Sign in to follow this  
siso_

Max Holloway diz que fez treinos apenas por vídeo-chamada: "Não preciso de sparring"

Recommended Posts

 


  •  

 

 
  •  
  •  
 

Max Holloway diz que fez treinos apenas por vídeo-chamada: "Não preciso de sparring"

Ex-campeão do peso-pena, que busca recuperar o cinturão no UFC 251 de sábado, confia em experiência em disputas de título para vencer revanche contra Alex Volkanovski

Por Combate.com — Rio de Janeiro

08/07/2020 12h00  Atualizado há 6 horas

 

 

Neste sábado, Max Holloway busca a revanche contra Alexander Volkanovski, com o cinturão peso-pena que já o pertenceu em jogo. No entanto, o UFC 251 acontece em meio a uma pandemia global de coronavírus, em que grande parte da população mundial foi ordenada a ficar em casa e manter um distanciamento social. Holloway respeitou as orientações ao máximo, e isso afetou seu treinamento.

- Eu não estava na academia para esta luta, fizemos treino pelo Zoom (aplicativo de vídeo-chamadas). Meu treinador criava uma reunião no Zoom, eu entrava, ele passava um treino e eu fazia. Ele está fazendo aulas pelo Zoom porque nossa academia está fechada e começou a fazer treinos online. Eu tinha horários para logar, e fizemos assim - contou o ex-campeão dos penas numa coletiva de imprensa via teleconferência nesta semana.

Max Holloway seguiu à risca as orientações de isolamento social no Havaí — Foto: Jeff Bottari/Getty Images

Max Holloway seguiu à risca as orientações de isolamento social no Havaí — Foto: Jeff Bottari/Getty Images

Treinar por vídeo-chamada, sozinho, sem um parceiro de sparring parece arriscado, especialmente às vésperas de uma luta contra o atual campeão. Holloway, no entanto, garante que está preparado para o desafio por sua experiência como lutador e detentor do cinturão.

- Eu fui um grande defensor de fazermos as coisas em casa, levei muito a sério o isolamento social. Eu fiz quatro lutas de título em 12 meses. Tenho muita experiência, não preciso de sparring. É uma questão de se adaptar agora. (...) Você precisa se adaptar em tudo, especialmente no MMA. Se você vir os caras que estavam no UFC 1, 2, 10, mudou muito. É tudo questão de adaptação. Se adaptar a tudo é um estilo de vida - explicou.

Outra consequência do isolamento para muitas pessoas foi alguns quilos a mais. Max Holloway, que já teve problemas para bater o peso em lutas no passado, garante que não foi o seu caso.

- Minha namorada me fez comer direito, estou no melhor peso da minha vida por causa dela. Sempre que eu comia algo errado, ela tirava da minha mão. Ela é a MVP de verdade. Sem preocupações. Esse lance da pandemia tornou meus hábitos melhores, especialmente no Havaí, pois estávamos com medo de a comida não chegar mais. Estou bem, está quase na hora de bater o peso, e aí será hora do show - garantiu o lutador havaiano.

Mascarado, Max Holloway participa de media day virtual do UFC 251 e mostra seu novo visual cabeludo — Foto: Reprodução

Mascarado, Max Holloway participa de media day virtual do UFC 251 e mostra seu novo visual cabeludo — Foto: Reprodução

Não bastasse essas dificuldades causadas pela pandemia, ainda tem o fuso horário diferente de Abu Dhabi, onde está localizada a "Ilha da Luta" que sedia o UFC 251. Para cumprir o horário tradicional dos eventos de pay per view do Ultimate, à noite nos EUA, o card principal acontecerá pela manhã no horário local, algo a que Holloway não está acostumado.

- Acho que (o pior) é a diferença do fuso horário. O card principal começa 6h, então acho que vou entrar 8h ou 8h30. É a coisa mais louca, vou ter que dormir durante o dia, como vampiro. Por isso meu cabelo está meio como o do Drácula. Mas luta é luta. O card inteiro vai ter que fazer isso. Faz parte, você tem que se adaptar.

