Eder Jofre55

PBP - UFC Wittaker x Till

Recommended Posts

12 horas atrás, Maracatu disse:

Resumo do que foram os principais embates ontem:

- Massara como sempre de superando, e incrivel a capacidade desse Cara, tira 100% de tudo que tem, admiro de mais sua forca de vontade, hj foi ate destaque da ESPN pela attitude esportiva que teve ontem.

- Chimaev aparentemente tem tudo que um Campeao precisa, mas ainda acho que precisa pegar um top pra se testar.

- Till nao tem coracao de  Campeao

- Shogun vs minota espero que tenha Sido a Ultima Luta dos dois e se aposentem

- Werdun e um lutador excepcional, se nao Fosse essa desequilibrio que deu contra Miocic e se mantivesse focado Nas estrategias , poderia ter Sido o maior defensor de cinta dos pesados, uma apresentacao brilliante ontem, lenda.

 

 

Till fez uma luta bem parelha

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Maracatu disse:

Concordo pesados pode ser decidido no detalhes e foi o que aconteceu...Werdun estava numa forma fantastica em pé esta otimo..porem nao deveria ter ido pro confronto contran Step...ai foi o erro..depois da derrota como vc disse impactou Muito sua carteira...e caiu a performance fisica e tecnica...Werdun que lutou contra Cain..o Havaiano pra mim foi um dos lutadores mais completos que vi...Muito bem em pé..gas em dia e no Chao sem comentarios...mas Seria injusto exigir de um Cara que lutou em Alto nivel a vida inteira que ele deveria continuar em Alto nivel depois dos 40.

Talvez eu seja polêmico aqui e nao agrade aos fãs do Rafael Cordeiro mas pra mim o maior erro da carreira do Werdum foi ter acreditado que ele tinha se tornado um striker. O cara tem um jj agressivo, da mais alta qualidade, se tivesse aprendido lutar em pé apenas pra não tomar atraso e tivesse se mantido fiel a estratégia de sempre colocar pra baixo não teria perdido algumas lutas. Eu tava no estádio naquela luta com o Miocic e aquilo foi patético. As grandes vitórias da carreira dele foram finalizações (Fedor, Cain e a 2 com o Minotauro) e todas as derrotas foi quando ele insistiu em lutar e pe. A verdade é que em pé ele nunca passou de mediano e isto não é demérito nenhum, todos temos pontos fortes e pontos fracos e temos que ter autoconhecimento e humildade de reconhecer isto e potencializar os pontos fortes.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Cara, eu não acho que o Werdum pensa que é um trocador... não encaixo ele naquele tipo que esquece da arte marcial onde é forte, em detrimento de uma nova aprendida.

Desde que ele voltou pro UFC ele fez 14 lutas. Perdeu apenas 4. Dessas que ele perdeu, a única que eu acho ele empolgou foi contra o Miocic. O resto não acho que ele perdeu porque pensou que era trocador. As duas últimas derrotas ele teve apresentações sofríveis. Inclusive conseguiu até levar pro chão, mas não finalizou. Foram contra o Oleynik e Volkov. E a outra derrota foi contra o Overeem, que ele já tinha perdido anteriormente no Strikeforce, onde se jogava no chão pra tentar usar o bjj. Foi muito mais feia a derrota lá do que a do UFC (que não foi nem decisão unânime).

Entao, assim, da pra notar a evolução dele no strike e como isso mais ajudou do que atrapalhou. Ele nocauteou o Hunt, venceu o Browne em pé, estava melhor que o Cain na trocacao (poderia muito bem ter nocauteado antes de finalizar)... inclusive essa luta contra o Velasquez, ele finalizou porque o americano tava levando atraso em pé e tentou derrubar. 

Enfim, também acho que ele é mediano como striker. Mas essa evolução de fraco pra mediano, possibilitou mais vitórias do que derrotas. Não foi que ele esqueceu que era do jiu jitsu e começou a tentar trocar e saiu perdendo luta após luta. Essa nova arma só complementou o jogo dele.

Não foi ele que esqueceu que era trocador não,  é questão de estilo, de jogo mesmo, tem lutadores trocadores que sabem jogar na longa mt dficeis de serem quedados (só wrestler de ponta que queda esses lutadores) q fazem infelizmente o jogo n casar pro Werdum, casos do Cigano, Miocic, Overeem, Arlovsky (no auge) e Kharitonov. O Werdum n consegue desenvolver seu jiu jitsu pq simplesmente é mt dificil querdar esses caras q eu citei, ai ele é obrigado a trocar, sendo que esses caras todos que citei são mt bons na longa distância, então o Werdum acaba ficando vendido, sujeito a tomar um nocaute ou a perder por pontos pq n tem como ele evoluir na trocação mais que esses caras (ele tb n tem o one punch) e falta mais embasamento para quedas (talvez se voltasse no tempo, tivesse investido mais no judô, origem de suas quedas e no wrestling principalmente). 

Werdum sempre fez o q dava pra fazer e perdeu pra quem infelizmente o jogo n casava em 90% das suas lutas, n é questão de foco ou achar q é trocador não.

