mais uma vitória em sua quarta defesa do cinturão peso-mosca.

- Eu tenho tanta experiência enfrentando adversárias de diferentes estilos, lutadoras completas, melhores na trocação, no chão, no wrestling… Eu tenho trabalhado tanto para ter uma resposta para todas elas… O mais importante para mim é que eu não tenho que me preocupar com “sou boa nisso e preciso manter a luta assim ou assado”. Eu posso fazer tudo. Posso me ajustar à minha adversária e encontrar as ferramentas certas para me trazer a vitória. O mais importante é estar focada, não deixar nada acontecer para me surpreender e foi isso que eu trabalhei no meu camp de treinamento - contou.

O Combate transmite o "UFC 255" ao vivo, na íntegra e com exclusividade neste sábado, com o “Aquecimento Combate” a partir de 20h (de Brasília), e o início das lutas a partir de 20h30. O Combate.com e o SporTV 3 mostram as duas primeiras lutas ao vivo, e o site acompanha todo o evento em Tempo Real.

UFC 255
21 de novembro de 2020, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL (0h, horário de Brasília):
Peso-mosca: Deiveson Figueiredo x Alex Perez
Peso-mosca: Valentina Shevchenko x Jennifer Maia
Peso-meio-médio: Mike Perry x Tim Means
Peso-mosca: Katlyn Chookagian x Cynthia Calvillo
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Paul Craig
CARD PRELIMINAR (20h30, horário de Brasília):
Peso-mosca: Brandon Moreno x Brandon Royval
Peso-mosca: Antonina Shevchenko x Ariane Lipski
Peso-meio-médio: Alan Jouban x Jared Gooden
Peso-pesado: Kyle Daukaus x Dustin Stoltzfus
Peso-meio-médio: Nicolas Dalby x Daniel Rodriguez
Peso-médio: Joaquin Buckley x Jordan Wright
Peso-meio-médio: Louis Cosce x Sasha Palatnikov

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jennifer Maia por finalizacao.... Nos meus sonhos so... Dando a logica sera uma surra onde a brasileira pouco vai achar de recursos pra nao ser dominada em basicamente tudo...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tirando a Amanda Nunes, das lutadoras brasileiras dessa nova geração a que tem mais condições de fazer uma luta "equilibrada" com a Valentina é a Amanda Ribas, não sei as medidas de ambas pra comparar mas creio que a Valentina não seja muito maior que a Ribas, outra que vejo fazendo uma boa luta pelo bom jogo de chão e raça em pé  é a americana/brasileira  Mackenzie Derm, tanto a Amanda quanto a Derm me parecem ser o tipo de lutadoras que mesmo se perderem dificilmente darão os três tapinhas desistindo da luta, venderão caro a derrota entregando uma boa luta pros fãs. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Judo/Jiu-jitsu disse:

não sei como ela "ganhou' o direito de disputar o cinturão.

Simples, a desafiante que era a calderood perdeu o time da disputa de título quando a Valentina desistiu de lutar sem muitas explicações, em seguida marcaram a Calderrod, até então a desafiante ao título contra a Maia a mesma tirou a calderood para nada com uma bela finalização. Juntando tudo isso com o fato dessa categoria ser uma das mais carentes de atletas...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this