Sign in to follow this  
Ominöser

Dominick Reyes opina: ‘Se ele não vai lutar, deveria perder o cinturão’

Recommended Posts

Em meio ao imbróglio entre Jon Jones e UFC, Dominick Reyes opina: ‘Se ele não vai lutar, deveria perder o cinturão’

Atual campeão meio-pesado do Ultimate, Jon Jones vem travando atualmente uma verdadeira “disputa” com a organização em busca de melhores salários. O lutador já se pronunciou publicamente sobre o assunto em algumas oportunidades, chegando a falar que abriria mão do seu título e não lutaria mais pela franquia caso a situação não fosse resolvida. E enquanto o caso continua em aberto, “Bones” segue sem previsão de lutar pelo UFC e, consequentemente, “trava” a categoria.

O fato de Jones estar em “guerra fria” com a companhia e sem previsão de quando vai retornar ao octógono, aos poucos, vem causando uma insatisfação em outros atletas que fazem parte do Top 5 da divisão meio-pesado. Último lutador a enfrentar “Bones”, sendo derrotado em uma controversa decisão unânime, em fevereiro deste ano, Dominick Reyes concedeu entrevista ao SiriusXM e, sem cerimônias, disse que o atual campeão do Ultimate deveria ser destituído do título se continuar inativo.

“Se ele não vai lutar, então você está acabado. Acabou. Você vai ser destituído (do cinturão meio-pesado), acabou, porque ele se aposentou. Quer dizer, eu acho que não seria destituído, já que está mais para aposentado. Ele disse que se afastaria”, afirmou Reyes, referindo-se a uma das declarações de Jon Jones, onde o campeão falou que se afastaria do MMA caso não entrasse em um acordo com o UFC."

Considerado um dos lutadores mais prestigiados do MMA nos dias atuais, Jon Jones ressaltou que a busca por uma valorização financeira não seria apenas pelos seus interesses, como também de todos os lutadores do UFC. No entanto, Dominick Reyes, que ocupa atualmente a primeira posição no ranking meio-pesado, atrás justamente de “Bones”, não acredita na intenção do rival, julgando como uma “jogada de marketing” feita por Jones para atrair a simpatia dos fãs da modalidade e dos atletas da organização. Reyes também aproveitou para falar sobre o fato do campeão não ter aceitado uma revanche imediata, tendo em vista que o primeiro duelo entre eles foi equilibrado durante a maior parte dos cinco rounds.

“Foi a pandemia e Jon. Jon não queria lutar. Ele disse sem rodeios: ‘Não’ (aceito a revanche). Não tinha uma data, nada como isso, foi tipo, nós queríamos a revanche, mas Jon não queria fazer isso. Todo mundo aceitou, com exceção de Jon, e a parada dele era dinheiro, então ele transformou isso em: ‘Oh, eu sou um campeão para todo mundo ganhar mais dinheiro’. Mas isso não tinha nada a ver com os outros. Isso tem 100% a ver com o bolso dele apenas. Eu não sei, ele está tentando distorcer isso e fazer com que ele ganhe mais fãs: ‘Eu sou um campeão para os lutadores, estou fazendo todas essas coisas’. Ele apenas deveria ter lutado comigo”, disparou Reyes, que ainda não tem data definida para voltar a lutar ao octógono.

Fonte https://tatame.com.br/2020/07/em-meio-ao-imbroglio-entre-jon-jones-e-ufc-dominick-reyes-opina-se-ele-nao-vai-lutar-deveria-perder-o-cinturao/

Share this post


Link to post
Share on other sites

O UFC tem que marcar a luta dele, afinal ele não é funcionário do evento?? ele tem a prerrogativa de não lutar, porém a organização tem obrigação de retirar o cinturão dele se isso ocorrer. Parece até simples, mas o UFC complica as coisas que eles mesmos acabam se enrolando.

Share this post


Link to post
Share on other sites
23 minutos atrás, Raio imortal disse:

O UFC tem que marcar a luta dele, afinal ele não é funcionário do evento?? ele tem a prerrogativa de não lutar, porém a organização tem obrigação de retirar o cinturão dele se isso ocorrer. Parece até simples, mas o UFC complica as coisas que eles mesmos acabam se enrolando.

Só um adendo: ele não tem relação de emprego com o UFC. Ele tem um contrato de prestação de serviços e ninguém sabe os termos que regem esse contrato... por isso não dar para julgar a passividade do UFC.

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 minutos atrás, Dudu show disse:

Só um adendo: ele não tem relação de emprego com o UFC. Ele tem um contrato de prestação de serviços e ninguém sabe os termos que regem esse contrato... por isso não dar para julgar a passividade do UFC.

mas como vc disse tem um contrato, se o UFC não cumprir com valores, Jones pega o contrato e faz valer seus direitos,  mas me parece mais uma barganha do Jones, e o UFC têm receio de que Jones vá pra outro evento após término de vínculo, porém o tempo está a favor do UFC, qtos mais tempo passar e Jones envelhecer e o rendimento cair, menos o Jones se tornará rentável a um evento rival.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Se for pra julgar a frequência de lutas... Jones fez DUAS defesas ano passado e UMA esse ano... o Khabib, por exemplo, fez UMA defesa ano passado e ZERO esse ano. Tem gente antes do americano na fila pra perder o cinturão por inatividade. 

