Eder Jofre55

‘Bate-Estaca’ revela mudança de estratégia na última hora para nocautear rival

Recommended Posts

‘Bate-Estaca’ revela mudança de estratégia na última hora para nocautear rival

 Natassia Del Fischer

 

A estreia de Jéssica ‘Bate-Estaca’ na categoria peso-mosca (57 kg) do Ultimate não poderia ter sido melhor. A brasileira nocauteou Katlyn Chookagian, número um do ranking da divisão, ainda no primeiro round, em evento que foi realizado em Abu Dhabi (EAU). Mas o que nem todo mundo sabia é que a estratégia que deu certo para a lutadora conseguir esse resultado foi definida minutos antes do combate.

Durante sua apresentação, Jéssica abusou de golpes no corpo para minar a resistência da adversária e deu certo para alcançar o nocaute. A ex-campeã do peso-palha (52 kg) da organização admitiu que esse não era o plano inicial para o confronto, mas, após uma instrução de Gilliard ‘Paraná’, seu treinador, ela decidiu seguir essa ideia.

“Na verdade aqueles golpes no corpo foi algo que o mestre (Gilliard Paraná) me falou no vestiário. Ele mudou a estratégia toda e falou para eu acertar o corpo, que ela ia sentir, tinha perdido muito peso, estava desgastada. Era para acertar o corpo que ia nocautear e acabou funcionando. O mestre fala e dá certo”, disse a brasileira, em coletiva de imprensa após o evento, antes de completar qual era sua antiga tática.

“A estratégia antes era trocar, agarrar e botar para baixo. Mas ele (Paraná) depois falou para eu assistir algumas lutas da Katlyn e disse: ‘Acho que dá para a gente trocar com ela e acertar a linha de corpo que ela vai sentir e a luta vai acabar’. Os chutes entraram, quedas entraram. Tudo que eu treinei funcionou. No vestiário ele falou de novo: ‘Filha, acerta o corpo’. Na hora que pegou na boca do estômago e ela gritou ‘Ai’, eu achei que tinha acabado a luta e o mestre gritou para eu ir para cima e deu certo”, concluiu.

Questionada sobre seu futuro no Ultimate, Jéssica não descartou ficar na divisão dos moscas nas suas próximas apresentações, mesmo que não receba a chance de lutar diante de Valentina Shevchenko, atual campeã. A brasileira aprovou seu rendimento na categoria e confia que pode ser uma estrela na até 57 kg.

“Eu me senti muito bem na categoria, então é uma possibilidade (se manter na divisão), até porque a idade está chegando, vai ficando mais difícil perder peso. Pode ser no futuro seja a minha categoria. Estou aqui para o que precisar, se o UFC quiser no 66 kg ou 61 kg. Acho que posso fazer a diferença nessa categoria e fazer shows nessa divisão”, contou.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Essa foi além do que a estrutura e a técnica permitia. Boa lutadora, mas não acho que chegue na cinta novamente... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Torço muito pra Bate Estaca, terceira categoria e em alto nível. Ela é muito forte, bruta, espero que um dia dispute a cinta e traga orgulho pro povo paranaense e brasileiro.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Como já falei, merece a disputa de cinta e pede o TS do palha se ganhar ( nunca duvido). Manteria a cinta do mosca em caso de vitória e voltaria ao palha em caso de derrota, a 52 é a categoria dela (dieta faz parte do ofício em alta performance).

Share this post


Link to post
Share on other sites

Espero que ela continue evoluindo, vem mostrando evolução no boxe e em mesclar o boxe ao clinch.

Espero que ela faça intercâmbios para continuar aperfeiçoando boxe e wrestling. Seja ela indo ou eles trazendo pessoas capacitadas e especialistas nos elementos que ela precisa desenvolver destas artes para o jogo dela.

Não tem muito onde inventar, é aperfeiçoar boxe ofensivo e defensivo, jogo de pernas, saber se aproximar esquivando ou em contra golpes, aperfeiçoar o encurralados a adversária, golpes curvos, em atrapalhar quem tem mais envergadura e em mesclar isso a quedas e logo de clinch. Talvez usar mais dirty boxe no clinch contra a grade e ficar mais técnica nas quedas. 

Gosto quando atletas não tentam inventar a roda e sim ficarem mais afiados no que já são bons tampando buracos no jogo. O jogo de cabeça pra bate estava é fundamental, defensivamente e para um melhor ataque. Saber se posicionar melhor para o ataque ser mais efetivo também, não deixar a oponente, em especial a de maior envergadura, se posicionar melhor que ela.

A luta contra a Rose mostrou que eles estão tomando este caminho, espero que não saiam dele.

Já não é mais só uma menina forte e porradeira tem um tempo. Ela está evoluindo. Vamos ver qual ser a o teto dessa evolução. Ela tem 29 anos, deve ter uma boa estrada ainda. 

Acredito que já já ela consiga o TS    especialistas e a ser campeã. A merda é que nessa categoria tem uma monstrinha com a cinta hoje.

Mas a bate-estaca já foi campeã. Mesmo se não ganhar a cinta de novo deve se manter entre as tops, isso é um puta feito e excelente carreira.

Ela nunca está em meio a polêmicas, sempre tevw uma postura respeitosa e é leal ao mestre. Uma guerreira que merecia mais reconhecimento.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Jessica faz parte de um "time " de lutadores(as) que me agrada muito, lutam em mais de uma categoria, quando perdem não  ficam de mimimi, quando  ganham não  ficam se achando a ultima  bolacha  do pacote  , raramente fazem lutas ruins , não  perdem tempo  falando  merda na internet ...

Essa "tática "  em tese e na prática já  se mostrou melhor do que falar merda a rodo para "promover " a luta ,ficar  escolhendo  adversário quando se é  campeão ou está  bem  no ranking, chantagear o evento  expondo negócios e tretas internas pra melhorar a grana, com contrato  assinado e por aí  vai! 

No máximo  mais uma vitoria  nesse peso e vai  pra cinta ,merece muito  !

Share this post


Link to post
Share on other sites

uma coisa que gostei, foi q a jessica melhorou a movimentação de cabeça...ja tinha melhorado contra a rose e agora achei melhor ainda....é imprescindível essa movimentação para ela se aproximar

Share this post


Link to post
Share on other sites

Não sei se curto essas coisas de mudar estratégia no vestiário mas que bom que deu certo, ótima vitória da brasileira 

 

mas a Valentina deve passear

Share this post


Link to post
Share on other sites

Boa leitura de estratégia, funcionou, isto que mais importa.

Contra a Valentina ela tem que fazer o melhor dela que é encurtar, jogar na grade, dar as quedas...o ponto é conseguir executar isto, pq a Valentina vai fazer o anti jogo e tentar manter a luta na média/longa e tem uma excelente defesa de quedas. Luta muito difícil pra brasileira mas chances tem, vejo um 80/20.

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Garfield disse:

O técnico dela é foda. Casca grossa de primeira com muita visão de luta

verdade

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tem uns 5 anos que estou falando aqui no fórum que a Jéssica devia investir nos chutes baixos e nos socos na linha de cintura, além das quedas (embora quedas seja algo óbvio). Finalmente ela tem usado mais essas armas. Foi uma grande evolução também esse movimento de cabeça que vimos nas últimas duas lutas.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now