O Combate transmite o UFC 251 no próximo sábado, dia 11 de julho, ao vivo, na íntegra e com exclusividade direto de Abu Dhabi, começando com o "Aquecimento Combate" a partir de 18h30 (de Brasília). O SporTV 2 e o Combate.com transmitem o "Aquecimento Combate" e as duas primeiras lutas do card preliminar. O site acompanha todo o evento em Tempo Real. Confira o card completo:

UFC 251
11 de julho de 2020, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi
CARD PRINCIPAL (23h, horário de Brasília):
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Jorge Masvidal
Peso-pena: Alexander Volkanovski x Max Holloway
Peso-galo: Petr Yan x José Aldo
Peso-palha: Jéssica Bate-Estaca x Rose Namajunas
Peso-mosca: Amanda Ribas x Paige VanZant
CARD PRELIMINAR (19h, horário de Brasília):
Peso-meio-pesado: Volkan Oezdemir x Jiri Prochazka
Peso-meio-médio: Elizeu Capoeira x Muslim Salikhov
Peso-pena: Makwan Amirkhani x Danny Henry
Peso-leve: Léo Santos x Roman Bogatov
Peso-pesado: Marcin Tybura x Maxim Grishin
Peso-mosca: Raulian Paiva x Zhalgas Zhumagulov
Peso-galo: Karol Rosa x Vanessa Melo
Peso-galo: Martin Day x Davey Grant

 

UFC 251: Na Ilha da Luta, o preço do Combate vai à lona! — Foto: Combate

_ o que acham disso? pra mim não está respeitando o volkanoviski. A primeira luta deles foi dura, mas o alexander venceu claramente 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Na minha opinião ele só ajustaria o necessário para vencer com sparring. Não dar para treinar entrada, defesa de contragolpe e saída só fazendo sombra ou batendo em saco. Nem manopla ele deve ter feito, para ajudar na velocidade e sequências. Favoritismo do Volka ficou maior, ao meu ver.

Share this post


Link to post
Share on other sites

É o efeito "Mike Perry". Agora é colocar a patroa no córner que vai dar tudo certo...

Fato é que ninguém está lutando em condições normais de preparação. Tempos difíceis...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Luta dura? Ele não se encontrou hora nenhuma. Bem preciso com Cody x Dominick Cruz. Atropelo grande

 

mas um cara do nível do Max, com tudo que já mostrou na carreira, pode sim se reinventar e vencer.. mas tem que mudar muito o jogo, a estratégia.

Share this post


Link to post
Share on other sites
2 minutos atrás, pipo disse:

Luta dura? Ele não se encontrou hora nenhuma. Bem preciso com Cody x Dominick Cruz. Atropelo grande

 

mas um cara do nível do Max, com tudo que já mostrou na carreira, pode sim se reinventar e vencer.. mas tem que mudar muito o jogo, a estratégia.

treinando pelo zoom acho difícil....

disse luta dura pq por mais q tenha ganhado sem deixar dúvidas teve q manter um jogo justo até o final

Share this post


Link to post
Share on other sites
4 horas atrás, Pride Event disse:

Acho que é ko.

Nao achou o Volkswagen na primeira luta. Na segunda nao vai fazer um camp forte?ah vah...

sei não...se for ele montou muito bem o discurso justificando a coisa

Share this post


Link to post
Share on other sites
7 horas atrás, siso_ disse:

sei não...se for ele montou muito bem o discurso justificando a coisa

O que eu acho é que ele nao teve um camp perfeito. Ate pelas condiçoes ne(pandemia).

Mas duvido que nao tenha vindo bem treinado para uma luta dessas. Disputa de cinta e o max só bateu manopla e saco? Ra duvido!

Edited by Pride Event

Share this post


Link to post
Share on other sites
10 horas atrás, pipo disse:

Luta dura? Ele não se encontrou hora nenhuma. Bem preciso com Cody x Dominick Cruz. Atropelo grande

 

mas um cara do nível do Max, com tudo que já mostrou na carreira, pode sim se reinventar e vencer.. mas tem que mudar muito o jogo, a estratégia.

Exagero não?!?!

Anulado sim...mas atropelo é demais...nem Knockdown levou...

Share this post


Link to post
Share on other sites

Agora eu vejo que os Gracies estavam certos em dar faixa por curso de internet.

Se o cara pode lutar pelo titulo mundial treinando sozinho pelo zoom, tirar faixa preta é moleza

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now
Sign in to follow this