Sign in to follow this  
Ultimate Fighter

Amanda Ribas repudia mensagens machistas em foto com Dana White: "Pegaram pesado!"

Recommended Posts

1 hora atrás, Barbas disse:

@Daniel Mendoza , concordo com muito do que você falou no seu último post, mas não com tudo. Penso que acrescentar pontualmente uma coisa ou outra não ajudaria muito na discussão, porque após alguns esclarecimentos e pontos de acordo, acho que o restante fica no "concordamos que discordamos". Obrigado pelas respostas e troca de ideias. Apenas um recado 100% sincero: nem vi que você tinha editado, somente disse que não tinha editado o meu, só isso. Abs

@gabriel floripa , obrigado pela resposta educada. O cara que se diz machão, geralmente vem com uma resposta sem maior reflexão, ou mesmo metida a engraçada (entendo que você pode não achar graça, mas se você tentar ler de uma forma mais suave, perceberá que tem gente tirando sarro). "Ah, mas com machismo não se brinca". Ok, direito seu, mas tem muita gente brincando sim, falando palavrão e tal, fazendo memes. Então quando um lado vem com uma ideia mais engraçada, caricata, zoeira, meme (machões), e a resposta do outro lado ("esclarecidos") vem com um suposto ar de superioridade, e ironia, quem você acha que irá cativar mais a audiência? Você não acha que isso aconteceu recentemente no nosso país, não? Mais precisamente no fim de outubro de 2018... Por isso que disse que joga contra a sua causa, porque ironia, ar de superioridade, geram antipatia nas pessoas, ainda que você esteja certo. Mas veja, embora nesse caso estejamos muito (embora não tudo) de acordo, em outros não concordamos. Então, para a "minha causa", que é mais de centro do que a sua de esquerda, é muito bom que você continue com sua postura, porque eu acho que ela gera antipatia. Se você acha que é melhor continuar assim, vai firme. Apenas estou sendo sincero, mesmo não me sendo em nada conveniente dizer que você está jogando contra as pautas de esquerda (insisto, pela forma que você adota). Pelo contrário, deveria deixar você tomar na cabeça e ficar calado. Mas não seria intelectualmente honesto da minha parte. Eu tenho a impressão, porque não te conheço, que você é um jovem de 25 anos há pouco tempo formado em Direito, por isso que às vezes insisto e dou esses toques de 'tiozão' em ti, mas vamos lá, pode ser que eu esteja só falando besteira, e me metendo onde não fui chamado. Então, fique em paz e siga firme o caminho em que acredita. Abs,

Interessante q eu justamente imagino vc como um jovem de 24 anos recém formado em direito hahaha.

Mas então, minha intenção é colocar elementos em contraponto a algumas coisas que considero totalmente absurdas aqui. Não pretendo, como já falei, modificar ou contribuir naquelas cabeças mais duras, mas sim mostrar àqueles que não fazem parte da maioria aqui que não estão sozinhos. Por exemplo, não discuto ciência com terraplanista.

E respeito às lutadoras ser considerado pauta de esquerda, eu discordo. Pra mim é pauta civilizatória.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, gabriel floripa disse:

Interessante q eu justamente imagino vc como um jovem de 24 anos recém formado em direito hahaha.

Mas então, minha intenção é colocar elementos em contraponto a algumas coisas que considero totalmente absurdas aqui. Não pretendo, como já falei, modificar ou contribuir naquelas cabeças mais duras, mas sim mostrar àqueles que não fazem parte da maioria aqui que não estão sozinhos. Por exemplo, não discuto ciência com terraplanista.

E respeito às lutadoras ser considerado pauta de esquerda, eu discordo. Pra mim é pauta civilizatória.

Não discordamos. Concordamos nesse ponto. Abs,

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ryan Gracie certa vez disse algo engraçado, mal sabíamos que ele na verdade estava a frente de seu tempo quando proferiu as seguintes palavras ... “ Você tá parecendo uma mulher”! 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 8/7/2020 at 2:04 PM, Daniel Mendoza disse:

Acho que você está confundindo o que é machismo. Até pq não é "coisa de honem", é uma crença social que faz parte da nossa cultura, a maioria das mulheres e gays tbm reproduzem pensamentos machistas. Assim como racismo não é "coisa de branco", nem homofobia é "coisa de hétero". São crenças difundidas. Como um vírus, ele não "é" de ngm e atinge a todos.

Nem tudo É por causa do machismo, mas possivelmente também tem machismo por trás já que ele faz parte da nossa cultura. Por isso que acho que parte da militância exagera às vezes na interpretação da relação causal em algo.

Existe uma pequena parcela que é muito radicais e que exageram mesmo, mas é uma pequena parcela. É como a pequena parcela de policiais corruptos que acaba criando um estereótipo de todo policial ser corrupto. Maioria absoluta não são desses pequenos grupos.

