Sign in to follow this  
MMAniako

Agora é oficial não exibição - Connor x Poirier

Recommended Posts

Embora a palhaçada me incomode, acabo achando justa essa dor de cabeça que o Conor dá ao Dana. O UFCirco criou esse monstro. Agora aguente.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, MMAniako disse:

Agora é oficial não exibição - Connor x Poirier.

Só falta o falastrão irlandês aceitar.

https://www.superlutas.com.br/noticias/126590/para-encerrar-polemica-dana-oferece-luta-oficial-a-mcgregor-e-poirier-estou-esperando-responderem/

Parece uma semifinal pra chegar ao cinturão...

Vamos as análises:

Se o Connor e o Khabib vencem...fariam a disputa novamente? ouvi dizer sobre a recusa em fazer um TUF com ele, acho que não há interesse do lado do russo.

Se o Connor e o Gaethje vencem...teria apelo, dois bons trocadores, boa luta...

Se o Poirier e o Khabib vencem...luta sem apelo...

Se o Poirier e o Gaethje vencem...teria apelo pois seria a revanche com o Gaethje campeão anteriormente derrotado pelo Poirier...

Mas sinceramente, acho que o Connor não vai aceitar...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Uma parte que não vi ninguém falando: 

Talvez o uso do termo sparring, luta exibição ou caridade, seja a brecha no contrato e que o UFC não tenha se dado conta dessa lacuna, até hoje.

Pessoal do jurídico do Poirier e do Conor foram no detalhe e arrebentaram com o careca... pq na hora do vamos ver, dentro do cage, qual o órgão especializado para julgar o que é luta de verdade ou o que é exibição?

Muito boa ação dos caras...

Edited by Dudu show

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, Barbas disse:

Embora a palhaçada me incomode, acabo achando justa essa dor de cabeça que o Conor dá ao Dana. O UFCirco criou esse monstro. Agora aguente.

Acho que só afeta os fãs quando ele está com o cinturão. Onde corria de lutas, escolhia a dedo adversários, tirava licença maternidade de meses...

Enfim, sem o cinturão... tanto faz, tô nem aí... não trava a categoria e ele fica nessa aí e quem gostar que acompanhe.

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 hours ago, Dudu show said:

Uma parte que não vi ninguém falando: 

Talvez o uso do termo sparring, luta exibição ou caridade, seja a brecha no contrato e que o UFC não tenha se dado conta dessa lacuna, até hoje.

Pessoal do jurídico do Poirier e do Conor foram no detalhe e arrebentaram com o careca... pq na hora do vamos ver, dentro do cage, qual o órgão especializado para julgar o que é luta de verdade ou o que é exibição?

Muito boa ação dos caras...

vai nessa que é tão simples assim...

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Axiotis disse:

Acho que só afeta os fãs quando ele está com o cinturão. Onde corria de lutas, escolhia a dedo adversários, tirava licença maternidade de meses...

Enfim, sem o cinturão... tanto faz, tô nem aí... não trava a categoria e ele fica nessa aí e quem gostar que acompanhe.

1 hora atrás, Cesar_Rasec disse:

Penso isso também... sem o cinturão, tanto o Conor, quanto qualquer outro, pode dar o showzinho que quiser... quer lutar contra o Pacquiao, vai... quer brigar no bar, vai... quer ficar 2 anos sem lutar, fica... o que me incomoda é quando um cara é campeão e começa a lutar pouco, ou fica com aquela putaria de “super luta” (muitas vezes querendo lutar em outra categoria ao invés de defender o cinturão).

Concordo com vocês até ele receber um title shot sem merecer, pq ganhou do Nate Diaz na próxima luta (estou só dando um exemplo).

Essa proximidade do UFC com o WWE me incomoda bastante. Nada contra o WWE, mas lá é entretenimento. No esporte (MMA), a pegada tem de ser meritocrática.

Não é o que sempre acontece no UFC.

Abs,

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 minutos atrás, Barbas disse:

Concordo com vocês até ele receber um title shot sem merecer, pq ganhou do Nate Diaz na próxima luta (estou só dando um exemplo).

Essa proximidade do UFC com o WWE me incomoda bastante. Nada contra o WWE, mas lá é entretenimento. No esporte (MMA), a pegada tem de ser meritocrática.

Não é o que sempre acontece no UFC.

Abs,

Muito pouco acontece no UFC na verdade.

 

Cada vez mais o potencial midiático do lutador vale mais do que suas valências que técnicas e físicas.