 

 

Edited by Roizman

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, leojefferson disse:

Till fez uma luta bem parelha

Sim.. Till tem Muito talento...biotipo fisico tinha tudo pra ja estar na cabeca...mas falta algo...o Cara estava feliz na entrevista POS fight, parecia aliviado...apos Uma derrota o Cara tem que estar puto da vida..eu acredito que ele tenha algum tipo de pressao psicologico interna com relacao a entrar no 8, me lembro Uma vez numa entrevista depois da luta contra o Gastelun que ele falou que pensou em simular Uma contusao pra nao lutar...o cantor que tem fobia de palco...

Share this post


Link to post
Share on other sites
5 horas atrás, João P disse:

Talvez eu seja polêmico aqui e nao agrade aos fãs do Rafael Cordeiro mas pra mim o maior erro da carreira do Werdum foi ter acreditado que ele tinha se tornado um striker. O cara tem um jj agressivo, da mais alta qualidade, se tivesse aprendido lutar em pé apenas pra não tomar atraso e tivesse se mantido fiel a estratégia de sempre colocar pra baixo não teria perdido algumas lutas. Eu tava no estádio naquela luta com o Miocic e aquilo foi patético. As grandes vitórias da carreira dele foram finalizações (Fedor, Cain e a 2 com o Minotauro) e todas as derrotas foi quando ele insistiu em lutar e pe. A verdade é que em pé ele nunca passou de mediano e isto não é demérito nenhum, todos temos pontos fortes e pontos fracos e temos que ter autoconhecimento e humildade de reconhecer isto e potencializar os pontos fortes.

Concordo 100%...mas eu acho que na luta do Step ele nao seguiu a estrategia montada...essa sua observacao tenho certeza que e a mesma visao do Rafael...ele ja deu entrevista comentando isso..de que se voce e um top no Chao vc ja mais pode esquecer disso.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Cara, eu não acho que o Werdum pensa que é um trocador... não encaixo ele naquele tipo que esquece da arte marcial onde é forte, em detrimento de uma nova aprendida.

Desde que ele voltou pro UFC ele fez 14 lutas. Perdeu apenas 4. Dessas que ele perdeu, a única que eu acho ele empolgou foi contra o Miocic. O resto não acho que ele perdeu porque pensou que era trocador. As duas últimas derrotas ele teve apresentações sofríveis. Inclusive conseguiu até levar pro chão, mas não finalizou. Foram contra o Oleynik e Volkov. E a outra derrota foi contra o Overeem, que ele já tinha perdido anteriormente no Strikeforce, onde se jogava no chão pra tentar usar o bjj. Foi muito mais feia a derrota lá do que a do UFC (que não foi nem decisão unânime).

Entao, assim, da pra notar a evolução dele no strike e como isso mais ajudou do que atrapalhou. Ele nocauteou o Hunt, venceu o Browne em pé, estava melhor que o Cain na trocacao (poderia muito bem ter nocauteado antes de finalizar)... inclusive essa luta contra o Velasquez, ele finalizou porque o americano tava levando atraso em pé e tentou derrubar. 

Enfim, também acho que ele é mediano como striker. Mas essa evolução de fraco pra mediano, possibilitou mais vitórias do que derrotas. Não foi que ele esqueceu que era do jiu jitsu e começou a tentar trocar e saiu perdendo luta após luta. Essa nova arma só complementou o jogo dele.

O ponto é que ele passou a treinar mais em pé do que no chão e nas quedas, se ele tivesse tido mais foco nesta parte acho que poderia ter evitado algumas derrotas sim. Nesta luta mesmo em todas as entrevistas ele falou que treinou muito com o Cobrinha, que iria colocar a luta no chão e finalizaria e foi lá e fez, executou a estratégia perfeitamente. O lutador faz o que treina, se ele treinar mais em pé vai chegar lá e vai tá condicionado a trocar, vai acreditar na mão. Imagina se ele tivesse colocado o mesmo foco que ele colocou no Muay Thai no Wrestling. Não que o Muay Thai não foi útil pra ele, só acho que ele errou no equilíbrio, no foco.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, João P disse:

O ponto é que ele passou a treinar mais em pé do que no chão e nas quedas, se ele tivesse tido mais foco nesta parte acho que poderia ter evitado algumas derrotas sim. Nesta luta mesmo em todas as entrevistas ele falou que treinou muito com o Cobrinha, que iria colocar a luta no chão e finalizaria e foi lá e fez, executou a estratégia perfeitamente. O lutador faz o que treina, se ele treinar mais em pé vai chegar lá e vai tá condicionado a trocar, vai acreditar na mão. Imagina se ele tivesse colocado o mesmo foco que ele colocou no Muay Thai no Wrestling. Não que o Muay Thai não foi útil pra ele, só acho que ele errou no equilíbrio, no foco.

Todas as conquistas relevantes do werdum foi com o rafael cordeiro como coach.

E o trabalho foi excelente. Os resultados comprovam.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 7/27/2020 at 6:01 PM, Garfield disse:

Todas as conquistas relevantes do werdum foi com o rafael cordeiro como coach.

E o trabalho foi excelente. Os resultados comprovam.

 

concordo

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now