Mas concordo que deveria ter um tempo mínimo pra defender, caso contrário o cinturão LINEAR seria posto à prova. Cada vez menos os campeões querem lutar. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Raio imortal disse:

mas como vc disse tem um contrato, se o UFC não cumprir com valores, Jones pega o contrato e faz valer seus direitos,  mas me parece mais uma barganha do Jones, e o UFC têm receio de que Jones vá pra outro evento após término de vínculo, porém o tempo está a favor do UFC, qtos mais tempo passar e Jones envelhecer e o rendimento cair, menos o Jones se tornará rentável a um evento rival.

O contrário amigo, Jones assinou um contrato com valores pré estabelecidos e agora se arrependeu. Ou cumpre as lutas assinadas ou rola quebra de contrato com multa. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Cesar_Rasec disse:

Se for pra julgar a frequência de lutas... Jones fez DUAS defesas ano passado e UMA esse ano... o Khabib, por exemplo, fez UMA defesa ano passado e ZERO esse ano. Tem gente antes do americano na fila pra perder o cinturão por inatividade. 

Mas concordo que deveria ter um tempo mínimo pra defender, caso contrário o cinturão LINEAR seria posto à prova. Cada vez menos os campeões querem lutar. 

Campeão tem que defender, no mínimo, 2x por ano a cinta. Na minha opinião.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 horas atrás, Dudu show disse:

Só um adendo: ele não tem relação de emprego com o UFC. Ele tem um contrato de prestação de serviços e ninguém sabe os termos que regem esse contrato... por isso não dar para julgar a passividade do UFC.

Tem relação de emprego sim, tanto que não pode lutar em nenhum outro lugar, bem como usar só os patrocínios autorizados. Ele não é terceirizado, é exclusivo do UFC até o fim do contrato.

Share this post


Link to post
Share on other sites
3 horas atrás, Ominöser disse:

O contrário amigo, Jones assinou um contrato com valores pré estabelecidos e agora se arrependeu. Ou cumpre as lutas assinadas ou rola quebra de contrato com multa. 

 Mas esse foi meu primeiro comentário, que Jones estava barganhando, e o UFC as vezes se enrola nas próprias pernas, por que se o evento tem um funcionário/prestador de serviço e este pode se negar a lutar por algo que está em contrato, é só remover o cinturão e botar pra jogo, já deixaria um sinal bem claro pro próximo, por que que o Jones não negociou na renovação do contrato???

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que chegarão em um acordo e ele luta até o final do ano... Se ele se recusar talvez perca o cinturão mesmo... Não por questão de inatividade mas porque está se recusando a lutar... Reyes já está na fila... Marreta vs Glover define outro desafiante... Jan Blackovich tbm está aí... Se não pegar nenhum dos 3 pra defender o cinturão que façam Reyes vs o vencedor de Marreta e Glover pelo menos pelo interino...Aí no ano que vem marcariam a unificação do título caso Jones realmente volte... Senão se torna linear... Jones reclama demais pra quem disse que ganha mais de 5 milhões por luta... Faz muita besteira,passam a mão na cabeça dele e ainda quer mais? Já teve doping, prisão,briga,tudo que deveria acabar com os seus patrocínios e talvez até o demitir e ele está aí,querendo ganhar 10,15 milhões por luta... Não deve vender pra tudo isso... 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ridiculo isso ae. Essa revanche é a unica luta a ser feita. Um garfo bizarro daqueles passar batido... nao tem cabimento.

E se nao quer lutar, tem que tirar a cinta mesmo.

Mas queria ver essa luta de novo. Acho que o reyes vai ganhar com mais folga ainda.

Edited by Pride Event

Share this post


Link to post
Share on other sites
9 horas atrás, Ominöser disse:

Tem relação de emprego sim, tanto que não pode lutar em nenhum outro lugar, bem como usar só os patrocínios autorizados. Ele não é terceirizado, é exclusivo do UFC até o fim do contrato.

Isso é relação de trabalho e não relação de emprego. Existe uma diferença! Melhor você dar uma pesquisada.

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 horas atrás, Dudu show disse:

Só um adendo: ele não tem relação de emprego com o UFC. Ele tem um contrato de prestação de serviços e ninguém sabe os termos que regem esse contrato... por isso não dar para julgar a passividade do UFC.

Pode ter certeza que o contrato do UFC é mais benéfico pro UFC do que pro Jones.

Acredito que caso o UFC queira, ele faz o Jones lutar quando, onde e com quem o UFC quiser.

O que há é uma flexibilidade do UFC pra tentar agradar a uma grande estrela, detentor do cinturão e o melhor lutador de MMA da atualidade  e talvez da história.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Definitivamente não se pode obrigar um lutadpr a lutar. Vc pode rescindir o contrato (ruim pra 90% dos lutadores) e amarrar o cara não tirando sua cinta.

Mas se tirar a cinta uma hora o contrato acaba.

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Silverchair disse:

Pode ter certeza que o contrato do UFC é mais benéfico pro UFC do que pro Jones.

Acredito que caso o UFC queira, ele faz o Jones lutar quando, onde e com quem o UFC quiser.

O que há é uma flexibilidade do UFC pra tentar agradar a uma grande estrela, detentor do cinturão e o melhor lutador de MMA da atualidade  e talvez da história.

Como eu falei! O que vc está fazendo é especular, pois é só o que podemos fazer. NINGUÉM sabe quais os termos contratuais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this