Outro ponto é que não é o pensamento de esquerda que cria ou que é uma ferramenta de segregação. Essa é uma confusão bem comum. A segregação sempre existiu na história da humanidade, isso só foi constatado, não só por teorias que são associadas ou embasam o espectro da esquerda política.

É meio surreal ignorar elas. Eu não concordo por ex que TUDO é SEMPRE explicado ou causado pelo conflito entre diferentes interesses de grupos e relação de poder e dominação entre eles, nas negar que isso sempre existiu na história da humanidade conhecida é bem fantasioso. Assim como negar que isso é uma variável muito importante em muitas relações atuais. 

Pense, por ex, só na história do Brasil, que começou muito antes do "pensamento de esquerda", nos últimos 520 anos houve segregação sistemática e institucionais de mulheres, negros, indígenas, homossexuais ou não? Será que a segregação é um fato ou é "criada"/mantidas por essas teorias?

O que a esquerda faz é: é necessário jogar luz sobre elas, reconhecer que existe e sempre existiu a segregação para tentar mudar elas e as consequências delas que existem até hoje. Se parte do pressuposto que admitindo o problema, reconhecendo e agindo sobre ele teremos uma sociedade mais igualitária. Se você ignora uma doença séria no seu corpo ela não melhora sozinha, correto? É a mesma lógica.

Espero ter esclarecido isso. Pq é uma confusão comum que as pessoas fazem. 

E, por favor, galera, defender um tratamento justo e igualitário para todos não querer "lacrar". É algo que deveríamos todos fazer para ter uma sociedade melhor. Não acham?

 

Mestre, não há confusão da minha parte, o que eu estou afirmando é que utilizar a palavra "machismo" para descrever algo ruim, e utilizar a palavra "feminismo" para descrever algo bom, é na minha opinião preconceito por si só. Ainda mais em tempos de problematização com palavras, como "mulato", "denegrir", pronomes masculinos/femininos e etc. Não sei se é o seu caso, mas eu acho estranho quem defende mudanças em um caso, mas acha perfeitamente normal no outro.

 

Em relação a segregação, eu não disse que não existe segregação dentro da sociedade, e que a mesma existe apenas por causa da esquerda.  O que eu estou dizendo é que a esquerda se utiliza disso para fins políticos, e não apenas para "jogar luz sobre elas". Não tenho dúvidas de que a grande maioria das pessoas que votam na esquerda, o fazem por acreditar neste discurso em favor das "minorias", onde o outro lado é fascista, misógino, racista e etc, tentando criar no imaginário das pessoas que quem não é de esquerda é porque odeia mulheres, negros, gays e por aí vai. Querem se apoderar de "virtudes" comuns a qualquer ser humano racional, como achar errado discriminar alguém por qualquer motivo que seja.

 

Eu eu partilho da mesma visão do Barbas, pois em relação ao meu círculo social a esmagadora maioria dos homens não é escrota com mulheres, muito menos quer perder o privilégio de ser.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, TNT disse:

Mestre, não há confusão da minha parte, o que eu estou afirmando é que utilizar a palavra "machismo" para descrever algo ruim, e utilizar a palavra "feminismo" para descrever algo bom, é na minha opinião preconceito por si só. Ainda mais em tempos de problematização com palavras, como "mulato", "denegrir", pronomes masculinos/femininos e etc. Não sei se é o seu caso, mas eu acho estranho quem defende mudanças em um caso, mas acha perfeitamente normal no outro.

 

Em relação a segregação, eu não disse que não existe segregação dentro da sociedade, e que a mesma existe apenas por causa da esquerda.  O que eu estou dizendo é que a esquerda se utiliza disso para fins políticos, e não apenas para "jogar luz sobre elas". Não tenho dúvidas de que a grande maioria das pessoas que votam na esquerda, o fazem por acreditar neste discurso em favor das "minorias", onde o outro lado é fascista, misógino, racista e etc, tentando criar no imaginário das pessoas que quem não é de esquerda é porque odeia mulheres, negros, gays e por aí vai. Querem se apoderar de "virtudes" comuns a qualquer ser humano racional, como achar errado discriminar alguém por qualquer motivo que seja.

 

Eu eu partilho da mesma visão do Barbas, pois em relação ao meu círculo social a esmagadora maioria dos homens não é escrota com mulheres, muito menos quer perder o privilégio de ser.

Eu não sei se ficou muito claro para mim, talvez eu esteja interpretando mal, mas vou me embasar no que falou. 🤔

Agradeço o tratamento, mas não me sinto à vontade ao ser chamado de Mestre em um ambiente se artistas marciais. Mesmo sabendo que não foi a intenção dar essa conotação. hehe.

