oxeboxing

Carta aberta ao boxe profissional mundial

Recommended Posts

Amados e queridos amigos, todos sabem que sou novo aqui no forum porém tento ao máximo contribuir de forma eficiente com meus textos e tendo um background no boxe, me sinto mais confortável pra falar sobre o assunto já que venho acompanhando o esporte, principalmente o profissional há anos e já tem tempo que me sinto chateado com o que vem acontecendo e resolvi escrever de forma clara pra vocês. 

Floyd Mayweather fez uma entrevista recente em que mencionou um ponto interessante sobre o universo do boxe profissional hoje em dia: EXISTEM MUITOS CINTURÕES! Amigos existem 4 entidades oficiais do boxe que funcionam atualmente (WBA, WBC, IBF e WBO) e inúmeras entidades paralelas mundo a fora o que criam muitos campeões, aparecem atletas aleatórios de vários buracos ostentando cinturões que do ponto de vista competitivo não valem absolutamente nada! Isso cria uma complexidade muito grande em validar um campeão de verdade, mas ai vem as entidades mundiais oficiais que elegem os campeões do mundo de fato, porém ai que chega o ponto principal do meu texto, ELAS MESMAS TAMBÉM CRIAM MUITOS CINTURÕES! A própria WBC tem dois cinturões e um deles é o campeão franchise, que até hoje não sei pra que serve, e a WBA tem duas categorias de campeões: o CAMPEÃO e o SUPER CAMPEÃO. Isso cria uma confusão muito grande no público, por exemplo se existe um SUPER CAMPEÃO, pra que existir um CAMPEÃO? Eles vão se enfrentar para garantir alguma unificação? Então fica muito óbvio que o único objetivo é faturar muita grana em cima do público sem ao menos levar em conta o tipo de público que hoje assiste o boxe, claro que quem sustenta os esportes de combate desde sempre são os fãs casuais eles que são a maior fatia do público pagante de ppv e ingressos de arenas mundo a fora porém no boxe existe um grupo de pessoas mais antigo menos leigo que também tem sua relevância e leva em consideração os pontos esportivos e competitivos do boxe e muito desse público cada vez mais vem perdendo o interesse em acompanhar por conta da grande bagunça que o esporte se tornou, bagunça essa que começou nos anos 80 com os promotores sanguinários e o reflexo disso vemos até hoje, porém, pelo menos sabíamos quem era o verdadeiro campeão legítimo, tínhamos Tyson, Bowe, Lewis, caras que sabíamos ser campeões legítimos, isso claro no peso-pesado a categoria de luxo do boxe mas hoje em dia quem são os verdadeiros campeões? Quem são os legítimos de suas categorias? 

Ah! Falando em categorias temos também outro adendo a fazer, eu entendo a grande importância de ter várias categorias de peso isso encurta a diferença de peso entre uma categoria e outra e garante que atletas sofram menos no corte de peso o que prolonga a saúde dos mesmos, mas isso também trás muita coisa negativa, são MUITAS CATEGORIAS DE PESO! São ao todo 18 categorias sendo que não faz muito tempo que foi adicionada mais uma (peso mínimo em 2007, limite de 46,7kg), isso causa uma carga muito grande ao público e uma dificuldade de identificar todos os campeões e sua real importância assumindo esse titulo, se formos parar pra pensar se temos 18 categorias oficiais de peso e 4 entidades mundiais oficiais então temos hoje um total de 72 cinturões fora os cinturões secundários que essas entidades criam, então como o público, principalmente um fã casual vai conseguir se identificar com um esporte que tem 72 cinturões? Como levar a serio esses campeões com tantos campeões diferentes a fora? Ai que vem uma coisa que era muito comum antigamente quando existiam 2 ou 3 entidades no máximo, AS UNIFICAÇÕES! Lenox Lewis foi o último campeão peso-pesado a ser o campeão absoluto e indiscutível das 3 entidades mundiais de boxe na época e tem seu nome escrito na história e no hall da fama do esporte por ser um dos maiores de todos os tempos, mas nos tempos atuais quem foram os últimos boxeadores a conseguirem tal feito? Sejam eles de qualquer categoria? Apenas Terence Crawford (Peso Leve 61kg) e Oleksandr Usyk(Cruzador 90kg), então porque as entidades não querem mais promover unificações de títulos de outras organizações já que elas se reconhecem entre si? Simples, porque não da dinheiro a curto prazo! As entidades preferem que tenham mais de um campeão mundial pois assim conseguem promover eventos milionários mais rentáveis a curto prazo o que garante dinheiro fácil, mas o que eles não levam em conta é o interesse do público a longo prazo, como um público vai continuar a gerar interesse no esporte com tantos e mais tantos campeões? Outra coisa importante sobre o excesso de categorias de peso é a migração do atleta entre essas categorias em busca de um titulo mundial mais fácil, sim amigos mesmo com a diferença pouca de mais ou menos 3kg entre uma categoria e outra os atletas cortam muito mais que isso pra se firmar cedo em uma categoria, e migrar com mais facilidade a medida que o tempo passa, para outras categorias em busca de um cinturão "mais fácil" isso cria uma bagunça muito grande não só no público mas nos rankings também, atualmente temos até rankings que estão com posições vazias. 