Share this post


Link to post
Share on other sites
11 horas atrás, Barbas disse:

Embora a palhaçada me incomode, acabo achando justa essa dor de cabeça que o Conor dá ao Dana. O UFCirco criou esse monstro. Agora aguente.

Vai além disso.

O UFC não sabe gerir a imagem de seus atletas.

O UFC construiu uma marca muito forte mas não soube conduzir a carreira dos atletas. Sempre deixou isso a cargo dos próprios atletas e deu um tiro no pé quando trouxe uma marca esportiva.

 

Caras como o Connor souberam se transformar em uma marca, uma marca com valor próprio e o UFC acaba tendo que pagar por essa marca.

 

O que parece um circo na verdade é a própria empresa não conseguindo tomar decisões estratégicas porque seu ativo tem vida própria.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, jon jones disse:

vai nessa que é tão simples assim...

Teria outra explicação para o UFC não ter barrado a ação logo de cara?

Share this post


Link to post
Share on other sites
6 horas atrás, Dudu show disse:

Uma parte que não vi ninguém falando: 

Talvez o uso do termo sparring, luta exibição ou caridade, seja a brecha no contrato e que o UFC não tenha se dado conta dessa lacuna, até hoje.

Pessoal do jurídico do Poirier e do Conor foram no detalhe e arrebentaram com o careca... pq na hora do vamos ver, dentro do cage, qual o órgão especializado para julgar o que é luta de verdade ou o que é exibição?

Muito boa ação dos caras...

 

2 horas atrás, jon jones disse:

vai nessa que é tão simples assim...

Se o contrato abre possibilidade sparring, brecha em eventos de caridade e etc. porque não seria simples?

Deve ter uma equpe de advogados foda por trás. McGreggor sabe que ele próprio é uma marca e que ele sozinho faria o dinheiro da bolsa que o UFC pagaria.

 

Provavelmente ajustariam o formato da luta pra não conflitar com o que é definido como combate pelo UFC.

Share this post


Link to post
Share on other sites
43 minutos atrás, Silverchair disse:

 

Se o contrato abre possibilidade sparring, brecha em eventos de caridade e etc. porque não seria simples?

Deve ter uma equpe de advogados foda por trás. McGreggor sabe que ele próprio é uma marca e que ele sozinho faria o dinheiro da bolsa que o UFC pagaria.

 

Provavelmente ajustariam o formato da luta pra não conflitar com o que é definido como combate pelo UFC.

Exatamente! Pessoal não é muito familiarizado com contratos, lacunas, vícios e etc...

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Barbas disse:

Concordo com vocês até ele receber um title shot sem merecer, pq ganhou do Nate Diaz na próxima luta (estou só dando um exemplo).

Essa proximidade do UFC com o WWE me incomoda bastante. Nada contra o WWE, mas lá é entretenimento. No esporte (MMA), a pegada tem de ser meritocrática.

Não é o que sempre acontece no UFC.

Abs,

Entao, acho que o Pride que estava perto do WWE.

O UFC, pelo contrario, eles zelam muito pra manter o esporte sério... que as lutas tenham seriedade e tal. 

Mas quando o cara vende muuuito, sou a favor do UFC casar as lutas que geram muita grana, ate pq o evento tem que estar saudável financeiramente.

Mas critiquei muito o UFC com Conor pq passou dos limites, como vc citou. Title shot moleza, o cara atacar um ônibus e não dar nada... e tantas outras.

O Pride era freakshow total. Era muito bizarro. Tinha a parte séria dos tops e a dos freaks.

Mas o top foi quando Fedor lutou com Zuluzinho, incrível que nessa época eu fiquei ansioso pela luta kkkkk

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Silverchair disse:

Vai além disso.

O UFC não sabe gerir a imagem de seus atletas.

O UFC construiu uma marca muito forte mas não soube conduzir a carreira dos atletas. Sempre deixou isso a cargo dos próprios atletas e deu um tiro no pé quando trouxe uma marca esportiva.

 

Caras como o Connor souberam se transformar em uma marca, uma marca com valor próprio e o UFC acaba tendo que pagar por essa marca.

 

O que parece um circo na verdade é a própria empresa não conseguindo tomar decisões estratégicas porque seu ativo tem vida própria.

Cara, com certeza. Isso é muito engraçado, os caras cuidam muito mal da carreira dos próprios atletas. Eu imagino que isso aconteça pois eles não sabem quem vai dar certo ou errado, então deixam a mão invisível do mercado agir. Acaba que alguns atletas ficam maiores que a organização.

Edited by Lonely

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this