Mas meu caro, machismo É a crença de superioridade legítima do homem sobre a mulher quanto a tratamento, ações e crenças. Não tem como falar sem ter uma conotação ruim ao usar esse termo. Feminismo é a ideia de igualdade entre mulheres e homens. Apesar da má interpretação sobre feminismo por uma minoria de militantes e boa parte dos homens, usando o termo de forma equivocada ou em contextos inapropriados, são esses os significados. Acho que exageram eventualmente na relação causal, mas não tem como usar machismo como algo que não seja ruim.

Política, independente de qual fim se busque (melhorar a sociedade ou ganho próprio), é a busca pelo poder e poder influir nele. Isso vale para todos os grupos e ideologias. Todas usam suas narrativas para ganhar apoiadores que concordem com elas, é como as coisas são. Isso não é ruim. Não tem como ser se outro jeito.

Concordo que essa polarização e estereótipos em ambas as direções empobrece as discussões de visões opostas legítimas e impossibilita boas práticas de negociação. Apesar de acreditarem em caminhos diferentes, a maioria das ideologias querem chegar no mesmo lugar.

Mas de fato, a esquerda tem uma agenda política muito mais ativa referente ao combate direto a desigualdades, minorias e ações afirmativas. E isso se materializa em práticas também de combate as diferentes desigualdades, de diferentes formas. Não tem como negar isso, apesar de se poder criticar muita coisas, quanto a sua forma ou eficiência, claro. Avaliações de políticas devem ocorrer sempre, mas embasadas em dados. É sem dúvida poderiam e, a meu ver, deveriam ter feito muito mais. 

Quanto ao fim, já expliquei os argumentos que embasam essa minha opinião.

Como diria o barbas, concordamos em discordar. Haha divergências quando expostas de forma respeitosa, como admiravelmente sempre fez, penso ser sempre saudável e produtiva. O problema é quando vemos quem pensa de forma diferente como inimigo que deve ser eliminado é tratado de forma hostil. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
20 horas atrás, Daniel Mendoza disse:

Eu não sei se ficou muito claro para mim, talvez eu esteja interpretando mal, mas vou me embasar no que falou. 🤔

Agradeço o tratamento, mas não me sinto à vontade ao ser chamado de Mestre em um ambiente se artistas marciais. Mesmo sabendo que não foi a intenção dar essa conotação. hehe.

Mas meu caro, machismo É a crença de superioridade legítima do homem sobre a mulher quanto a tratamento, ações e crenças. Não tem como falar sem ter uma conotação ruim ao usar esse termo. Feminismo é a ideia de igualdade entre mulheres e homens. Apesar da má interpretação sobre feminismo por uma minoria de militantes e boa parte dos homens, usando o termo de forma equivocada ou em contextos inapropriados, são esses os significados. Acho que exageram eventualmente na relação causal, mas não tem como usar machismo como algo que não seja ruim.

Política, independente de qual fim se busque (melhorar a sociedade ou ganho próprio), é a busca pelo poder e poder influir nele. Isso vale para todos os grupos e ideologias. Todas usam suas narrativas para ganhar apoiadores que concordem com elas, é como as coisas são. Isso não é ruim. Não tem como ser se outro jeito.

Concordo que essa polarização e estereótipos em ambas as direções empobrece as discussões de visões opostas legítimas e impossibilita boas práticas de negociação. Apesar de acreditarem em caminhos diferentes, a maioria das ideologias querem chegar no mesmo lugar.

Mas de fato, a esquerda tem uma agenda política muito mais ativa referente ao combate direto a desigualdades, minorias e ações afirmativas. E isso se materializa em práticas também de combate as diferentes desigualdades, de diferentes formas. Não tem como negar isso, apesar de se poder criticar muita coisas, quanto a sua forma ou eficiência, claro. Avaliações de políticas devem ocorrer sempre, mas embasadas em dados. É sem dúvida poderiam e, a meu ver, deveriam ter feito muito mais. 

Quanto ao fim, já expliquei os argumentos que embasam essa minha opinião.

Como diria o barbas, concordamos em discordar. Haha divergências quando expostas de forma respeitosa, como admiravelmente sempre fez, penso ser sempre saudável e produtiva. O problema é quando vemos quem pensa de forma diferente como inimigo que deve ser eliminado é tratado de forma hostil. 

Reafirmo o "mestre", visto que sempre admirei a sua postura e comentários no fórum.

 

Não vou me prolongar neste debate, afinal como você mesmo disse, concordamos em discordar. 

 

Grande abraço.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Com uma ou outra exceção, o que vi nesse tópico foi um reflexo da geração e tempos atuais: um bando de betas que idolatram mulheres pelo simples fato de serem fêmeas. 

E não, homens e mulheres não são iguais. Na verdade, são muito mas muito diferentes.

Só não tenho pena desses escravocetas porque ajudam a fuder com a porra toda, indiretamente, com seu comportamento passivo e de cachorrinho perante o sexo oposto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this