O que quero fazer aqui não é por a culpa nos atletas ou no esporte em si, só trazer a realidade de como hoje está funcionando o boxe e mostrar minha decepção e trazer os principais pontos que mais me incomodam, sei que tem vários ainda mais se tratando do boxe nacional mas esses são os que eu acho ser os mais relevantes, espero que essa declaração do Floyd sendo ele uma pessoa altamente relevante no meio faça efeito e traga pelo menos um pouco da importância que o boxe tinha antigamente, respeito muito o MMA também, na verdade sou um grade admirador, por isso até estou aqui no forum contribuindo cada vez mais, mas, o boxe é o esporte principal que pratico não queria ver esse esporte afundando cada vez mais a um fundo do poço de vez, acho que o boxe tem muito a aprender com o MMA hoje e sua estrutura organizacional principalmente o UFC, Dana é um cara que veio do boxe e sabe os podres que existem lá então ele ao menos tenta não trazer muita sujeira, isso não significa claro que o UFC é puro e limpo, não é isso que quero dizer, aonde existe muito dinheiro sempre vai existir muita corrupção mas como o boxe profissional é muito antigo e está nesse ponto é um exemplo perfeito de qual caminho o MMA não deve seguir. 

Gostaria muito de ler suas opiniões, abraços! 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Baita texto, Dana White já disse várias vezes que sempre paga diretamente seus atletas para que os mesmos paguem seus empresários, pois no boxe era muito comum os empresarios roubarem seus lutadores, ponto para o Dana, um dos promotores mais visionários dos últimos anos, se o mma/ufc chegou no patamar que está hoje foi por causa desse cara. Uma dúvida de um leigo mas bem leigo mesmo, essa quantidade enorme de campeões que praticamente nunca se enfrentam para uma unificação tem alguma coisa relacionada a lei Muhamed Ali?

Share this post


Link to post
Share on other sites
On 10/31/2020 at 12:06 AM, André Filho said:

Baita texto, Dana White já disse várias vezes que sempre paga diretamente seus atletas para que os mesmos paguem seus empresários, pois no boxe era muito comum os empresarios roubarem seus lutadores, ponto para o Dana, um dos promotores mais visionários dos últimos anos, se o mma/ufc chegou no patamar que está hoje foi por causa desse cara. Uma dúvida de um leigo mas bem leigo mesmo, essa quantidade enorme de campeões que praticamente nunca se enfrentam para uma unificação tem alguma coisa relacionada a lei Muhamed Ali?

Oi amigo, perdão pela demora ao responder. 

Realmente a sacada de Dana em pagar diretamente aos lutadores é pra não deixar eles a mercê dos sanguinários empresários que roubam sem pena seus atletas, ainda mais no boxe que diferente do MMA existe um apadrinhamento, os empresários muitas das vezes investem nos atletas quandos esses ainda estão 100% crus, arcando com campings tops e materiais de primeira linha fora os tramits com patrocínios e etc, isso a longo prazo causa uma dependência muito grande entre os atletas e os empresários o que resulta em casos de roubos e fraudes que são bem comuns nesse universo. A Lei Muhamed Ali vem pra proteger os atletas nesse sentindo também até além de outros assuntos mas nessa questão de unificação não acredito pois fica claro que o único objetivo é mesmo manter mais de um campeão para gerar contratos mais caros de promoção com mais de um atleta assim as entidades conseguem mais e mais dinheiro com os eventos, se a mesma entidade tiver o mesmo lutador como campeão incontestável ela vai dividir os lucros das promoções com outras entidades o que não parece muito interessante mas para o público e pra popularidade do boxe em geral é muitíssimo importante pois faz com que fãs casuais criem uma empatia e interesse com os campeões.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now