Lonely

Por que asiáticos não tem muito sucesso no UFC?

Recommended Posts

15 hours ago, sdt said:

Tu é indiano? Tem alguns indianos no One e o Brave está rolando na India tambem, estao se destacando...

Não acompanho. Não sabia. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
14 hours ago, Darkknight said:

Os países subdesenvolvidos têm muita tradição em desportos violentos (brasil, tailândia, zonas da antiga união soviética etc,) ou são apenas violentos como é o caso dos EUA .

Na europa não temos cultura desse género de esportes.Aqui reina a classe a educação a inteligência.O mesmo se aplica ao Japão e alguns países da ocêania.

Tem muito que ver com o desenvolvimento intelectual e cultural.

Interessante. Já andei muito por aí.  Há uma diferença grande entre Europa Ocidental e oriental. Sei lá...acho q os caras da Ocidental não são muitos dispostos a por a cara a tapa sair na mão ...

A coisa já muda qd vc vai p russia e Europa oriental. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
12 hours ago, Silverchair said:

Asiático indo bem no One pra mim é como Russo indo bem em eventos Russos kkkkk

Mas filosofando um pouco, eu acho que luta na Ásia é uma arte mesmo, algo como estado de espirito, educação e tal. MMA é algo mais bárbaro.

Opa

 Isso mesmo.  Não tinha pensado nisso.  E LOGICO   que lá terá campeões asiáticos. Quase só tem lutador asiático !    Não adianta...A nata tá no ufc mesmo. Goste ou não. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 7/18/2020 at 4:42 PM, ravi disse:

Opa

 Isso mesmo.  Não tinha pensado nisso.  E LOGICO   que lá terá campeões asiáticos. Quase só tem lutador asiático !    Não adianta...A nata tá no ufc mesmo. Goste ou não. 

Eddie Alvarez e DJ eram ex campeões recentes do UFC quando foram pra lá e a vida deles lá não está facil. Tbm acho que a nata esta no UFC mas o nivel la entre os leves e muito alto.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os caras curtem trocação. Na China rola muito evento de kickboxing. No Japão também. Tailândia nem se fale, muay Thai é esporte nacional, como no Camboja, Laos que tem suas lutas parecidas com o Muay Thai. É só preferência por estilos. O próprio one FC está dando espaço para trocação. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 7/18/2020 at 7:20 AM, ravi disse:

E indianos ? Bilhão e não brilham em quase nenhum esporte. 

Basicamente hockey e cricket.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Sobre a Europa Ocidental, eles também gostam de lutas de trocação. A Inglaterra goste muito de boxe, na Holanda Muay Thai e kickboxing. A França tem muitos karatekas, lutadores de Muay Thai e kickboxing. Na época dourada do k1 existia muitos lutadores europeus. Andy Hug era suíço, o Giorge Petrosyan italiano...Acho que é muito mais uma questão de gosto.

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 hours ago, Andrey said:

Basicamente hockey e cricket.

Nas olimpíadas de matemática tbm. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Em 7/21/2020 at 1:33 AM, robertoum disse:

Os caras curtem trocação. Na China rola muito evento de kickboxing. No Japão também. Tailândia nem se fale, muay Thai é esporte nacional, como no Camboja, Laos que tem suas lutas parecidas com o Muay Thai. É só preferência por estilos. O próprio one FC está dando espaço para trocação. 

One tem muay thai, muay thai com luva de mma, kickboxing e mma. O evento é completo mesmo. Tem ring, tem cage. Tem para todos gostos.

Edited by Pride Event

Share this post


Link to post
Share on other sites

O maior evento asiático na atualidade, o One FC, tem 09 categorias de MMA, onde os cinturões estão ditribuídos dessa forma:

Peso Palha (strawweight): Joshua Pacion - Filipinas

Peso Mosca (flyweight): Adriano Moraes - Brasil

Peso galo (bantaweight): Bibiano Fernandes - Brasil

Peso pluma (featerweight): Martin Nguyen - Vietnã (Austrália)

Peso Leve (lightweight): Christian Lee - Singapura

Peso meio-médio (Welterweight): Kiamrian Abbasov - Quirguistão

Peso Médio/Meio Pesado (middleweight&light heavyweight): Aung La - Mianmar

Peso pesado (Heavyweight): Brandon Vera - EUA

Dá pra notar que no One FC, das 09 categorias que possui, 06 estão nas mãos de asiáticos, portanto, possuem sim grandes resultados por lá.

Ocorre que asiáticos possuem, em sua maioria, maiores nomes de lutadores nas categorias mais leves, o que não ganha tanto destaque e dinheiro no mundo ocidental.

Se pegarmos o Pride, por exemplo, salvo engano, só teremos como campeão um asiático que foi o Takanori Gomi no peso leve, pois as maiores estrelas do evento eram de pesos mais encorpados..

 

 

 

Edited by Moicano79

Share this post


Link to post
Share on other sites
13 horas atrás, Moicano79 disse:

O maior evento asiático na atualidade, o One FC, tem 09 categorias de MMA, onde os cinturões estão ditribuídos dessa forma:

Peso Palha (strawweight): Joshua Pacion - Filipinas

Peso Mosca (flyweight): Adriano Moraes - Brasil

Peso galo (bantaweight): Bibiano Fernandes - Brasil

Peso pluma (featerweight): Martin Nguyen - Vietnã (Austrália)

Peso Leve (lightweight): Christian Lee - Singapura

Peso meio-médio (Welterweight): Kiamrian Abbasov - Quirguistão

Peso Médio/Meio Pesado (middleweight&light heavyweight): Aung La - Mianmar

Peso pesado (Heavyweight): Brandon Vera - EUA

Dá pra notar que no One FC, das 09 categorias que possui, 06 estão nas mãos de asiáticos, portanto, possuem sim grandes resultados por lá.

Ocorre que asiáticos possuem, em sua maioria, maiores nomes de lutadores nas categorias mais leves, o que não ganha tanto destaque e dinheiro no mundo ocidental.

Se pegarmos o Pride, por exemplo, salvo engano, só teremos como campeão um asiático que foi o Takanori Gomi no peso leve, pois as maiores estrelas do evento eram de pesos mais encorpados..

 

 

 

Engraçado que mesmo no One o Brasil tá liderando em qtd de cinturões, considerando a contagem acima so com o masculino, assim como no UFC com 3 (masculino + feminino). Em relacao ao Pride tinha muito japonês mesmo mas com resultados expressivos somente o Takanori Gomi, como citado, e o Sakuraba que apesar de não ter tido cinturão foi muito tempo bem competitivo e merece o destaque. Acho que naquela época tinha algo relacionado ao treino deles, ao lastro competitivo mais voltado para o pro Wrestling  ou para o Judo que não era tao efetivo para o mma como os treinos e lastro competitivo dos atletas do Brasil e dos EUA.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Acho que falta background em grappling e "maldade" por parte dos lutadores asiáticos. Parece que eles são muito "bonzinhos" por isso não se criam no meio dos ocidentais (muito mais maldosos e que em sua maioria, têm algum conhecimento em grappling). 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
1 hora atrás, Flaviova disse:

Acho que falta background em grappling e "maldade" por parte dos lutadores asiáticos. Parece que eles são muito "bonzinhos" por isso não se criam no meio dos ocidentais (muito mais maldosos e que em sua maioria, têm algum conhecimento em grappling). 

 

Me lembrou a cena do aoki quebeando o braço do cara e mostrando o dedo do meio.

Uma questão bem importante é ringue vs 8.

O jogo de grapling dos japas é mais de se embola do que quedar, ai da mais certo no ringue que vc cerca mais facil e tem mais espaço pra giro.

O one tem grades hj em dia e o nivel esta altíssimo bem proximo do belator.

Em pouco tempo veremos campeoes de olhos puxados.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now